A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FASES DO EXERCÍCIO 1ª FASE : Seleção da edificação que participará do exercício 2ª FASE: Visita à Edificação para entrega do convite de participação. 3ª

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FASES DO EXERCÍCIO 1ª FASE : Seleção da edificação que participará do exercício 2ª FASE: Visita à Edificação para entrega do convite de participação. 3ª"— Transcrição da apresentação:

1 FASES DO EXERCÍCIO 1ª FASE : Seleção da edificação que participará do exercício 2ª FASE: Visita à Edificação para entrega do convite de participação. 3ª FASE: Aceite da edificação para participar do exercício e execução do cronograma de atividades. 4ª FASE : Vistoria técnica e preenchimento do check list. 5ª FASE: Elaboração do plano de escape básico. 6ª FASE: Instrução de Orientação da População Fixa Voluntária com distribuição do guia prático. 7º FASE: Execução do exercício e entrega do certificado de participação.

2 1ª FASE : SELEÇÃO DA EDIFICAÇÃO QUE PARTICIPARÁ DO EXERCÍCIO Escolher preferencialmente as edificações que: Sejam comerciais ou públicas com atividade de escritório; Estejam devidamente aprovadas pelo CBMERJ; Possuam mais de 10 (dez) pavimentos; Possuam área livre e próxima para fixação do Ponto de Encontro com capacidade para a acomodação de população que participará do exercício Possuam área livre e próxima para fixação do Ponto de Encontro com capacidade para a acomodação de população que participará do exercício; Possua brigada de incêndio; Estejam em local de boa visibilidade.

3 2ª FASE: VISITA À EDIFICAÇÃO PARA ENTREGA DO CONVITE DE PARTICIPAÇÃO. Entregar o ofício-convite e termo de adesão ao responsável pela edificação; aráter educativo do Dia Estadual de Prevenção de Acidentes; Falar da importância e o caráter educativo do Dia Estadual de Prevenção de Acidentes; Explicar como será a preparação e a realização do exercício abordando o seguintes tópicos; -Vistoria Técnica com emissão do check-list contendo as inconformidades observadas; -Elaboração do plano de escape básico; -Instrução e Orientação da População Fixa Voluntária com distribuição do guia prático; -Execução do exercício; -Entrega do Certificado de Participação.

4 3ª FASE: ACEITE DA EDIFICAÇÃO PARA PARTICIPAR DO EXERCÍCIO E EXECUÇÃO DO CRONOGRAMA DE ATIVIDADES. Receber o termo de adesão; Informar ao responsável da edificação o cronograma de atividades, respeitando as datas estabelecidas pela organização do exercício.

5 4ª FASE : VISTORIA TÉCNICA E PREENCHIMENTO DO CHECK-LIST. Realizar o preenchimento do check-list e indicar as inconformidades encontradas; Levantar a população fixa que irá participar do evento e possíveis pessoas com dificuldade de locomoção; Conhecer as rotas de fuga e esboçar o plano de escape; Identificar o ponto de encontro;

6 5ª FASE: ELABORAÇÃO DO PLANO DE ESCAPE BÁSICO. Elaborar o plano de escape básico com os dados levantados na vistoria e modelo padrão;

7 6ª FASE: INSTRUÇÃO DE ORIENTAÇÃO DA POPULAÇÃO FIXA VOLUNTÁRIA COM DISTRIBUIÇÃO DO GUIA PRÁTICO. Levar os militares envolvidos no exercício para reconhecimento do local e orientação gerais sobre os procedimentos de escape; Realizar, caso haja disponibilidade de pessoal e local, instrução de orientação da população fixa voluntária que participará do exercício; Distribuir guia prático de orientação sobre o exercício;

8 7º FASE: EXECUÇÃO DO EXERCÍCIO E ENTREGA DO CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO. Realizar o exercício dentro das diretrizes estabelecidas pela organização; Distribuir guia prático de orientação sobre o exercício;

9 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO A equipe do CBMERJ para cada edificação será composta, no mínimo, por 01 (um) oficial e, preferencialmente, 02 (duas) praças sendo subtenente ou sargento; A equipe do CBMERJ para cada edificação será composta, no mínimo, por 01 (um) oficial e, preferencialmente, 02 (duas) praças sendo subtenente ou sargento; A equipe da edificação será composta por 01(um) coordenador de andar, 01 (um) puxa-fila e 01 (um) cerra-fila por pavimento. A equipe da edificação será composta por 01(um) coordenador de andar, 01 (um) puxa-fila e 01 (um) cerra-fila por pavimento.

10 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO DAS FUNÇÕES DA EQUIPE DO CBMERJ O Oficial será o Coordenador Geral do exercício, cabendo: O Oficial será o Coordenador Geral do exercício, cabendo: -Ser o responsável por todo o abandono; -Determinar o início e término do abandono. -Controlar a saída de todos os andares. -Ser o responsável por todas as decisões em nível de abandono.

11 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO DAS FUNÇÕES DA EQUIPE DO CBMERJ As praças serão auxiliares do coordenador geral, cabendo: As praças serão auxiliares do coordenador geral, cabendo: -Um militar deverá se posicionar no início da primeira fila e conduzir a população que desce da edificação ao ponto de encontro; -O outro deverá se posicionar no final da última fila da população que desce, devendo informar ao coordenador geral sobre possíveis pessoas com dificuldades de locomoção e se conduzir ao ponto de encontro. -Manter comunicação constante com o coordenador geral informando possíveis alterações.

12 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO DAS FUNÇÕES DA EQUIPE DA EDIFICAÇÃO Ao coordenador de andar, cabe: Ao coordenador de andar, cabe: -É o responsável pelo controle de abandono do seu andar; -Determina a organização da fila; -Confere visualmente as pessoas do seu andar e verifica se todos que estão participando do exercício estão na fila; -Determina o mais rápido possível o início da descida ou da saída; -Ao chegar ao ponto de encontro efetua no conferência do pessoal; -Dar atenção especial as pessoas com dificuldade de locomoção

13 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO DAS FUNÇÕES DA EQUIPE DA EDIFICAÇÃO Ao puxa-fila, cabe: Ao puxa-fila, cabe: -É o primeiro componente da brigada de abandono de cada pavimento; -Ao ouvir o alarme ou sinal de abandono deve assumir o local predeterminado; -É responsável por iniciar a saída ou descida organizada; -Determina a velocidade de deslocamento da fila; -Deve estar identificado com o número do pavimento; - Deve ajudar a manter a calma do grupo.

14 COMPOSIÇÃO DA EQUIPE DE ABANDONO DAS FUNÇÕES DA EQUIPE DA EDIFICAÇÃO Ao cerra-fila, cabe: Ao cerra-fila, cabe: -É o último componente da brigada de abandono; -Ajudar o coordenador de andar na conferência do pessoal da fila; -Auxilia na organização para evitar flutuação na fila; -Responsável pelo fechamento das portas que ficarem para trás durante o abandono; -Não deve permitir espaçamento, brincadeira, conversas em demasia ou retardar a saída; -Deve auxiliar as pessoas em caso de acidentes ou mal súbito.


Carregar ppt "FASES DO EXERCÍCIO 1ª FASE : Seleção da edificação que participará do exercício 2ª FASE: Visita à Edificação para entrega do convite de participação. 3ª"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google