A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÉTICA E MORAL

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÉTICA E MORAL"— Transcrição da apresentação:

1 ÉTICA E MORAL

2 MORAL ENTRE O BEM E O MAL  A moral é uma construção humana. Assim como toda a construção humana, ela pode se apresentar de variadas formas em diferentes sociedades.  Daí podemos colocar que a moral, além de ser uma construção social e humana, é também uma construção histórica.  A moral corresponde a um conjunto de valores considerados adequados e virtuosos para a boa manutenção da vida em sociedade  A concepção de moral de cada sociedade funciona como uma espécie de padrão que regula a conduta correta de todos os seus membros.

3  De acordo com as leis morais existentes nos diversos sistemas culturais, podemos afirmar que o que elas têm em comum é o fato de fundamentarem-se em valores como virtude, a liberdade e o bem comum.  Ética: pode ser definida como uma filosofia moral, entendida em sua capacidade de levantar questionamentos e discussões, no intuito de refletir, problematizar e interpretar o significado dos valores morais.

4 A ética pela História  A ética na Grécia Antiga  Sócrates, tinha o costume de questionar os atenienses sobre os valores nos quais eles acreditavam. Para isso, ele perguntava da seguinte maneira: o que é a justiça? O que é a liberdade? O que é a moral? Diante de tais perguntas as atenienses respondiam que eram elas virtudes.  Mas Sócrates voltava a indagar: o que é a virtude?  Esse jogo de perguntas muitas das vezes irritava os atenienses ou os fazia reconhecer que não sabiam e partiam em busca do conhecimento.

5  Sócrates acreditava que o essencial ao ser humano está na sua alma racional, residindo aí a sua alma moral universal.  Para ele, seria possível construir uma moral universal baseada no conhecimento construído pelo ser humano, junto ao conhecimento que este tem de si mesmo.  Daí a sua famosa frase “conhece-te a ti mesmo”.

6  A ética cristã  Para a filosofa Marilena Chauí, a ética cristã introduz diferenças primordiais, comparada com a ética grega antiga. São elas:  Para os cristãos da Idade Média a ideia de Virtude se define a partir da nossa relação com Deus e não com a polis nem com os outros indivíduos.  Assim, a relação com os outros se define a partir da relação que temos primeiramente com Deus, visto este como o único mediador entre os indivíduos. Daí as virtudes cristãs residirem na fé e na caridade:  a primeira indica a nossa crença e salvação em Deus e a segunda indica nosso compromisso de salvação com a alma dos outros.

7  Em relação às vontades, para os filósofos antigos esta era uma faculdade racional do homem, capaz de controlar nossos desejos e apetites, pois era dotada de força interior ( vontade consciente), o que por si só já nos tornava morais. Para o cristianismo, a própria vontade já se traduz num ato impregnado de uma certa perversão pecaminosa, na qual somente o auxílio divino seria a solução para que nos tornássemos morais.  A ideia de que a perfeição moral é alcançada pela razão, proposta pelos filósofos gregos, é abandonada, dando lugar ao amor e a boa vontade, proposta da Igreja Católica ( ÉTICA ASCÉTICA )

8  A ética Moderna  Se constitui como uma ética Antropocêntrica, já que é o homem o objeto central no qual estão direcionados os valores morais.  Um dos filósofos mais importante desse período é Immanuel Kant, ele afirma que as normas morais tem a sua origem na razão.  Segundo ele, o ato moral é aquele praticado de forma consciente e autônoma, indicado por uma noção natural de dever do indivíduo.


Carregar ppt "ÉTICA E MORAL"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google