A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AT 1, DIA 1 O que é uma célula? Instruções práticas sobre células.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AT 1, DIA 1 O que é uma célula? Instruções práticas sobre células."— Transcrição da apresentação:

1 AT 1, DIA 1 O que é uma célula? Instruções práticas sobre células.

2 SEJA NOVAMENTE BEM-VINDO! Por favor, tome um tempo agora para orar por esta sessão.

3 O QUE É UMA CÉLULA?

4 Os cinco sistemas da vida da célula Cristo: o DNA da célula O encontro da célula Crescimento de uma célula Os cinco sistemas da vida da célula Cristo: o DNA da célula O encontro da célula Crescimento de uma célula

5 O QUE É UMA CÉLULA? Os cinco sistemas da vida da célula Os cinco sistemas da vida da célula

6 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Evangelismo Treinamento Prestação de Contas Liderança

7 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Todos os dedos trabalham em conexão com o polegar. Todos os sistemas em uma célula relacionam-se a partir da célula e retornam para a célula. Todos os dedos trabalham em conexão com o polegar. Todos os sistemas em uma célula relacionam-se a partir da célula e retornam para a célula.

8 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Treinamento O dedo mínimo representa os fracos na célula que precisam ser preparados. O dedo mínimo representa os fracos na célula que precisam ser preparados.

9 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Prestação de Contas O dedo anelar é o dedo da aliança, o que sugere responsabilidade. A célula possui um sistema de apoio de uns aos outros. O dedo anelar é o dedo da aliança, o que sugere responsabilidade. A célula possui um sistema de apoio de uns aos outros.

10 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Liderança O dedo do meio é o maior. Ele representa as pessoas mais maduras pessoas mais maduras na célula... os líderes/Pais. Estes devem ser treinados para cuidar da célula. O dedo do meio é o maior. Ele representa as pessoas mais maduras pessoas mais maduras na célula... os líderes/Pais. Estes devem ser treinados para cuidar da célula.

11 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Evangelismo O indicador é o dedo que pega coisas e dá a direção. Esta é a direção evangelística da célula. O indicador é o dedo que pega coisas e dá a direção. Esta é a direção evangelística da célula.

12 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Você pode citar os cinco sistemas?

13 CINCO SISTEMAS DA CÉLULA Célula Evangelismo Treinamento Prestação de Contas Liderança

14 Quais destes cinco sistemas a sua célula está usando? Por que você tem usado ou não tem usado estes sistemas? Quais são as vantagens de usar todos esses cinco sistemas? PARA CONVERSAR...

15 O QUE É UMA CÉLULA? Cristo: o DNA da Vida da Célula Cristo: o DNA da Vida da Célula

16 São diferentes em: NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NOVO TESTAMENTO E OS GRUPOS PEQUENOS MODERNOS P 28

17 GRUPOS MODERNOS NOVOTESTAMENTO

18 DIFERENTE EM NOVOTESTAMENTO

19 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZA NOVOTESTAMENTO

20 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder.

21 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Apenas um pequeno grupo de extensão. NATUREZA

22 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Apenas um pequeno grupo de extensão.

23 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Apenas um pequeno grupo de extensão.

24 GRUPOSMODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Apenas um pequeno grupo de extensão. Possui um propósito pequeno e limitado.

25 GRUPOSMODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUE NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Apenas um pequeno grupo de extensão. Possui um propósito pequeno e limitado.

26 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUE NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Apenas um pequeno grupo de extensão. Possui um propósito pequeno e limitado.

27 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUE NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado.

28 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado.

29 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado.

30 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas.

31 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Apenas um grupo pequeno de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas.

32 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas.

33 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇA NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas. Ensina, promove, motiva.

34 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas. Ensina, promove, motiva.

35 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Transformação em relacionamentos. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas. Ensina, promove, motiva.

36 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NOVO TESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Transformação em relacionamentos. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas. Ensina, promove, motiva. Convence através da informação.

37 GRUPOS MODERNOS DIFERENTE EM NATUREZAFUNÇÃOENFOQUEDNALIDERANÇATESTEMUNHO NOVOTESTAMENTO Igreja em natureza, propósito e poder. Cada tarefa é desempenhada. Enfoque na pessoa de Cristo. Cristo habita e reveste de poder. Nutre, facilita, pastoreia. Transformação em relacionamentos. Apenas um pequeno grupo de extensão. Enfoque no fazer por Cristo. Possui um propósito pequeno e limitado. Líderes, métodos e técnicas. Ensina, promove, motiva. Convence através da informação.

38 Diversas expectativas: Precisamos conhecer uns aos outros, ter comunhão verdadeira e vida de corpo. Devemos incentivar uns aos outros na oração e no ministério. Discipulado é a coisa mais importante que fazemos juntos! Devemos estudar juntos a Palavra de Deus em profundidade. A ação dos dons espirituais é o motivo de existir da célula.

39 A célula existe para alcançar os perdidos e feridos no mundo. Louvor e adoração no Espírito é um momento alto em um encontro da célula. Devemos prestar contas uns aos outros de como vivemos a vida cristã.

40 Todas essas expectativas não podem ser atendidas em cada encontro. O fator de unificação é Cristo no centro O fator de unificação é Cristo no centro da célula.

41 Todas essas expectativas não podem ser atendidas em cada encontro. O fator de unificação é Cristo no centro O fator de unificação é Cristo no centro da célula. FÓRMULA PARA PRODUZIR UMA CÉLULA DO NOVO TESTAMENTO! CÉLULA DO NOVO TESTAMENTO! FAÇA COM QUE CRISTO SEJA O DNA DA CÉLULA!

42 O DNA DA CÉLULA

43 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULAFUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA

44 CRISTOADORAÇÃOCRISTO COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA

45 CRISTOADORAÇÃOCRISTO COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA Cristo já possibilitou a perfeita comunidade: Pai Pai Filho Filho Espírito. Espírito.

46 CRISTOADORAÇÃOCRISTO COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA Nós não construí- mos comunidade. Nós ENTRAMOS na comunidade por meio da cruz: A morte de Cristo A nossa própria morte! Cristo já possibilitou a perfeita comunidade: Pai Pai Filho Filho Espírito. Espírito.

47 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL

48 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Deus provê

49 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Deus provê Amam uns aos outros

50 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Deus provê Amam uns aos outros Família em comum

51 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão

52 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária

53 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Aconselhamento mútuo Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária Deixa Cristo edificar

54 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Aconselhamento mútuo Correção mútua Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária Deixa Cristo edificar Santificação

55 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Aconselhamento mútuo Correção mútua Multiplicação é morte Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária Deixa Cristo edificar Santificação Multiplicação é nascimento

56 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesses em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Aconselhamento mútuo Correção mútua Multiplicação é morte Técnicas Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária Deixa Cristo edificar Santificação Multiplicação é nascimento Cristo no centro

57 DUAS VISÕES DE COMUNIDADE VISÃO SECULAR VISÃO ESPIRITUAL O homem constrói Gostam uns dos outros Interesse em comum Habilidades de comunicação Sempre começa de novo Aconselhamento mútuo Correção mútua Multiplicação é morte TécnicasReceber Deus provê Amam uns aos outros Família em comum Confissão/Perdão Essência comunitária Deixa Cristo edificar Santificação Multiplicação é nascimento Cristo no centro Dar

58 CRISTOADORAÇÃOCRISTO COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLUAL

59 CHRISTWORSHIPCHRIST COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA O r a ç ã o OraçãoOração

60 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA CRISTOADORAÇÃOCRISTO O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons

61 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA CRISTOADORAÇÃOCRISTO O r a ç ã o OraçãoOração D o n s Dons Palavra Palavr a Dons D o n s

62 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA CRISTOADORAÇÃOCRISTO O r a ç ã o OraçãoOração D o n s Dons Palavr a Palavra Dons D o n s

63 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a Palavra

64 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a Palavra

65 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Edificação DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a Palavra

66 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Edificação Discipulado DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a Palavra

67 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Edificação Discipulado DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Comunhão Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavr a Palavra

68 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Edificação Discipulado Estudo Bíblico DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Comunhão Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a

69 COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Batalha Edificação Discipulado Estudo Bíblico DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Comunhão Santificação O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Palavra Palavr a Palavra Palavra

70 O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Batalha Ministério Edificação Discipulado Estudo Bíblico Comunhão DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA D o n s Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação Palavra Palavr a Palavra

71 O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons Produzindo uma Célula Distorcida Batalha Ministério Edificação Discipulado Estudo Bíblico Comunhão D o n s Evangelismo CHRISTWORSHIPCHRIST Santificação Palavr a Palavra Palavra QUALQUER COISA A NÃO SER CRISTO NO CENTRO DA CÉLULA

72 CÉLULAS DEFEITUOSAS FUNÇÃO DA CÉLULA Evangelismo GRUPO DE RECRUTAMENTO

73 CÉLULAS DEFEITUOSAS Edificação FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE ACONSELHAMENTO

74 CÉLULAS DEFEITUOSAS Discipulado FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE TREINAMENTO

75 CÉLULAS DEFEITUOSAS Comunhão FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DO BARCO DO AMOR

76 CÉLULAS DEFEITUOSAS Santificação FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE AUTO-AJUDA

77 CÉLULAS DEFEITUOSAS Estudo Bíblico FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE ESTUDO

78 CÉLULAS DEFEITUOSAS Batalha FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE LIBERTAÇÃO

79 CÉLULAS DEFEITUOSAS Ministério FUNÇÃO DA CÉLULA GRUPO DE TRABALHO

80 CÉLULAS DEFEITUOSAS FUNÇÃO DA CÉLULA Adoração GRUPO DO TOPO DA MONTANHA

81 O r a ç ã o OraçãoOração D o n s DonsDons COMUNIDADE HOLÍSTICA DE CRISTO Batalha Ministério Edificação Discipulado Estudo Bíblico Comunhão DNA DA CÉLULA FUNÇÕES DA CÉLULA SISTEMA DE FORÇA DA CÉLULA D o n s Evangelismo CRISTOADORAÇÃOCRISTO Santificação Palavra Palavr a Palavra Palavra

82 Qual foi o enfoque nos grupos em que você já participou? Quais eram as vantagens e as desvantagens deste enfoque? O que contribui ou prejudica um enfoque central em Cristo? PARA CONVERSAR...

83 O QUE É UMA CÉLULA? O Encontro da Célula

84 ASPECTOS BÁSICOS DE UM ENCONTRO DA CÉLULA Diferentes composições: diferentes forças Grupo grande: a grandeza de Deus –Adoração, Ensino Grupo pequeno: a intimidade de Deus –Oração, Compartilhamento Honesto –Ministério Mútuo Diferentes composições: diferentes forças Grupo grande: a grandeza de Deus –Adoração, Ensino Grupo pequeno: a intimidade de Deus –Oração, Compartilhamento Honesto –Ministério Mútuo

85 ESTRUTURA DE UM ENCONTRO DE CÉLULA ENCONTRO QUEBRA-GELO Você para mim EXALTAÇÃO A PRESENÇA DE JESUS Nós para Deus EDIFICAÇÃO O PODER DE JESUS Deus para nós EVANGELISMO O PROPÓSITO DE JESUS Deus por meio de nós ENCONTRO QUEBRA-GELO Você para mim EXALTAÇÃO A PRESENÇA DE JESUS Nós para Deus EDIFICAÇÃO O PODER DE JESUS Deus para nós EVANGELISMO O PROPÓSITO DE JESUS Deus por meio de nós

86 AS QUATRO PARTES DE UM ENCONTRO DE CÉLULA QUEBRA GELO EXALTAÇÃOEDIFICAÇÃO EVANGELISMO

87 AS QUATRO PARTES DE UM ENCONTRO DE CÉLULA DESORIENTADO NÓS PARA DEUS VÍNCULO NÍVEL DE CONFORTO VOCÊ PARA MIM DEUS PARA NÓS DEUS POR MEIO DE NÓS

88 O QUE É UMA CÉLULA? A Família da Célula

89 A FAMÍLIA DA CÉLULA Uma estrutura baseada em 1 João 2:12-14 Uma estrutura baseada em 1 João 2:12-14

90 3 CATEGORIAS Crianças Jovens Pais (Pais e Mães) Devemos levar em consideração e envolver apropriadamente cada nível Crianças Jovens Pais (Pais e Mães) Devemos levar em consideração e envolver apropriadamente cada nível

91 TODA CÉLULA TEM CRIANÇAS PEQUENAS CRISTÃO NOVO CRISTÃO FERIDO CRISTÃO PRÓDIGO Eles devem ser nutridos e desenvolvidos pelos membros da célula

92 TODA CÉLULA TEM JOVENS CRISTÃOS EM DESENVOLVIMENTO, treinados para alcançar os incrédulos do tipo A (receptivos)

93 TODA CÉLULA TEM PAIS CRISTÃOS MADUROS, treinados para alcançar incrédulos do tipo B (não receptivos)

94 E naturalmente, um PASTOR E UM AUXILIAR E naturalmente, um PASTOR E UM AUXILIAR ESTES PROVIDENCIAM OS PRIMEIROS NÍVEIS DE CUIDADO PASTORAL. Treinamento Exemplo Aconselhamento Facilitação

95 OS 3 SUBGRUPOS COLHENDO INCRÉDULOS DO TIPO B COLHENDO INCRÉDULOS DO TIPO A

96 O QUE É UMA CÉLULA? Crescimento da Célula Comentários de Dr. Joel Comiskey Crescimento da Célula Comentários de Dr. Joel Comiskey

97 FATORES PARA O CRESCIMENTO DA CÉLULA 900 Líderes de Célula pesquisados em 8 países Os mesmos fatores em cada cultura! O que Faz e o que Não Faz os grupos crescerem 900 Líderes de Célula pesquisados em 8 países Os mesmos fatores em cada cultura! O que Faz e o que Não Faz os grupos crescerem

98 O QUE NÃO FAZ UMA CÉLULA CRESCER? Idade, Estado Civil Gênero Educação, Condição Social Dons Espirituais Personalidade (Extrovertido/Introvertido) Idade, Estado Civil Gênero Educação, Condição Social Dons Espirituais Personalidade (Extrovertido/Introvertido)

99 O QUE FAZ UMA CÉLULA CRESCER? Oração (Tempo com o Senhor, Oração pelos Membros da Célula) Tempo Juntos Fora do Encontro Alvos Claros Acompanhamento aos Visitantes Preparo para o Encontro Oração (Tempo com o Senhor, Oração pelos Membros da Célula) Tempo Juntos Fora do Encontro Alvos Claros Acompanhamento aos Visitantes Preparo para o Encontro

100 Surpreende você o fato de personalidade e dons espirituais não estarem relacionados com o crescimento das células? Na sua opinião, por que a vida de oração dos líderes e a oração pelos membros se relacionam com maior intensidade com o crescimento das células? PARA CONVERSAR...

101 EXPERIMENTANDO A CÉLULA

102 SUA CÉLULA DO AT1 Esta NÃO é uma célula de ensaio. Vocês são o Corpo de Cristo! Uma célula vibrante não é apenas um encontro. É comunidade. Espere que Jesus opere! Esta NÃO é uma célula de ensaio. Vocês são o Corpo de Cristo! Uma célula vibrante não é apenas um encontro. É comunidade. Espere que Jesus opere!

103 BEM-VINDO: As Questões Quaker Onde você viveu entre os 7 a 12 anos e quantos irmãos e irmãs teve?Onde você viveu entre os 7 a 12 anos e quantos irmãos e irmãs teve? Que tipo de transporte você costumava usar?Que tipo de transporte você costumava usar? Quem era a pessoa mais próxima a você?Quem era a pessoa mais próxima a você? Qual foi a sua primeira impressão quando você ouviu pela primeira vez a palavra Deus?Qual foi a sua primeira impressão quando você ouviu pela primeira vez a palavra Deus?

104 ADORAÇÃO Leiam o Salmo 8: façam isso em voz alta, em uníssono.Leiam o Salmo 8: façam isso em voz alta, em uníssono. Cantem Quão Grande És Tu (ou outro qualquer)Cantem Quão Grande És Tu (ou outro qualquer) Leiam o Salmo 29: deixem cada um ler um versículo, revezando-se.Leiam o Salmo 29: deixem cada um ler um versículo, revezando-se. Façam um período de silêncio de um minuto; encoragem os membros a refletir como Deus os confortou em situações passadas.Façam um período de silêncio de um minuto; encoragem os membros a refletir como Deus os confortou em situações passadas. Encerrem com uma oração de agradecimento pela presença de Cristo no grupo.Encerrem com uma oração de agradecimento pela presença de Cristo no grupo.

105 EDIFICAÇÃO: Palavra Leiam: 2 Coríntios 1:3-5Leiam: 2 Coríntios 1:3-5 Perguntem: Você pode compartilhar um momento quando você esteve em crise e Deus o confortou?Perguntem: Você pode compartilhar um momento quando você esteve em crise e Deus o confortou? Após um período de compartilhamento, pergunte: Você se lembra de um momento onde você foi usado por Deus para confortar uma outra pessoa?Após um período de compartilhamento, pergunte: Você se lembra de um momento onde você foi usado por Deus para confortar uma outra pessoa? Finalmente, pergunte: Quem em seu grupo está necessitando o conforto de Deus neste momento?Finalmente, pergunte: Quem em seu grupo está necessitando o conforto de Deus neste momento? Edifiquem uns aos outros, confortando-se mutuamente.Edifiquem uns aos outros, confortando-se mutuamente.

106 EVANGELISMO: Compartilhando a visão Peça ao grupo compartilhar nomes e circunstâncias de incrédulos em seus oikos que estão passando por dificuldades.Peça ao grupo compartilhar nomes e circunstâncias de incrédulos em seus oikos que estão passando por dificuldades. Pergunte o que uma célula poderia fazer para testemunhar a estes incrédulos, tornando-se confortadores de Deus para eles nesses momentos de dificuldades.Pergunte o que uma célula poderia fazer para testemunhar a estes incrédulos, tornando-se confortadores de Deus para eles nesses momentos de dificuldades.

107 FORMANDO CÉLULAS Homens com homens/mulheres com mulheres Os grupos devem ter 5 pessoas de diferentes igrejas Indique um líder (Data de Nascimento) Marquem um local para se encontrar daqui a Minutos Homens com homens/mulheres com mulheres Os grupos devem ter 5 pessoas de diferentes igrejas Indique um líder (Data de Nascimento) Marquem um local para se encontrar daqui a Minutos

108

109 PAUSA PARA A CÉLULA E PARA O JANTAR

110 Último Slide neste PowerPoint


Carregar ppt "AT 1, DIA 1 O que é uma célula? Instruções práticas sobre células."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google