A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CIÊNCIA & CONHECIMENTO CIENTÍFICO PROF. ROGÉRIO JOSÉ DE ALMEIDA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CIÊNCIA & CONHECIMENTO CIENTÍFICO PROF. ROGÉRIO JOSÉ DE ALMEIDA."— Transcrição da apresentação:

1 CIÊNCIA & CONHECIMENTO CIENTÍFICO PROF. ROGÉRIO JOSÉ DE ALMEIDA

2 O QUE É CIÊNCIA? * O desenvolvimento do conhecimento humano está intrinsecamente ligado à sua característica de viver em grupo, ou seja, o saber de um indivíduo é transmitido a outro, que, por sua vez, aproveita-se deste saber para somar outro. Assim evolui a ciência.

3 * No século XIX (anos 1800) a ciência passou a ter uma importância fundamental. Parecia que tudo só tinha explicação através da ciência. Como se o que não fosse científico não correspondesse à verdade. Na sociologia Augusto Comte (Positivismo); na Economia, Karl Marx (Materialismo-Dialético); Charles Darwin (Teoria da Evolução). * Nesse sentido, a ciência passou a assumir uma posição quase que religiosa diante das explicações dos fenômenos sociais, biológicos, antropológicos, físicos e naturais.

4 * Portanto, Ciência é uma sistematização de conhecimentos, um conjunto de proposições logicamente correlacionadas sobre o comportamento de certos fenômenos que se deseja estudar: A ciência é todo um conjunto de atitudes e atividades racionais, dirigidas ao sistemático conhecimento com objeto limitado, capaz de ser submetido à verificação.

5 AS CIÊNCIAS POSSUEM * Objetivo ou finalidade: Preocupação em distinguir a característica comum ou as leis gerais que regem determinados eventos. * Função: Aperfeiçoamento, através do crescente acervo de conhecimentos, da relação do homem com o seu mundo. * Objeto material: Aquilo que se pretende estudar, analisar, interpretar ou verificar, de modo geral. * Objeto formal: O enfoque especial, em face das diversas ciências que possuem o mesmo objeto material.

6 CIÊNCIA E IDEOLOGIA * Em certas épocas históricas, a ideologia foi apresentada como uma visão do mundo. Uma ideologia era um conjunto de crenças políticas, sociais, éticas que fixavam padrões dentre dos quais podia se desenvolver a conduta de uma pessoa ou uma classe social. Ex: Ideologia de Esquerda. * Há um outro uso que é claramente pejorativo em relação ao termo ideologia. Para muitos teóricos, a ideologia é uma forma espúria e incorreta de conhecimento, ou pelo menos de atitude, ante a realidade, em contraposição com a ciência. * Nesse caso, a ciência seria o conhecimento real, objetivo, verdadeiro. Por sua vez, a ideologia seria o conhecimento ilusório, produzido por nossos condicionamentos de classe e situação social, e, portanto, carentes da objetividade da ciência.

7 A INSTRUMENTAÇÃO IDEOLÓGICA DA CIÊNCIA * Certos preconceitos de origem ideológica podem influir na obtenção de determinados resultados científicos. Racismo (USA). (The bell curve) 1. Os negros são intelectualmente inferiores aos brancos, e por isso, menos vocacionados ao sucesso na vida. 2. Isso é determinado por vários fatores, mas o predominante é genético. Há pouco o que fazer. 3. O governo não deveria gastar bilhões de dólares na manutenção de caríssimas escolas experimentais para negros e pobres. Eles não conseguirão elevar intelectos que a biologia comprometeu. 4. O correto seria investir no aprimoramento da "elite cognitiva", majoritariamente caucasiana, abençoada por uma natureza superior. * Existem também sempre o risco de que o conhecimento científico possa ser usado de maneira ideologicamente implementada. Ex: Bomba atômica.

8 A NEUTRALIDADE CIENTÍFICA * É sabido que, para se fazer uma análise desapaixonada de qualquer tema, é necessário que o pesquisador mantenha certa distância emocional do assunto abordado. * É preciso que o pesquisador tenha consciência da possibilidade de interferência de sua formação moral, religiosa, cultural e de sua carga de valores para que os resultados da pesquisa não sejam influenciados por eles além do aceitável.

9 CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTÍFICO * Conhecer é incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer. O conhecimento não nasce do vazio e sim das experiências que acumulamos em nossa vida cotidiana, através de experiências, dos relacionamentos interpessoais, das leituras de livros e artigos diversos.

10 O CONHECIMENTO CIENTÍFICO E OUTROS TIPOS DE CONHECIMENTOS * Ex: Pequeno produtor rural e a indústria agrícola. * Conhecimento vulgar ou popular, denominado senso- comum, não se distingue do conhecimento científico nem pela veracidade nem pela natureza do objeto conhecido: o que os diferencia é a forma, o modo ou o método e os instrumentos do conhecer. * O ideal de objetividade, isto é, a construção de imagens da realidade, verdadeiras e impessoais, não pode ser alcançada se não ultrapassar os estreitos limites da vida cotidiana, assim como da experiência particular. * O conhecimento científico diferencia-se do popular muito mais no que se refere ao seu contexto metodológico do que propriamente ao seu conteúdo.

11 CONHECIMENTO EMPÍRICO (OU CONHECIMENTO VULGAR, SENSO-COMUM OU POPULAR) * É o conhecimento obtido ao acaso, após inúmeras tentativas, ou seja, o conhecimento adquirido através de ações não planejadas. Ou ainda, É o saber que preenche nossa vida diária e que se possui sem o haver procurado ou estudado, sem a aplicação de um método e sem se haver refletido sobre algo. É o saber que preenche nossa vida diária e que se possui sem o haver procurado ou estudado, sem a aplicação de um método e sem se haver refletido sobre algo.

12 CONHECIMENTO FILOSÓFICO * É fruto do raciocínio e da reflexão humana. É o conhecimento especulativo sobre fenômenos, gerando conceitos subjetivos. Busca dar sentido aos fenômenos gerais do universo, ultrapassando os limites formais da ciência. Exemplo: "O homem é um erro de Deus ou Deus é um erro do homem" (Friedrich Nietzsche)

13 CONHECIMENTO TEOLÓGICO * Conhecimento revelado pela fé divina ou crença religiosa. Não pode, por sua origem, ser confirmado ou negado. Depende da formação moral e das crenças de cada indivíduo. Exemplo: Acreditar que alguém foi curado por um milagre; ou acreditar em Duende; acreditar em reencarnação; acreditar em espírito etc.

14 CONHECIMENTO CIENTÍFICO * É o conhecimento racional, sistemático, exato e verificável da realidade. Sua origem está nos procedimentos de verificação baseados na metodologia científica.

15 * Pode-se dizer que estas formas de conhecimento podem coexistir numa mesma pessoa: um cientista, como por exemplo, um sociólogo, pode ser crente praticante de determinada religião, estar filiado a um sistema filosófico e, em muitos aspectos de sua vida cotidiana, agir segundo conhecimentos provenientes do senso comum.

16 CIÊNCIA TRANSDISCIPLINAR * É possível dizer que em termos científicos vivemos ainda no século XIX e que o século XXI ainda não começou. * Já no século XVIII Rousseau perguntava: Há alguma razão de peso para substituirmos o conhecimento vulgar que temos da natureza e da vida e que partilhamos com os homens e mulheres da nossa sociedade pelo conhecimento científico produzido por poucos e inacessível à maioria? Contribuirá a ciência para diminuir o fosso crescente na nossa sociedade entre o que se é e o que se apresenta ser, o saber dizer e o saber fazer, entre a teoria e a prática? Não. * Duzentos e tantos anos depois, as nossas perguntas continuam a ser as mesmas.

17 * Sendo assim, a Ciência pós-moderna e transdisciplinar do século XXI propõe a emergência de um paradigma, mas não apenas um paradigma científico (o paradigma de um conhecimento prudente), tem de ser também um paradigma social (o paradigma de uma vida decente).


Carregar ppt "CIÊNCIA & CONHECIMENTO CIENTÍFICO PROF. ROGÉRIO JOSÉ DE ALMEIDA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google