A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROMOÇÃO DA SAúDE NO CONTROLE DE ZOONOSES EM BELO HORIZONTE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES JUNHO-2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROMOÇÃO DA SAúDE NO CONTROLE DE ZOONOSES EM BELO HORIZONTE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES JUNHO-2009."— Transcrição da apresentação:

1 PROMOÇÃO DA SAúDE NO CONTROLE DE ZOONOSES EM BELO HORIZONTE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES JUNHO-2009

2 A superpopulação de cães e gatos – problema para a saúde pública Transmissão de zoonoses, agressões, contaminação ambiental por dejetos, dispersão de lixo e acidentes de trânsito, tornando-se um desafio para o poder público Além disso, animais nas ruas estão sujeitos a maus-tratos, doenças, atropelamentos e violência. Eles são, principalmente, vítimas da irresponsabilidade dos seus proprietários. Com o objetivo de minimizar o impacto na saúde pública, principalmente na transmissão de zoonoses, e melhorar a qualidade de vida dos animais domésticos, através da promoção à saúde, propôs-se para o município de Belo Horizonte o programa de posse e/ou guarda responsável e controle populacional de animais domésticos, buscando-se desta maneira, uma nova abordagem para o enfrentamento deste problema.

3 EDUCAÇÃO Trabalho realizado em escolas municipais de ensino fundamental e médio CRIÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO Cartazes – Frase de efeito (escolas, unidades de saúde da rede própria, distritos sanitários, clínicas e estabelecimentos veterinários Folder´s – Contendo informações objetivas sobre guarda e ou posse responsável e outros aspectos da criação de animais domésticos – domicílios nas atividades de controle da Dengue. Cartilhas – utilizadas nas atividades educativas e entregue aos proprietários de animais esterilizados. CAMPANHA PUBLICITÁRIA Jornal do onibus; backbus (traseira de onibus); imprensa falada e escrita; mensagem nos contra-cheques dos servidores municipais; mensagens nas guias de IPTU e links no site da Prefeitura de Belo Horizonte. Outras - Outdoor´s e painéis eletronicos, mensagens nas contas de água, luz e telefone, filmes nas salas de espera das UBS´s e centros cirúrgicos e mensagens em espera nas linhas telefonicas do CCZ e Centros cirúrgicos.

4 CAPACITAÇÃO DE VETERINÁRIOS, AGENTES SANITÁRIOS E DE COMBATE EM ENDEMIAS – Atividades de campo (Dengue, leishmaniose, roedores e outras zoonoses e agravos) – nas visitas domésticas diárias distribuem folder´s e levam informações sobre a posse e ou guarda responsável 60 Médicos veterinários e biólogos – coordenadores das equipes de campo 58Agentes e 6 veterinários (FOCA) – fazem o recolhimento domiciliar de animais soropositivos, recolhimento seletivo e manejo de animais no CCZ e coordenam essas atividades 20 – Médicos veterinários de BH e municípios vizinhos na esterilização em massa (Havier )

5 EDUCAÇÃO NAS ESCOLAS Palestras pela equipe do CCZ em escolas da rede municipal, de nível fundamental e médio sobre posse e ou guarda responsável; Equipe educativa formada por profissionais da secretaria municipal de educação treinará 1 grupo de professores de cada escola; Discussão com a secretaria municipal de educação a inserção permanente do tema na grade curricular das escolas.

6 ESTERILIZAÇÃO Foram criados 03 centros cirúrgicos (01 em 2005, 02 em 2008) e adquirida uma Unidade Móvel de Esterilização Desde 2005 são oferecidas gratuitamente cirurgias de esterilização aos proprietários em geral e aqueles que resgatam seus animais Também são esterilizados os animais que retornam para o ambiente de recolhimento e os adotados. O cadastro é feito por telefone, presencialmente nos centros e através dos Agentes de campo

7 LEGISLAÇÃO, IDENTIFICAÇÃO E REGISTRO No novo código em saúde do município de Belo Horizonte estão listadas as responsabilidades dos proprietários, bem como as penalidades pelas infrações relativas aos animais. Nele, estão previstos também a identificação e o registro dos cães e gatos do município. São atividades que se fazem necessárias para o vínculo e a responsabilização do proprietário.

8 RESULTADOS Foram realizadas reuniões com todos os coordenadores lotados nos 9 (nove) distritos sanitários, para capacitação e discussão sobre a melhor forma de se envolver no trabalho, além da capacitação de todos os agentes de combate em endemias I e II quanto a posse responsável, dos nove distritos sanitários e da realização do Curso de Formação dos Oficiais de Controle Animal para os ACE lotados no CCZ e nos Distritos Sanitários, responsáveis pelo recolhimento domiciliar de cães com sorologia positiva para LVC. Para o trabalho nas escolas, optou-se por iniciar um projeto piloto com as escolas da regional norte, onde fica localizado o CCZ, sendo trabalhados, mais de alunos, de ensino fundamental e médio. Quanto às esterilizações, foram construídos três centros cirúrgicos, além da aquisição da UME. Observa-se que vem crescendo de forma significativa a demanda da população por este serviço. O número de esterilizações no período entre 2005 e 2009 vem crescendo em ritmo acelerado, como pode ser observado na tabela 1.

9 Tabela 1: Número de cirurgias realizadas de 2005 a 2009, em Belo horizonte/MG. ANO CÃOGATO MACHOFÊMEATNR-UMEMACHOFÊMEATOTAL ORQUIETOMIAVASECTOMIAOVARIO SALPINGO ESTERECT OMIA ORQUIET OMIA OVARIOS ALPINGO ESTEREC TOMIA TOTAL

10 Esterilização de pequenos animais 2005: 293 cirurgias 2006: 501 cirurgias 2007: 981 cirurgias 2008: 4205 cirurgias 2009: 2632 cirurgias TOTAL: cirurgias ( Até dia 30/04/2009)

11 Avaliação dos óbitos decorrentes das cirurgias 2008 –3730 cirurgias, –07 encaminhamentos para a EV-UFMG, –02 óbitos (até 30/04/09) – 2634 cirurgias, – 10 encaminhamentos para a EV-UFMG, – 04 óbitos óbitos em anestesia = 10 óbitos. (0,37%)

12 RESULTADO E DISCUSSÃO –A efetividade do programa poderá ser avaliada à medida que a população de animais errantes diminua, bem como a ocorrência de doenças e agravos causados por ela, e se atinja níveis crescentes de qualidade de vida para os animais domésticos. Esses resultados serão observados em longo prazo, já que demandam mudança na cultura de uma população. De imediato, o que se pode observar é a adesão da população pelo serviço de esterilização e por informações sobre posse responsável de animais domésticos.

13 CONCLUSÃO Acreditamos que só com educação e com a mudança de comportamento da população, os objetivos serão alcançados, quais sejam, melhorar a qualidade de vida dos animais domésticos e efetivo controle dos problemas de saúde pública deles decorrentes. Ressalta-se que as ações educativas para promoção da saúde devem ser contínuas, e não pontuais e que devemos promover maior divulgação dos serviços ofertados.

14 Muito Obrigada!


Carregar ppt "PROMOÇÃO DA SAúDE NO CONTROLE DE ZOONOSES EM BELO HORIZONTE CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES JUNHO-2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google