A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ASSEMBLEIA DE DEUS EM JUNDIAÍ AGOSTO DE 2013. Como participantes da Escola Dominical, na qualidade de professores, alunos ou como membros do staff, precisamos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ASSEMBLEIA DE DEUS EM JUNDIAÍ AGOSTO DE 2013. Como participantes da Escola Dominical, na qualidade de professores, alunos ou como membros do staff, precisamos."— Transcrição da apresentação:

1 ASSEMBLEIA DE DEUS EM JUNDIAÍ AGOSTO DE 2013

2 Como participantes da Escola Dominical, na qualidade de professores, alunos ou como membros do staff, precisamos ter em mente que Deus se utiliza de diversos meios na igreja para edificar seu povo, e um desses meios é a Escola Dominical.

3 A escola dominical é uma instituição de ensino que disponibiliza ao povo de Deus os conhecimentos necessários e práticos para que haja um correto entendimento da Bíblia, da Teologia Cristã e da aplicação diária à vida do crente.

4 A escola dominical se caracteriza pelo trabalho voluntário de pessoas que entendem ter uma chamada divina para o ensino. E a base do que ensinamos deve ser a explicação dos textos bíblicos, ou uma análise de questões de nossos dias sob a perspectiva bíblica.

5 A Bíblia é a Palavra de Deus. Por meio dela podemos saber aquilo que Deus quis revelar acerca de si mesmo, e o que Ele deseja que saibamos para ter um relacionamento correto com Ele. A Bíblia nos traz tudo o que precisamos saber no tocante ao relacionamento do homem com Deus, com seu próximo e consigo mesmo.

6 Manter a Palavra de Deus em nossa vida diária é um desafio igualmente diário. Howard Hendrick disse que Bíblias empoeiradas levam a vidas sujas. O desafio do professor de escola dominical é fazer com que a leitura e a prática da Palavra de Deus seja uma constante na vida de deus alunos.

7 O Instituto Gallup indicou nos EUA que em 1990, de 1000 adultos entrevistados: 82% acreditavam que a Bíblia é a Palavra de Deus Mais da metade lia a Bíblia mensalmente Mais da metade não sabia nomear os 4 Evangelhos – Mateus, Marcos, Lucas e João Menos da metade sabia quem proferiu o Sermão do Monte.

8 Estudar a Bíblia é essencial se você deseja crescer Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo 1ª Pe 2.2

9 Aqueles que já tiveram filhos sabem a importância do leite para um recém-nascido. Quando ele tem fome, avança para o seio materno ou para a mamadeira. E um adulto não pode ignorar essa necessidade, ou não verá a calma em sua casa. Da mesma forma, o cristão precisa desejar ardentemente a Palavra de Deus para que esteja alimentado.

10 O estudo da Bíblia nos leva também ao crescimento. Infelizmente, há crentes que depois de algum tempo, esquecem-se de manter em suas vidas a leitura da Bíblia. Certa vez, a filha de Howard Hendrics perguntou a ele: Papai, porque gente grande pára de crescer? Na verdade, não estamos impedidos de crescer em outra direção

11 A prática da Palavra de Deus nos torna pessoas maduras. Hebreus 5.11: Do qual muito temos que dizer, de difícil interpretação, porquanto vos fizestes negligentes para ouvir Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite e não de sólido mantimento.

12 5.13 Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal. O escritor aos hebreus estava confrontando seus leitores:

13 Pelo tempo que tinham na vida cristã, os crentes hebreus deveriam estar na faculdade, mas estavam retornando ao jardim de infância. Eles não cresceram lendo a Palavra, mas a culpa era deles. O motivo era simples: a maturidade não veio para eles porque lhes faltava a prática Para o escritor aos Hebreus, os maduros não são aqueles que vão aos seminários ou os que sabem mais versos bíblicos de cor. Os maduros são os que treinaram suas vidas com o uso constante das Escrituras para distinguir o bem do mal.

14 A marca da maturidade não é o quanto você sabe, mas o quanto você usa. Para Deus, o oposto da ignorância não é a sabedoria, mas a obediência. Aprenda a usar a Palavra de Deus aplicando-a à sua vida, e não apenas às vidas de seus alunos.

15 3.16 Toda Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, 3.17 para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra. Paulo fala da Palavra de Deus dizendo que ela é útil. Útil para quê?

16 1º - Ensinar - Quando Deus decidiu revelar a si mesmo, Ele o fez de forma escrita, para que pudéssemos ler sobre Ele e os seus atos. E Paulo deixa claro que a Palavra deve ser ensinada, ou seja, lida, estudada, dela se extrair lições e de forma didática, ser repassada a todos dentro e fora da igreja.

17 2º - Redargüir – A Palavra de Deus tem a resposta necessária para a minha vida no momento certo. Ela mostra aquilo que Deus deseja para a minha vida em argumentos diretos. 3º - Ela corrige -A Bíblia me diz quando eu passei dos limites. Ela mostra o que é o pecado, mas mostra pela repreensão como retornar para Deus.

18 4º - Instruir em justiça – Deus se preocupa em manifestar a nós a sua justiça, e Ele o faz por meio de sua Palavra. Ela nos mostra como podemos viver de forma justa diante de Deus e dos que nos cercam. De forma geral, a Bíblia nos equipa para uma boa obra. E não precisamos fazer isso sem a ajuda divina, que por sinal, está disponível para os servos de Deus na Bíblia Sagrada.

19 Como fazer para interpretar a Bíblia de forma correta? 1º - Tendo uma experiência com Deus. Uma pessoa não salva pode ler a Bíblia facilmente, bastando-lhe apenas saber ler. Mas se não estiver aberta à operação do Espírito Santo, não compreenderá sua mensagem e não conseguirá atingir os objetivos propostos por Deus nas Escrituras.

20 2º - Conhecer o vernáculo da Bíblia. Nem todos tem acesso à língua grega e hebraica, mas podem ler a Bíblia em seu próprio vernáculo. Mesmo sem conhecer as línguas originais, o professor de Escola Dominical deve dispor de dicionários bíblicos e gramáticas das línguas originais para poder deles se utilizar na preparação de suas aulas.

21 3º - Analisar o contexto. Muitos erros doutrinários originam-se de uma leitura descomprometida de se respeitar o contexto em que está a passagem que se vai ensinar. Acostume-se a ler todo o capítulo daquele livro. Veja qual é a mensagem central daquele livro.

22 Leia os 5 versos anteriores e os 5 posteriores da passagem que você vai utilizar. Lucas fala acerca da parábola do fariseu e do publicano. Em uma primeira leitura, essa parábola fala sobre oração nos versos 10 a 13. Mas analisando o o verso 9, percebemos que Jesus falou contra a justiça própria e o desprezo do próximo.

23 4º - Busque informações relacionadas à cultura bíblica. Tenha livros que falam sobre costumes dos tempos bíblicos, geografia, história, etc. Lembre-se de que a Bíblia não foi escrita no Século XXI. Lucas Na parábola da grande ceia, vemos detalhes da cultura bíblica que podem nos fazer entender melhor a própria parábola.

24 Professor, ser usado por Deus está em suas mãos. Ele deseja fazer de você um canal de bênçãos para a igreja, mas é preciso que você esteja disponível dentro de suas possibilidades para ser útil a Deus. Os sábios, pois, resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente. (Dn 12.3)


Carregar ppt "ASSEMBLEIA DE DEUS EM JUNDIAÍ AGOSTO DE 2013. Como participantes da Escola Dominical, na qualidade de professores, alunos ou como membros do staff, precisamos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google