A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Encerrando o mês missionário queremos rezar pela Amazônia, ainda terra de missão, que abriga muitas nações indígenas, inúmeros imigrantes, cidades em.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Encerrando o mês missionário queremos rezar pela Amazônia, ainda terra de missão, que abriga muitas nações indígenas, inúmeros imigrantes, cidades em."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Encerrando o mês missionário queremos rezar pela Amazônia, ainda terra de missão, que abriga muitas nações indígenas, inúmeros imigrantes, cidades em acelerado crescimento e muitos exploradores e aventureiros.

4 Pulmão do mundo, mas ainda carente de outros "ares", já que a evangelização ali ainda é um grande desafio. O Evangelho nos pede: não pregar sem viver e praticar.

5 Neste Domingo somos orientados a saber que o anúncio da Palavra de Deus deve se nortear pelo amor ao evangelho e aos irmãos, e não por interesses próprios. Deste modo, Jesus nos convoca à simplicidade e à humildade, bem como, à coerência em nossas ações:

6 . não bastar ouvir e falar; é preciso viver o que se ouve e se fala, pois, unindo palavra e ação, superamos a vaidade e a busca do prestígio pessoal. Fiquemos atentos à liturgia deste Domingo: -busquemos ser mais autênticos e menos hipócritas.

7 Primeira leitura:Livro de Malaquias 1,14b.2,1-2b O Profeta Malaquias chama atenção dos sacerdotes da comunidade judaica pela conduta desonesta a injustiça social, como também abusos cultuais e pela perversão do ensinamento com que eles afastam o povo das normas da Aliança

8 Segunda Leitura Carta aos Tessalonicenses 2,7b-9.13 Descrevendo sua ação missionária entre ao tessalonicenses, Paulo propõe as atitudes fundamentais de discípulos missionário de Pastoral coragem de anunciar o evangelho, mesmo que precise enfrentar fortes oposições de grupos interesseiros;

9 não agir segundo as intenções, à moda de espertalhões que aproveitam de sua função para se promoverem às custas de bajulações; não abusar da própria autoridade, mas ter profundo amor pela comunidade, mesmo com perigo de vida; não colocar o dinheiro como motivação do apostolado.

10 EVANGELHO (Mateus 23,1-12) Comentário ao Evangelho O comentário do Evangelho é feito pelo Padre. Jaldemir Vitório – Jesuíta, Doutor em Exegese Bíblica, Professor da FAJE TEORIA E PRÁTICA Os discípulos de Jesus foram ensinados fazer a distinção entre os ensinamentos dos mestres da Lei e dos fariseus e suas ações. Havia um descompasso entre ambos:

11 suas ações não correspondiam àquilo que ensinavam. Daí os discípulos serem exortados a dar ouvidos a seus ensinamentos, evitando, porém, seguir seu péssimo testemunho de vida. A incoerência dos mestres da Lei e dos fariseus tinha duas vertentes principais.

12 Eles sabiam como inventar normas e preceitos, aos quais as pessoas deveriam submeter-se. Entretanto, suas vidas pautavam-se por preceitos menos severos, com exigências amenizadas. Em outras palavras, para os outros, severidade, e para eles, amenidades.

13 Por outro lado, eram exibicionistas, pois agiam de forma a chamar a atenção das pessoas, tornando-se objeto de referência e admiração. Os discípulos do Reino foram alertados para agir de maneira contrária. Sendo todos irmãos e irmãs, seria inconveniente querer estabelecer padrões de conduta particulares,

14 de modo a prescrever normas suaves para uns e normas rígidas para outros. Os ensinamentos do Mestre Jesus Os ensinamentos do Mestre Jesus valem igualmente para todos, sem distinção. A fraternidade afasta para longe da comunidade a tentação ao exibicionismo e à superioridade. Antes, o maior entre os irmãos e irmãs é quem se faz servo de todos.

15 . Padre. Jaldemir Vitório O modo de agir mais reprovável dos cristãos de nossos dias é a falta de incoerência entre a fala e a ação

16

17 Quantas palavras bonitas que falamos diariamente, mas,quando comparamos isso com nosso agir, quanta hipocrisia! No Evangelho de hoje Jesus é severo contra a hipocrisia dos fariseus e saduceus.Nos convida a não emita-los, e sim a sermos autênticos e justos.Será que realmente somos como o Mestre quer que sejamos?

18 Não proferimos palestras maravilhosas sobre o amor, a paz, o respeito: depois, no dia a dia não somos grosseiros, violentos e desleais com o nosso próximo?

19 -Na comunidade ocupamos cargos de destaque, somos muitos zelosos, devotos, mas, às vezes em casa não somos, maltratamos a ( o ) esposa(o),ou não damos atenção aos nossos filhos,vizinhos e parentes?

20 -Pode ser que na comunidade pagamos o dizimo na íntegra, mas, como anda nossos impostos? Não os sonegamos, logramos os fregueses, cometemos injustiças com os empregados? -Fazemos bonitos discursos sobre a terceira idade,ou criança de rua,mas será que conseguimos abraçar e visitar um idoso, conseguimos fazer uma visita a um asilo, ou acolher uma criança?

21 - - Deus Hoje Jesus nos ensina a sermos transparentes, a superar toda a hipocrisia, toda tendência de vaidade, de busca de superioridade e reconhecermos que somos todos irmãos e o nosso verdadeiro pai é Deus e nosso líder é aquele que nos aponta o horizonte,nos mostra a vida eterna :JESUS CRISTO. Na simplicidade, humildade está a grandeza de cada pessoa e no testemunho verdadeiro é que somos autênticos cristãos. marineves Na simplicidade, humildade está a grandeza de cada pessoa e no testemunho verdadeiro é que somos autênticos cristãos. marineves

22 Que você, sua familia, sua comunidade tenha uma abençoada e santa semana com CRISTO! Marineves jesus de Lima Parapuã,30 de outubro de 2011 FONTES CONSULTADAS: -Biblia Sagrada, Edição Pastoral. -O DOMINGO, SEMANÁRIO LITÚRGICO CATEQUÉTICO (PAULUS) -SITES: HOMILIA DOMINICAL NPDBRASIL TEOLOGIA FÉ E VIDA DOMTOTAL


Carregar ppt "Encerrando o mês missionário queremos rezar pela Amazônia, ainda terra de missão, que abriga muitas nações indígenas, inúmeros imigrantes, cidades em."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google