A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Visão Panorâmica da Gestão Estratégica Apresentação feita com base no livro Gestão Estratégica, da Editora Saraiva, preparada pelo autor, Eliezer Arantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Visão Panorâmica da Gestão Estratégica Apresentação feita com base no livro Gestão Estratégica, da Editora Saraiva, preparada pelo autor, Eliezer Arantes."— Transcrição da apresentação:

1 1 Visão Panorâmica da Gestão Estratégica Apresentação feita com base no livro Gestão Estratégica, da Editora Saraiva, preparada pelo autor, Eliezer Arantes da Costa

2 2 Gestão Estratégica Como lidar com as mudanças e descontinuidades dos novos tempos?

3 3 11. Formulação das estratégias 10. Estratégias de balanceamento do portfólio 9. Representação do portfólio 12. Capacitação estratégica IV Formulação 7. Análise da turbulência e da vulnerabilidade 6. Análise do ambiente externo 8. Análise do ambiente interno III Análise 5. Transformação estratégica 4. Gestão estratégica 3. Conceitos básicos da estratégia II Conceituação 16. Implantação da gestão estratégica 15. Workshop de planejamento estratégico 14. Metodologia de planejamento estratégico 13. O plano estratégico V Implementação 2. Desafios para estratégia 1. Motivações para estratégia Introdução I Motivação

4 4 As Questões mais Importantes sobre Estratégia

5 5 As questões mais importantes sobre estratégia 1.Por que o nosso envolvimento com a estratégia é cada vez mais relevante? 2.Quais são os principais obstáculos e desafios que devemos enfrentar? 3.Quais são os conceitos básicos para a construção de boas estratégias? 4.O que é gestão estratégica e em que ela se diferencia do planejamento estratégico? 5.O que é e por que se faz uma transformação estratégica? 6.Como podemos avaliar a situação estratégica de uma entidade?

6 6 As questões mais importantes sobre estratégia 7. Como devemos tratar os riscos, turbulências e vulnerabilidades da organização? 8. Como se faz uma análise do ambiente interno da organização? 9. Como segmentar o ambiente externo para uma boa formulação das estratégias? 10. Como se faz um bom balanceamento do portfólio da organização? 11. Como se formulam boas estratégias? 12. O que é capacitação estratégica e como implementá-la?

7 7 As questões mais importantes sobre estratégia 13. Como se estrutura um plano estratégico? 14. Como podemos implantar uma Gestão Estratégica em uma entidade? 15. Como se organiza um workshop de planejamento estratégico? 16.1 Quais são as principais dificuldades na implantação? Quais são os fatores-chave de sucesso nas implantações? Como podemos verificar se a gestão estratégica está implantada e funcionando?

8 8 1. Por que o nosso envolvimento com a estratégia é cada vez mais relevante?

9 9 Visão do futuro Meu interesse está no futuro porque é lá que vou passar o resto da minha vida Charles Kettering

10 10 Visão estratégica FUTURO PRESENTE PASSADOHOJE

11 11 Se nós não planejarmos, outros o farão para nós, outros o farão para nós, por nós... Alerta Geral!!! (...ou contra nós...)

12 12 Encurtamento dos ciclos de vida Declínio Pioneirismo Crescimento Estagnação Tempo Nível de Atividade

13 13 tecnologias tecnologias estilos de vida estilos de vida regulamentações regulamentações demografias demografias geopolíticas geopolíticas As mudanças estratégicas As oportunidades e ameaças estão escondidas nas interseções das mudanças em:

14 14 2.Quais são os principais obstáculos e desafios que devo enfrentar?

15 15 CulturaS centenáriaS

16 16 Passado de sucesso garantido

17 17 Falta de percepção das oportunidades e de riscos

18 18 Organização em f e u d o s

19 19 Organização burocrática

20 20 3.Quais são os conceitos básicos para a construção de boas estratégias?

21 21 Conceito de visão É um modelo mental claro e luminoso de um estado ou situação altamente desejável!!! de uma realidade futura – possível descrito de forma simples, objetiva partilhada por todos os dirigentes e colaboradores da empresa ou entidade

22 22 A importância da visão compartilhada explicita o que a instituição quer ser explicita o que a instituição quer ser unifica as expectativas unifica as expectativas dá um sentido de direção dá um sentido de direção facilita a comunicação facilita a comunicação ajuda o envolvimento ajuda o envolvimento favorece o comprometimento favorece o comprometimento dá energia às equipes de trabalho dá energia às equipes de trabalho inspira as grandes diretrizes da entidade inspira as grandes diretrizes da entidade baliza as estratégias e demais ações baliza as estratégias e demais ações

23 23 Conceito de missão qual é a necessidade básica que a organização pretende suprir? qual é a necessidade básica que a organização pretende suprir? que diferença faz ela existir ou não? que diferença faz ela existir ou não? para que serve? para que serve? para que existe? para que existe? qual é a sua razão de ser? qual é a sua razão de ser? qual a motivação básica que inspirou seus fundadores? qual a motivação básica que inspirou seus fundadores?

24 24 Visão ou missão? Visão: Que objeto é este? Este móvel é uma cadeira Missão : Para que serve este objeto? Este móvel serve para descansar

25 25 Conceito de princípios É aquilo do qual não estamos dispostos a arredar pé, aconteça o que acontecer

26 26 As estratégias para construir o futuro Ambiente (O que é possível fazer?) Ambiente (O que é possível fazer?) Visão – Missão - -Princípios e Valores - (O que queremos ser?) Visão – Missão - -Princípios e Valores - (O que queremos ser?) Capacitação (O que sabemos fazer?) Capacitação (O que sabemos fazer?) Estratégias (O que vamos fazer?) Estratégias (O que vamos fazer?) O FUTURO (Onde queremos chegar?)

27 27 4.O que é gestão estratégica e em que ela se diferencia do planejamento estratégico?

28 28 Gestão Estratégica É um processo sistemático... É um processo sistemático... planejado, administrado e executado pela direção geral da entidade planejado, administrado e executado pela direção geral da entidade envolvendo todos os dirigentes, gerentes e responsáveis... envolvendo todos os dirigentes, gerentes e responsáveis...

29 29 Gestão Estratégica... que busca assegurar: a continuidade a continuidade a permanência e a permanência e o crescimento o crescimento da entidade...

30 30 Gestão Estratégica... através da contínua adequação da sua estratégia, da sua estratégia, da sua capacitação, da sua capacitação, da sua estrutura e da sua estrutura e da sua infra-estrutura da sua infra-estrutura

31 31 Gestão Estratégica às mudanças às mudanças tendências e tendências e descontinuidades descontinuidades observadas ou previsíveis observadas ou previsíveis no ambiente externo da entidade. no ambiente externo da entidade.

32 32 Planejar ou Administrar? Planejar... é elaborar um bom planoé elaborar um bom plano Administrar... é fazer o plano,é fazer o plano, acompanhar a sua execução,acompanhar a sua execução, corrigindo as ações corrigindo as ações e/ou o próprio plano,e/ou o próprio plano, quando necessárioquando necessário... daí o nome Gestão Estratégica

33 33 5.O que é e por que se faz uma transformação estratégica?

34 34 Fase pioneira Fase pioneira

35 35 Há muitos anos atrás, o mundo era assim... 7 ?? ?

36 36 Fase do crescimento

37 37... Mas, com a criação da entidade, ficou assim Entidade

38 38 Fase da maturidade

39 39 Mas, muita coisa mudou de lá para cá... A D C B Entidade

40 40 Readequação estratégica

41 41 Portanto, é preciso transformar a entidade A D C B Entidade

42 42...para se reajustar tudo outra vez! A B C D Entidade

43 43 6.Como podemos avaliar a situação estratégica de uma entidade?

44 44 O diagnóstico estratégico O diagnóstico estratégico Metáfora médica Queixas, preocupações, dúvidas, autodiagnóstico, automedicação Queixas, preocupações, dúvidas, autodiagnóstico, automedicação O médico pergunta, examina, pede mais exames... O médico pergunta, examina, pede mais exames... Impressões ou convicções bem firmadas: Impressões ou convicções bem firmadas: eu acho que eu tenho isto.. eu acho que eu tenho isto..... mas minha mulher acha que mas minha mulher acha que... meu amigo sugeriu este remédio que já estou tomando mas não resolveu... meu amigo sugeriu este remédio que já estou tomando mas não resolveu... Cuidado: As falsas pistas, os falsos diagnósticos e as falsas terapias...

45 45 Avaliação estratégica Como está: A competitividade da organização? A competitividade da organização? O portfólio de serviços ou produtos? O portfólio de serviços ou produtos? A flexibilidade e o grau de vulnerabilidade? A flexibilidade e o grau de vulnerabilidade? A capacitação para construir as transformações necessárias? A capacitação para construir as transformações necessárias? Os recursos estratégicos estão assegurados em quantidade e na qualidade necessárias? Os recursos estratégicos estão assegurados em quantidade e na qualidade necessárias? Os processos de desenvolvimento e de inovação? Os processos de desenvolvimento e de inovação? A estrutura de poder e de liderança? A estrutura de poder e de liderança?

46 46 Prontidão estratégica Voltando à metáfora médica: Se uma cirurgia pesada é necessária para a sobrevivência do paciente, será que ele está pronto e preparado para enfrentá-la? Se uma cirurgia pesada é necessária para a sobrevivência do paciente, será que ele está pronto e preparado para enfrentá-la? Caso negativo, indica-se uma preparação: Caso negativo, indica-se uma preparação: Controlar o diabetes Controlar o diabetes Emagrecer 15 quilos Emagrecer 15 quilos Equilibrar a pressão Equilibrar a pressão......

47 47 Avaliação da prontidão Atitudes e comportamentos da alta direção: Dedica um alto grau de atenção ao ambiente futuro e ao futuro da instituição? Dedica um alto grau de atenção ao ambiente futuro e ao futuro da instituição? Tem muita sensibilidade e percepção de oportunidades e riscos? Tem muita sensibilidade e percepção de oportunidades e riscos? Tem sensibilidade, percepção, conhecimento e preocupação com eventuais lacunas da organização? Tem sensibilidade, percepção, conhecimento e preocupação com eventuais lacunas da organização? Dedica atenção às grandes mudanças estratégicas que podem afetar positiva ou negativamente os negócios ou atividades da organização? Dedica atenção às grandes mudanças estratégicas que podem afetar positiva ou negativamente os negócios ou atividades da organização?

48 48 Avaliação da prontidão Existem obstáculos institucionais, regulamentares, estatutários que podem bloquear o pensamento e as ações estratégicas? Existem obstáculos institucionais, regulamentares, estatutários que podem bloquear o pensamento e as ações estratégicas? Existem obstáculos culturais, verdades absolutas e paradigmas enraizados que bloqueiam a percepção de oportunidades imperdíveis ou ameaças graves? Existem obstáculos culturais, verdades absolutas e paradigmas enraizados que bloqueiam a percepção de oportunidades imperdíveis ou ameaças graves? A organização está sempre disposta a questionar e a rever as suas verdades atuais e as do passado? A organização está sempre disposta a questionar e a rever as suas verdades atuais e as do passado? A organização consegue tomar iniciativas, rapidamente e eficazmente em situações de emergência? A organização consegue tomar iniciativas, rapidamente e eficazmente em situações de emergência? A organização tem uma cultura gerencial de persistência na busca incessante objetivos e metas de longo prazo? A organização tem uma cultura gerencial de persistência na busca incessante objetivos e metas de longo prazo?

49 49 Direcionamento estratégico Gestão da Estratégia Competitiva Gestão da Estratégia Competitiva Gestão Estratégica do Portfólio Gestão da Flexibilidade e da Vulnerabilidade Gestão Estratégica da Capacitação

50 50 Tendências e descontinuidades Os principais fatores que condicionam o sucesso futuro das empresas e entidades estão mais fora dela do que dentro?

51 51 Avaliações preliminares como está o ambiente onde atuamos? como está o ambiente onde atuamos? como estava nos últimos 3 anos? como estava nos últimos 3 anos? como estará no próximo ano? como estará no próximo ano? e nos próximos 3 anos? e nos próximos 3 anos? e nos próximos 10 anos? e nos próximos 10 anos? há surpresas no horizonte? Boas ou más? há surpresas no horizonte? Boas ou más? ( gráficos, tabelas e análises históricas podem ajudar) ( gráficos, tabelas e análises históricas podem ajudar) ? ? ? ? ? ? ? ? ? ??

52 52 Lembremo-nos de que... O futuro não é uma mera extrapolação ou projeção do passado! O futuro não é uma mera extrapolação ou projeção do passado! O futuro é o novo, o diferente, mais complexo, mais rico, O futuro é o novo, o diferente, mais complexo, mais rico, cheio ameaças... mas de oportunidades de também... cheio ameaças... mas de oportunidades de também... Para quem souber identificá- las e aproveitá-las! Para quem souber identificá- las e aproveitá-las!

53 53 TendênciasTendências Tendências são variações no ambiente externoTendências são variações no ambiente externo lentas ou rápidas mas persistentes que podem afetar os negócios ou atividades das organizações de seus clientes de seus fornecedores ou da sociedade em geral

54 54 DescontinuidadesDescontinuidades Descontinuidades são mudanças bruscas no ambiente externo da organizaçãoDescontinuidades são mudanças bruscas no ambiente externo da organização que podem afetar profundamente os seus negócios ou atividades Como uma revolução, uma explosão, um terremoto, ou o falecimento de uma pessoa muito importante...

55 55 O efeito gatilho Há situações singulares Há situações singulares onde mudanças lentas mas persistentes onde mudanças lentas mas persistentes ao atingirem certos valores críticos... podem provocar grandes descontinuidades gerando, de repente, grandes oportunidades ou ameaças. gerando, de repente, grandes oportunidades ou ameaças. É o chamado efeito gatilho

56 56 7.Como devemos tratar os riscos, turbulências e vulnerabilidades da organização?

57 57 O que quer dizer vulnerabilidade? Indica como a instituição está preparada para enfrentar os eventos prováveis relativos ao futuro: Se estiver bem preparada... Se estiver bem preparada... A vulnerabilidade é baixa A vulnerabilidade é baixa Se não estiver preparada ou está mal preparada... Se não estiver preparada ou está mal preparada... A vulnerabilidade é alta A vulnerabilidade é alta

58 58 Como avaliar a turbulência? A turbulência é maior quando: Um grande número de eventos futuros, tanto negativos como positivos, estão no horizonte próximo ou remoto Um grande número de eventos futuros, tanto negativos como positivos, estão no horizonte próximo ou remoto Há concentração excessiva desses eventos no curto ou médio prazo Há concentração excessiva desses eventos no curto ou médio prazo Há probabilidade média ou alta de ocorrência de alguns eventos, tanto positivos como negativos Há probabilidade média ou alta de ocorrência de alguns eventos, tanto positivos como negativos Há um grau significativo de impacto de alguns dos eventos futuros Há um grau significativo de impacto de alguns dos eventos futuros

59 59 Fatores determinantes do grau de turbulência A quantidade de eventos prováveis A quantidade de eventos prováveis A intensidade dos eventos e relevância do impacto A intensidade dos eventos e relevância do impacto Os efeitos de potencialização: Os efeitos de potencialização: efeito sinérgico provocado pela concomitância de dois ou mais eventos efeito sinérgico provocado pela concomitância de dois ou mais eventos Fatores de potencialização: concomitância pode provocar sinergia negativa ou positiva Fatores de potencialização: concomitância pode provocar sinergia negativa ou positiva O fator geográfico como potencializador: dois eventos ocorrendo na mesma região geográfica O fator geográfico como potencializador: dois eventos ocorrendo na mesma região geográfica

60 60 Mapa da turbulência E3E5 hoje + 1 ano + 5 anos + 10 anos (%)E4 E2E1 ResultadosResultadosResultadosResultados

61 61 hoje + 1 ano + 5 anos + 10 anos (%) ResultadosResultadosResultadosResultados Avaliação da vulnerabilidade E4 Providências para aproveitar E4 Providências para evitar E5 E5

62 62 8.Como se faz uma análise do ambiente interno da organização?

63 63 Conhece-te a ti mesmo... Conhece-te a ti mesmo... Mas isto é muito difícil Mas isto é muito difícil Tanto para pessoas como para organizações Tanto para pessoas como para organizações Por que isto é tão importante? Por que isto é tão importante? Nós já nos conhecemos muito bem! Nós já nos conhecemos muito bem! Análise interna

64 64 Auto-avaliação, uma dificuldade real Todo mundo está vendo algo em nós, menos nós mesmos... Todo mundo está vendo algo em nós, menos nós mesmos... Ou fazemos que não vemos Ou fazemos que não vemos Ou minimizamos a importância daquilo Ou minimizamos a importância daquilo Ou simplesmente negamos Ou simplesmente negamos Ou até nos ofendemos... Ou até nos ofendemos... E saímos para o ataque... E saímos para o ataque... ou para a autocomiseração ou para a autocomiseração

65 65 Desculpas tipo cortina de fumaça Mas isto sempre foi assim Mas isto sempre foi assim Isto é o padrão da matriz Isto é o padrão da matriz Os clientes é que não sabem usar nossos produtos ou serviços Os clientes é que não sabem usar nossos produtos ou serviços Os concorrentes têm atitudes desleais e predatórias Os concorrentes têm atitudes desleais e predatórias O governo só quer saber de arrecadar O governo só quer saber de arrecadar Os funcionários só sabem reclamar Os funcionários só sabem reclamar Mas ninguém quer sabe de trabalhar... Mas ninguém quer sabe de trabalhar...

66 66 Pontos fortes, pontos fracos e pontos a melhorar

67 67 Pontos fortes Pontos fortes são características positivas de destaque, na instituição, que a favorecem no cumprimento do seu propósito

68 68 Exemplos de pontos fortes Marca conhecida e respeitada Marca conhecida e respeitada Rede de distribuição de cobertura nacional Rede de distribuição de cobertura nacional Presteza no atendimento a reclamações Presteza no atendimento a reclamações Recursos de comunicação e de logística Recursos de comunicação e de logística Pessoal de excepcional competência e motivação Pessoal de excepcional competência e motivação

69 69 Pontos fracos Pontos fracos são características negativas, na instituição, que a prejudicam no cumprimento do seu propósito

70 70 Exemplos de pontos fracos Pessoal novo e mal treinado ou desmotivadoPessoal novo e mal treinado ou desmotivado Ausência de um manual do usuário claro, do produto ou serviçoAusência de um manual do usuário claro, do produto ou serviço Falta de local adequado para estacionamento dos clientesFalta de local adequado para estacionamento dos clientes Ausência de recursos para pagamento via cartão de créditoAusência de recursos para pagamento via cartão de crédito Falta de integração entre os departamentos e sessõesFalta de integração entre os departamentos e sessões

71 71 Pontos a melhorar Pontos a melhorar são características positivas, na instituição mas não em nível suficiente para contribuir efetivamente para o cumprimento do seu propósito

72 72 Exemplos de pontos a melhorar Qualidade da matéria prima utilizada Qualidade da matéria prima utilizada Controle de estoques para evitar faltas Controle de estoques para evitar faltas Clareza nos comunicados e documentos para clientes Clareza nos comunicados e documentos para clientes Iluminação e indicações visuais nas instalações Iluminação e indicações visuais nas instalações Formação do pessoal que lida diretamente com os clientes Formação do pessoal que lida diretamente com os clientes Atendimento à imprensa Atendimento à imprensa

73 73 10-Ms do autodiagnóstico Começando com um brainstorming Começando com um brainstorming Amplo, geral e irrestrito Amplo, geral e irrestrito Procurando pontos fortes, pontos fracos e pontos a melhorar Procurando pontos fortes, pontos fracos e pontos a melhorar Não é necessário consenso, neste ponto Não é necessário consenso, neste ponto Como classificar os pontos achados? Como classificar os pontos achados? Como fazer um gráfico-radar da entidade? Como fazer um gráfico-radar da entidade?

74 74 M ão de Obra M áquinas M arketing M ateriais M eio Ambiente M eio físico M ensagens M étodos M oney Management

75 75 Mão de Obra Máquinas Marketing Materiais Meio Ambiente Meio físico Mensagens Métodos MoneyManagement

76 76 Mão de Obra Máquinas Marketing Materiais Meio Ambiente Meio físico Mensagens Métodos Money Management

77 77 9.Como segmentar o ambiente externo para uma boa formulação das estratégias?

78 78 Segmentação em áreas estratégicas

79 79 A B D E CF Ambiente externo Como segmentar o ambiente externo?


Carregar ppt "1 Visão Panorâmica da Gestão Estratégica Apresentação feita com base no livro Gestão Estratégica, da Editora Saraiva, preparada pelo autor, Eliezer Arantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google