A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sagrado X profano. A tríade Os índios (xamanistas) viviam aqui e tinham seus pajés e criam na força da natureza e em espíritos antepassados. Os africanos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sagrado X profano. A tríade Os índios (xamanistas) viviam aqui e tinham seus pajés e criam na força da natureza e em espíritos antepassados. Os africanos."— Transcrição da apresentação:

1 Sagrado X profano

2 A tríade Os índios (xamanistas) viviam aqui e tinham seus pajés e criam na força da natureza e em espíritos antepassados. Os africanos (animistas) vieram da África com seus sacerdotes e suas crenças na natureza. Os europeus (cristãos) vieram para a colônia portuguesa com a missão de evangelizar.

3 O catolicismo colonial era impregnado de magia; A esperança nos santos, nos milagres que estes poderiam fazer em qualquer situação cotidiana. Festas importantes dos africanos e indígenas vão sendo incorporadas no calendário litúrgico e são ressignificadas; Antigas tradições pagãs assim como fez com as festas solstício de verão, da colheita e do inverno. A Festa do Divino Espírito Santo é incorporada para neutralizar as crenças heréticas.

4 Miguelzinho Dutra - Festa do Divino, 1841

5 AngraMaranhão

6 Festas civis Eventos significativos que envolvam a família real e monarquia: Casamentos reais, nascimentos de um herdeiro da coroa, vitória do reino sobre os inimigos, morte de um monarca, no julgamento dos inconfidentes, na morte de Tiradentes, dentre outros motivos. Como distinguir com precisão o que é era o sagrado e o profanos nas festas coloniais?

7 O que aconteceu para que outras religiões passassem a aparecer? Até o século XIX, o catolicismo conseguiu sobreviver por causa da sua capacidade em manter num todo a elite e a grossa massa do povo. Só no final do século a elite local começou a ver com estranheza essa junção. O catolicismo volta as costas para o popular (foguetes, danças, jogos, passeatas, controle da moralidade e sexualidade). É a partir de então que o catolicismo começa a perder seus fieis.

8 Candomblé Teve origem no período da escravidão, subsistia nas senzalas, escondidos dos senhores coloniais; Nas décadas de 30 e 40 as práticas religiosas africanas viriam a sofrer novamente com a desqualificação e perseguição por parte da polícia e órgãos judiciários.

9 Isto ocorreu pelo projeto civilizador que incluía desde reformas urbanas até políticas sanitaristas e eugenistas no país. Enquanto havia essa desqualificação também ocorria uma tentativa de legitimação, uma vez que se criou um novo culto, a Umbanda.

10

11 Origem O Termo Umbanda significa “Conjunto das leis divinas” “Fundada” em 1908 pelo médium Zélio Fernandino de Morais no Rio de Janeiro Zélio teve como guia espiritual o “Caboclo das Sete Encruzilhadas”

12 Fundamentos da Umbanda Existência de um Deus supremo (Zambi, ou Tupi) Obediência aos ensinamentos básicos dos valores humanos (fraternidade, caridade, respeito ao próximo) Manifestação de Guias para exercer o trabalho espiritual Culto aos Orixás como manifestações divinas Crença na Reencarnação e nas leis cármicas Crença na imortalidade da Alma A mediunidade como elo de ligação entre o físico e o espiritual

13

14 Alguns Orixás do Panteão umbandista OgumXangô Iemanjá

15

16 Origem Jurema é uma árvore da espécie das acácias Como religião surgiu, possivelmente, no contexto do contato entre os escravos africanos e os indígenas. Em suas características podemos encontrar elementos de religiões afrodescendentes e xamanismo indígena.

17 Podemos encontrar elementos de Umbanda e Candomblé na Jurema, tais como: - Orixás - Caboclos - Preto-velho - Oferendas - Contato com guias espirituais

18 Algumas imagens referentes à Jurema

19 Link com algumas imagens da jurema http://afinsophia.blog.com/2011/03/04/derrubada-do- mastro-de-sao-sebastiao-no-terreiro-de-mae-maria/ http://afinsophia.blog.com/2011/03/04/derrubada-do- mastro-de-sao-sebastiao-no-terreiro-de-mae-maria/


Carregar ppt "Sagrado X profano. A tríade Os índios (xamanistas) viviam aqui e tinham seus pajés e criam na força da natureza e em espíritos antepassados. Os africanos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google