A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NOS SENTIMENTOS, ESTADOS DE ESPÍRITOS… Fonte: Clipart Fonte: Faflqw9q.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NOS SENTIMENTOS, ESTADOS DE ESPÍRITOS… Fonte: Clipart Fonte: Faflqw9q."— Transcrição da apresentação:

1 A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NOS SENTIMENTOS, ESTADOS DE ESPÍRITOS… Fonte: Clipart Fonte: Faflqw9q 0/Rb1QV6EmXkI/AAAAAAAAABY/38pgg5MCnjc/s400/poder%2Bda %2Bm%C3%BAsica.bmp&imgrefurl=http://ricardo5150.blogspot.co m/2007_01_01_archive.html&h=383&w=337&sz=21&hl=en&start=1 5&um=1&tbnid=

2 M ÚSICA Análise do texto sobre influência que a música exerce na personagem, Vítor. Fonte:

3 Quando Vítor chegou à sala de visitas a música parecia-lhe sonora e forte, quando se foi sentar com precaução de braços cruzados a música já não lhe parecia como antes mas uma sucessão de sensações, como por exemplo, uma floresta negra de notas ascendentes, uma descida, um vale, depois um grupo distinto de pequenos trapezistas em voo. Mas, logo que viu a sua ex-mulher o seu coração ergueu-se como um punho para desferir um murro, recolheu, bateu de novo, depois entrou numa cadência rápida, desordenada, contradizendo a música e afogando-a (…) O peito de Vítor sofria tal constrição que ele teve de se endireitar e respirar fundo (…) a música voltou à vida e o seu coração retomou o batimento a um ritmo mais regular. Neste excerto a música despertou nele os sentimentos que outrora sentiu pela ex-mulher e que haviam quase desaparecido. A música fechou-os naquela sala e tornara-se para eles uma espécie de prisão de que ambos estavam inevitavelmente aprisionados até que o pianista deixasse de construir e conservar as suas cúpulas de som.

4 Para Vítor a barreira de sons continuava alta e impenetrável, as mãos espectrais de Wolf nas profundezas lacadas continuaram também a executar as mesmas contorções. Ao ouvir a música a frase seremos felizes para sempre tinha para ele uma melodia cintilante, deixava-o maravilhado. Vítor achava a peça de Wolf muito musical, provavelmente estava a tocar uma bela peça famosa. A música trouxe os sentimentos pela sua ex-mulher, que ele pensava já estarem esquecidos, perdidos no tempo. Quando ouvem aqueles acordes tempestuosos significa regra geral que a música está a chegar ao fim. Os últimos acordes fortes seguidos de mais um de conclusão com que a música parecia ter entregado completamente a sua alma, o pianista fez pontaria para atacar, com precisão felina, uma simples nota de ouro, pequena e bem separada e então finaliza a música e a barreira que até então os prendia, dissolveu-se. Mas a música que lhe antes parecia uma masmorra, onde presos pelos sons estrondosos, haviam sido obrigados a sentar-se a poucos metros de distância, fora na realidade uma dádiva, uma cúpula de vidro que os alojara e aprisionara a ambos e que lhe tinha possibilitado partilhar o mesmo ar, tudo se quebrava em pouco segundos com o fim da música.

5 OPINIÕES SOBRE A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NAS PESSOAS

6 (…)a música para os bebes: ela acalma, relaxa, enfim o bebé dorme muito melhor. Foi feita uma experiência com vacas leiteiras. Com música elas produziam bem mais leite do que sem música(…)Nos hospitais psiquiátricos colocam música para o paciente ouvir e agilizar a sua alta hospitalar(…)Quando uma pessoa perde um ente querido ou está vivendo grandes problemas na sua vida, se ela se voltar para aprender um instrumento musical, este servirá de higiene mental e aliviará seus problemas. Se a pessoa está nervosa e toca teclado, por exemplo, ela vai e toca umas músicas e já se acalma. (…)no meu comportamento influi muito porque amo musica... acho que as musicas dizem muitas coisas, imagine: as vezes você está feliz ou triste por algum motivo e tem músicas que descrevem exactamente o que você esta sentindo... acho que elas agem com muito mais emoção do que as palavras(…)Se você ouvir músicas românticas quando estiver triste, você ficara para baixo. Mas, se ouvir músicas (de qualquer tipo) quando estiver muito feliz, você irá até saltar de alegria. No entanto dependendo do momento, e da música escolhida (aquela que não te afectará emocionalmente), todas irão se tornar boas para ouvir, acalmar e relaxar. Fonte: ic_online.jpg Fonte: Clipart

7 A música causa influência nas pessoas (e até animais) devido ao, sentimento que é a maior forma de liberdade e expressão, sendo que, muitas vezes transforma as pessoas. Nada pode mudar os sentimentos de uma pessoa, como não pode mudar o gosto pela música, isto é uma identidade dos humanos. Expressar é o que o humano faz de melhor, com a música então, tudo fica mais suave (…) A música influencia muito na vida das pessoas!!! Pode ver que pessoas tristes só ouvem músicas tristes e depressivas, o que as deixa piores ainda ao ponto de se matar. Quando estás mau humorado, experimente ouvir uma música alegre. Muitas pessoas recomendam World Hold On do Bob Sinclair, porque para elas é tiro e queda, sempre que estão desanimadas... (…) A influência musical se define como um espelho da, educação, ideais, estilos, que vivemos na época isso acontece porque precisamos de uma referência cultural para vivermos em sociedade e se expressa nas letras, melodias e ritmos como manifesto do momento em que vivemos. Fonte: Fonte: Clipart

8 Fonte: tes.JPG A música diverte-nos, relaxa, acalma, excita, e até mesmo educa-nos e cura. Cientificamente falando, o som age directamente sobre nosso organismo, sendo absorvido pelas células e órgãos e indirectamente por meio das emoções que interferem nos processos orgânicos. O organismo vai reagir de acordo com a origem das vibrações e características do som. Assim, a música vai actuar no nosso corpo e despertar emoções, podendo aumentar ou equilibrar o metabolismo, aumentar ou diminuir a energia muscular, acelerar a respiração ou diminuir sua regularidade, causar mudanças no volume, pulsação e pressão do sangue, interferir na receptividade sensorial, minimizar os efeitos da fadiga, acalmar ou levar à excitação. A música também age nas secreções, na digestão e nas redes neurológicas. Na remota antiguidade, a música era empregada com a sagrada finalidade de reverenciar os deuses. Sua finalidade era a de elevar a alma humana às alturas das esferas espirituais durante as cerimónias sagradas, abrindo-lhes a possibilidade de experiências transcendentes. Com o tempo a arte saiu do âmbito dos templos e do sagrado, vulgarizou-se, caiu na banalização das massas, passando a reflectir seus instintos inferiorizados, voltando-se infelizmente para a ambição pelo lucro e a fama. Fonte: Clipart

9 A música pode provocar sentimentos diferentes em cada pessoa porque as mesmas causas geram efeitos contrários. Com ela podemos nos entediar, adormecer, entusiasmar ou chorar. Evidentemente, o homem que goza as delícias da harmonia é muito mais elevado, mais depurado, do que aquele que não permite por ela ser penetrado. A harmonia coloca nossa alma sob o poder de um sentimento que a desmaterializa. Isto significa que a harmonia, expressa pela boa música, acelera nossas vibrações, permitindo-nos sentimentos de acesso espiritual a dimensões que não conseguimos alcançar comumente. Na medicina, já é comprovado que a música tem o poder de curar e dar a vida, mas também se mal usada, pode até matar. Interessante é que os médicos chegam a receitar como remédio para seus pacientes: BEETHOVEN para timidez, JOSEPH HAYDN para esgotamento nervoso, as valsas de STRAUSS para depressão constante e FRANZ SCHUBERT para insónia ou enxaqueca. Fonte: Clipart

10 A música ajuda ainda as mães a relaxarem-se, encurtando o tempo do parto. Muitos médicos estão também utilizando a música em seus consultórios a fim de relaxar seus pacientes, pois, geralmente, quem vai consultar o médico ou o dentista sente-se meio apavorado, o que aumenta a pressão e pode ser perigoso para pessoas muito medrosas. Se quisermos dançar, divertir-nos, devemos ouvir música para dançar. Se precisarmos de adrenalina ou uma "injecção de ânimo", vai bem uma música mais agitada. Para relaxamento, uma boa música instrumental, suave e calma. A música transporta-nos através dos tempos, nos fazendo relembrar passagens da nossa vida, épocas, lugares, situações e pessoas. Fonte: Clipart

11 REFERÊNCIAS Disponível em (Acedido em ) Disponível em (Acedido em ) Freire,Ricardo M.,( ) Disponível em 0/Rb1QV6EmXkI/AAAAAAAAABY/38pgg5MCnjc/s400/poder%2Bda%2Bm%C3%BAsic a.bmp&imgrefurl=http://ricardo5150.blogspot.com/2007_01_01_archive.html&h=3 83&w=337&sz=21&hl=en&start=15&um=1&tbnid=N1stpBobLFctsM:&tbnh=123&tb nw=108&prev=/images%3Fq%3Dinfluencia%2Bda%2Bmusica%2Bnas%2Bpessoas%2 6um%3D1%26hl%3Den%26sa%3DN (Acedido em ) Fonte: stas/media/5/dj.jpg

12 Trabalho realizado por: Sandra Mendes Ana Silva Ana Salomé Jorge Marques


Carregar ppt "A INFLUÊNCIA DA MÚSICA NOS SENTIMENTOS, ESTADOS DE ESPÍRITOS… Fonte: Clipart Fonte: Faflqw9q."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google