A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OFICINA DE ELETRICIDADE BÁSICA. NOÇÕES BÁSICAS EM CIRCUITO ELÉTRICOS Professor Antenor e-

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OFICINA DE ELETRICIDADE BÁSICA. NOÇÕES BÁSICAS EM CIRCUITO ELÉTRICOS Professor Antenor e-"— Transcrição da apresentação:

1

2 OFICINA DE ELETRICIDADE BÁSICA. NOÇÕES BÁSICAS EM CIRCUITO ELÉTRICOS Professor Antenor e-

3 OBJETIVO ESPECIFICO. PROFESSOR ANTENOR O que significa as siglas: W, Volts, A, Hz? Qual das lâmpada possui mais brilho uma de 100W incandescente ou uma lâmpada de 20W florescente?(Custo x benefício) Como evitar choque elétrico? Como trocar uma lâmpada ou instala-la? Como dimensionar o fio ou tomadas corretos para o aparelho? Qual a função do disjuntor? Como resolver pequenos problemas na instalação? Em que ambiente eu posso usar um T sem problemas? Qual a função do fio terra?

4

5 A eletricidade está presente em quase todos os locais, hoje em dia já não vivemos sem ela, pois tudo o que usamos necessita da eletricidade.

6 Veja alguns exemplos que utilizam a energia elétrica:

7

8

9

10

11

12

13

14 Mas, todo esse trabalho custa muito dinheiro. Por isso, nos prédios e nas casas existem medidores de eletricidade. Como podemos economizar energia? 1-Comprar eletrodomésticos de baixa potencia. 2-Reduzir sempre que possivel o tempo de uso.

15

16 Desligue os aparelhos domésticos que não estiver usando.

17 Não deixe as luzes acesas sem necessidade.

18 LÂMPADAS Na hora de comprar, dê preferência a lâmpadas fluorescentes, compactas ou circulares, para a cozinha, área de serviço, garagem e qualquer outro lugar da casa que fique com as luzes acesas por mais de quatro horas por dia. Além de consumir menos energia, essas lâmpadas duram mais que as comuns. Não se esqueça, porém, de que essas lâmpadas contêm substâncias químicas que podem ser prejudiciais à saúde se não forem descartadas adequadamente. O melhor é entregar nos locais de venda, quando possível.

19 GELADEIRA E FREEZER De forma geral, esses equipamentos são responsáveis por cerca de 30% do consumo de uma residência. Na hora de comprar, leve em conta a eficiência energética certificada pelo selo Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica) e dê preferência aos que utilizam gases inofensivos à camada de ozônio (livres de CFCs). Evite a proximidade com o fogão, aquecedores ou áreas expostas ao sol; No caso de instalação entre armários e paredes, deixe um espaço mínimo de 15 cm dos lados, acima e no fundo do aparelho. Evite abrir a porta da geladeira em demasia ou por tempo prolongado. Deixe espaço entre os alimentos e guarde-os de forma que você possa encontrá-los rápida e facilmente. Não guarde alimentos e/ou líquidos quentes, nem recipientes sem tampa na geladeira. Não forre as prateleiras com vidros ou plásticos, pois isso dificulta a circulação interna de ar.

20

21 A energia elétrica, além de ser útil, traz conforto à vida do ser humano. Encontramos energia elétrica em: ** Nossos lares (eletrodomésticos). ** Indústrias e hospitais (aparelhos e máquinas). ** Iluminação de estradas, ruas e cidades. ** Meios de transporte (metrô, trólebus etc). ** Meios de comunicação ( rádio, televisão)

22 AAAAAAUUUUU!!!

23 Os choques acontecem quando não tomamos cuidado ao mexer com eletricidade. Um choque, se durar alguns segundos, atinge o coração do indivíduo levando-o à morte. Por isso, TOME MUITO CUIDADO!!

24 COMO OBTER UMA CORRENTE ELÉTRICA? Para obtermos uma corrente elétrica precisamos de um circuito elétrico PROFESSOR ANTENOR

25 CIRCUITO ELÉTRICO Para obtermos um circuito elétrico, são necessários três elementos: PROFESSOR ANTENOR

26 SÃO ELES: Gerador, Condutor e Carga. PROFESSOR ANTENOR

27 GERADOR Orienta o movimento dos elétrons CONDUTOR Assegura a transmissão da corrente elétrica. CARGA Utiliza a corrente elétrica (transforma em trabalho) PROFESSOR ANTENOR

28 A A Amperímetro O amperímetro deve ser ligado em série com a carga. PROFESSOR ANTENOR

29 Para que haja corrente elétrica é necessário que o circuito esteja fechado. Gerador Carga PROFESSOR ANTENOR

30 Introduzimos um interruptor para abrir e fechar o circuito Gerador Carga PROFESSOR ANTENOR

31 Gerador Carga ABERTO PROFESSOR ANTENOR

32 Gerador Carga FECHADO PROFESSOR ANTENOR

33 Gerador Carga ABERTO PROFESSOR ANTENOR

34 REVISÃO ELETRICIDADE BÁSICA TENSÃO PROFESSOR ANTENOR

35 FAREMOS UMA ANALOGIA COM UM CIRCUITO HIDRAÚLICO PROFESSOR ANTENOR

36 TEMOS UMA DIFERENÇA DE NÍVEL DÁGUA Se abrirmos o registro PROFESSOR ANTENOR

37

38

39 ...NÃO HÁ MAIS DESNÍVEL. PROFESSOR ANTENOR

40 Para termos um movimento de água, é necessário um desnível de água (pressão). O mesmo acontece com os elétrons. Para que eles se movimentem, é necessário termos uma pressão elétrica. PROFESSOR ANTENOR

41 À pressão exercida sobre os elétrons, chamamos de tensão elétrica ou d.d.p. (diferença de potencial). PROFESSOR ANTENOR

42 Unidade de medida da tensão elétrica VOLT (V) PROFESSOR ANTENOR

43 Tensão elétrica - é a pressão exercida sobre os elétrons livres para que estes se movimentem no interior de um condutor. Símbolo - V Unidade - VOLTS (V) PROFESSOR ANTENOR

44 V kV MV GV nV V mV Múltiplos e Submúltiplos Para valores elevados, utilizamos os múltiplos e para valores muito baixos, os submúltiplos. Para descer um degrau, caminhe com a vírgula 3 casas à direita Para subir um degrau, caminhe com a vírgula 3 casas à esquerda PROFESSOR ANTENOR

45 13,8 kV= V 34,5 kV= V 220 V= 0,22 kV 127 V= 0,127 kV PROFESSOR ANTENOR

46 APARELHO DE MEDIDA DA TENSÃO ELÉTRICA PROFESSOR ANTENOR

47 REVISÃO ELETRICIDADE BÁSICA RESISTÊNCIA ELÉTRICA PROFESSOR ANTENOR

48 Comparando as correntes ao aplicarmos a mesma tensão em duas lâmpadas diferentes PROFESSOR ANTENOR

49 A 100 V VV 0,5 A PROFESSOR ANTENOR

50 0,5 A 100 V A V PROFESSOR ANTENOR

51 0,5 A 100 V A V 1 A PROFESSOR ANTENOR

52 0,5 A 100 V V A 1 A PROFESSOR ANTENOR

53 A 1ª lâmpada possui maior RESISTÊNCIA ELÉTRICA. 1,0 A 100 V 0,5 A 100 V A 2ª lâmpada possui menor RESISTÊNCIA ELÉTRICA. PROFESSOR ANTENOR

54 REVISÃO ELETRICIDADE BÁSICA POTÊNCIA PROFESSOR ANTENOR

55 CAPACIDADE DE PRODUZIR TRABALHO PROFESSOR ANTENOR

56 200 kg50 kg Fazendo a analogia com duas pessoas as duas são capazes de realizar trabalho PROFESSOR ANTENOR

57 Da mesma maneira as cargas elétricas possuem uma capacidade de produzir trabalho. A capacidade de produzir trabalho de uma carga elétrica é expressa em Watts PROFESSOR ANTENOR

58 POTÊNCIA DA LÂMPADA Capacidade de produzir trabalho de 100 W Se for ligada a uma fonte de 127 V PROFESSOR ANTENOR

59 POTÊNCIA DA LÂMPADA Capacidade de produzir trabalho de 100 W Se for ligada a uma fonte de 220 V PROFESSOR ANTENOR

60 100 W 60 W 220 V OBSERVEMOS O BRILHO DAS LÂMPADAS PROFESSOR ANTENOR

61 A POTÊNCIA DEPENDE DE OUTRAS GRANDEZAS R - Resistência V - Tensão I - Corrente Aplicando a tensão V na resistência R circula a corrente I PROFESSOR ANTENOR

62 Assim temos: P = R x I 2 e P = V x I NOS APEGAREMOS MAIS À SEGUNDA PROFESSOR ANTENOR

63 COMO CALCULAR A CORRENTE EM UM FIO OU TOMADA. SOME A POTENCIA EM WATTS DE TODOS OS APARELHOS E DIVIDA POR 22OV I=P/v Compare a resposta com a corrente máxima em Amperes que está na tomada. COMO CALCULAR O CONSUMO EM KWH DE CADA APARELHO. E=p.t Multiplique a potencia em w pelo tempo de uso em hora e divida por 1000 a resposta será em kwh se quiser em reais multiplique pelo valor cobrado pela Cosern em centavos. PROFESSOR ANTENOR

64 P = 500 W t = 1 h E = 500 Wh P = 500 W t = 3 h E = 1500 Wh E = 1,5 kWh

65 Neste apartamentouma lâmpada de 60 W fica acesa 10 horas por dia. Qual o trabalho realizado ao final de 30 dias?

66 * Lâmpada de 60 W * 10 horas por dia * 30 dias E = Wh E = 18 kWhOU E = 60 x 300 Total de horas = 300

67 W...Se substituirmos a pessoa, o Watímetro e o cronômetro por um aparelho que tem um medidor de corrente, um medidor de tensão e uma relojoaria obteremos o mesmo resultado.

68

69 Os medidores de energia elétrica são compostos basicamente de: Bobina de corrente - Amperímetro Bobina de tensão - Voltímetro Relojoaria - cronômetro Ímã e bornes de ligação Disco

70 E Wh = PW PW x thth OU E Wh = PW PW x t min 60

71 Uma pessoa demora 15 min em média para tomar banho, num chuveiro de potência de 4800W. Qual o consumo de energia elétrica?

72 E Wh = PW PW x t min 60 E Wh = x E Wh = E Wh =1.200 Wh = 1,2 kWh

73 P P V V I I EM REAIS SE UM KWH FOR 0,50 CENTAVOS. Ec=1,2kwh x 0.50 Ec energia consumidae em Reais = 0,60 centavos cada banho de 15 minutos PROFESSOR ANTENOR

74 A V W V=100 P = 500W P = 500W P = V x I I=5 A PROFESSOR ANTENOR

75 POTÊNCIA ELÉTRICA É A CAPACIDADE DE PRODUZIR TRABALHO. SÍMBOLO - P UNIDADE - WATT (W) PROFESSOR ANTENOR

76 OBRIGADO! ATÉ O PRÓXIMO. Qualquer duvida entrar em contado pelo PROFESSOR ANTENOR


Carregar ppt "OFICINA DE ELETRICIDADE BÁSICA. NOÇÕES BÁSICAS EM CIRCUITO ELÉTRICOS Professor Antenor e-"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google