A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UFPEL – FAEM – DZ Manejo apícola Prof. Jerri Zanusso / Sala 416.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UFPEL – FAEM – DZ Manejo apícola Prof. Jerri Zanusso / Sala 416."— Transcrição da apresentação:

1 UFPEL – FAEM – DZ Manejo apícola Prof. Jerri Zanusso / Sala 416

2 O que é apicultura? Manejo racional de abelhas Apis mellifera, visando a maximização da produção de mel, pólen, própolis, cêra, geléia real e outros produtos. Produtivi dade ( kg/colméia /ano) Manejo Equipame ntos e ambiente (apiário) Comporta mento / Biologia Objetivo: qualidade e produtividade

3 Importância econômica Pequena, média ou grande propriedade. Consumo per capita nacional de mel: 0,5 kg Produção média de mel: < 20 kg/colméia/ano Segundo o IBGE (2005): cadeia produtiva da apicultura no Brasil abrange 350 mil apicultores, gera 16 mil empregos diretos no setor industrial, onde: 9 mil na indústria de processamento (entrepostos) e 7 mil na indústria de insumos (máquinas e equipamentos).

4 Importância econômica - RS Aproximadamente 400 mil colméias; Cerca de 27 mil apicultores; Produtividade média em torno de 18 kg/colméia 1º lugar na produção nacional ton ( 21%); Consumo per capta no RS é 4X superior a média nacional; Dicotomia entre pequeno e grande apicultor (profissionalização e qualidade); Manejo inadequado do pasto apícola; Falta de padronização na difusão de tecnologias; Pouca agregação de valor na produção, devido a pouca diferenciação de produtos. Aproximadamente 400 mil colméias; Cerca de 27 mil apicultores; Produtividade média em torno de 18 kg/colméia 1º lugar na produção nacional ton ( 21%); Consumo per capta no RS é 4X superior a média nacional; Dicotomia entre pequeno e grande apicultor (profissionalização e qualidade); Manejo inadequado do pasto apícola; Falta de padronização na difusão de tecnologias; Pouca agregação de valor na produção, devido a pouca diferenciação de produtos.

5 PRODUÇÃO DE MEL (Toneladas) ESTADO / REGIÃO VARIAÇÃO (%) BRASIL ,76 SUL ,89 Paraná ,06 Santa Catarina ,77 Rio Grande do Sul ,72 Importância econômica Fonte: IBGE (2008)

6 Importância econômica: Participação (%) das regiões do RS 12,7% 18,9% 17,2% 12,6% 14,1% 6,2% 7,8% 2,7% 3,5% 4,8% Fonte: SEBRAE (2010) Regiões do RS Regiões do RS : Região Sul Fronteira oeste e Campanha Litoral Central Missões, NO e Médio Uruguai Serra gaúcha Vale do Caí Vale do Rio Pardo e Taquari Alto Uruguai e Nordeste Metropolitana e Vale dos Sinos

7 Importância econômica Fonte: IBGE 2005

8 Importância econômica EstadoParticipação %Ordem Rio Grande do Sul23.11 Santa Catarina13.92 Paraná11.53 São Paulo10.84 Piauí8.35 Minas Gerais8.26 Bahia4.87 Ceará4.68 Rio de Janeiro2.49 Pernambuco2.310 Fonte: IBGE (2005)

9 Importância econômica PaísProd. (x mil ton)Participação %Ordem China EUA Argentina Turquia México55,98.35 Brasil24, Fonte: FAOSTAT (2005)

10 Exigências do mercado Garantia de qualidade Inspeção e controle de sanidade Registro nos órgãos competentes Embalagem Praticidade de compra Origem / Identificação de procedência

11 Tendências do mel Diminuição de produção de mel no mundo nos países ricos e aumento na produção dos países em desenvolvimento Necessidade de Segurança Alimentar Produtos Orgânicos Rastreabilidade Denominações de origem Alimentos funcionais Comércio Justo e Solidário Busca do saudável e prático

12 Desenvolver e consolidar marcas e denominações de origem Tendências do mel

13 Intensificar campanhas de propaganda, unir segmentos para aumentar exportações e ter maior representatividade. Tendências do mel

14 Criar ferramentas de gerenciamento da produção como rastreabilidade e administração da atividade. Tendências do mel

15 Plano de estudo - programa 4.1. Introdução Apresentação da disciplina / conteúdos Conceito Histórico Importância da apicultura (econômica e polinização) Produtos apícolas 4.2. Classificação Posição das abelhas na escala zoológica Caracterização das raças de abelhas 4.3. Biologia da produção Anatomia externa Sistemas (respiratório, digestório, circulatório, reprodutivo)

16 Plano de estudo - programa Síntese do mel Comportamento Sentidos (visão, olfato, gustação) e comunicação 4.4. Instalações e equipamentos (teórica + visita ao apiário didático DZ / FAEM) Escolha do local para implantação de apiário fixo Instalação de colméias Tipos de colméias A colméia americana (padrão APIMONDIA, CBA) 4.5. Alimentação Natural Artificial Para transporte/introdução de rainhas

17 Plano de estudo - programa 4.6. Reprodução Características para seleção Partenogênese Metamorfose Castas Criação de rainhas (métodos) Transporte / Introdução de rainhas 4.7. Parasitas e doenças Principais parasitas e doenças das abelhas melíferas Medidas de prevenção e controle 4.8. Classificação e comercialização dos produtos apícolas (teórica + laboratório de apicultura DZ/FAEM) Classificação comercial dos produtos apícolas Boas práticas de produção e de beneficiamento Beneficiamento, embalagem e comercialização do mel

18 Plano de estudo - programa Estratégias de vendas (embalagens, rotulagem, propaganda) Casa do mel e entreposto de mel e cera 4.9. Práticas de criação (teórica + visita ao apiário didático DZ / FAEM) Revisões das colméias Limpeza das colméias Colocação das melgueiras Captura de enxames União de enxames fracos Divisão de enxames Produção de mel, pólen, própolis, cera e geléia real Sistemas de produção Apicultura migratória e fixa Sistemas integrados com a apicultura

19 Plano de estudo - programa - Aulas teóricas. - Práticas de campo e laboratório. - Visita ao entreposto de mel e cera da AFAL em Rio Grande, RS. -Alunos devem assinar termo de compromisso ao emitir informação sobre conhecimento sobre alergia à apitoxina!

20 Avaliações 02 avaliações escritas. 1ª - uma semana após o item 6 (Prod. de abelha rainha) 2ª - uma semana após o item 10 (Sistemas de produção) Trabalhos parciais com peso de até 0,5 pontos, adicionais nas avaliações. Atenção a frequência!!! 25% de faltas em 51 horas/aula = 12,75 h/a (4 dias...). esparecimento das abelhas Para próx. aula: Pesquisar sobre: Desparecimento das abelhas. Vale 0,5 pontos na 1ª avaliação até total de 10,0 e não cumulativo!

21 Obtendo informações Wiese, H Apicultura novos tempos. 260p. wp.ufpel.edu.br/apicultura Agradecimentos: SEBRAE, SENAR, EMATER, EMBRAPA e colegas apicultores por cederem dados e trocarem informações!


Carregar ppt "UFPEL – FAEM – DZ Manejo apícola Prof. Jerri Zanusso / Sala 416."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google