A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Apoio à Inovação Agosto 2009. Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Apoio à Inovação Agosto 2009. Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos."— Transcrição da apresentação:

1 Apoio à Inovação Agosto 2009

2 Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos

3 Fundado em 1952 Empresa Pública, 100% do Governo Brasileiro Instrumento chave para implementação de Políticas Industriais e de Infra-estrutura e Comércio Exterior Papel protagonista como investidor em equity através da BNDESPAR Maior provedor de financiamento para investimentos de longo prazo no Brasil O BNDES Fontes de recursos para investimento na indústria e infra-estrutura (%) – média 2005/2007 BNDES 2008 R$ 92 bi em desembolsos 10% 3% 20% 16% 51% Lucros retidosBNDESCapital externo Títulos PrivadosAporte

4 Prioridades Infraestrutura Privada e Exportações Privatização: Gerenciamento do PND Desenvolvimento Social e Urbano Hoje Inovação – Infra-estrutura - Capacidade Produtiva Exportação – Inclusão Social Infra-estrutura (Energia e Transporte) Siderurgia Indústria Pesada – Bens de Consumo - PMEs Substituição de Importações Insumos Básicos – Bens de Capital Energia Agronegócio Integração Competitiva Setores intensivos em inovação em foco no BNDES!!!!

5 Inovação: Conceito (...) implementação de um produto (bem ou serviço) novo ou significativamente aprimorado, ou um processo, ou um novo método de marketing, ou um novo método organizacional nas práticas de negócios, na organização do local de trabalho ou nas relações externas. (Manual de Oslo – 3ª Edição) Definição que considera as perspectivas econômica, organizacional e de marketing.

6 Política de Inovação do BNDES atuação em todos os setores da economia de forma complementar a outras instituições do Sistema nacional de Inovação Conjugação de instrumentos de renda fixa e renda variável Diretrizes Objetivo: contribuir para o aumento das atividades inovadoras do país e para sua realização em caráter sistemático Meta de inovação: R$ 6 bilhões entre 2008 e 2010

7 Política de Inovação do BNDES APLICAÇÃO NÃO- REEMBOLSÁVEL EQUITY RENDA FIXA / RENDA VARIÁVEL Fundos Mútuos Fechados e Participação Participação direta Programa Criatec (Seed Money) INOVAÇÃO TECNOLÓGICA FOCO NA ESTRATÉGIA FOCO NO PROJETO CAPITAL INOVADOR FUNTEC Fundo Tecnológico Projetos de Pesquisa, desenvolvimento e inovação em áreas de interesse nacional PROSOFT, PROFARMA, PROTVD, PRO-Aeronáutica e Proengenharia SETORIAIS CARTÃO BNDES Para micro, pequenas e médias empresas Dentre os produtos: Certificação e avaliação de conformidade Serviços de Inovação, de extensão tecnológica, software e PI

8 Capital Inovador Itens Financiáveis: infra-estrutura física + ativos tangíveis e intangíveis Modalidade Direta: financiamento e/ou capitalização Valor Mínimo: R$ 1 milhão Custo: TJLP + Taxa de Risco (MPMEs ROB < R$ 60 milhões: isentas) Participação: até 100% Prazo: até 12 anos Garantias: definidas na análise - Dispensa de garantia real a critério do BNDES, para exposição inferior a R$ 10 milhões Estratégia de Inovação Plano de Investimento em Inovação (PII) Empresa Objetivo: Objetivo: apoiar os esforços inovativos alinhados com a estratégia e previstos nos Planos de Investimento em Inovação das empresas

9 Inovação Tecnológica Objetivo: Objetivo: apoiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação com risco tecnológico e oportunidade de mercado, compreendendo o desenvolvimento de produtos e/ou processos novos (para o mercado nacional) ou significativamente aprimorados Risco Tecnológico Oportunidade de Mercado Novidade para Mercado Nacional Projeto Modalidade direta: financiamento e/ou capitalização Valor Mínimo: R$ 1 milhão Custo: 4,5% a.a Participação: até 100% Prazo: até 14 anos Garantias: definidas na análise –Dispensa de garantia real a critério do BNDES, para exposição inferior a R$ 10 milhões

10 PSI - Inovação Condições Especiais das linhas e programas de inovação, válidas para operações contratadas até 31/12/2009. Custo Financeiro: 3,5% a.a - para projetos de inovação de natureza tecnológica que busquem o desenvolvimento de produtos ou processos novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado nacional) e que envolvam risco tecnológico e oportunidade de mercado; e 4,5% a.a - para projetos que pretendam desenvolver a capacidade para empreender atividades inovativas em caráter sistemático, compreendendo investimentos em capitais tangíveis, incluindo infra-estrutura física, e em capitais intangíveis. Prazo de pagamento: Até 120 meses - para os projetos de custo financeiro de 3,5% a.a.; e Até 96 meses - para os projetos de custo financeiro de 4,5% a.a.. As demais condições permanecem de acordo com a Linha de financiamento ou Programa contratado.

11 BNDES Proengenharia Objetivo: Objetivo: Financiar a engenharia nos setores de Bens de Capital, Defesa, Automotivo e na cadeia de fornecedores das indústrias de Petróleo e Gás e Naval, visando ao fortalecimento das áreas de engenharia das empresas e estimulando o aprimoramento das competências e do conhecimento técnico no país. Modalidade de : direto, indireto não automático ou misto Valor Mínimo: R$ 3 milhões Custo: – Para apoio direto: TJLP (6% a.a.) + 0,9% a.a. + Taxa de Risco de Crédito (até 3,57%a.a.) – Para apoio indireto: TJLP + 0,9% a.a. + 0,5% a.a. + Remuneração da Instituição Financeira Participação: – MPME: até 100% dos itens financiáveis – Grande empresa: até 80% Garantias: definidas na análise –Dispensa de garantia real a critério do BNDES, para exposição inferior a R$ 10 milhões

12 Subscrição de Valores Mobiliários Ofertas Públicas Primárias e Secundárias Fundos de Private Equity Venture Capital EmpresasNascentesStart-Ups SementeSeed Mercado de Capitais EmpresasIniciantes Early Stage EmpresasEmergentes EmpresasMaduras Investidores Pessoa Física Abertura de Capital IPO Participação, Fundos e Programas de Capitalização Criatec

13 Criatec Gestores Regionais: SC, SP, RJ, MG, PE, CE, BA e PA Patrimônio Comprometido: 100 milhões (80% BNDESPar) Duração: 10 anos (quatro primeiros: período de investimento) Política de Investimento –Empresas com faturamento líquido máximo de R$ 6 milhões –Máximo de investimento por empresa: R$ 1,5 milhão –Setores em foco: TI, Biotecnologia, Novos Materiais, Nanotecnologia, Agronegócios e outros Objetivo: Objetivo: capitalizar as micro e pequenas empresas inovadoras de capital semente e prover-lhes um adequado apoio gerencial

14 Criatec Maiores informações Critérios de Avaliação –Tecnologia: grande diferencial tecnológico e/ou competitivo com relação aos concorrentes –Mercado: solução de um problema de mercado claro e economicamente relevante –Empreendedor: empreendedor(es) altamente competentes, com grande diferencial e bom relacionamento –Resultado Financeiro: possibilidade de margens significativas –Necessidade de Capital: capital capaz de levar empresa ao próximo estágio –Desinvestimento: compradores identificados

15 FUNTEC – Fundo Tecnológico Objetivo: Objetivo: apoiar financeiramente projetos que objetivam estimular o desenvolvimento tecnológico e a inovação de interesse estratégico para o País, em conformidade com os Programas e Políticas Públicas do Governo Federal. Aplicação direta e não reembolsável Projetos de natureza científica e tecnológica Beneficiários: Institutos tecnológicos e Instituições de apoio Participação: até 90% Projetos apreciados em três ocasiões, devendo ser protocolados no BNDES até 02/10/09 - apreciados na terceira reunião do CCTEC Com a interveniência de empresas

16 FUNTEC – Focos 2009 Energias Renováveis Bioenergia Hidroeletricidade Meio Ambiente Tratamento de resíduos sólidos urbanos Redução de resíduos industriais e da construção civil Recuperação de áreas contaminadas / degradadas Redução e controle da geração de efluentes líquidos Saúde Biofármacos Equipamentos p/ diagnóstico e kits diagnósticos Vacinas ainda não produzidas no país

17 FUNTEC – Focos 2009 Eletrônica Microeletrônica e/ou nanotecnologia Mostradores de informação (displays) Novos materiais Metais Cerâmicas avançadas Química Fertilizantes foliares, potássicos e nitrogenados Aplicações p/ resinas, plásticos, elastômeros e compósitos Biorrefinarias e alcoolquímica

18 Cartão BNDES Micro, Pequenas e Médias Empresas Fornecedores Credenciados Ambiente de Negócios

19 Cartão BNDES Limite de até R$ 500 mil, por banco emissor Prestações fixas em até 48 meses Taxa de juros atrativa – 0,97 % a.m. agosto/09 Crédito rotativo e uso automático Fornecedores credenciados Custos: taxa de desconto de até 3% sobre o valor da venda Financiamento a: Máquinas, equipamentos, softwares, veículos utilitários, mobiliário, autopeças e pneus, etc; Insumos industriais e materiais para construção civil; Serviços de avaliação de conformidade; Serviços de P,D&I

20 Cartão BNDES Financiamento de serviços de P,D&I: Extensão tecnológica; Desenvolvimento de embalagens; Design, Ergonomia e Modelagem de produto; Prototipagem; Resposta técnica de alta complexidade; Projeto de experimento; Avaliação de viabilidade e pedido de registro de propriedade intelectual; Técnico-especializados em eficiência energética e impacto ambiental; Aquisição de conhecimentos tecnológicos e transferência de tecnologia (contratos averbados no INPI);e Avaliação e implementação da qualidade de produto e processo de software. Contrapartida Financeira de MPMEs em programas executados pelo MCT/ Finep voltados para projetos de inovação e extensão tecnológica em cooperação com Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs).

21 OBRIGADA! Atendimento Empresarial: BNDES: (21) Ouvidoria: (21) Operações Indiretas: (21)


Carregar ppt "Apoio à Inovação Agosto 2009. Agenda O BNDES Inovação Política de Inovação do BNDES Instrumentos de Apoio à Inovação Linhas Programas Fundos Produtos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google