A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TERCEIRO SETOR Empresas Governo Qualidade de vida da população Desenvolvimento Sustentável Econômico SocialAmbiental.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TERCEIRO SETOR Empresas Governo Qualidade de vida da população Desenvolvimento Sustentável Econômico SocialAmbiental."— Transcrição da apresentação:

1

2 TERCEIRO SETOR Empresas Governo Qualidade de vida da população Desenvolvimento Sustentável Econômico SocialAmbiental

3 Elcio Anibal de Lucca - LUCCRA Presidente do Conselho Superior Wilson Ferreira - CPFL Energia Vice-presidente do Conselho Superior LIDERANÇAS EMPRESARIAIS Carlos Augusto Salles - Conselheiro Nato Jorge Gerdau Johannpeter – Gerdau José de Freitas Mascarenhas - Odebrecht S/A Carlos Alberto da Veiga Sicupira - Varbra S/A Sérgio Gabrielli - Petrobras João Sanches – MSD Michel Levy - Microsoft Brasil Daniel Feffer - Suzano Holding S/A Cledorvino Belini - Fiat Automóveis S.A Marcos Lisboa - Unibanco REPRESENTANTES DO GOVERNO Gleisi Hoffmann Casa Civil da Presidência da República Aloizio Mercadante Ministério da Ciência e Tecnologia Fernando Pimentel Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior Miriam Belchior Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão REPRESENTANTES DA FUNDAÇÃO NACIONAL DA QUALIDADE Mauro Figueiredo - Grupo Fleury Pedro Passos - Natura Cosméticos REPRESENTANTES DA SOCIEDADE CIVIL Antoninho Marmo Trevisan CONSELHO SUPERIOR

4 ASSOCIADOS MANTENEDORES

5 INOVAÇÃO BENCHMARKING GESTÃO SETOR PÚBLICO TERCEIRO SETOR INICIATIVA PRIVADA FRENTES DE AÇÃO

6 GESTÃO PÚBLICA PROGRAMAS

7 Projeto Nacional Apoio Público e Privado Apoio tecnológico qualificado Compromisso da administração pública Transparência PRINCÍPIOS

8 O QUE DEVE SER TRABALHADO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO REDESENHO DE PROCESSOS GERENCIAMENTO DE PROJETOS DESPESA RECEITA

9 MÉTODOLOGIA DO PDCA (Plan – Do – Check – Act) Execução do Plano de Ação Verificação dos resultados Identificação do Problema Análise do Fenômeno Análise do Processo Elaboração do Plano de Ação Executar ações corretivas em função dos resultados AP DC

10 Para controle das despesas de custeio é imprescindível que tenhamos atuação tanto no preço, quanto no consumo de forma a criar um novo patamar... Despesa Atual Nova Despesa Consumo (un.) Preço (R$) Redução do preço unitário atuando nos contratos Redução do desperdício atuando nas Secretarias GERENCIAMENTO DA DESPESA

11 MÉTODO DE REDESENHO DOS PROCESSOS

12 GOVERNANÇA

13 EM ATIVIDADE Estados: Pará (Fase2 ) | Rio Grande do Sul (Fase2) | Rio de Janeiro (Fase 2) | Municípios: Rio de Janeiro/RJ | Guarujá/SP | Londrina/PR | Órgãos: TJRS | TJSP | EM NEGOCIAÇÃO Estados: Bahia (Fase 2) | Paraíba | Alagoas (Fase 3) | Goiás | Rondônia | Santa Catariana | São Paulo (Fase 2) | Tocantins | Distrito Federal (Fase 2) | Espírito Santo | Maranhão | Paraná | Piauí | Rio Grande do Norte | Municípios: Angra dos Reis/RJ | Belo Horizonte/MG | Canoas/RS | Curitiba/PR | Imperatriz/MA | Jaboatão dos Guararapes/PE | Maricá/RJ | Pelotas/RS (Fase 2) | Porto Alegre/RS (Fase 2) | Recife/PE | Rio Grande /RS (Fase 2) | Salvador/BA | São Paulo/SP (Fase 3) | Serra/ES | Rio de Janeiro/RJ (Fase 2) | Natal/RN | Órgãos: CNJ | ICM-Bio | Ministério do Esporte ENCERRADOS Estados: São Paulo (Fase 1) | Sergipe | Distrito Federal | Bahia (Fase 1) | Mato Grosso | Minas Gerais | Alagoas | Pernambuco (Fase 2) | Rio de Janeiro (Fase 1) | Rio Grande do Sul (Fase 1) Municípios: Porto Alegre (Fase 1) | Pelotas/RS | Rio de Janeiro/RJ (Fase1) | São Paulo (Fase 1 e 2) | Aparecida de Goiânia/GO | Rio Grande/RS Órgãos: Ministério do Desenvolvimento Social

14 PROGRAMA MODERNIZANDO A GESTÃO PÚBLICA NO ESTADO DE RONDÔNIA

15 PMGP RONDÔNIA GESTÃO DA RECEITA Diagnóstico preliminar para validação das metas e estruturação do projeto; Preparação da base de receita global; Preparação e coleta de dados; Definição preliminar das metas de melhoria de receita; Negociação e consolidação das metas de melhorias de receita; Preparação dos instrumentos de controle e acompanhamento; Elaboração dos planos de ação e padrões; Preparação de instrumentos de controle; ETAPA 1 Fase 1 - Planejamento ETAPA 2ETAPA 3ETAPA 4 ETAPA 5 ETAPA 6ETAPA 7 ETAPA 8 Fase 2 - Controle e acompanhamento de resultados e ações META: AUXILIAR O GOVERNO DO ESTADO A ELEVAR SUA RECEITA EM ATÉ R$ 106 MILHÕES EM 12 MESES DE PROJETO

16 PMGP RONDÔNIA GESTÃO DAS DESPESAS Diagnóstico preliminar para proposição e validação das metas e estruturação dos trabalhos de todo o processo de orçamento do estado. Preparação da base orçamentária Preparação e coleta de dados Definição das metas preliminares de dispêndio Negociação do orçamento Preparação dos instrumentos de acompanhamento Elaboração dos planos de ação ETAPA 1 Fase 1 - Planejamento ETAPA 2ETAPA 3 ETAPA 4 ETAPA 5ETAPA 6 Fase 2 - Controle e acompanhamento de resultados e ações META: AUXILIAR O GOVERNO DO ESTADO A OTIMIZAR SUAS DESPESAS EM ATÉ R$ 22,2 MILHÕES EM 12 MESES DE PROJETO ETAPA 7

17 PMGP RONDÔNIA EDUCAÇÃO Análise estratégica Seminário de formulação estratégica ETAPA 1 Fase 1 - Alinhamento estratégico ETAPA 2 Fase 2 - Desdobramento de metas META: AUXILIAR A SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO A MELHORAR SEUS RESULTADOS NO PROCESSO ENSINO – APRENDIZAGEM, AUMENTANDO O SEU DESEMPENHO NO CENÁRIO NACIONAL DA EDUCAÇÃO Capacitar equipes na gestão integrada da escola Implementar a Gestão Integrada da Educação ETAPA 1 Fase 3 - Gestão integrada da educação ETAPA 2

18 PMGP RONDÔNIA SEGURANÇA PÚBLICA Planejamento inicial Análise estratégica e alinhamento com o plano de governo ETAPA 1 Fase 1 - Alinhamento estratégico ETAPA 2 META: AUXILIAR A SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA, DEFESA E CIDADANIA A ALCANÇAR AS SUAS METAS DE SEGURANÇA E REDUZIR O ÍNDICE DE CRIMINALIDADE DO ESTADO Desdobra- mento das metas priorizadas Análise, revisão e validação dos planos de ação Preparação dos instrumentos de acompanhamento ETAPA 1 Fase 2 - Desdobramento de metas ETAPA 3 Fase 3 – Controle de resultados e ações Mapeamento da situação atual Reprojeto dos processos Acompanhamento da implantação dos processos reprojetados Fase 4 - Reprojeto de processos ETAPA 1ETAPA 2 Acompanhamento de resultados e ações Análise de impacto dos resultados e ações ETAPA 1ETAPA 2 ETAPA 3

19 BENEFÍCIOS: 1) Em se tratando de Termo de Doação: Possibilitará a dedução no valor do Imposto sobre renda (IR) de até o limite de 2% do lucro operacional. Disposição legal : Inciso III, parágrafo 2º, Art. 13 da Lei 9.249); 2) Em se tratando de Patrocínio: Possibilitará a divulgação da logomarca da empresa patrocinadora nas condições estabelecidas pelo MBC; 3) Acompanhamento da gestão do projeto junto ao ente público; INSTRUMENTOS JURÍDICOS: 1) TERMO DE DOAÇÃO : Instrumento jurídico em que uma pessoa, por liberalidade, transfere do seu patrimônio vantagens para outrem com a contrapartida de seu benefício tributário (dedução de 2% sobre o lucro operacional). 2) CONTRATO DE PATROCÍNIO: Instrumento jurídico em que uma pessoal, ao patrocinar, almeja a divulgação de sua logomarca, nas condições estipuladas pelo MBC. CAPTAÇÃO DE RECURSOS PMGP RONDÔNIA CUSTO TOTAL DO PROJETO = R$ ,14 ITEM VALOR (R$) Frente: Gestão da Receita Frente: Gestão da Despesa Frente: Melhoria dos Indicadores da Educação Frente: Melhoria dos Indicadores da Segurança Coordenação do MBC Imposto sobre doação (ITCMD) TOTAL , , , , , , ,14

20 Fone | Fax: SBN Quadra 1 - Bloco B - Sala 403/4 Edifício CNC – Brasília/DF – CEP: Contatos com: Coordenação do Programa Modernizando a Gestão Pública


Carregar ppt "TERCEIRO SETOR Empresas Governo Qualidade de vida da população Desenvolvimento Sustentável Econômico SocialAmbiental."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google