A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PAEDIATRIC COMMUNITY-ACQUIRED SEPTIC SHOCK: RESULTS FROM THE REPEM NETWORK STUDY P. Van de Voorde & B. Emerson & B. Gomez & J. Willems& D. Yildizdas& I.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PAEDIATRIC COMMUNITY-ACQUIRED SEPTIC SHOCK: RESULTS FROM THE REPEM NETWORK STUDY P. Van de Voorde & B. Emerson & B. Gomez & J. Willems& D. Yildizdas& I."— Transcrição da apresentação:

1 PAEDIATRIC COMMUNITY-ACQUIRED SEPTIC SHOCK: RESULTS FROM THE REPEM NETWORK STUDY P. Van de Voorde & B. Emerson & B. Gomez & J. Willems& D. Yildizdas& I. Iglowstein & E. Kerkhof & N. Mullen & C. R. Pinto & T. Detaille & N. Qureshi & J. Naud & J. De Dooy & R. Van Lancker & A. Dupont & N. Boelsma & M. Mor & D. Walker & M. Sabbe & S. Hachimi-Idrissi & L. Da Dalt & H. Waisman & D. Biarent & I. Maconochie & H. Moll & J. Benito Eur J Pediatr (2013) 172:667–674 UTI Pediátrica HMIB – 2013 Residente: Larissa Caetano Brasília, 3 de fevereiro de 2014 Choque séptico pediátrico adquirido na comunidade: resultados da Rede de Estudo REPEM RPEM (Research in Pediatric Emergency) : grupo de pesquisa multicêntrico em Emergência Pediátrica; Inclui Europa e Oriente Médio. Ligado a sessão de Emergências da Sociedade de Pediatria daqueles países (Alexandre Serafim)

2 CONSIDERAÇÕES GERAIS Sepse: Mortalidade: 3-10% em países desenvolvidos 15-30% com choque Serviços de emergência Reconhecimento Tratamento

3 O BJETIVO Descrever o cenário do choque séptico grave adquirido na comunidade Início de estudo prospectivo Avaliação de protocolos de manejo Early goal-directed therapy Efeito Hawthorne Mudança temporária no comportamento ou conduta em resposta a uma mudança ambiental (observação da conduta)

4 M ÉTODO Estudo observacional retrospectivo Locais: 16 Unidades de Emergência Pediátrica em 12 países Duração: 1 ano Dados: Primeiras horas após o início dos sintomas Paediatric Overall Performance Category (POPC ) Descrição em 6 níveis de alteração funcional/cerebral Normal a morte Análise: software SNAP Teste t de student (variáveis contínuas) Teste de Fisher (variáveis categóricas) Mann-Whitney (variáveis ordinais) P<0,05 estatisticamente significante

5 C RITÉRIOS

6 R ESULTADOS Variáveis conforme classificação PIRO Predisposição Infecção Resposta Disfunção Orgânica

7

8

9

10

11

12 Antibióticos Início em 3 horas em 96,6% 6 pacientes com início tardio, sem alterações no desfecho

13 DISCUSSÃO Morbimortalidade baixa (4,5%) Centros terciários Intervenções em 6 horas Sem diferença no desfecho conforme tempo Predisposição Sem diferença no desfecho conforme comorbidades (35,8%) x Maior mortalidade em outros estudos Infecção Sem diferença no desfecho conforme agente etiológico Maior prevalência de meningococo

14 DISCUSSÃO Resposta Sem diferença nas variáveis avaliadas Com relação a disfunção orgânica Tratamento Associação de tempo de ventilação mecânica e drogas vasoativas com casos graves (efeito do tratamento ou gravidade da doença?) Sem significância no desfecho com antibióticos nas primeiras 3 horas, medida de lactato e 20ml/kg de solução salina na 1ª hora Lactato: bom preditor de desfecho

15 DISCUSSÃO Desfecho desfavorável Saturação abaixo de 90% Expansão volêmica nas primeiras 6 horas Necessidade e tempo de ventilação mecânica e drogas vasoativas Uso de dobutamina Lactato alto ou base excess baixo Sem influência de variáveis do PIRO

16 CONCLUSÃO Maioria das crianças avaliada e tratada precocemente com desfecho favorável Muitos fatores classificados em PIRO com possível influência no desfecho Primeira parte de um potencial estudo prospectivo randomizado e controlado Padronização de definição e critérios de inclusão

17 ABSTRACT Introduction and purpose of the study : With this study we aimed to describe a true world picture of severe paediatric community-acquired septic shock and establish the feasibility of a future prospective trial on early goal-directed therapy in children. During a 6-month to 1-year retrospective screening period in 16 emergency departments (ED) in 12 different countries, all children with severe sepsis and signs of decreased perfusion were included.

18 Results : A 270,461 paediatric ED consultations were screened, and 176 cases were identified. Significant comorbidity was present in 35.8 % of these cases. Intensive care admission was deemed necessary in 65.7 %, mechanical ventilation in 25.9 % and vasoactive medications in 42.9 %. The median amount of fluid given in the first 6 h was 30 ml/kg. The overall mortality in this sample was 4.5 %. Only 1.2 % of the survivors showed a substantial decrease in Paediatric Overall Performance Category (POPC). Severe outcome (death or a decrease2in POPC) was significantly related (p<0.01) to: any desaturation below 90 %, the amount of fluid given in the first 6 h, the need for and length of mechanical ventilation or vasoactive support, the use of dobutamine and a higher lactate or lower base excess but not to any variables of redisposition, infection or host response (as in the PIRO (Predisposition, Infection, Response, Organ dysfunction) concept). Conclusion: The outcome in our sample was very good. Many children received treatment early in their disease course, so will help in establishing the feasibility of such a trial on, for instance, early goal-directed therapy (EGDT) in children [2, 18].

19

20

21


Carregar ppt "PAEDIATRIC COMMUNITY-ACQUIRED SEPTIC SHOCK: RESULTS FROM THE REPEM NETWORK STUDY P. Van de Voorde & B. Emerson & B. Gomez & J. Willems& D. Yildizdas& I."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google