A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FICHAMENTO é uma forma de investigação que se caracteriza pelo ato de fichar (registrar) todo o material necessário à compreensão de um texto ou tema.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FICHAMENTO é uma forma de investigação que se caracteriza pelo ato de fichar (registrar) todo o material necessário à compreensão de um texto ou tema."— Transcrição da apresentação:

1 FICHAMENTO é uma forma de investigação que se caracteriza pelo ato de fichar (registrar) todo o material necessário à compreensão de um texto ou tema.

2 Para isso, é preciso usar fichas que facilitam a documentação e preparam a execução do trabalho. Não só, mas é também uma forma de estudar / assimilar criticamente os melhores texto / temas de sua formação acadêmico-profissional.

3 Ainda Um fichamento completo deve apresentar os seguintes dados: 1.Indicação bibliográfica – mostrando a fonte da leitura (cf. ABNT)ABNT 2.Resumo – sintetizando o conteúdo da obra. Trabalho que se baseia no esquema (na introdução pode fazer uma pequena apresentação histórica ou ilustrativa).

4 3.Citações – apresentando as transcrições significativas da obra. 4.Comentários – expressando a compreensão crítica do texto, baseando-se ou não em outros autores e outras obras. 5.Ideação – colocando em destaque as novas idéias que surgiram durante a leitura reflexiva.

5 MODELO DE FICHAMENTO 1ª parte: apresentação objetiva das idéias do autor 1 – Resumo (baseado no esquema) 2 – Pequenas citações (entre aspas e páginas)

6 2ª parte: elaboração pessoal sobre a leitura 1 – Comentários (parecer e crítica) 2 – Ideação (novas perspectivas)

7 FICHÁRIO O fichário não é mais do que o espaço no qual você armazena, classificadamente, as fichas produzidas por seus fichamentos.

8 FICHAS DE LEITURA Onde se registram informações bibliográficas completas, anotações sobre tópicos da obra, citações diretas, juízos valorativos, comentários.

9 FICHAS DE INDICAÇÃO BIBLIOGRÁFICA A indicação de referências bibliográficas é feita segundo normas da ABNT. Pesquisar a ficha catalográfica, que consta das primeiras páginas de um livro, para a transcrição das referências, ou dos elementos constantes da folha de rosto. Periódicos apresentam indicações dos elementos identificadores na primeira página, ou na capa.

10 FICHAS DE RESUMO redução de um texto a suas idéias principais, parafraseando o autor com o intuito de compreender o texto a fim de elaborar um novo, apresentando uma síntese das idéias do autor. Expor abreviadamente as idéias do autor. Não se faz uso de citações.

11 FICHAS DE TRANSCRIÇÃO A transcrição direta exige a colocação de aspas no início e no final do texto. Consiste na reprodução fiel de textos do autor citado. Se já houver no texto transcrito expressão aspeada, tais aspas devem ser transformadas em aspas simples.

12 Indica-se o número da página de onde foi transcrito o texto. Se houver erros de grafia ou gramaticais, copia-se como está no original e escreve-se entre parênteses (sic).

13 A supressão de palavras é indicada com três pontos entre parênteses. Supressões iniciais ou finais não precisam ser indicadas ;

14 A supressão de um ou mais parágrafos intermediários é indicada por uma linha pontilhada ; Ao transcrever um texto é preciso rigor, observando aspas, itálicos, maiúsculas, pontuação, etc. Não se deve alterar o texto de nenhuma forma.

15 FICHAS DE COMENTÁRIO Devem-se analisar os aspectos quantitativos e depois os qualitativos, desta forma, podem-se acrescentar comentários sobre extensão do texto, sua constituição (ilustrações, exemplos, bibliografia, citações, etc.), conceitos abordados.

16 Em aspectos qualitativos, recomenda que se atenha à análise e detecção da hipótese do autor, objetivo, motivo pelo qual escreveu o texto, as idéias que fundamentam o texto.

17 Deve o comentarista verificar se a exemplificação é genérica ou específica, se a organização do texto é clara, lógica, consistente, e o tom utilizado na exposição é formal ou informal, se há pontos fortes e fracos na argumentação do autor, se a terminologia é precisa.

18 E ainda dizer se a conclusão é convincente e quem será beneficiado pela leitura do texto. Finalmente, deve fazer uma avaliação da obra.

19 PRATICANDO 1- Anotações bibliográficas (autor, título, local de publicação, editora, ano, página, etc.). 2- Leitura do texto : separar suas partes e examinar como se inter-relacionam e como o texto se relaciona com outros.

20 Níveis : a) denotativo (vocabulário, informações sobre o autor, contexto e objetivo do texto, teoria desenvolvida, conceitos, idéias centrais, teses e provas - encadeamento das idéias apresentadas) ; b) polissêmico : O que o autor quis demonstrar?. Há relação com a realidade ? Há originalidade nas idéias?

21 3) crítico : O autor atingiu os objetivos estabelecidos? É claro, coerente? Apresenta contribuição para a comunidade científica? Há possibilidade de aplicação do texto a outras situações ?

22 RESUMO Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso acadêmico de um estudante em especial por lhe permitir recuperar rapidamente idéias, conceitos e informações com as quais ele terá de lidar ao longo de seu curso.

23 UM RESUMO DEVE SER … Breve e conciso: no resumo de um texto, por exemplo, devemos deixar de lado os exemplos dados pelo autor, detalhes e dados secundários Pessoal: um resumo deve ser sempre feito com suas próprias palavras. Ele é o resultado da sua leitura de um texto

24 Logicamente estruturado: um resumo não é apenas um apanhado de frases soltas. Ele deve trazer as idéias centrais (o argumento) daquilo que se está resumindo. Assim, as idéias devem ser apresentadas em ordem lógica, ou seja, como tendo uma relação entre elas. O texto do resumo deve ser compreensível

25 ESQUEMA O esquema é um registro gráfico (bastante visual) dos pontos principais de um determinado conteúdo. Não há normas para elaboração do esquema, ele deve ser um registro útil para você, por isso, é você quem deve definir a melhor maneira de fazê-lo.

26 UM BOM ESQUEMA DEVE … evidenciar o esqueleto do texto (ou da aula, do filme, da palestra, etc.) em questão, apresentando rapidamente a organização lógica das idéias e a relação entre elas ser o mais fiel possível ao texto, limitando- se a reproduzir e compreender o conteúdo esquematizado

27 DICAS ÚTEIS após a leitura do texto, dar títulos e subtítulos às idéias identificadas no texto, anotando-os as margens colocar estes itens no papel como uma seqüência ordenada por números (1, 1.1, 1.2, 2, etc.) para indicar suas divisões

28 utilizar símbolos para relacionar as idéias esquematizadas, como setas para indicar que uma idéia leva à outra, sinais de igual para indicar semelhança ou cruzes para indicar oposição, etc. é igualmente útil utilizar chaves ({) ou círculos para agrupar idéias semelhantes


Carregar ppt "FICHAMENTO é uma forma de investigação que se caracteriza pelo ato de fichar (registrar) todo o material necessário à compreensão de um texto ou tema."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google