A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Jorge Gerdau Johannpeter MELHOR EFICIÊNCIA E TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Jorge Gerdau Johannpeter MELHOR EFICIÊNCIA E TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA."— Transcrição da apresentação:

1 Jorge Gerdau Johannpeter MELHOR EFICIÊNCIA E TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA

2 EVOLUÇÃO DA QUALIDADE 1980 Gerdau: início da assistência técnica com empresas japonesas (Funabashi Steel e Nippon Steel) 1988 Gerdau: começo dos trabalhos na área de Qualidade Total com Vicente Falconi 1991 Lançamento do Prêmio Nacional da Qualidade, a partir da união dos setores privado e público 1984 Criação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PADCT), a partir da visão do Ministro de Ciência e Tecnologia, Israel Vargas. Início dos trabalhos de Vicente Falconi e José Martins de Godoy na área de qualidade total 1990 Criação do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade 1992 Criação do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) uma parceria entre o setor público e a iniciativa privada. Lançamento do primeiro ciclo do prêmio de competitividade para micro e pequenas empresas (RS)

3 EVOLUÇÃO DA QUALIDADE 1996 Realização da 1ª edição do Prêmio Qualidade RS 2005 Lançamento do Programa Modernizando a Gestão Pública (PMGP) 2008 Início do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas em nível nacional 1995 Lançamento do Programa Qualidade na Administração Pública no RS 2001 Criação do Movimento Brasil Competitivo (MBC), a partir da reestruturação do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade (PBQP)

4 Liderança FATORES CRÍTICOS PARA ATINGIR METAS MetodologiaConhecimento Pessoas

5 GERENCIAR é atingir METAS, utilizando constantemente o PDCA. CICLO DO PDCA AP CD AGIR sobre as causas, caso o planejado não for atingido PADRONIZAR quando o resultado for o planejado VERIFICAR os resultados obtidos e a execução do plano PLANEJAR onde se quer chegar: META Definir como chegar lá: MEIOS TREINAR as pessoas se necessário EXECUTAR o que foi planejado

6 PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE - PGQP Principais números 1,3 milhão de pessoas 8,8 mil organizações 250 mil pessoas com capacitação básica Rede com 79 comitês 15 mil multiplicadores do PGQP

7 Retorno aproximado sobre cada R$ 1 investido PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE - PGQP Principais números Investimentos Ganhos

8 PROGRAMA GAÚCHO DA QUALIDADE E PRODUTIVIDADE - PGQP Prêmio Qualidade RS 2009 Premiação anual para organizações dos três setores: presença de cerca de pessoas.

9 MOVIMENTO BRASIL COMPETITIV0 PROGRAMAS Grupo de projetos e processos com o objetivo de avaliar o desempenho da competitividade nacional. Grupo de projetos e processos com o objetivo de estimular a capacidade inovadora das organizações. Grupo de projetos e processos com o objetivo de contribuir para a melhoria da competitividade do setor privado, terceiro setor e hospitais filantrópicos. Grupo de projetos e processos com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão do setor público. INOVAÇÃO GESTÃO GESTÃO PÚBLICA BENCHMARKING

10 Retorno aproximado sobre cada R$ 1 investido MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO PRINCIPAIS NÚMEROS Investimentos Ganhos

11 Estados Rio de Janeiro, Pernambuco (fase 2), Alagoas (fase 2) e Pará Municípios Pelotas e Rio Grande/RS Rio de Janeiro/RJ Aparecida de Goiânia/GO Guarujá/SP Órgão TJRS Em atividade Estado Mato Grosso (fase 2) Municípios Recife e Jaboatão dos Guararapes/PE Nilópolis e Angra dos Reis/RJ São Paulo /SP (fase 3) Curitiba, Londrina e Maringá/PR CIDESA/MT Órgãos Câmara Municipal de Goiânia/GO TJPR/PR e TJGO/GO Em negociação Estados São Paulo, Sergipe, Bahia, Distrito Federal e Rio Grande do Sul Município Porto Alegre Órgãos Ministério do Desenvolvimento Social Encerrados ABRANGÊNCIA

12 MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO Prêmio MPE Brasil Vencedora na categoria Agronegócio, em encontro com Presidente Lula em 2009

13 DESAFIOS NA GESTÃO PÚBLICA Princípio da subsidiariedade Governos sempre atuam visando o seu período de gestão Lideranças públicas necessitam acabar com improvisações Situação econômica e financeira gera oportunidade de pensar no longo prazo Metas e objetivos devem ser, no mínimo, para 10 anos Não é mais viável aumentar a carga tributária: melhoria da gestão é a solução para garantir investimento público Responsabilidade social empresária


Carregar ppt "Jorge Gerdau Johannpeter MELHOR EFICIÊNCIA E TRANSPARÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google