A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Biologia Professor Thomaz Nagel Capítulo 39 : A primeira Lei de Mendel – Alelos letais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Biologia Professor Thomaz Nagel Capítulo 39 : A primeira Lei de Mendel – Alelos letais."— Transcrição da apresentação:

1 Biologia Professor Thomaz Nagel Capítulo 39 : A primeira Lei de Mendel – Alelos letais

2 Alelos letais: Os genes que matam As mutações que ocorrem nos seres vivos são totalmente aleatórias e, às vezes, surgem variedades genéticas que podem levar a morte do portador antes do nascimento ou, caso ele sobreviva, antes de atingir a maturidade sexual. Esses genes que conduzem à morte do portador, são conhecidos como alelos letais.

3 Exemplo Em uma espécie de planta existe o gene C, dominante, responsável pela coloração verde das folhas. O alelo recessivo c, condiciona a ausência de coloração nas folhas, portanto o homozigoto recessivo cc morre ainda na fase jovem da planta, pois esta precisa do pigmento verde para produzir energia através da fotossíntese. O heterozigoto é uma planta saudável, mas não tão eficiente na captação de energia solar, pela coloração verde clara em suas folhas. Onde : C >> gen dominante c >> gen recessivo CC >> coloração verde-escuro (normal) Cc >> coloração verde-clara (sobrevive com deficiências) cc >> inviável (não sobrevive)

4 P Plantas com folhas verde-claro Cc CCCCc c cc Resposta 1/3 CC = folhas escuras 2/3 Cc = folhas verde-claro cc = inviável Se cruzarmos duas plantas heterozigotas, de folhas verdes claras, resultará na proporção 3:1 genótipos entre os descendentes, ao invés da proporção de 4:1 que seria esperada se fosse um caso clássico de monoibridismo (cruzamento entre dois indivíduos heterozigotos para um único gene). No caso das plantas o homozigoto recessivo morre logo após germinar, o que conduz a proporção 2:1.

5 Esse curioso caso de genes letais foi descoberto em 1904 pelo geneticista francês Cuénot, que estranhava o fato de a proporção de 4:1 não ser obedecida. Logo, concluiu se tratar de uma caso de gene recessivo que atuava como letal quando em dose dupla. No homem, alguns genes letais provocam a morte do feto. Doença de Tay-Sachs: os indivíduos afetados apresentam paralisia, cegueira e morte por volta do segundo ano de vida. Genealogia: ss (afetados, morte). Genealogia: SS e Ss (normais). Acondroplasia: tipo de nanismo em que a cabeça e tronco são normais, mas pernas e braços muito curtos. Genealogia: AA (normais). Genealogia: Aa (afetados, mas sobrevivem). Genealogia: aa (afetados, morte antes do nascimento).

6 Braquidactilia: os indivíduos afetados apresentam os dedos das mãos mais curtos. Genealogia: bb (normais). Genealogia: Bb (afetados, mas sobrevivem). Genealogia: BB (afetados, morrem antes do nascimento).

7 Há genes letais no homem, que se manifestam depois do nascimento, alguns na infância e outros na idade adulta. Na infância, por exemplo, temos os causadores da fibrose cística e da distrofia muscular de Duchenne (anomalia que acarreta a degeneração da bainha de mielina nos nervos). Dentre os que se expressam tardiamente na vida do portador, estão os causadores da doença de Huntington, em que há a deterioração do tecido nervoso, com perde de células principalmente em uma parte do cérebro, acarretando perda de memória, movimentos involuntários e desequilíbrio emocional.


Carregar ppt "Biologia Professor Thomaz Nagel Capítulo 39 : A primeira Lei de Mendel – Alelos letais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google