A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Povos indígenas no Brasil: história, invisibilidade, silenciamento, violência, preconceito e vitimização.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Povos indígenas no Brasil: história, invisibilidade, silenciamento, violência, preconceito e vitimização."— Transcrição da apresentação:

1 Povos indígenas no Brasil: história, invisibilidade, silenciamento, violência, preconceito e vitimização

2 Trajetória indígena no Brasil: Quem são estes povos, porque o chamamos de índios? Os estereótipos e DIFERENÇAS; Origens: mil anos (Ásia América) Século XVI/século XIX selvagem Final do século XIX incorporado à nação "indianismo romântico "bom selvagem Século XX até os dias atuais vitimados, invisíveis e silenciados. Herança Colonial: Um passado de exploração que ainda bate a nossa porta...

3 As línguas... As línguas são agrupadas em famílias (origens comuns): troncos: A)Tupi * B)Macro-Jê C)Caribe D)Aruak Cerca de 274 línguas indígenas faladas no país OBS: Não puderam ser identificadas a nenhum destes troncos: Karib, Pano, Maku, Yanoama, Mura, Tukano, Katukina, Txapakura, Nambikwara e Guaikuru. O convívio permanente dos índios LÍNGUA PORTUGUESA

4

5 O indígena hoje: 800 mil índios; cerca de 0,4% da população brasileira (Censo 2010); Distribuídos entre 683 Terras Indígenas e algumas áreas urbanas; 77 referências de grupos indígenas não- contatados, das quais 30 foram confirmadas.

6 Terras indígenas: Problemas: Indígenas X agronegócio; A definição de áreas: Orlando Villas Bôas em 1941 lançou a expedição Roncador-Xingu. 1961: primeira reserva, Parque Indígena do Xingu com forte atuação de Villas Bôas, seus irmãos Leonardo, Cláudio, Marechal Rondon, Darcy Ribeiro e outros. A questão de BELO MONTE: central hidrelétrica que está sendo construída no Rio Xingu (Pará) nas proximidades da cidade de Altamira. Atinge diretamente os índios CAIAPÒ Governo Sarney (1989) Governo Dilma (2011/2012) França/EUA/Alemanha/China/Áustria

7 Índia Caiapó em 1989 ameaça o engenheiro da Eletrobrás

8 Raoni Metuktire líder indígena da etnia caiapó. É conhecido internacionalmente por sua luta pela preservação da Amazônia e dos povos indígenas

9

10

11 Outro conflito: GUARANI KAIOWÁ No Mato Grosso do Sul, reivindicam demarcação de terras. Enfrentam resistência de governo e violência dos fazendeiros. Os conflitos na área próxima ao município de Paranhos, fronteira entre MS e Paraguai, começaram quando o governo federal reconheceu, demarcou e homologou a terra indígena Arroio Korá em Poucos dias depois, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a continuidade do processo de homologação, atendendo aos proprietários das fazendas. A liminar ainda está mantida.

12 Rio de Janeiro – outubro de 2012

13 Brasil – outubro de 2012

14

15 Principais grupos indígenas no Brasil: 1)Ticuna: Fronteira Brasil/Peru. Guerra com outros grupos. 1º contato com branco: XVII 2) Guarani: Maior documentado de todos os tempos. povos dividida em subgrupos étnicos. Muitos outros índios Guarani vivem no Paraguai, Bolívia e Argentina 3) Caingangue: SP/RS – Vivem no meio dos pinheirais (Araucária) 4) Macuxi: Amazônia/Roraima. Gado/agricultura. Problemas com a ocupação não indígena 5) Terena: MS/MT/SP

16 Principais grupos indígenas no Brasil: 6) Guajaras: Amazônia. cuia de aço. 1901: Revolta contra os missionários capuchinhos. 7) Ianomâmis: MT gente verdadeira 8) Xavante: Fronteira com a Venezuela : invasão garimpeira. 1992: terra homologada por Fernando Collor. 9) Pataxó: BA 10)Potiguara: PA/RN/CE

17

18

19 A Primeira Missa no Brasil, uma das principais obras de Victor Meireles, pintado em 1860.

20 " Família de um chefe Camacã se preparando para a festa", por Jean- Baptiste Debret

21 Preparo da carne humana em episódio canibal, de Theodor de Bry com base nos desenhos de Hans Staden, Uma representação de nativos americanos com feições europeias, no século XVI.

22 UFG 2010/2 AMOÊDO, Rodolpho. O último Tamoio, 1883.Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro ECKHOUT, Albert. Mulher Tapuia, Museu Nacional de Copenhague

23 Danúbio Gonçalves, Epopéia Rio-grandense, Missioneira e Farroupilha, painel em azulejos, 3X16,5 m, Estação Mercado do TRENSURB, Praça Revolução Farroupilha, Porto Alegre, RS, 2008.

24 Cotas: As cotas raciais são um modelo de ação afirmativa implantado em alguns países para amenizar desigualdades sociais, econômicas e educacionais entre raças. 1960: Estados Unidos No Brasil: anos 2000, quando universidades e órgãos públicos começaram a adotar tal medida em vestibulares e concursos. A Universidade de Brasília (UnB) em 2004.

25 Funai: A Fundação Nacional do Índio – Funai, criada pela Lei nº 5.371, de 5 de dezembro de 1967 é o órgão federal responsável pelo estabelecimento e execução da política indigenista brasileira em cumprimento ao que determina a Constituição Federal Brasileira de A Funai tem como objetivo principal promover políticas de desenvolvimento sustentável das populações indígenas, conservação e a recuperação do meio ambiente [...]

26 Parque Indígena do Xingu criado em 1961 pelo presidente brasileiro Jânio Quadros, a primeira terra indígena homologada pelo governo federal. Seus principais idealizadores foram os irmãos Villas Bôas, mas quem redigiu projeto foi o antropólogo Darcy Ribeiro.

27 OBS: Guerra dos Tamoios, (RJ: ) Os tupiniquins e os temiminós ajudaram os portugueses a expulsar os franceses da região, e depois contaram com o apoio português para exterminar seus inimigos antigos: os índios tupinambás, ou tamoios. Para um grupo indígena, um outro grupo indígena poderia ser tão "estrangeiro" quanto os portugueses, franceses, espanhóis ou holandeses eram para eles. Regimento de 1845: conhecido como regimento das missões, por sua vez, regulava a ação do Estado em relação ao indígena incentivando a vinda de missionários que se encarregariam da catequese, meio brando de trazê-los ao convívio da civilização. 1850: Lei de terras: impedia que os indígenas tivessem terras, aumentando assim a mão-de-obra.

28 OBS: O Dia do Índio (19 de abril) foi criado por Getúlio Vargas através do decreto-lei 5540 de Primeiro Congresso Indigenista Interamericano (México). Durante este congresso foi criado o Instituto Indigenista Interamericano, também sediado no México, que tem como função zelar pelos direitos dos indígenas na América. O Brasil não aderiu imediatamente ao instituto, mas após a intervenção do Marechal Rondon apresentou sua adesão e instituiu o Dia do Índio no dia 19 de abril.


Carregar ppt "Povos indígenas no Brasil: história, invisibilidade, silenciamento, violência, preconceito e vitimização."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google