A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Rorschach Giane Proença 11/2008. Rorschach Forma: quando ele utiliza o contorno das manchas Cor: quando considera as cores na construção de suas respostas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Rorschach Giane Proença 11/2008. Rorschach Forma: quando ele utiliza o contorno das manchas Cor: quando considera as cores na construção de suas respostas."— Transcrição da apresentação:

1 Rorschach Giane Proença 11/2008

2 Rorschach Forma: quando ele utiliza o contorno das manchas Cor: quando considera as cores na construção de suas respostas Luminosidade: as diferenças de tons no interior das manchas Movimento: quando o examinador projeta cinestesia na mancha, ele sente movimento na mancha. Perspectiva: quando há a sensação de profundidade, planos diferentes de contrução da resposta

3 Modalidades: área da mancha onde o examinador percebeu um significado específico, a partir da observação intelectual, que lhe permitiu focalizar a atenção, influenciada pelas reações emocionais e pela capacidade de ação. È onde o examinador viu a resposta, ou seja, o campo perceptual Principais Modalidades : –Modalidades Principais: mais freqüente encontrada na população média. –Modalidades Secundárias: freqüência menor ou até rara encontrada na população média.

4 Modalidades Principais: –G (global): percebe a mancha de modo amplo –P (primária): aspectos mais evidentes. –p (secundária): detalhes.

5 Global - G Respostas que correspondem a mancha toda ou que apenas porções, respeitando a Gestalt global da mancha. –Borboleta no desenho todo I –Um gorila IV –Um morcego na figura toda V –Nuvens VII –O desenho todo me parece um jardim X

6 Global Simples, Global Combinada e Global Sucessiva Global Simples: »Borboleta I »Um gigante IV »Uma flor VI Global Combinada: »O desenho todo parece algo macio IV »Essa figura lembra tristeza VI »Uma festa, muito alegre e colorida X Global Sucessiva: »Dois ursos, uma montanha em uma floresta, aqui um campo florido. Os ursos saem do campo para subirem a montanha. VIII

7 Pormenor Primário - P –Mulher (na parte central da mancha) I –Rosto (parte vermelha superior) II –Felino (parte lateral em rosa) VIII –Torre (parte superior em cinza) IX –Magos (parte superior em laranja) X

8 Pormenor Secundário - p –Cabeça de cachorro (parte inferior da região central da mancha) I –Avião ((considerando a parte central vertical da mancha e a metade superior horizontal em conjunto) I

9 Modalidades Secundárias mais freqüente: GE, E –G E (resposta global com espaço): São respostas que o examinando abrange toda a mancha e ainda inclui algumas região de espaço em branco. –E (resposta de espaço): Respostas localizadas apenas nas partes em branco, não considerando-se as manchas de tinta, das pranchas, denominadas espaço ou fundo das figuras, resultando da inversão da gestalt perceptiva do examinador.

10 GE –^Cabeça de raposa (em G), sendo que (E30) são os olhos e (E29) é a boca. I –^Borboleta (em G) voando no céu (toda porção em branco, constitui o fundo da mancha) V –^Mapa (sendo G, a terra e vegetação e no fundo em branco, a água) VIII

11 E –^Noivinhas (espaço em forma de triângulos no centro da mancha – E30) I –^Nave espacial (espaço central da mancha – E5) II –^Um vaso (espaço central da mancha – E7) VII –Âsa delta (espaço entre parte inferior laranja e parte central verde – E32) VIII

12 Modalidade Secundária menos freqüente: p, PG, GP –p(pormenor Inibitório) P22 como pata de animal –PG (resposta Global a partir de um pormenor) Índios, dois. Inq. (G) Tem pena de índio, então é índio. (descreva-me os índios) Não sei, só estou vendo as penas uma de cada lado (mostra p5), então só podem ser índios. –GP (Resposta global com valor de pormenor) ^Uma pata de elefante. Inq. No todo (G), parece a pata de um elefante, o formato é igual da pata de um elefante.

13 DETERMINANTE DE FORMA (RF) A forma é o aspecto mais importante do mundo visível, é o princípio ordenador do universo. A forma demanda um olhar ativo e seletivo, exige focalização, estrutura e atenção ativa. A percepção da forma é um a função da consciência relacionada a adaptação à realidade. A forma é o mais freqüente e o mais importante dos determinantes.

14 Freqüência das Respostas de Forma (RF) –F+ (forma bem vistas) –F¯ (forma mal vistas) –F° (forma menos freqüentemente encontradas)

15 Exemplos de F+, F¯ e F° I(p22)" parecem os seios de uma mulher" = F¯ I(p24) " tem tipo uma saia" = P4 ampulheta (mesma gestalt de saia): F¯ II(P 2)"Bota" = F+ II(p 31) "A boca de um camelo" = F¯ III(P 8) "Os pulmões" = F¯ III(E24) "Um vaso" = F+ (taça grande / tigela) IV(p 21) "Duas cabecinhas aqui de perfil" = F+ IV(G) "cabeça de buldogue" = F¯ V(P3) "Seta indicando direção a seguir" = P3 palito de fósforo (mesma gestalt de seta) = F+ V(P1O) "Duas cabeças de jacaré" = F+ VI(p21) "As garras de uma aranha" = F+ VII(G) "Parece um colar" = F+ VIl(E7: metade inferior) "Um Rato" = F°

16 Análise Qualitativa das RF Respostas de Forma Ordinária Resposta de Forma Especial Resposta de Forma Dinâmica Classificar como Forma Apesar de Parecer Ser Outro Determinante

17 DETERMINANTES DE MOVIMENTO (RM) As repostas de movimento são aquelas em que o sujeito atribui cinestesia às formas e as cores das pranchas. Estas sensações cinestésicas podem ser atribuídas à figuras: humanas, animais ou objetos inanimados ou abstratos.

18 Os determinantes de Movimento são: M / m / m –M (movimento humano) Parece duas figuras meios macabras que estão tramando alguma coisa, mexendo nesse caldeirão. –m (movimento animal) aqui parece um morcego, visto de assim, de cima, voando. –m (movimento subjetivo)...alguma coisa se abrindo, mas presa por ligamentos, não sei o que...

19 M (movimento humano) Movimento de figuras humanas ou humanóides Figuras humanas reais, percebidas de corpo inteiro, realizando alguma atividade espontânea. Seres humanos religiosos, fantásticos ou misticos realizando uma atividade, mesmo que esta seja superior às capacidades do homem. Seres humanos em alguma postura que exija tensão muscular para mantê-la. Movimentos externos, porém controlados pelo indivíduo. Animais realizando movimentos próprios de seres humanos Expressões faciais, desde que não representem algo simbólico, e que sejam percebidas em figuras vistas como um todo.

20 m (movimento animal) Animais reais ou fictícios, vistos de corpo inteiro, como agentes de uma ação. Animais em ação. Animais treinados em ação. Animais em alguma postura que necessite de tensão muscular para mantê-la. Movimentos externos, porém como conseqüência do movimento animal. Expressão facial animal, desde que não se refira a uma força abstrata.

21 m (movimento subjetivo) Objetos inanimados em movimento. Objetos, seres humanos ou animais caindo. Seres humanos ou animais em ações contidas ou bloqueadas. Movimento atribuído à conceitos abstratos.

22 DETERMINANTES DE PERSPECTIVA (RPS) Os determinantes de Perspectiva representa a noção de espacialidade dentro da construção da imagem mental. Ps (forma bem delineada, predominando sobre a percepção de distância). –Uma brincadeira de roda entre três crianças, e duas atrás estão de mãos dadas. ps (a forma, ainda que delineada, perde-se na percepção da distância, tornando-se vaga e difundindo-se no espaço). –...Nuvens...é bem o desenho delas no céu... ps (sempre que na construção da imagem não houver participação da configuração formal, impondo-se apenas a noção de espaço. –...Uma bruma (G)...dá a sensação de estar perdido na bruma. Sabe como é? A gente não vê nada, vai andando mas não sabe onde pisa...não sabe onde vai parar....

23 DETERMINANTE CROMÁTICO (RC) –As respostas de cor estão relacionadas á esfera Afetiva. Tipos principais de RC: FC, CF, C FC (resposta determinada em primeiro lugar pela forma, sendo a cor um atributo complementar que facilita o reconhecimento). –aqui um rosto de uma pessoa. Inq. Também pelas cores lembra o rosto de uma pessoa. Os olhos, o rosto, a boca rosa, a bochechinha vermelha.

24 CF (resposta determinada primeiramente pela cor da mancha sem deixar de considerar a forma, que no entanto, tem um papel secundário, uma vez que mesmo que a forma se modifique a resposta continua sendo plausível). –parece uma mancha de menstruação. Inq. A cor vermelha uma mancha assim. (a mancha pode assumir diferentes formatos sem comprometer a idéia de menstruação) C (respostas determinadas exclusivamente pela cor das manchas sem levar em conta a forma). –sangue aqui. Inq. Sangramento, sangue, porque é vermelho.

25 Equilíbrio das Forças Subjetivas O equilíbrio das forças subjetivas fornece a distância psíquica fundamental do indivíduo, a combinação específica das funções afetivas, cognitivas e conativas. –Função Afetiva: Prazer, Dor, Emoção, Sentimento, Paixão, Amor, Ódio, –Função cognitiva: Sensação, Percepção, Imaginação, Memória, Idéias –Função Conativa: Ocorre a função conativa, ou apelativa, quando o emissor tenta convencer o receptor a praticar determinada ação. É comum o uso do verbo no Imperativo, como "Compre aqui e concorra a este lindo carro". Compre aqui..." é a tentativa do emissor de convencer o receptor a praticar a ação de comprar ali.


Carregar ppt "Rorschach Giane Proença 11/2008. Rorschach Forma: quando ele utiliza o contorno das manchas Cor: quando considera as cores na construção de suas respostas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google