A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Arquidiocese de Campinas/ SP Comissão Arquidiocesana de Liturgia Setor de Música Litúrgica Hinário Litúrgico Fascículo I Advento e Natal Ciclo A, B, C.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Arquidiocese de Campinas/ SP Comissão Arquidiocesana de Liturgia Setor de Música Litúrgica Hinário Litúrgico Fascículo I Advento e Natal Ciclo A, B, C."— Transcrição da apresentação:

1 Arquidiocese de Campinas/ SP Comissão Arquidiocesana de Liturgia Setor de Música Litúrgica Hinário Litúrgico Fascículo I Advento e Natal Ciclo A, B, C

2 Advento Ciclo ABC

3 Quanto mais escura é a noite, mais brilham as estrelas. Assim profetiza o poeta: Faz escuro mas eu canto Porque a manhã vai chegar... Carlos Alberto Rodrigues Alves Igreja Presbiteriana do Brasil

4 Situando o Advento O Advento é o ponto de partida e o ponto de chegada da espiral dos anos que vivemos, caminhando ao encontro do Cristo que um dia há de se manifestar na glória. Advento do latim Adventus Domini quer dizer: chegada, vinda do Senhor. O Advento apresenta sempre a tríplice vinda de Cristo: Cristo veio, Cristo vem, Cristo virá... O Advento tem dupla característica: –Preparação para as solenidades do Natal –Preparação para segunda vinda do Cristo no fim dos tempos. É um tempo de piedosa e alegre expectativa, não de penitência.

5 História do Advento É um tempo próprio da liturgia ocidental. Os primeiros testemunhos do advento remontam ao século IV, porém, até o século VII desconhecia-se se tempo de preparação ao Natal. Houve diversas durações ao longo da história (entre quatro e seis semanas) até que o número de quatro semanas foi fixado por volta dos séculos VIII-IX. As liturgias orientais não possuem um tempo de preparação para a Epifania.

6 Quando começa e quando termina: Começa com as Primeiras Vésperas do Domingo que cai no dia 30 de novembro ou no domingo que lhe fique mais próximo, terminando antes das Primeiras Vésperas do Advento. Os Domingos deste tempo são chamados: 1º, 2º, 3º e 4º Domingos do Advento. Os dias da semana são chamados férias do Advento. Os dias da semana dos 17 a 24 de dezembro inclusive visam de modo mais direto a preparação do Natal do Senhor.

7 As leituras Dominicais no Advento Evangelhos: –I Domingo: vinda do Senhor no final dos tempos –II Domingo e III Domingos: João Batista –IV Domingo: acontecimentos que preparam de perto o nascimento do Senhor. I Leitura: Profecias sobre o Messias e o tempo Messiânico, tiradas principalmente do livro de Isaías. II Leitura: exortações e ensinamentos relativos às diversas características desse tempo.

8 As leituras feriais no Advento Do início até o dia 16: lê-se o livro de Isaías, seguindo a ordem do livro. Os Evangelhos estão relacionados à primeira leitura. A partir da quinta-feira da segunda semana começam as leituras do Evangelho sobre João Batista. Do dia 17 a 24: lêem-se os acontecimentos que preparam imediatamente o nascimento do Senhor, tirados do Evangelho de Mateus e Lucas. Para a primeira leitura foram selecionados textos dos diversos livros do AT, levando-se em consideração o Evangelho do dia.

9 Advento X Quaresma O Advento insiste na Conversão, mas não tem aquele caráter penitencial da Quaresma. A Conversão do Advento consiste em preparar a vinda do Senhor.

10 Orientações e sugestões litúrgicas gerais

11 Cor litúrgica: –Cor litúrgica: roxo, exceto no 3º Domingo, quando se usa a cor-de-rosa (como está na IGMR). Muitas comunidades estão usando o rosado como cor litúrgica para todo o advento para diferenciar do roxo quaresmal. Ornamentação: –Se ornamenta o altar com flores com moderação tal, que convenha à índole desse tempo, sem, contudo, antecipar aquela plena alegria do Natal do Senhor. A ornamentação com flores seja sempre moderada e, em invés de se dispor o ornamento sobre o altar, de preferência seja colocado junto dele. (IGMR 305)

12 Coroa do Advento: –O arranjo de quatro velas sobre uma coroa de ramos sempre verdes, comuns sobretudo nos países germânicos e na América do Norte, se tornou símbolo do Advento na casa dos cristãos. A coroa do Advento, com o progressivo acender das suas quatro luzes, domingo após domingo, até à solenidade do Natal, é memória das várias etapas da história da salvação antes de Cristo e símbolo da luz profética que ia iluminando a noite da expectativa, até o surgimento do Sol da justiça. (Diretório sobre piedade popular e liturgia, nº 98) –Quanta discussão sobre a cor das velas! O Diretório sobre piedade popular fala de quatro luzes, mas não menciona a cor. No início do uso da coroa, tratava-se de velas ou de velas coloridas e pronto. O importante era a coroa de luzes. Originalmente, as velas eram três de cor roxa e uma de cor rosa, as cores dos domingos do Advento. As cores, no entanto, variam. Existem países que usam todas as velas brancas ou vermelhas; em outros lugares, usam-se as quatro velas coloridas.

13 –Não existe nos livros litúrgicos nenhuma prescrição sobre o uso da Coroa do Advento. Estamos, portanto, no campo da criatividade. Trata-se de algo facultativo e não obrigatório. De qualquer forma, ela pode ser colocada no presbitério ao lado do altar ou ao lado do ambão (jamais sobre ao altar) e pode também ser usada em casa (aliás, ela surgiu nas casas, antes de entrar na Igreja). –Como e quando acender as velas: Cada domingo se acende uma vela. Portanto, a partir do segundo domingo, a primeira vela já estará acesa no início da celebração. Pode-se acender antes de iniciar a missa, ou após a saudação inicial.

14 Presépio: –A preparação dos presépios (principalmente em família) da qual as crianças devem ser estimuladas a participar é ocasião para que os vários membros da família se coloquem em contato com o mistério do Natal. (Diretório sobre piedade popular e liturgia) –Não há nenhuma orientação oficial sobre a montagem dos presépios nas Igrejas, pode ser usada a criatividade, mas tomando-se o cuidado para não reproduzir os modelos consumistas do comércio.

15 Celebrações especiais no Advento Celebração da Reconciliação e Penitência: –A organização de uma celebração de reconciliação e de penitência ajuda as comunidades no caminho da conversão (No ritual da penitência há uma sugestão para esta celebração). Novena de Natal: –Organizar a Novena do Natal, procurando contemplar as Antífonas Maiores (Antífonas do Ó) - (Diretório sobre piedade popular e liturgia)

16 Matrimônios: –Na celebração do matrimônio, seja dentro ou fora da Missa, dá-se sempre a bênção nupcial, mas admoestam-se os esposos a se absterem de pompa demasiada (Diretório Litúrgico, CNBB). Missas Diversas: –Até o dia 16, inclusive, não se permitem as Missas para Diversas Circunstâncias, votivas ou cotidianas pelos defuntos, a não ser que a utilidade pastoral o exijam. Mas podem ser celebradas as Missas das memórias que ocorrem, ou dos Santos inscritos no Martirológio nos respectivos dias.

17 CANTANDO O ADVENTO

18 Canto de Abertura FUNÇÃO: Criar comunhão, abrir a celebração, promover a união da assembléia, introduzir a mente e o coração de todos, no mistério do tempo litúrgico ou da festa, e acompanhar o procissão de entrada. Quem canta: O povo alternando com o coral ou grupo de canto ou solistas. O refrão do povo deve ter um caráter popular. Letra: inspirada na antífona de entrada do Missal com o seu salmo, ou então uma outra letra condizente com a ação sagrada e com a índole do dia ou do tempo.

19 Antífona do MissalHinário Arquidiocese I DOMINGO Sl 24, 1-4 A vós meu Deus, elevo a minha alma. Confio em vós, que eu não seja envergonhado! Não se riam de mim meus inimigos, pois não será desiludido quem em vós espera. R.: Vem, Senhor, nos salvar, vem sem demora nos dar a paz. 1. Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma, em vós confio que eu não seja envergonhado nem triunfem sobre mim meus inimigos. 2. Não se ervergonha quem em vós põe a esperança, ma sim que nega por um nada a sua fé. II DOMINGO Is 30, Povo de Sião, o Senhor vem para salvar as nações! E na, alegria do vosso coração, soará majestosa a sua voz! R.: Povo Santo de Deus, vem o Senhor e não tardará!

20 Antífona do MissalHinário Arquidiocese III DOMINGO Fl 4, 4.5 Alegrai-vos sempre no Senhor. De novo eu digo: alegrai-vos! O Senhor está perto. 1ª opção: Alegrai-vos, irmãos! Sim, alegrai-vos no Deus da Paz! 2ª opção: Alegrai-vos: Ele está bem perto; sim, alegrai-vos mais no Senhor! IV DOMINGO Is 45, 8 Céus, deixai cair o orvalho, nuvens, chovei o justo; abra-se a terra, e brote o Salvador! 1ª opção: Vem a nós, ó Senhor, como o orvalho dos altos céus! 2ª opção: Quando virá.... Orvalhai lá do alto, ó céus e as nuvens chovam o Justo! 3ª opção: Das alturas, orvalhem os céus....

21 Cantos opcionais de Abertura: Oh! Vinde enfim eterno Deus Canto Tradicional, melodia do séc. XVII Ouve-se na terra um grito Alegre esperança na vinda do Senhor... Senhor, vem salvar teu povo Canto muito difundido nas comunidades USO DOS CANTOS OPCIONAIS Substituindo as Antífonas de Entradas das Missas e Celebrações da Palavra Celebrações Penitenciais Celebrações Feriais

22 Comparação das Letras Canto de Abertura O Domingo Deus Conosco Hinário da Arquidiocese I Domingo A: Ouve-se na terra um grito B: Quando virá, Senhor C: O Senhor virá libertar... Vem, Senhor nos salvar II Domingo A: Eis que longe, vem o Senhor B: Senhor, vem salvar teu povo C: Quando virá, Senhor Povo Santo de Deus III Domingo A: Alegrai-vos, irmãos no Sr. B: Alegrai-vos, ele está bem perto C: Alegrai-vos, ele está bem perto Alegrai-vos, irmãos Alegrai-vos, Ele está bem perto IV Domingo A: Das alturas orvalhem os céus B: Oh! Vinde enfim eterno Deus C: Como o sol nasce.... Vem a nós, ó Senhor Quando virá, Senhor Das alturas orvalhem Os folhetos litúrgicos seguem o Hinário Litúrgico da CNBB, vol. I

23 Salmo Responsorial Tem a finalidade de dar uma resposta à Palavra ouvida. É parte integrante da Liturgia da Palavra e não pode ser substituído por outro canto que não esteja em sintonia com a primeira leitura. Deve ser, cantado, sempre que possível, ao menos o refrão, com a participação da assembléia, e as estrofes cantadas ou recitadas por um salmista. Deve ser sempre cantado ou proclamado do ambão. Escolham-se registros suaves e delicados, especialmente quando o salmista canta. Não se deve tocar forte neste canto.

24 Comparação das Letras Salmo Responsorial – Ano C DomingosLecionário DOMINICAL Hinário Arquidiocese HINÁRIO CNBB I Domingo Senhor meu Deus, a vós elevo a minha alma. Vem, Senhor, nos salvar! Vem, sem demora nos dar a paz! II Domingo Maravilhas fez conosco o Senhor, exultemos de alegria. III Domingo Exultai cantando alegres habitantes de Sião, porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel. IV Domingo Iluminai a vossa face sobre nós, convertei-nos para que sejamos salvos. Fazei, Senhor, brilhar a vossa face, convertei-nos para que sejamos salvos!

25 Aclamação ao Evangelho Expressão solene do acolhimento de Cristo, que vem a nós por sua palavra viva. É um canto de exultação diante de Jesus Cristo. Fórmula: Aleluia (povo) + versículo do dia (solista, coral, grupo de canto). No Advento, a melodia do Aleluia também deve traduzir a expectativa : O modo menor favorece esse ethos. Os instrumentos devem comunicar exultação no refrão e precisam acompanhar com moderação o versículo.

26 Comparação das letras Aclamação ao Evangelho – Ano C O Domingo Deus Conosco Hin.da Arquidiocese Lecionário Dom. I Domingo Aleluia, aleluia! (bis) Vem mostrar-nos, ó Senhor. (bis) Tua grande compaixão, (bis) dá-nos tua salvação! (bis) Aleluia, aleluia, aleluia! (bis) Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade, e a vossa salvação nos concedei! II Domingo Aleluia, aleluia! (bis) Voz que clama no deserto (bis) Preparai-lhe um caminho, (bis) Uma estrada ao Senhor (bis) Aleluia, aleluia, aleluia! (bis) Preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas. Toda a carne há de ver a salvação do nosso Deus! III Domingo Aleluia, aleluia! (bis) O Espírito consagrou-me (bis) E mandou-me anunciar (bis) Boa-nova para os pobres. (bis) Aleluia, aleluia, aleluia! (bis) O Espírito do Senhor sobre mim fez a sua unção, enviou-me aos empobrecidos a fazer feliz proclamação. IV Domingo Aleluia, aleluia! (bis) Uma virgem conceberá! (bis) E um filho nos dará. (bis) Deus-conosoc, Emanuel! (bis) Aleluia, aleluia, aleluia! (bis) Eis a serva do Senhor; cumpra-se em mim a tua palavra.

27 Preparação das Ofertas Introduz a assembléia na Liturgia Eucarística, acompanha a procissão das ofertas. Não é necessário, nem desejável. O texto não precisa falar necessariamente de pão e vinho, (cf. Graduale Romanum), mas pode expressar o louvor e a referência ao tempo litúrgico. Pode ser cantado somente pelo coral. Cuidado com os textos: o verdadeiro ofertório só acontece depois da Consagração. Este momento é de apresentação das ofertas e não de ofertório. Cuidado com os textos que já tratam o pão e o vinho como sendo o corpo e sangue de Cristo, quando ainda não aconteceu a Consagração.

28 Comparação das letras Preparação das Ofertas DomingosHinárioFolhetos I Domingo Senhor, que eu veja os teus caminhos: a mim volve o teu olhar. (Cf. Graduale Romanum) A: A nossa oferta apresentamos B: A nossa oferta apresentamos C: A nossa oferta apresentamos II Domingo Revela a tua misericórdia e todos se alegrarão. (Cf. Graduale Romanum) A: A nossa oferta apresentamos B: As nossas mãos se abrem C: As nossas mãos se abrem III Domingo O Cristo abençoou a nossa terra, livrou-nos da Servidão. (Cf. Graduale Romanum) A: As nossas mãos se abrem B: A nossa oferta apresentamos C: A nossa oferta apresentamos IV Domingo Bendita és tu, ó Virgem Maria, Aurora que traz a luz. (Cf. Graduale Romanum) A: As nossas mãos se abrem B: Muito suspira por ti C: Muito suspira por ti.

29 Preparação das Ofertas - opcionais A nossa oferta apresentamos Refrão inspirado em Canto gregoriano e estrofe baseada na folc- música brasileira) Pão e Vinho apresentamos Difundido logo após a reforma conciliar. Melodia baseada em terças caipiras As nossas mãos se abrem Letra de acordo com os textos das últimas semanas do Advento

30 Comunhão Visa fomentar o sentido de unidade; Hinos Eucarísticos não são adequados pois só resaltam a fé na presença real, carecendo das demais dimensões da fé. A antífona de comunhão, retoma o Evangelho do Dia, favorecendo a unidade entre a Liturgia da Palavra e a Eucarística. É bom fazer este canto dialogado para que a assembléia não se preocupe com a letra do refrão. É bom que tenha interlúdios (mas com moderação)

31 Comparação das Letras Canto de Comunhão Missal Romano HinárioFolhetos I Domingo O Senhor dará a sua bênção e nossa terra, o seu fruto. Jerusalém, povo de Deus, Igreja Santa II Domingo Levanta-te Jerusalém, põe-te no alto e vê: vem a ti a alegria do teu Deus. Glorifica o Senhor Jerusalém, celebra teu Deus, ó Sião. Jerusalém, povo de Deus, Igreja Santa III Domingo Dizei aos tímidos: coragem, não temais... Dizei, gritai....Ele virá com uma pá na sua mão IV Domingo A Virgem conceberá e dará à luz um filho e ele será chamado: Deus conosco. O Senhor fez por mim maravilhas!

32 Comunhão opcionais Convertei-nos, Senhor Deus Salmo 80, característico do Advento, com música baseada em terças caipiras Vem, ó Senhor com o teu povo caminhar letra do refrão que atualiza o sentido da comunhão USO DOS CANTOS OPCIONAIS Substituindo as Antífonas de Comunhão das Missas e Celebrações da Palavra Celebrações Penitenciais Celebrações Feriais

33 Outros Cantos Opcionais: Bendito seja Deus da Vida Texto próprio para o acendimento da Coroa, melodia orante Uma vela acendemos Texto que ressalta o tema de cada Domingo Envia tua palavra Acolhida à palavra com a imagem do Cristo que vem como A Palavra

34 Desça como a chuva Imagem do Rorate como acolhida à palavra Louvação do Advento Texto próprio para as o momento do louvor nas celebrações da Palavra Como o sol nasce da aurora Antífona mariana com o Salmo 80 É tempo do meu Advento Texto inspirado em Isaías Voz do que clama Texto inspirado em Isaías fazendo alusão à João Batista

35 Imaculada Conceição Abertura: Salmo 44 (alusão à Maria Imaculada, como Rainha) Canta-se o Glória (segundo Diretório Litúrgico) Salmo: próprio do Dia. Aleluia + versículo do Dia. Ofertório: Ave-Maria (tentativa de fazer o povo cantar essa oração! Texto do Graduale) Comunhão: Maria, como Filha de Sião que traz dentro de si, o Salvador + Sl 44 Pós-Comunhão: Imaculada.


Carregar ppt "Arquidiocese de Campinas/ SP Comissão Arquidiocesana de Liturgia Setor de Música Litúrgica Hinário Litúrgico Fascículo I Advento e Natal Ciclo A, B, C."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google