A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Noções de Redes 2 Profs. João Carlos e Wanderson.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Noções de Redes 2 Profs. João Carlos e Wanderson."— Transcrição da apresentação:

1 Noções de Redes 2 Profs. João Carlos e Wanderson

2 Exemplo de WAN: Internet Criada na década de 70 pelo governo EUA para proteger as comunicações militares, caso ocorresse um ataque nuclear. A destruição de um computador não afetaria o restante da rede. Na década de 80 a NSF (Foundation National Service) expandiu a rede para as universidades. Na década de 90 a NSF permitiu que a iniciativa privada assumisse a Internet, causando uma explosão em sua taxa de crescimento.

3 Internet É uma rede que interliga computadores espalhados por todo o mundo. Em qualquer computador pode ser instalado um programa que permite o acesso a Internet Para este acesso, o usuário precisa ter uma conta junto a um dos muitos provedores que existem hoje no mercado. O provedor é o intermediário entre o usuário e a Internet.

4 Word Wide Web (WWW) È um serviço de acesso às informações por meio do hipertexto, que estabelece vínculos entre informações. Quando você dá um clique em uma frase ou palavra de hipertexto, obtém acesso a informações adicionais. Com o hipertexto, o computador localiza a informação com precisão. A Web é constituída por home pages que são pontos de partida para a localização de informações. Os vínculos de hipertexto nas home pages dão acesso a todos os tipos de informações, seja em forma de texto, imagem, som e/ou vídeo.

5 Intranet Rede de computadores interna de uma empresa ou instituição que usa a tecnologia da Internet. Intranet é uma rede de computadores privativa que utiliza as mesmas tecnologias que são utilizadas na Internet. O protololo de transmissão de dados de uma intranet é o TCP/IP e sobre ele podemos encontrar vários tipos de serviços de rede comuns na Internet, como por exemplo o , chat, grupo de notícias, entre outros.(Exemplo PUCRS)

6 Intranet Cada Intranet é diferente, mas há muito em comum entre elas. Em algumas empresas a Intranet é apenas uma WEB interna. Em outras, é uma rede interna que inclui várias outras ferramentas. Em geral, a Intranet é uma rede completa, sendo a web interna apenas um de seus componentes

7 Intranet Alguns componentes comuns da Intranet: –Rede –Correio Eletrônico –Web interna –Grupos de discussão –Chat –Gopher (protocolo de redes de computadores que permite a procura de informação em bases de dados existentes em todo o mundo). –Telnet (terminal virtual)

8 Mecanismos de Cadastramento e Acesso a Rede Logon: Procedimento de abertura de sessão de trabalho em um computador. Normalmente, consiste em fornecer para o computador um username (também chamado de login) e uma senha, que serão verificados se são válidos. Login/Username/ID: è a identificação de um usuário para um computador, ou seja, o nome pelo qual o sistema operacional identifica o usuário. User: O utilizador dos serviços de um computador, normalmente registrado através de um login e uma password (senha). Senha: è a segurança utilizada para dar acesso a serviços privados.

9 As Redes podem ser classificadas como um dos tipos abaixo: Ponto-a-Ponto (Peer-to-Peer): –São redes que permitem a qualquer entidade solicitar e fornecer serviços de rede. Centrada no Servidor ou Cliente/Servidor: –São redes que realizam funções rigorosamente definidas (ou cliente ou servidor).

10 Redes Ponto-a-Ponto Não existem micros servidores; cada micro ora age como servidor, dando para os demais micros da rede acesso as suas unidades de disco, impressoras e outros periféricos (como modens), ora age como cliente, acessando recursos localizados em outros micros da rede. Usada em redes pequenas (normalmente com até 10 micros. Baixo custo Fácil Implementação

11 Redes Ponto-a-Ponto Baixa segurança. Sistema simples de cabeamento. Todos os micros precisam ser completos, isto é, funcionam normalmente sem estarem conectados a rede. Normalmente os micros estão instalados em um mesmo ambiente de trabalho. A rede terá problemas para crescer de tamanho

12 Por definição, uma rede centrada no servidor faz restrições a respeito da entidade que pode fazer solicitações ou servi-las. Atualmente, as redes de computadores pessoais mais utilizadas são centradas no servidor. Usada normalmente em redes com mais de 10 micros ou redes pequenas que necessitem de um alto grau de segurança. Custo maior do que as redes ponto-a-ponto. Redes Cliente/Servidor

13 Maior desempenho do que as redes ponto-a- ponto. Implementação necessita de especialistas.. Alta segurança A manutenção e configuração da rede é feita de maneira centralizada, pelo administrador da rede. Redes Cliente/Servidor

14 Existência de servidores, que são micros ou equipamentos capazes de oferecer recursos aos demais micros da rede, como impressão, armazenamento de arquivos, e envio de mensagens eletrônicas. Possibilidade de uso de aplicações cliente/servidor, como banco de dados. Redes Cliente/Servidor

15 Topologias de Rede A topologia de uma rede é um diagrama que descreve como seus elementos estão conectados. Esses elementos são chamados de NÓS, e podem ser computadores, impressoras e outros equipamentos. Seja qual for a topologia utilizada, é preciso que sempre exista um caminho através de cabos, ligando cada equipamento, a todos os demais equipamentos da rede.

16 Topologia Estrela As estações de trabalho são fisicamente ligadas a um nó central. Todo o tráfego da rede e todas as decisões de direcionamento das mensagens são centralizados no nó central. Se o nó central parar toda a rede para, além disso pode haver sobrecarga na utilização do nó central.

17 Topologia Estrela Esta topologia é usada pela maioria das redes modernas, quando o número de computadores é pequeno. É usado um equipamento central chamado concentrador, e nele ficam ligados os demais equipamentos. Os concentradores mais comuns são o HUB e o SWITCH.

18 Topologia Anel Estações ligadas em série formando uma malha fechada, sem a necessidade de nó central, pois as informações circulam em um único sentido, passando por cada estação até chegar ao seu destino. Mecanismos de segurança evitam que, se uma estação não passar adiante a informação, a rede deixe de funcionar

19 Topologia Anel Esta topologia é empregada pelas redes Token Ring, da IBM. Foi muito popular nos anos 80, mas hoje sua utilização é mais restrita.

20 Topologia em Barra (Barramento) Tipo de topologia em que as estações de trabalho estão interligadas, existindo, porém, uma estação início e uma estação término, que não são ligadas diretamente. Nesta topologia, não existe o nó central, sendo as mensagens identificadas pela própria estação. Caso uma estação deixe de funcionar, não haverá interferência no funcionamento da rede, bastando desligá-la.

21 Topologia em Barra (Barramento) Este tipo de topologia foi muito utilizado nas redes durante os anos 80 e até meados dos anos 90. Uma grande desvantagem era a dificuldade para expansões. Cada vez que um novo equipamento era adicionado à rede, era preciso fazer um remanejamento de cabos para manter a seqüência, o que nem sempre era fácil. Outra grande desvantagem era que, ao desconectar um cabo qualquer, a rede inteira ficava inoperante. Ainda encontramos este tipo de rede em diversos órgãos públicos. Devido à falta de verbas, muitas vezes esses órgãos operam com computadores antigos, o mesmo ocorrendo com suas redes

22 Topologia em árvore Podemos dizer que este tipo de rede é formado por estrelas conectadas entre si. É bastante comum nas redes modernas que possuam um número grande de equipamentos.


Carregar ppt "Noções de Redes 2 Profs. João Carlos e Wanderson."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google