A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O uso em automóveis de componentes de zinco fundidos sob pressão. Professor Dr.: Guilherme Ourique Verran Acadêmico: Douglas Grings UNIVERSIDADE DO ESTADO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O uso em automóveis de componentes de zinco fundidos sob pressão. Professor Dr.: Guilherme Ourique Verran Acadêmico: Douglas Grings UNIVERSIDADE DO ESTADO."— Transcrição da apresentação:

1 O uso em automóveis de componentes de zinco fundidos sob pressão. Professor Dr.: Guilherme Ourique Verran Acadêmico: Douglas Grings UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

2 Objetivo: Abordar a viabilidade da utilização de peças de zinco fundidas sob pressão nos automóveis, sem implicar no aumento de peso. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

3 Empresa: Adolf Föhl Gmbh & CoKG. Nacionalidade: Alemã. Estrutura: 4 unidades fabris na Alemanha e uma joint-venture na China. Segmento em que atua: Fundição sob pressão de zinco e injeção de plástico (80% automobilístico). Fundição sob pressão de zinco: Componentes de automóveis e peças para indústria de ferragens. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

4 MATERIAIS E PROCESSOS Principais regiões de extração do zinco: América do Norte, China, Austrália e África; Maior demanda: Utilização em proteções superficiais e medidas anticorrosivas, além do processo de zincagem; As ligas de zinco mais comuns para aplicação da fundição sob pressão são: ZL 400 (América do Norte, Ásia); ZL 410, zamac 5 (1% cobre); Zl 430, zamac 10 (3% cobre); Obs: - Todas possuem 4% de Alumínio. - O desenvolvimento de outras ligas de zinco se torna difícil, pelo fato do zinco puro apresentar uma solubilidade extremamente limitada em outros materiais no estado sólido. Curiosidade: Em junho de 2012, 1 Kg da liga ZL 410 custava 2 euros. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

5

6 Processo de Fundição A câmara de injeção encontra-se na área do banho fundido, caracterizando um processo de câmara quente. O pistão de injeção se encontra dentro da câmara de injeção. Onde a injeção ocorre a uma pressão de 450 bar. Forças de fechamento variam entre 200 e 2000 kN. UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

7 Aplicações: UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

8 Aplicações:

9 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM Aplicações:

10 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

11 Referências Revista Fundição e Serviços – fevereiro de 2013, pág 16. Site: os/2013/fevereiro/ UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM

12 O uso em automóveis de componentes de zinco fundidos sob pressão. Professor Dr.: Guilherme Ourique Verran Acadêmico: Douglas Grings UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA - UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS TECNOLÓGICAS – CCT DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA MÊCANICA - DEM


Carregar ppt "O uso em automóveis de componentes de zinco fundidos sob pressão. Professor Dr.: Guilherme Ourique Verran Acadêmico: Douglas Grings UNIVERSIDADE DO ESTADO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google