A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Mito do Desenvolvimento Sustentável e a Economia Verde na Rio+20 João Sucupira

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Mito do Desenvolvimento Sustentável e a Economia Verde na Rio+20 João Sucupira"— Transcrição da apresentação:

1 O Mito do Desenvolvimento Sustentável e a Economia Verde na Rio+20 João Sucupira

2 Os atuais problemas ambientais, econômicos e sociais nos colocam diante de situações-limites? O sistema multilateral e das resoluções da ONU são adequados para dar conta dos problemas? No contexto de crise política e econômica internacional os desafios internacionais são prioritários? Depois de tantas COPs, o que se pode esperar da Rio+20? Como surgiu?

3 Como surgiu? Quais os antecedentes?

4 Linha do tempo do DS Mar/1972 Clube de Roma (Limites do Crescimento) Jun/1972 Conf. da ONU s/ Meio Ambiente Humano Jul/1980 Relatório Brandt Abr/1987 Relatório Brundtland (DS) Jun/1992 Conf. da ONU s/ Meio Amb. e Des. (Rio 92) Jul/2000 Pacto Global Set/2000 Objetivos de Des. do Milênio (ODM) Ago/2002 Conf. da ONU s/ Des. Sustentável (Rio+10) Fev/2007 Rel. do IPCC (aumento da temperatura) Fev/2011 Rumo à Economia Verde: caminhos p/ o DS e a erradicação da Pobreza ( O Futuro que Queremos ) Jun/2012 Conf. da ONU s/ Desenvolvimento Sustentável (Rio+20)

5 Os impactos da elevação da temperatura global em 2 graus * Queda de 5% a 10% na produção de cereais na África tropical * 40 a 60 milhões de pessoas a mais expostas à malária na África * Até 10 milhões de pessoas a mais expostas a enchentes nas regiões costeiras * Entre 15% e 40% das espécies de seres vivos vêem-se ameaçadas de extinção * Possibilidade de que a camada de gelo da Groenlândia comece a derreter de forma irreversível (nível dos oceanos subiria 7 metros)

6

7 O Futuro que Queremos Reafirmação dos compromissos Agenda genérica e sem foco Não enfrenta a questão central Papel limitado para os Estados Insuficiência do PIB como parâmetro Não há indicação de fontes de financiamento Papel central da Economia Verde

8 Economia Verde Aquela que resulta em melhorias do bem- estar humano e da igualdade social, ao mesmo tempo em que reduz significativamente os riscos ambientais e a escassez ecológica. Fonte: PNUMA -pouco intensiva em carbono -eficiente no uso dos recursos naturais -socialmente inclusiva

9 Críticas à Economia Verde Adotada de maneira unidimensional Não questiona a estrutura da economia Injusta divisão internacional do trabalho Uso da EV como condicionalidade

10 Governança Instrumentos regulatórios (convenções, tratados, protocolos) Planos regionais e nacionais de execução Órgão gestor (WEO, CDS) Mecanismos de penalização Participação e controle social Fundos públicos e privados Transparência e acesso à informação

11

12

13

14

15 Objetivos de Desenvolvimento do Milêncio - ODM 1.Erradicar a pobreza extrema e a fome 2.Atingir o ensino básico universal 3.Promover igualdade entre os sexos e autonomia das mulheres 4.Reduzir a mortalidade na infância 5.Melhorar a saúde materna 6.Combater o HIV, a malária e outras doenças 7.Garantir a sustentabilidade ambiental 8.Estabelecer uma parceria mundial para o desenvolvimento

16 Documentos da Rio 92 Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Declaração de Princípios sobre Florestas Convenção-Quadro da ONU sobre a Mudança do Clima Convenção da ONU sobre a Diversidade Biológica Convenção sobre Combate à Desertificação Agenda 21

17 Conceito de Desenvolvimento Sustentável É aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem a suas próprias necessidades

18


Carregar ppt "O Mito do Desenvolvimento Sustentável e a Economia Verde na Rio+20 João Sucupira"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google