A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GENESE, MORFOLOGIA E CLASSIFICAÇÃO DOS PRINCIPAIS SOLOS BRASILEIROS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GENESE, MORFOLOGIA E CLASSIFICAÇÃO DOS PRINCIPAIS SOLOS BRASILEIROS."— Transcrição da apresentação:

1 GENESE, MORFOLOGIA E CLASSIFICAÇÃO DOS PRINCIPAIS SOLOS BRASILEIROS

2 OBJETIVO: Dar ao aluno uma visão geral dos fenômenos e processos de formação dos solos que o auxiliem na compreensão de suas propriedades físicas, químicas e biológicas, assim como as características morfológicas que são usadas para classificar os diferentes tipos de solos; caracterizar os principais tipos de solos brasileiros.

3 1. DEFINIÇÃO DE SOLOS: SÃO CORPOS NATURAIS CONSTÍTUIDOS POR PARTES SÓLIDAS, LÍQUIDAS E GASOSAS, TRIDIMENSIONAIS, DINÂMICOS, FORMADOS POR MATERIAIS MINERAIS E ORGÂNICOS, QUE OCUPAM A MAIOR PARTE DO MANTO SUPERFICIAL DAS EXTENSÕES CONTINENTAIS DO NOSSO PLANETA E QUE MANTÉM A VIDA ANIMAL E VEGETAL.

4

5 2. FATORES DE FORMAÇÃO: SOLO = F (MATERIAL DE ORIGEM, CLIMA,ORGANISMO, RELEVO,TEMPO ). O SOLO É RESULTANTE DA AÇÃO DO CLIMA E DA BIOSFERA SOBRE O MATERIAL DE ORIGEM, CUJA TRANSFORMAÇÃO EM SOLO SE REALIZA DURANTE UM CERTO TEMPO E É INFLUENCIADA PELO TIPO DE RELEVO.

6 Material de Origem dos Solos ROCHAS: AGREGADO NATURAL FORMADO DE UM OU MAIS MINERAIS. TIPOS DE ROCHAS : ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS,METAMÓRFICAS E SEDIMENTARES.

7 ROCHAS

8 ROCHAS ÍGNEAS OU MAGMÁTICAS São aquelas resultantes da consolidação do magma. -Ocorre em subsuperfície: Rochas magmáticas intrusivas (rochas plutônicas). Ex: Granito -Ocorre em superfície (lava vulcânica): Rochas magmáticas extrusivas. Ex: Basalto

9 Composição mineralógica e classificação das rochas ígneas em função do teor de Si, cor e modo de jazimento

10 ROCHAS METAMÓRFICAS: São rochas formadas a partir da transformação de outras rochas(ígneas e sedimentares) resultante de novas condições de temperatura e pressão a que são submetidas.

11 PRINCIPAIS ROCHAS METAMÓRFICAS

12 ROCHAS SEDIMENTARES São aquelas constituídas por partículas,denominadas sedimentos, que pode provir de diversas origens. A formação engloba a conjugação de vários processos: intemperização, erosão, transporte, sedimentação e diagênese. Principais rochas sedimentares: - Arenitos - Siltitos - Argilitos - Calcários (calcíticos ou dolomíticos)

13 IMPORTÂNCIA: Vestígios de seres vivos nelas preservados fósseis. IMPORTÂNCIA AGRONÔMICA: Cobrem 75 % da superfície da terra, contribuindo na formação da maioria dos solos.

14

15 DISTRIBUIÇÃO DOS TIPOS DE ROCHAS NO BRASIL

16 Intemperismo e formação dos solos: INTEMPERISMO: Conjunto de modificações de ordem física (desagregação) e química (decomposição) que as rochas sofrem ao aflorar na superfície da terra. Sob diferentes condições de temperatura e pressão, os minerais das rochas (minerais primários) sofrem profundas transformações em suas características químicas, dando origem a novos minerais (minerais secundários).

17 Minerais primários areia silte Minerais de argila 2:1 Minerais de argila 1:1 minerais de argila 0:1 (oxihidróxidos de Al e Fe)

18 RESISTÊNCIA A DECOMPOSIÇÃO: Piroxênios Biotita resistência Feldspatos à decomposição Muscovita aumenta. Argilominerais Quartzo Oxihidróxidos de Al Oxihidróxidos de Fe

19 MATERIAL DE ORIGEM - IMPORTÂNCIA PRIMORDIAL EM MUITOS ATRIBUTOS DOS SOLOS, COMO: TEXTURA COR COMPOSIÇÃO MINERALÓGICA COMPOSIÇÃO QUÍMICA

20 EXEMPLO: MATERIAS DE ORIGEM DE CONSTITUIÇÃO ARENOQUARTZOSA(ARENITOS) VÃO ORIGINAR SOB QUALQUER CONDIÇÃO CLIMÁTICA SOLOS DE TEXTURA ARENOSA. MATERIAIS DE ORIGEM DE ROCHAS COMO BASALTO, DIABÁSIO, MARMORE, ARDOZIA SOB CONDIÇÕES DE CLIMA QUENTE E ÚMIDO E EM RELEVO SUAVE TENDEM A ORIGINAR SOLOS PROFUNDOS E ARGILOSOS.

21 MESMO MATERIAL DE ORIGEM DEPENDENDO DOS FATORES DE FORMAÇÃO SOLOS DIFERENTES.

22 MORFOLOGIA DE SOLOS

23 . Definição: é o estudo das formas dos objetos, retratando-os com palavras, desenhos, fotos. Morfologia do solo: é o estudo da aparência do solo no meio ambiente natural; descrição dessa aparência segundo as características visíveis à olho nu, ou prontamente perceptíveis. A morfologia do solo trata da forma, estrutura, organização do solo. Refere-se às propriedades detectadas pelo sentido da visão e tato (manuseio). Base dos Sistemas de Classificação de solos. -descrição no campo dos horizontes e/ou camadas do perfil do solo, que se distinguem entre si por processos como adições, perdas, translocações que ocorrem ao longo do tempo, sob influência do clima, organismos e relevo.

24 Horizontes do perfil do solo

25 CONCEITOS BÁSICOS: O ou H: horizonte orgânico A: horizonte mineral superficial formado pela mistura de mat. org.com frações minerais. Influenciado pela ação do homem. B: horizonte mineral supsuperficial. É a máxima expressão dos processos pedogenéticos. C: camada mineral de material inconsolidado, pouco afetado por processos pedogenéticos, guardando características do material de origem. R: camada mineral de material consolidado.

26 Principais propriedades morfológicas -Transição entre os horizontes -Profundidade e espessura das camadas ou horizontes -Cor -Textura - Estrutura - Concistência

27

28 PROPRIEDADES MORFOLÓGICAS TEXTURA: Proporção entre as frações finas do solo. -Textura muito argilosa: > 60% de argila -Textura argilosa: 35 a 60% de argila -Textura média: 15% de areia -Textura siltosa: > 50% de silte, < 15% de areia e < 15% de argila. -Textura arenosa: < 15% de argila.

29

30 SISTEMA BRASILEIRO DE CLASSIFICAÇÃO DE SOLOS

31 SOLOS TROPICAIS -Latossolos (Oxissolos) -Argissolos - Ultissolo ou arg. distrófico (v%<50 hor.B) - Alfissolo ou arg. eutrófico (v%>50 hor. B) - Nitossolos -Neossolos (entissolos) -Cambissolos (Inceptissolos)

32

33

34 LATOSSOLOS Apresentam Bw (B latossólico ) horizonte B intemperizado, sem acúmulo de argila. Características Avançado estágio de desenvolvimento pedogenético. Típicos de regiões tropicais de relevo plano a suave ondulado. São profundos (3 a 15 m Hor. A+B), homogêneos. A fração argila apresenta caulinita e Óxido de Fe e Al. Apresentam textura média a argilosa e são bem drenados. Quimicamente apresentam reação ácida, com baixa saturação por bases, baixa reserva de nutrientes e não raramente, altos teores de alumínio.

35 IMPORTÂNCIA: OCUPAM 40% DO TERRITÓRIO BRASILEIRO. 75 % DA ÁREA CULTIVADA NO BRASIL. SÃO OS SOLOS QUE PREDOMINAM NO CERRADO APESAR DOS PROBLEMAS COM AS PROPRIEDADES QUÍMICAS, SÃO SOLOS INTERESSANTES, POÍS APRESENTAM ÓTIMAS PROPRIEDADES FÍSICAS ( BOM PARA MECANIZAÇÃO)

36 TIPOS : LATOSSOLO VERMELHO LATOSSOLO VERMELHO – AMARELO LATOSSOLO AMARELO

37 LATOSSOLO VERMELHO - 2º lugar em área - LV férrico: antigo Latossolo roxo

38 LATOSSOLO VERMELHO – AMARELO: - OCUPA A MAIOR PARTE DO TERRITÓRIO BRASILEIRO.

39 LATOSSOLO AMARELO: - São os solos da região amazônica. - Solos mal drenados.

40 ARGISSOLOS Apresentam Bt (B textural) acúmulo de argila no horizonte B %argila B/ %argila A > 1,8. CARACTERÍSTICAS APRESENTA ARGILA DE BAIXA ATIVIDADE NO HOR.B. HOR. B TEXTURAL APRESENTA CEROSIDADE E AGREGADOS GRANDES. SÃO PROFUNDOS, PODENDO SER BEM DRENADOS A IMPERFEITAMENTE DRENADOS. TEXTURA ARENOSA A MÉDIA NO HOR. A E MÉDIA A ARGILOSA NO HOR. B. FORTE A MODERAMENTE ÁCIDO, PODE SER EUTRÓFICO OU DISTRÓFICO.

41 TIPOS: - VERMELHO - AMARELO - VERMELHO-AMARELO(+ comum)

42 NITOSSOLOS: CARACTERÍSTICAS Originados de rochas básicas, além de sedimentos argilíticos e calcário. Apresentam textura argilosa ou muito argilosa (+ de 35 % de argila). Possui agregados grandes, com alta cerosidade. São solos bem drenados. Apresentam boa fertilidade e boa resposta à corretivos e fertilizantes. São resistentes à erosão e susceptíveis a compactação. Apresentam boa capacidade de armazenar água.

43 NEOSSOLOS CARACTERÍSTICAS Solos jovens, no início da formação (pequeno desenvolvimento). Não apresentam alterações expressivas em relação ao material de origem. Poucos espessos.

44 Sequência de Horizontes A–R A–C –R A-Cr-R A-Cr A-C O-R Obs. Não apresentam qualquer horizonte B diagnóstico.

45 Neossolo quartzarênico -Também chamado de areias quartzozas. - Solo sem contato lítico dentro de 50 cm de profundidade com sequência de horizontes A-C, porém apresentando textura arenosa em todos os horizontes, até, no mínimo, 150 cm a partir da superfície.

46

47 CAMBISSOLOS CARACTERÍSTICAS SOLOS EM TRANSFORMAÇÃO HORIZONTE B INCIPIENTE(Bi) Bi = +50 %SOLO C = +50 % ROCHA CARACTERÍSTICAS MUITO VARIÁVEIS


Carregar ppt "GENESE, MORFOLOGIA E CLASSIFICAÇÃO DOS PRINCIPAIS SOLOS BRASILEIROS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google