A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Droga + Receptor Droga-Receptor E K -1 K1K1 Título.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Droga + Receptor Droga-Receptor E K -1 K1K1 Título."— Transcrição da apresentação:

1 Droga + Receptor Droga-Receptor E K -1 K1K1 Título

2 d RC = k 1. R. C - k -1. RC dt Título

3 d RC = 0 dt Título k 1. C. R = k -1. RC

4 C. R = k -1 = K d RC k 1

5 C.( R t - RC ) = k -1 = K d RC k 1 Título

6 RC = C R t C + k d Título

7 RC E Atividade intrínseca ( ) e eficácia ( ) = E max = α. R t

8 Efeito E = α. R C

9 RC = C R t C + k d Título

10 E max C + K d E = C

11 Título E max C + K d E C Ocupação ou estímulo = =

12 Título C + K d E max C E =

13 Slope = S E = S. C + E 0 Response C Título

14 E = S. C Modelo linear

15 E = E 0 + S. C Modelo linear com efeito basal

16 Slope = S E = S. C + E 0 Response C Título

17 Resposta / Ocupação EC 50 K d

18 Título C + K d E max C E =

19 Título C + EC 50 E max C E =

20 Correlação farmacocinética-farmacodinâmica de rifampicina em um modelo experimental de tuberculose Não tratado Conc (mg/L) Dias Log10 cfu/mL

21 Correlação farmacocinética-farmacodinâmica de rifampicina em um modelo experimental de tuberculose Log10 cfu/mL C/MIC Dia 1 Dia 5 Dia 7 Dia 9

22 Correlação farmacocinética-farmacodinâmica de rifampicina in-vitro e in-vivo Log10 cfu/mL redução Log10 cfu/lung redução 24h AUC/MIC

23 Dose de rifampicina (mg/kg) vs perfil farmacocinético Tempo (h) Concentração média (mg/L)

24 Tratamento iniciado duas horas após a inoculação Não tratado Log10 cfu/ml Dias após o início do tratamento Conc (mg/L)

25 Efeito do aumento da razão Cmax/MIC na atividade bactericida intracelular da rifampicina Log10 cfu/ml Cmax/MIC Dia 1 Dia 2 Dia 3 Dia 4

26 Curso da infecção com doses crescentes de rifampicina Log10 cfu/lung Dias após o início do tratamento Não tratado Dose (mg/kg)

27 Curso da infecção em animais tratados por 6 ou 12 dias Log10 cfu/lung Mg/kg/dia Rif- 6 doses Rif-12 doses

28 Relação da AUC/MIC no crescimento pulmonar de M tuberculosis Log10 cfu/lung AUC/MIC

29 Relação da T/MIC no crescimento pulmonar de M tuberculosis Log10 cfu/lung T>MIC (144h)

30 Relação da Cmax/MIC no crescimento pulmonar de M tuberculosis Log10 cfu/lung Cmax/MIC

31

32 Concentração de itracronazole vs tempo após 1a dose Tempo após a administração (hs) Concentration (µg/mL; means ± SEM) ITC 2.5 mg/kg + Pl ITC 2.5 mg/kg, todos pctes ITC 2.5 mg/kg sem Pl

33 Concentração de oh-itracronazole vs tempo após 1a dose Tempo após administração (hs) Concentration (µg/mL; means ± SEM) ITC 2.5 mg/kg + Pl ITC 2.5 mg/kg, todos pctes ITC 2.5 mg/kg sem Pl

34 Comparação da eliminação do itraconazol após uso de solução oral QD (1x/dia) e BID (2x/dia) Tempo após administração (hs) Concentração (µg/mL; means ± SEM) 2.5 mg/kg BID (n=2) 2.5 mg/kg QD (n=14)

35 Tempo após administração (hs) Concentração (µg/mL; means ± SEM) 2.5 mg/kg BID (n=12) 2.5 mg/kg QD (n=14) Comparação da eliminação do oh-itraconazol após uso de solução oral 1x/dia e BID (2x/dia)

36 Relação farmacodinâmica-farmacocinética previsto observado Cmin (μg/mL) OPC-Score

37 previsto observado Ttau MIC (hrs) OPC-Score Relação farmacodinâmica-farmacocinética

38 previsto observado AUC0-12 hr (μg/mL.h) OPC-Score Relação farmacodinâmica-farmacocinética

39 previsto observado OPC-Score Relação farmacodinâmica-farmacocinética Cmax (μg/mL)

40

41 Concentrações de ciclosporina em C0 e C2 em pacientes de acordo com o perfil de absorção C 0 <100 ng/mL 7 C 0 <100 ng/mL 8 C 2 >400 ng/mL 7 C 2 >400 ng/mL

42 Na CNa (% PA) 0 hCNa (% PA) 2 h VS CsA Na NHC Na IFN 0h (Ul/ml) P= CsA IL – 2 0h (pg / ml) IL – 2 2h (pg / ml) NHCCsA Efeito do tratamento de ciclosporina em níveis de calcineurina, inteferon- e interleucina-2

43 IL-2 (pg/ml) 2 horas Ciclosporina 2h (ng/ml) Correlação farmacocinética-farmacodinâmica da C2 ciclosporina e níveis de interleucina-2 em pacientes transplantados EC

44 IL-2 (pg/ml) 2 horas Ciclosporina AUC 0-4 (ng*h/ml) Correlação farmacocinética-farmacodinâmica da AUC0-4 da ciclosporina e níveis de interleucina-2 em pacientes transplantados EC

45 IFN gamma (Ul/ml) 2 horas Ciclosporina 2 h (ng/ml) EC 50 = Excluindo o outlier Modelo E-max incluindo todos os pacientes Modelo E-max excluindo um outlier Correlação farmacocinética-farmacodinâmica da C2 ciclosporina e níveis de interleucina-2 em pacientes transplantados

46 IFN gamma (Ul/ml) 2 horas Ciclosporina AUC 0-4h (n*h/mL) EC 50 = Excluindo o outlier Modelo E-max incluindo todos os pacientes Modelo E-max excluindo um outlier Pharmacokinetic and pharmacodynamic correlations of cyclosporine therapy in stable renal transplant patients: evaluation of long-term target C2

47 CNa (% P.A.) % Cna c2 Pharmacokinetic and pharmacodynamic correlations of cyclosporine therapy in stable renal transplant patients: evaluation of long-term target C2 CaA (mg/mL)

48 CaA (mg/mL) IL-2 (pg/mL) IL-2 c2 Pharmacokinetic and pharmacodynamic correlations of cyclosporine therapy in stable renal transplant patients: evaluation of long-term target C2

49 Estrutura química de agonistas opióides N CH 2 CH 3 OHHO Morfina O N CH 2 CH 3 H3CH3CO Codeína OH O Basic & Clinical Pharmacology – fig. 31.1

50 N CH 2 CH 3 OHHO Morfina O Naloxone N CH 2 HOO O CHCH 2 Estrutura química da morfina e do naloxone

51 S N CH 2 N CH 3 H 3 COOC H3CH3C H NO 3 COOCH 3 CH 3 N H H 3 CO C CH H 3 COCH 3 CH 2 N CH 3 C N CH 2 OCH 3 verapamil (fenilalquilamina) diltiazem (benzotiazepina) nifedipina (dihidropiridina) Estruturas químicas de antagonistas de cálcio

52 Myosin – + Actin (+) Contraction Ca 2+ CM Ca 2 + DAG IP 3 MLCK Myosin P Ca SR PLC G PIP 2 Ca 2+ Vasoconstrictors Cardiovascular System (Contraction) A

53 Ca 2+ ATP cAMP-PK Ca SR G β A cyclase cAMP PDE 5-AMP Ca 2+ Cardiovascular System (Relaxation) B

54 CCa 2+ Ca 2+ CM MLCK (-) Contraction MyosinMyosin -P cGMP-PK cGMP GTP + Actin (-) Nitrovasodilators Guanylate cyclase Cardiovascular System (Relaxation)

55 HUMAN PHARMACOLOGY - FIG Ca 2+ Ca 2+ CMMyosin Myosin-P + Actin MLCK (-) Contraction Ca - channel blockers D

56 nifedipinediltiazemverapamil Allosteric interactions occur among the nifedipine, verapamil and ditiazem HUMAN PHARMACOLOGY – FIG 18.5

57 Drug AbsorptionBioavailabilityProtein Biding (%) Volume of Distribution (L/kg) Active Metabolites Metabolite Activity (% of parent drug) Half life (hr) Route of Action after Oral Dosing Onset of Action after Oral Dosing Peak Effect after Oral Dosing Verapamil >90% 10%-35% 90% %-30% 5 Oral, IV <1hr 1-2 hr Nifedipine >90% 60%-70% 95% Oral <20min 30 min Diltiazem >80% 40% 75% %-50% 3.5 Oral <1hr 2-3 hr Pharmacokinetics HUMAN PHARMACOLOGY – TABLE 18.2 (2-3 min)* * Sublingual

58 Phenylalkylamines A (Verapamil) B (Nifedipine)C (Nimodipine) Benzothiazepines D (Diltiazem) Dihydropyridines Vesodilatation Peripheral Coronary Cerebral Heart rate - SA node - - AV node - - Contractility - Indications for: A Prinzmetals angina; chronic stable angina; paroxysmal supraventricular; atrial flutter; atrial fibrillation; essential hypertension B Angina pectoris (caused by coronary artery spasm); chronic stable angina hypertension C Amelioration of neurological deficits caused by spasm after subarachnoid hemorrhange resulting from ruptured congenitalintracranial aneurysms D Prinzmetals angina; chronic stable angina; hypertension Reflex effect; +, mild; + +, moderate; + + +, pronounced;, negative; -, no change. Pharmacodynamic Effects and Uses of the Calcium Antagonics* HUMAN PHARMACOLOGY – TABLE 18.3

59 NO Guanylate cyclase cGMP relaxation Vascular smooth muscle cell Acetylcholine HistamineBradykinin ATP NO Endothelial cell Receptors L-arginine NO synthase Endothelium-dependent relaxation produced by vasodilators

60 Competição do naloxone com agonistas opióides Naloxone Agonistas opióides Receptor opióide Ligação do naloxone ao receptor opióide não ativa este receptor, e portanto pode reverter a ação da morfina e da heroína

61 Diferença média de temperatura °F Concentração plasmática mg/L Histerese com acetaminofeno

62 Antagonismo reversível competitivo Concentração do agonista Fração de ocupação Concentração do antagonista

63 Concentração do agonista Fração de ocupação Antagonismo competitivo irreversível Concentração do antagonista


Carregar ppt "Droga + Receptor Droga-Receptor E K -1 K1K1 Título."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google