A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A CEIA DO SENHOR, INSTITUÍDA POR JESUS CRISTO I PARTE Paulo Augusto da Costa Pinto

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A CEIA DO SENHOR, INSTITUÍDA POR JESUS CRISTO I PARTE Paulo Augusto da Costa Pinto"— Transcrição da apresentação:

1 A CEIA DO SENHOR, INSTITUÍDA POR JESUS CRISTO I PARTE Paulo Augusto da Costa Pinto

2 Desde o princípio(símbolos de recordação) o povo de Deus usou memoriais: Jacó edificou um marco Josué colocou pedras do fundo do rio Jordão Deus estabeleceu a Páscoa Jesus deixou um marco do dia em que Ele morreu para nos dar a salvação.

3 Ao celebrar a última Páscoa, que era uma refeição comemorativa relembrando como Israel foi liberto da escravidão no Egito, Jesus, antes de ser traído, instituiu a ordenança da Ceia. Jesus reuniu seus discípulos, escolhidos para serem os fundadores da Igreja na Nova Aliança, para que juntos estivessem cumprindo a Lei da Páscoa.

4 Foi o momento determinado por Deus, o Pai, para Jesus apresentar- Se como o único Sacrifício que purifica os pecadores, o Puro e Imaculado Cordeiro morrendo no lugar dos impuros. Aquele foi o momento da abolição da Velha Aliança, na carne e sangue de animais, e a instituição da Nova Aliança na carne e no sangue do Cordeiro Ungido de Deus, Jesus.

5 Rios de sangue foram derramados tanto por mãos protestantes como católicas por causa de intrincadas doutrinas relacionadas à Ceia do Senhor. A Ceia do Senhor, uma vez preciosa e viva, chegou a ser o centro do debate teológico por muitos séculos. Tragicamente, esta se moveu de um quadro dramático e concreto do corpo e do sangue de Cristo para um exercício intelectual abstrato e metafísico (VIOLA, 2005 pág. 112).

6 O autor do livro Cristianismo Pagão (Viola, 2005) admite que a Ceia do Senhor era preciosa e viva, mas tragicamente, esta se moveu de um quadro dramático e concreto do corpo e do sangue de Cristo para um exercício intelectual abstrato e metafísico. É fato que a cerimônia da Ceia do Senhor desde longo tempo tem sido transtornada pelo paganismo, o que não podemos aceitar. Entretanto, por causa disso deveríamos deixar de participar de tão importante cerimônia (enquanto realizada da forma bíblica) instituída por Cristo com os mais elevados ideais dos céus?

7 Exigiu-se uma pessoa sagrada para ministrá-la. É aí que entra o sacerdote para oferecer o sacrifício da Missa. Acreditava-se que ele tinha o poder de pedir a Deus que descesse do céu e tomasse residência em um pedacinho de pão. (Idem, pág. 113). Existem hoje quatro posições mais comuns acerca da Ceia do Senhor. São elas: 1.Transubstanciação (Católica Romana): no momento da Ceia (eucaristia) os elementos são transformados no sangue e corpo de Cristo. 2. Consubstanciação (Luterana): o corpo e o sangue de Cristo estão presentes e combinados com os elementos da Ceia. 3.Presença Espiritual (Calvino): Cristo está presente com os elementos. 4. Memorial (Zwinglio, Batista, Pentecostal, Irmãos): os elementos são somente símbolos, e a presença de Cristo é relativa à fé do participante. Cada um tem que tomar a Ceia com a atitude correta e com fé.

8 Aquilo que era para ser singelo foi acumulado de um ritualismo que tira a nossa atenção do essencial. Em algumas igrejas locais: O horário, a mesa, toalhas, guardanapos, paletó, gravata, cálice ou cálices, pão com ou sem fermento, tem tido mais destaque que o Senhor da Ceia. Seguem fotos de ceias na iasd e cerimônias com velas em outras corporações religiosas. Autor: Jânio Santos de Oliveira (Divulgação: estudosgospel.com.br).

9

10

11

12

13

14

15 Os principais textos que nos falam acerca da instituição da Ceia na Igreja de Cristo são: -Mt 26:26-29; Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e o deu aos discípulos, dizendo: Tomai, comei; isto é o meu corpo. Tomando o cálice, rendeu graças e deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; porque este é o meu sangue, o sangue da aliança, que é derramado por muitos para remissão de pecados. Mas digo-vos que desta hora em diante não beberei deste fruto da videira, até aquele dia em que o hei de beber novo convosco no reino de meu Pai.

16 - Mc 14:22-25; Enquanto comiam, Jesus tomou o pão e, abençoando-o, o partiu e deu-lho, dizendo: Tomai; isto é o meu corpo. E tomando um cálice, rendeu graças e deu-lho; e todos beberam dele. E disse-lhes: Isto é o meu sangue, o sangue do pacto, que por muitos é derramado. Em verdade vos digo que não beberei mais do fruto da videira, até aquele dia em que o beber, novo, no reino de Deus. Mateus e Marcos omitem a frase "fazei isto em memória de mim" e incluem "derramado em favor de muitos" depois de se referirem ao sangue da aliança.

17 -Lc 22:19-20; porque vos digo que desde agora não mais beberei do fruto da videira, até que venha o reino de Deus. E tomando pão, e havendo dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim Este cálice é a nova Aliança do meu sangue que é derramado por vós.

18 -Jo 6:48-58; Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto e morreram. Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu darei pela vida do mundo é a minha carne. Disputavam, pois, os judeus entre si, dizendo: Como pode este dar-nos a sua carne a comer? Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos.

19 Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu; não é como o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre.

20 -At 2:41-47; 20:7,11; De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas; e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Em cada alma havia temor, e muitos prodígios e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam estavam unidos e tinham tudo em comum.

21 E vendiam suas propriedades e bens e os repartiam por todos, segundo a necessidade de cada um. E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E cada dia acrescentava-lhes o Senhor os que iam sendo salvos. At 20: 11: No primeiro dia da semana, tendo-nos reunido a fim de partir o pão, Paulo, que havia de sair no dia seguinte, falava com eles, e prolongou o seu discurso até a meia-noite. Então subiu, e tendo partido o pão e comido, ainda lhes falou largamente até o romper do dia; e assim partiu.

22 - ICo 10:15-17; 11: Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo. Porventura o cálice de bênção que abençoamos, não é a comunhão do sangue de Cristo? O pão que partimos, não é porventura a comunhão do corpo de Cristo? Pois nós, embora muitos, somos um só pão, um só corpo; porque todos participamos de um mesmo pão. 1 Coríntios 10:15-17 Porque eu recebi do Senhor o que também vos entreguei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou pão; e, havendo dado graças, o partiu e disse: Isto é o meu corpo que é por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo pacto no meu sangue ; fazei isto, todas as vezes que o beberdes, em memória de mim.

23 Porque todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes do cálice estareis anunciando a morte do Senhor, até que ele venha (v. 26). 27. De modo que qualquer que comer do pão, ou beber do cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma do pão e beba do cálice.

24 Porque quem come e bebe, come e bebe para sua própria condenação, se não discernir o corpo do Senhor. Por causa disto há entre vós muitos fracos e enfermos, e muitos que dormem. Mas, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados; quando, porém, somos julgados pelo Senhor, somos corrigidos, para não sermos condenados com o mundo. 33. Portanto, meus irmãos, quando vos ajuntais para comer, esperai uns pelos outros. 34. Se algum tiver fome, coma em casa, a fim de que não vos reunais para condenação vossa. E as demais coisas eu as ordenarei quando for. I Cor. 11:23-34.

25 Ora, comer e beber indignamente, para sua própria condenação, se não discernir o corpo do Senhor refere-se a algo muito elevado.. Por causa disto há entre vós muitos fracos e enfermos, e muitos que dormem. Mas, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados; quando, porém, somos julgados pelo Senhor, somos corrigidos, para não sermos condenados com o mundo. 33. Portanto, meus irmãos, quando vos ajuntais para comer, esperai uns pelos outros. 34. Se algum tiver fome, coma em casa, a fim de que não vos reunais para condenação vossa. E as demais coisas eu as ordenarei quando for. I Cor. 11:23-34.


Carregar ppt "A CEIA DO SENHOR, INSTITUÍDA POR JESUS CRISTO I PARTE Paulo Augusto da Costa Pinto"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google