A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRANSPORTE - I Plano de Aula TRANSPORTE - I Plano de Aula UNIDADE I Transporte Ferroviário Transporte Ferroviário 1.1 Ferroviário no Brasil e no mundo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRANSPORTE - I Plano de Aula TRANSPORTE - I Plano de Aula UNIDADE I Transporte Ferroviário Transporte Ferroviário 1.1 Ferroviário no Brasil e no mundo."— Transcrição da apresentação:

1 TRANSPORTE - I Plano de Aula TRANSPORTE - I Plano de Aula UNIDADE I Transporte Ferroviário Transporte Ferroviário 1.1 Ferroviário no Brasil e no mundo 1.2 Importância do transporte ferroviário para o Turismo Turismo 1.3 Tipos de trens e suas acomodações 1.4 Tarifas, passes e horários

2 TRANSPORTE - I UNIDADE II Transporte Rodoviário Transporte Rodoviário 2.1 Utilização do Transporte Rodoviário no Brasil e no mundo, com fins turísticos Brasil e no mundo, com fins turísticos 2.2 Tipos de ônibus, micros, maxivan e minivans minivans 2.3 Locação e Leasing de automóveis

3 TRANSPORTE - I UNIDADE III Transporte Hidroviário 3.1 Marítimo 3.1 Marítimo 3.1.1Navios, Decks, Acomodações, Alimentação e Entretenimento 3.1.2Cruzeiros marítimos na costa brasileira e no mundo Tarifas e Condições Gerais 3.2 Fluvial 3.2.1Cruzeiros fluviais no Brasil e no mundo 3.2.1Cruzeiros fluviais no Brasil e no mundo 3.3 Lacustre 3.3.1Passeios turísticos nos lagos e travessias

4 BIBLIOGRAFIA I - PALHARES, Guilherme Lohmann, Transportes Turísticos. São Paulo: Editora Aleph, 2003 e Transportes aéreos e turismo: gerando desenvolvimento socioeconômico. São Paulo: Editora Aleph, II- PAGE, Stephen J., Transporte e Turismo. Editora Bookman, III - Guias de trem da Wagon Lits e outros. IV- Folheteria das Empresas Marítimas e Locadoras e Leasing de Automóveis.

5 AVALIAÇÃO I - A1 = Prova escrita/dissertativa valendo 9.0 pontos ponto de auto-avaliação pontos ponto de auto-avaliação II- A2 = Prova escrita/dissertativa valendo 8.0 pontos pontos de relatórios de visitas externas pontos pontos de relatórios de visitas externas III - A3 = Prova escrita valendo 10.0 pontos

6 DIVERSOS Visitas externas previstas: I - Visita a uma Transportadora Marítima II - Visita a uma Ferrovia / trem Vídeos: Trem pela Europa Locação/Leasing de Automóveis Cruzeiros Marítimos

7 TRANSPORTE FERROVIÁRIO Brasil - Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá, foi o pai das ferrovias no Brasil, inaugurando em 1854, a Estrada das ferrovias no Brasil, inaugurando em 1854, a Estrada de Ferro Mauá entre Magé e Petrópolis, depois a Estrada de Ferro Dom Pedro II (Central do Brasil), ligando Rio de Janeiro à Queimados. - Continuou seu investimento em ferrovias como: Recife - São Francisco, Bahia - São Francisco, Santos - Jundiaí. - No Brasil a construção de ferrovias tinha o principal objetivo de escoar a produção agrícola do interior para os portos.

8 Transporte Ferroviário no Brasil - A rede ferroviária brasileira chegou a alcançar mais de 30 mil quilômetros de extensão nas mãos de capital privado internacional, mas a partir de 1957 o governo federal assumiu o controle criando RFFSA – Rede Ferroviária Federal S/A, enquanto os trens urbanos eram administrados pela CBTU - Companhia Brasileira de Trens Urbanos que foi criada em A estatização foi um fracasso ficando restrita a transporte de carga, principalmente de minério de ferro. Na década de 1990 o governo passou a privatizar as ferrovias sucatadas e antigas.

9 Ferrovias em atividade no Brasil Estradas de ferro pertencentes à Companhia Vale do Rio Doce - CVRD, Estrada de Ferro Carajás e Estrada de Ferro Vitória a Minas; ALL - América Latina Logística do Brasil S.A. ; Companhia Ferroviária do Nordeste; FERROBAN - Ferrovias Bandeirantes S.A. ; FERROESTE – Estrada de Ferro Paraná - Oeste S.A. ; FERRONORTE S.A. Ferrovias Norte Brasil S.A. ; Ferrovia Centro-Atlântica S.A. ; Ferrovia Novoeste S.A. ;

10 Ferrovias em atividade no Brasil FTC - Ferrovia Tereza Cristina S.A. ; MRS Logística S.A. Existem km de trilhos no Brasil e 680km de malha urbana (metrôs e trens urbanos) distribuídas entre as seguintes empresas: - CBTU – Companhia Brasileira de Trens Urbanos - Flumitrens – Companhia Fluminense de Trens Urbanos - CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos - Trensurb – Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre Contudo, existem km de estradas no país.

11 Trens de passageiros e turísticos - Trem da Serra Gaúcha (RS) São 23 km de Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, em um trem a vapor; - Curitiba a Paranaguá - PR (Trem da Serra Verde Express) Um dos passeios mais conhecidos pelos turistas, passa por Morretes, Marumby e tem saídas, todos os dias, em 2 e 2 horas, em média. Possui 110km de extensão e foi inaugurada em 05 de junho de 1880; - Estrada de Ferro Campos do Jordão – SP Existem vários passeios de trem elétrico pela região. E no mês de julho, os turistas contam com mais horários para percurso Pindamonhangaba a Campos do Jordão;

12 Trens de passageiros e turísticos - Maria Fumaça de Atibaia Próximo à entrada da cidade - Parque Municipal do Vale do Itaim - Taubaté – SP Possui um pequeno trajeto ferroviário percorrido por duas locomotivas a vapor em seis horários diários de quarta à domingo. Três de manhã e três a tarde; - Belo Horizonte a Vitória - MG e ES (Trem da Companhia Vale do Rio Doce - CVRD) 664km de extensão; - São João D'el Rey - Tiradentes - MG (Bitolinha operada pela FCA) São 12km, com duração de 35 minutos, sem paradas;

13 Trens de passageiros e turísticos - Estrada de Ferro Caminho das Águas - Ipatinga-MG - Estrada de Ferro Sapucahy - Pouso Alegre - MG Desativado Onde ficava: BR 459, próximo ao trevo da Perimetral. A velha tradição mineira dos trens de ferro ali já não revive hoje seus tempos de glória através da Maria Fumaça. Com quatro vagões, ela havia sido recuperada pela Associação Pró-ferrovia do Sul de Minas, com apoio da então administração municipal. A linha percorria três quilômetros, entre a mata e sob rios, passando pela velha ponte de ferro; - Estrada de Ferro Sapucahy - Pouso Alegre - MG Desativado Onde ficava: BR 459, próximo ao trevo da Perimetral. A velha tradição mineira dos trens de ferro ali já não revive hoje seus tempos de glória através da Maria Fumaça. Com quatro vagões, ela havia sido recuperada pela Associação Pró-ferrovia do Sul de Minas, com apoio da então administração municipal. A linha percorria três quilômetros, entre a mata e sob rios, passando pela velha ponte de ferro;

14 Trens de passageiros e turísticos - Estrada de Ferro do Corcovado – RJ 4km de extensão; - Trem da Estrada Real - Paraíba do Sul - RJ - Temporariamente Desativado As saídas são aos Sábados, Domingo e Feriados às 10h e 14h, na Estação Ferroviária do Centro e chegada em Cavuru, na Zona Rural. O valor da passagem é R$ 10,00 para adultos e R$ 8,00 para crianças entre 05 e 12 anos, sendo os menores de 05 anos não pagantes. Em caso de grupos, há a necessidade de reservas, que podem ser feitas através do telefone. O passeio dura cerca de duas horas e vinte minutos; - Sesc Mineiro/Grussaí - Município de São João da Barra-RJ;

15 Trens de passageiros e turísticos - Trem do Forró – PE Recife ao Cabo de Santo Agostinho; - Trem do Forró – PB Campina Grande a Galante; - Trem do Forró – BA Salvador - Calçada a Paripe Organizado pela ONG Movimento Trem de Ferro, que em 2004 também organizou o "Trem do Carnaval" com o Evento "Memória do Carnaval no Trem Elétrico". Tudo em parceria com a CBTU; Organizado pela ONG Movimento Trem de Ferro, que em 2004 também organizou o "Trem do Carnaval" com o Evento "Memória do Carnaval no Trem Elétrico". Tudo em parceria com a CBTU; - Trens do Forró – Nordeste; - Estrada de Ferro Amapá;

16 Trens de passageiros e turísticos - São Luiz (Anjo da Guarda) a Paraupebas - MA e PA - E. F. Carajás (Trem da Companhia Vale do Rio Doce - CVRD) Parte de São Luiz, no Maranhão e vai até Paraupebas no Pará, 851 km distante.

17 Trens da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) - São Lourenço - Soledade - MG (Trem das Águas) Sábados e Feriados: 10:00h e 14:30h. Domingos: 10:00h. - R$8,00 (Ida e Volta); - Passa Quatro - Manacá - MG (Maria Fumaça na Estrada Real) Assim como o Trem entre São Lourenço e Soledade, este também é uma iniciativa da ABPF - Regional Cruzeiro. O Projeto é este passeio se estender até São Lourenço, e a longo prazo até Cruzeiro. Sábados: 10:00h e 15:00h. Domingo: 10:00h. - R$13,00 (Ida e Volta);

18 Trens da ABPF (Associação Brasileira de Preservação Ferroviária) A Associação Brasileira de Preservação Ferroviária luta para manter a tradição de algumas linhas ferroviárias e principalmente das antigas Maria Fumaça em diversas localidades brasileiras, porém, seja pela falta de manutenção, seja pela falata de interesse das Prefeituras, poucas ainda estão em operação no país.

19 Trens Suburbanos e BONDES - Bondinho (Teleférico) de Ubajara – CE; - Usina de Itatinga - Bertioga-SP; - Bonde de Santa Teresa - Rio de Janeiro-RJ (Próximo à Estação Carioca do Metrô do Rio); Metrô do RioMetrô do Rio - Monotrilho - Barra Shopping - Rio de Janeiro-RJ – Erradicado; - Monotrilho - Poços de Caldas-MG – Desativado.

20 TRANSPORTE FERROVIÁRIO NO BRASL b Trem é transporte de massa, é mais barato; b Colocar trilhos é mais barato que fazer estradas; b Manutenção de uma estrada é muito mais cara, por outro lado, manutenção de trilhos é quase desnecessária. b O perigo nas estradas, seja de acidentes ou assaltos, é infinitamente maior que num trem. b Se não temos a tecnologia, porque não a importamos ? b Somos dominados pelas empresas de ônibus ? b O problema é político ?

21 TRANSPORTE FERROVIÁRIO b Por que o Brasil não tem uma malha ferroviária decente? b Essa é a inevitável pergunta que qualquer brasileiro faz após viajar de trem pela Europa.

22 Estados Unidos da América do Norte - Em 1971 foi criada a AMTRAK para operar exclusivamente o transporte ferroviário de passageiros. Atende 45 Estados, 500 destinos e tem uma rede de 35 mil quilômetros de extensão, empregando 24 mil pessoas. - Em dezembro de 2000, inaugurou o Acela Express, trem de alta velocidade, entre Washington e Boston, passando por Baltimore, Filadélfia e New York com grande comodidade.

23 Canadá - A Via Rail é a empresa responsável pelo transporte ferroviário de passageiros no Canadá. Com sua rede de 14 mil quilômetros, serve 450 destinos, desde o Atlântico até o Pacífico e recebe subsídios governamentais. Os canadenses e turistas utilizam o trem entre as maiores cidades, tais como: Quebec, Montreal, Ottawa, Toronto e Vancouver, mas também para excursões aos Parques Nacionais.

24 TRANSPORTE FERROVIÁRIO NA EUROPA b Os Trens Europeus são sempre pontuais. As estações oferecem diversos serviços, e estão localizadas no centro das cidades. b Existem nos trens compartimentos separados e isolados para fumantes e não-fumantes, carros- leito, vagões bar e restaurante. b Existe um passe perfeito para sua viagem específica. Passes para países determinados, para conjuntos de países, para dias corridos, para dias de um período definido, classe, etc.

25 Europa - Desde a década de 1800 até os dias de hoje o principal meio de transporte na Europa é o trem. As grandes metrópoles ou pequenos vilarejos são alcançados através do sistema ferroviário. Nem o transporte rodoviário e nem o aéreo conseguiram competir com a cultura dos europeus em viajar de trem. Dependendo da distância a ser percorrida entre duas cidades e as estações de trem que são situadas no centro de cada cidade, chega-se mais rápido de trem que de avião pelas distâncias dos seus aeroportos.

26 Europa - A modernização do sistema ferroviário europeu e a tecnologia dos trens de alta velocidade na França, Alemanha, Espanha, Suécia, Itália e finalizando com Eurostar entre as cidades de Paris e Londres trouxe nova vida ao transporte ferroviário. - A Europa é considera o paraíso sobre trilhos.

27 Tipos de Força Motriz Vapor: grandes caldeiras de água e carvão produzindo vapor movimentavam as rodas dos primeiros trens europeus, as chamadas Maria fumaça que até hoje continuam como atração turística. Diesel: o óleo diesel utilizado até nos dias atuais, inclusive no Brasil, trouxe eficiência, rapidez e conforto ao sistema ferroviário, sendo a única desvantagem as crises mundiais de petróleo. Eletricidade: São vias eletrificadas que produzem energia para sua locomoção e é o mais econômico, silencioso e não poluente, inclusive utilizada pelos trens de alta velocidade.

28 Tipos de Trens Comum – são trens regionais passando por áreas rurais. Panorâmicos – são trens que passam por belas paisagens: montanhas nevadas, lagos, vales floridos, desfiladeiros, tais como: Arlberg Line na Áustria, Centovalli Railway da Suíça para Itália, Flam Railway na Noruega, Glacier Express na Suíça entre Davos e St. Moritz e outros. Duplo Deck – é uma novidade utilizada principalmente nas rotas de grande densidade.

29 Tipos de Trens Trens de Alta Velocidade – são trens que atingem mais de 300 km/h e são eles: TGV na França; AVE na Espanha; THALYS entre França, Bélgica e Holanda; ICE entre Alemanha, Áustria e Países Baixos; X2000 na Suécia, Dinamarca e Noruega, PENDOLINO na Itália e o EUROSTAR entre Paris e Londres, passando pelo Eurotúnel.

30 Trens Classes: Primeira e Segunda Acomodações: Poltronas ou Assentos - Normais Sleeperettes – São poltronas reclináveis com as do avião. Cabines – de 4 a seis pessoas. Cabines Leito – cama de solteiro ou beliche dupla, em primeira classe. Couchettes – de 4 ou 6 beliches, normalmente na segunda classe.

31

32 Passes Europeus São oferecidos diversos passes de trem na Europa para 17 países, exceto aos residentes da Europa, Reino Unido, Turquia, Marrocos, Argélia, Tunísia e Federação Russa, quando da compra de um EURAILPASS ou do EURAIL SELECTPASS.

33 Importância do Transporte Ferroviário para o Turismo O Transporte Ferroviário e o Hidroviário quando da invenção da máquina a vapor foram os responsáveis pelos deslocamentos e conseqüentemente pelo nascimento do Turismo. Na Europa e no Japão o transporte ferroviário é de suma importância para o turismo, destacando-se os trens de Alta Velocidade e o Eurostar sob o Canal da Mancha entre Paris e Londres.

34 Importância do Transporte Ferroviário para o Turismo A grande vantagem do trem é que confortavelmente sentados e olhando pela janela as paisagens deslumbrantes passamos pelas cidades, enquanto o avião voa sobre elas e o automóvel nos obriga a dirigir e observar a estrada ao mesmo tempo. Trens operam de centro a centro de cidades facilitando o acesso dos turistas que economizam tempo e dinheiro em relação aos aeroportos que normalmente são localizados fora das cidades. A grande vantagem do trem é que confortavelmente sentados e olhando pela janela as paisagens deslumbrantes passamos pelas cidades, enquanto o avião voa sobre elas e o automóvel nos obriga a dirigir e observar a estrada ao mesmo tempo. Trens operam de centro a centro de cidades facilitando o acesso dos turistas que economizam tempo e dinheiro em relação aos aeroportos que normalmente são localizados fora das cidades.

35 Importância do Transporte Ferroviário para o Turismo O Brasil com sérios problemas de transportes de passageiros está tentando revitalizar e modernizar o sistema ferroviário, mas esbarra com a política protecionista em favor do transporte rodoviário e na indústria automobilística. O Brasil com sérios problemas de transportes de passageiros está tentando revitalizar e modernizar o sistema ferroviário, mas esbarra com a política protecionista em favor do transporte rodoviário e na indústria automobilística.

36 TRANSPORTE RODOVIÁRIO Brasil O principal transporte de passageiros no Brasil é rodoviário, mesmo que as nossas rodovias encontrem-se em péssimo estado de conservação e sem segurança, exceto aquelas que foram privatizadas. Transporte ferroviário inexistente e transporte aéreo inacessível para maior dos brasileiros pelas tarifas ainda bastante caras, o automóvel e ônibus são a única opção dos turistas.

37 Brasil As Transportadoras Turísticas de Superfície são As Transportadoras Turísticas de Superfície são classificadas em três categorias: a) Exclusivas, aquelas que só fazem turismo. b) Mistas, aquelas que têm linhas regulares e também para o turismo. c) Eventuais, aquelas que só têm linhas regulares, mas eventualmente, por falta de ônibus de turismo colocam seus equipamentos a disposição dos turistas.

38 Brasil As Locadoras de Automóveis entre elas as brasileiras Localiza, Unidas e Interlocadora, além das internacionais Avis e Hertz estão em pleno crescimento, mesmo que as suas tarifas não sejam compatíveis com a realidade do país, o que afasta o turista de classe média em utilizar este tipo de serviço. Se compararmos os preços de locação de automóveis no Brasil com os EUA o resultado será que pagamos duas vezes mais caro por um automóvel de qualidade infinitamente inferior.

39 Estados Unidos da América do Norte - É o país dos automóveis com excelentes rodovias e alto poder aquisitivo, portanto 90% da sua população possui automóvel. A maior empresa de transporte rodoviário dos EUA e uma das maiores do mundo, a Greyhound com ônibus oferece seus serviços em 48 Estados para localidades e em torno de 20 mil viagens diárias. - Para grandes distâncias o ônibus perdeu para o transporte aéreo que passou oferecer à partir da desregulamentação em 1978 tarifas de baixo custo.

40 Estados Unidos da América do Norte - As maiores locadoras do mundo também ficam nos EUA como a Hertz e Avis, além da Alamo, Dollar, Budget entre outros. A Hertz é a maior do mundo com 30 milhões de locações por ano com 300 mil veículos e pontos de venda, tendo como acionista majoritário a Ford. - As locadoras americanas trabalham com tarifas baixas por terem grande volume de locações, principalmente nos Estados da Flórida e Califórnia.

41 Europa - Por percorrerem menores distâncias o ônibus na Europa é mais utilizado em comparação com EUA, perdendo tão somente do ferroviário. - É o continente onde encontraremos o maior número de excursões rodoviárias regulares com saídas garantidas. - Uma das mais antigas Agências de Viagens do mundo fundada em 1840, a portuguesa Abreu, opera suas excursões rodoviárias regulares pela Europa com grande sucesso junto aos turistas brasileiros.

42 Europa - A Europcar que tem como seu principal acionista a Volkswagen, disputa com a Hertz e Avis o bilionário mercado de locação de automóveis. - As excelentes auto-estradas de alta velocidade da Alemanha, Itália e outros países somados as distâncias de curta duração, tornou-se um atrativo para turistas no que se refere à locação de automóveis.

43 Locação x Serviços - São diversos tipos de ônibus e seu fretamento dependerá do serviço que será realizado. Se for para um simples Traslado do aeroporto ao hotel, o importante é o bagageiro. Se o serviço é para City Tour, o importante é a janela panorâmica e para uma Excursão o bagageiro, janela panorâmica, banheiro e outros equipamentos serão necessários para o conforto dos passageiros. - O micro-ônibus, a maxi-van e mini-van serão utilizados conforme número de passageiros, tamanho das malas e tipo de serviço.

44 Locação x Serviços - A locação de automóvel parece ser um serviço simples, mas não é. Dependerá do número de passageiros, malas, região, estação do ano e principalmente do cliente. - Como exemplos poderíamos citar: * Uma família de quatro pessoas viajando no inverno com neve nas estradas – Camionete 4x4 tipo Ford Explorer, Cherokee ou similar. * Uma família de quatro pessoas viajando no inverno com neve nas estradas – Camionete 4x4 tipo Ford Explorer, Cherokee ou similar. * Casal viajando pela Cote DAzur no verão ou Havaí – Conversível * Casal viajando pela Cote DAzur no verão ou Havaí – Conversível * Família de cinco pessoas em Orlando indo para Disneyworld – Mini-van de 7/8 lugares * Família de cinco pessoas em Orlando indo para Disneyworld – Mini-van de 7/8 lugares

45 Locação x Serviços - As locadoras classificam seus automóveis em categorias, dos mais simples aos mais luxuosos, caso a categoria alugada não esteja disponível a locadora oferecerá upgrade, ou seja, um carro melhor do que o alugado. - Outros pontos importantes para locação são a idade mínima exigida, 21 ou 25 anos completos, um ou dois anos de carteira de habilitação, cartão de crédito, seguros, tanque cheio, taxas de retorno e governamentais, equipamentos especiais e outros. - Outros pontos importantes para locação são a idade mínima exigida, 21 ou 25 anos completos, um ou dois anos de carteira de habilitação, cartão de crédito, seguros, tanque cheio, taxas de retorno e governamentais, equipamentos especiais e outros.

46 Leasing de Automóveis Na França as fábricas de automóveis Citroen, Renault e Peugeot oferecem aos turistas estrangeiro a opção Leasing de Automóveis. São carros zero quilômetros, seguro total, taxas governamentais incluídas, assistência 24 horas, mas só compensa desde que seja utilizado por mais de 17 dias em relação à locação normal.

47 Trailers e outros veículos recreacionais - Trailers são rebocados por automóveis, enquanto os motorhomes são camionetes ou caminhões com conforto de uma casa utilizando campings e as suas principais vantagens são economia e o contato com natureza. - Nos EUA e Europa são muito utilizados para o turismo, enquanto no Brasil é quase inexistente.

48 Transportes Hidroviários * O navio durante muitos anos e até a década de 1960 foi o principal transporte utilizado nas viagens regulares entre o Brasil/Europa, Brasil/Estados Unidos e outros destinos. * A viagem para Europa durava em média 15 dias e as empresas marítimas mais conhecidas eram: Línea C e Italmar (italianas), Ybarra (espanhola), Blue Star Line (inglesa), Hamburg Sud (alemã) e Messagerie Maritime (francesa). * As americanas eram Delta Line e Moore Mc Cormack.

49 Cruzeiros Marítimos * Os cruzeiros marítimos são o seguimento turístico que mais cresce no mundo com média anual de 9%. * Os navios transformaram-se em verdadeiros resorts flutuantes com invejável infra-estrutura. * O interessante dos cruzeiros, além das atividades no próprio navio é o destino turístico. * A maior empresa de cruzeiros do mundo é a CARNIVAL que opera preferencialmente no Caribe os seus cruzeiros de 7 noites ao Caribe Mexicano e Americano.

50 Cruzeiros Marítimos * Os destinos mais procurados são Caribe, Mediterrâneo e o Alasca, correspondendo a 2/3 do mercado mundial. * Os cruzeiros movimentam 9 milhões de pessoas por ano e geram 16 bilhões de dólares. * As Principais empresas de cruzeiros do mundo são: Carnival, Royal Caribbean, Princess, Holland América, Celebrity, Norwegian, Costa, Royal Olimpic, Disney e outros.

51 Cruzeiros Marítimos * Até 1995 era proibida a cabotagem de navios estrangeiros na costa brasileira, mesmo que o Brasil não tivesse navios de passageiros. * No Brasil de Dezembro à Março de cada ano são realizados cruzeiros de navios de bandeira estrangeira, principalmente pelas empresas Costa, MSC e Royal Caribbean. * Em 2003 foram passageiros, utilizando os portos de Rio de Janeiro, Santos e Salvador, preferencialmente.

52 Cruzeiros Fluviais * Os cruzeiros fluviais são completamente diferentes dos cruzeiros marítimos, seja pelo tempo de duração, capacidade dos navios ou embarcações e locais a serem visitados. * Os principais rios onde se realizam cruzeiros ou passeios fluviais são: Nilo no Egito, Reno (Suíça, Alemanha, França, Bélgica e Holanda), Danúbio (Alemanha, Áustria e Hungria), Tamisa (Inglaterra), Sena (França), Mississipi nos EUA e no Rio Amazonas (Brasil).

53 Passeios Lacustres - Lago Titicaca entre Peru e Bolívia - Lago Nahuel Huapi em Bariloche - Lago Luzern e outros na Suíça - Lago di Como na Itália - Lago Balaton na Hungria - Lagos da Escandinávia - Lago Ness na Inglaterra

54 Ferries - Os Ferries podem se grande ou pequeno porte, dependendo da sua utilização, passageiros ou passageiros e automóveis ou ônibus e até trens. - Em alguns encontraremos uma infra-estrutura excelente como restaurante, bares, lojas, sala de jogos, em fim como nos navios de cruzeiros. - Um dos ferries mais utilizados no turismo é a travessia do Canal da Mancha entre Calais (França) e Dover (Inglaterra), sofrendo atualmente a concorrência do trem de alta velocidade o Eurostar. - Na Europa que este sistema de transporte é mais utilizado, ligando Itália com Grécia, os países escandinavos, Inglaterra com Irlanda, Bélgica e Holanda.

55 Portos - No Brasil os Aeroportos foram modernizados e com excelente infra-estrutura, mas os portos foram totalmente esquecidos quanto a embarque e desembarque de passageiros. - Os nosso terminais portuários para passageiros são extremamente deficientes para receber os cruzeiros marítimos durante a temporada de verão quando o fluxo de passageiros atinge os níveis máximos. - O terminal portuário é o cartão de visita de uma cidade, é o primeiro contato do passageiro dos cruzeiros marítimos com a região.

56 Portos Rio de Janeiro é o mais importante porto no embarque e desembarque de passageiros. O concessionário Píer Mauá não tem realizado obras necessárias para dar conforto aos passageiros no embarque e desembarque que continuam esperando nas enormes filas durante várias horas. Rio de Janeiro é o mais importante porto no embarque e desembarque de passageiros. O concessionário Píer Mauá não tem realizado obras necessárias para dar conforto aos passageiros no embarque e desembarque que continuam esperando nas enormes filas durante várias horas. Enquanto nos Estados Unidos existem sofisticados portos como o de Miami, considerado o mais importante para os cruzeiros marítimos, o Port Everglades, Canaveral e o de Tampa, todos com rotas para o Caribe. Enquanto nos Estados Unidos existem sofisticados portos como o de Miami, considerado o mais importante para os cruzeiros marítimos, o Port Everglades, Canaveral e o de Tampa, todos com rotas para o Caribe.

57 Portos A cidade de Buenos Aires transformou seu velho Píer (não muito diferente do nosso), o Puerto Madero, em um belo e atualmente, mais visitado ponto turístico da cidade. Durante o dia acontecem embarques e desembarques de passageiros e à noite, torna-se o mais importante e badalado centro gastronômico e de lazer da cidade, com vários restaurantes, bares e discotecas, prontos a atender os mais distintos frequentadores, sejam turistas ou moradores. A cidade de Buenos Aires transformou seu velho Píer (não muito diferente do nosso), o Puerto Madero, em um belo e atualmente, mais visitado ponto turístico da cidade. Durante o dia acontecem embarques e desembarques de passageiros e à noite, torna-se o mais importante e badalado centro gastronômico e de lazer da cidade, com vários restaurantes, bares e discotecas, prontos a atender os mais distintos frequentadores, sejam turistas ou moradores.


Carregar ppt "TRANSPORTE - I Plano de Aula TRANSPORTE - I Plano de Aula UNIDADE I Transporte Ferroviário Transporte Ferroviário 1.1 Ferroviário no Brasil e no mundo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google