A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Tipos de Conhecimento: Popular – valorativo – reflexivo – assistemático – verificável – falível - inexato.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Tipos de Conhecimento: Popular – valorativo – reflexivo – assistemático – verificável – falível - inexato."— Transcrição da apresentação:

1 CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Tipos de Conhecimento: Popular – valorativo – reflexivo – assistemático – verificável – falível - inexato

2 CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Conhecimento popular – senso comum Distinção do conhecimento científico - o método e os instrumentos do conhecer A ciência não é o único acesso ao conhecimento e a verdade. Um mesmo objeto ou fenômeno – uma planta, um mineral, uma comunidade, ou as relações entre chefes e subordinados pode ser matéria de observação, tanto para o cientista como para o homem comum. O QUE LEVA UM AO CONHECIMENTO CIENTÍFICO E OUTRO AO POPULAR É A FORMA DE OBSERVAÇÃO

3 CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Conhecimento empírico ou conhecimento vulgar – conhecimento obtido ao acaso, após inúmeras tentativas, ou seja, o conhecimento adquirido através de ações não planejadas. Ex: A chave está emperrando na fechadura e, de tanto experimentarmos abrir a posta, acabamos por descobrir um jeito de girar a chave sem emperrar

4 TIPOS DE CONHECIMENTOS Valorativo – fundamentado no estado de ânimo e emoções. Reflexivo – dualidade de realidades; de um lado o sujeito cognoscente e, de outro, o objeto conhecido. Interligação. Assistemático – organização particular das idéias,procurando explicar os fenômenos observados.

5 CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Conhecimento filosófico – fruto do raciocínio e da reflexão humana. É o conhecimento especulativo sobre fenômenos, gerando conceitos subjetivos. Busca dar sentido aos fenômenos gerais do universo, ultrapassando os limites formais da ciência. Ex: O homem é a ponte entre o animal e o além- homem. A vantagem de ter péssima memória é divertir-se muitas vezes com as mesmas coisas boas como se fosse a primeira vez. A vida vai ficando cada vez mais dura perto do topo.(Friedrich Nietzsche )

6 TIPOS DE CONHECIMENTOS Verificável – limitado ao âmbito da vida diária e diz respeito àquilo que se pode perceber no dia-a-dia. Falível – e inexato – se conforma com a aparência e com o que se ouviu dizer a respeito do objeto.

7 TIPOS DE CONHECIMENTOS Conhecimento filosófico é: Valorativo – hipóteses que não poderão ser submetidas a observação. As hipóteses filosóficas baseiam-se na experiência e não na experimentação. Não verificável – os enunciados das hipóteses filosóficas não podem ser confirmados e nem refutados.

8 TIPOS DE CONHECIMENTOS Racional – em virtude de consistir num conjunto de enunciados logicamente correlacionados. Sistemático – hipóteses e enunciados visam a uma representação coerente da realidade estudada, objetivando apreendê-la em sua totalidade.

9 TIPOS DE CONHECIMENTOS Infalível e exato – uma vez que quer na busca da realidade capaz de abranger todas as outras, quer na definição do instrumento capaz de apreender a realidade, seus postulados, assim como suas hipóteses, não são submetidos ao decisivo teste de observação.

10 TIPOS DE CONHECIMENTO Conhecimento Teleológico Valorativo – apoiado em proposições sagradas, por ter sido reveladas pelo sobrenatural (inspiracional) e por esses motivo tais verdades são consideradas infalíveis e indiscutíveis. Conhecimento Sistemático do Mundo – (origem, significado, finalidade e destino )

11 TIPOS DE CONHECIMENTOS Trata-se de conhecimento revelado pela fé divina ou crença religiosa Não pode, por sua origem, ser confirmado ou negado. Depende da formação moral e das crenças de cada indivíduo. Ex: Acreditar que alguém foi curado por um milagre; ou acreditar em Duende; acreditar em reencarnação; acreditar em espírito etc.

12 TIPOS DE CONHECIMENTO Não Verificável – como obra de um criador divino, suas evidências não são verificadas, está sempre implícita numa atitude de fé perante um conhecimento revelado. CONHECIMENTO CIENTÍFICO Real – lida com ocorrência ou fatos, ou seja, com toda forma de existência que se manifesta de algum modo

13 TIPOS DE CONHECIMENTO Conhecimento Contingente – proposições ou hipóteses têm sua veracidade ou falsidade conhecida por meio da experiência e não apenas pela razão. Sistemático – saber ordenado logicamente, formando um sistema de idéias e não conhecimentos dispersos e desconexos.

14 TIPOS DE CONHECIMENTO Verificável – afirmações que não podem ser comprovadas não pertencem ao âmbito da ciência. Falível – em virtude de não ser definitivo, absoluto ou final, por este motivo é aproximadamente exato novas proposições e desenvolvimento de técnicas podem reformular o acervo de teoria existente.

15 TIPOS DE CONHECIMENTO Conhecimento racional – exigências de métodos e está constituído de uma série de elementos básicos, tais como sistema conceitual, hipóteses, definições, diferencia- se das sensações e das imagens que se refletem em um estado de ânimo, como o conhecimento poético e da compreensão imediata.

16 CONCEITO DE CIÊNCIA Certo ou provável – uma vez que não se pode atribuir à ciência a certeza indiscutível de todo saber que a compõe. Ao lado dos conhecimentos certos, é grande a quantidade dos prováveis. Obtidos metodicamente – pois não se os adquire ao acaso, mas mediante regras lógicas e procedimentos técnicos.

17 TIPOS DE CONHECIMENTOS É racional e objetivo – atém-se aos fatos, transcende aos fatos, é analítico, requer exatidão e clareza, é comunicável, verificável. Depende de investigação metódica, busca e aplica leis, é explicativo, pode fazer predições, é aberto, é útil (GALLIANO, 1979, p.24-30). Ex: Descobrir uma vacina que evite uma doença; descobrir como se dá a respiração dos batráquios.

18 TIPOS DE CONHECIMENTOS Sistematizadores – não se trata de conhecimentos dispersos e desconexos, mas de um saber ordenado logicamente, constituindo um sistema de idéias. Verificáveis – pelo fato de que as afirmações, que não podem ser comprovadas ou que não passam pelo exame da experiência, não fazem parte do âmbito da ciência. (TRUJILLO FERRARI, Alfonso. Metodologia da ciência. Rio de Janeiro, 1974)

19 CONCEITO DE CIÊNCIA Conceito de Trujillo A ciência é todo um conjunto de atitudes e atividades racionais, dirigidas ao sistemático conhecimento com objeto limitado, capaz de ser submetido à verificação. (TRUJILLO FERRARI. Alfonso, Metodologia da ciência. 2. ed.Rio de Janeiro, 1974). Natureza da ciência - compreensiva (contextual ou de conteúdo) e metodológica (operacional) abrange aspectos lógicos e técnicos. Aspectos lógicos da ciência – método para a construção de proposições e enunciados, objetivando uma descrição,interpretação e verificação mais precisa

20 CONCEITO DE CIÊNCIA Ciência – constitui um conjunto de proposições e enunciados, hierarquicamente correlacionados, de maneira ascendente ou descendente, indo gradativamente de fatos particulares para os gerais e vice-versa. Aspectos técnicos da ciência – caracterizado pelos processos de manipulação dos fenômenos que se pretende estudar, analisar, interpretar ou verificar, cuidando que sejam medidos ou calculados com a maior precisão possível.

21 CONCEITO DE CIÊNCIA CLASSIFICAÇÃO DA CIÊNCIA Formais Lógica e matemática Naturais – Física – química – biologia e outras Factuais Sociais – antropologia cultural direito – economia – política - psicologia e sociologia


Carregar ppt "CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTIFICO Tipos de Conhecimento: Popular – valorativo – reflexivo – assistemático – verificável – falível - inexato."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google