A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SIDNEY VALEIJE Diretor de Descartáveis ABRALIMP. Higicon Agosto/ 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SIDNEY VALEIJE Diretor de Descartáveis ABRALIMP. Higicon Agosto/ 2010."— Transcrição da apresentação:

1 SIDNEY VALEIJE Diretor de Descartáveis ABRALIMP

2 Higicon Agosto/ 2010

3 Papéis Sanitários, também conhecidos como Papéis Tissue pela sua similaridade à um tecido, são utilizados para higiene. Nesta categoria de papéis, temos: Papel toalha; Papel higiênico; Guardanapo, entre outros. O crescimento de vendas de papéis sanitários tem sido nos últimos superior ao crescimento do PIB. Papéis Sanitários

4 Histórico: O primeiro tipo de papel foi fabricado, oficialmente, na China, no ano de 105, por Ts'Ai Lun. O primeiro papel higiênico foi fabricado em 1857, nos Estados Unidos.

5 Papéis Sanitários Os Papéis Sanitários podem ser produzidos a partir de duas fontes: No Brasil, o eucalipto é mais utilizado para produção de celulose/ papéis, pois além das características técnicas, as condições climáticas aqui favorecem a produção. Fibra Curta Absorção Suavidade Volume aparente. Fibra Longa Resistência

6 Tipos de Papéis Sanitários No mercado, existem 3 tipos de papéis sanitários: Papéis 100% Celulose Virgem Papéis Mistos Papéis Reciclados

7 Tipos de Papéis Sanitários Papeis 100% Celulose Virgem São papéis que utilizam a celulose pura, sem que ela tenha sido utilizada para a fabricação de nenhum outro papel, em outras palavras, para a fabricação deste tipo de papel não são utilizadas aparas (ou restos) de outros papéis. Eucalipto Celulose Papel Produto Final

8 Tipos de Papéis Sanitários Papéis Mistos Em sua composição, há um percentual de celulose virgem e outra parte de papeis reciclados. Celulose + Aparas Papel Produto Final

9 Tipos de Papéis Sanitários Papeis Reciclados Papéis fabricados a partir de aparas (restos) de outros papéis já utilizados, como por exemplo jornais, revistas, papel de impressão. Celulose + Aparas Papel Produto Final

10 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 1) Gramatura: Quantidade em "g" de papel por área, em "m²". 1m²

11 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 2) Absorção - Papéis fabricados com 100% celulose virgem possuem alta absorção. Um bom papel deve absorver rapidamente a água. Em alguns tipos de papéis reciclados, a água se espalha de um lado a outro e demora a ser absorvida, gerando maior consumo de folhas para secagens de mãos.

12 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 3) Resistência ao Úmido - Um papel com "RU" é formado com adição de componentes químicos, que trazem maior resistência ao papel, principalmente ao ser molhado, possibilitando que o papel enxugue as mãos, sem se desfazer ou se despedaçar.

13 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados 4) Gofragem - Processo utilizado para marcação ou estampagem em relevo, através de uma calandra, podendo identificar a marca do fabricante ou não. Vantagens: Traz bulk(massa) ao papel, Propicia melhor acabamento do produto; Ajuda quebrar fibra.

14 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 5) Bulk - Palavra de origem inglesa que traduzida significa volume, massa. O bulk para papel é aplicado para "encorpar" o produto, através de diversas formas. como maior gofragem (pressão no papel), menor velocidade de rebobinamento, maior crepagem, maior gramatura.

15 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados 6) Quantidade de Pintas - A quantidade de pintas auxilia na verificação da origem do papel. Reciclados, normalmente apresentam pintas devido à tinta ainda presente nas impressões das aparas de papéis. Só mesmo um bom processo de branqueamento para melhorar o aspecto, mas deve-se verificar a questão do risco de irritabilidade, devido a alta carga química utilizada.

16 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 7) Cor/ Alvura – Geralmente, papéis a partir de celulose virgem possuem o aspecto mais amarelado. Já os reciclados, podem ser brancos demais, pela alta carga de químicos para branquear as impressões presentes nas aparas, ou quando não recebem muito alvejante óptico, são cremes, com grande visualização de pintas.

17 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 8) Odor - A água é um dos principais componentes para fabricação do papel (97%), em alguns reciclados a cor e o odor do produto podem vir do tipo de água e apara utilizada, que não receberam o tratamento adequado.

18 Papéis Sanitários – Termos Técnicos Alguns termos mais utilizados: 9) Hidrossolubilidade – Não existe Papel Hidrossolúvel! Hidrossolúvel x Desagregação de Fibras Observações para descarte de Papel no Vaso Sanitário: Instalações hidráulicas/ encanamentos; As descargas estão cada vez mais econômicas; Garantia de que somente papel higiênico será descartado no vaso.

19 Papéis 100% Celulose Virgem x Reciclados 100% Celulose VirgemReciclado Provém de áreas de reflorestamento, onde há um rigoroso controle ambiental, por órgão como ANA, IBAMA, CETESB, entre outros. Utiliza-se do reaproveitamento de papéis reciclados de origens diversas. Para o cultivo de eucaliptos, deve-se respeitar o cultivo de um percentual de outras espécies nativas, além da preservação da mata ciliar (às margens dos rios). Em alguns casos, existem áreas pobres em vegetação, que são adquiridas e após o preparo para o cultivo dos eucaliptos são transformadas, ou seja, ficam mais ricas em termos de vegetação do que antes. Exige um grande tratamento da água utilizada no processo, uma vez que são utilizadas grandes cargas químicas para branqueamento do papel. Empresas de grande porte faz o devido tratamento, mas outras não e além de contaminar rios, pode vir a prejudicar o ambiente ao redor (flora e pessoas). A água utilizada para a produção de celulose é reutilizada internamente nos estabelecimentos da fábrica e após isto, ainda recebe tratamento para ser devolvida aos rios. Aspectos Ambientais:

20 Papéis 100% Celulose Virgem x Reciclados 100% Celulose VirgemReciclado Há um grande aproveitamento de material, seja para fabricação de papel, seja para subprodutos através de alguns tipos de resíduos. A utilização de aparas diversas pode comprometer a funcionalidade do produto. Em outras palavras, um papel toalha reciclado, pode conter aparas de papéis destinados para outra finalidade que não a da absorção. A celulose virgem é especificamente direcionada para sua finalidade, garantindo resistência, maciez e absorção adequada. Aspectos Produtivos:

21 Papéis 100% Celulose Virgem x Reciclados 100% Celulose VirgemReciclado Produtos funcionais; Menor consumo, gerando maior economia; Melhor controle microbiológico e de irritabilidade; Aspecto Superior no produto final (melhor apresentação). Preços mais baixos, porém Maior consumo de produto; Necessita de um bom controle de fontes de aparas e do seu tratamento para produção do papel, sem atingir a confiabilidade do produto final; Grandes empresas conseguem produtos com bom aspecto do produto final. Aspectos Produto Final:

22


Carregar ppt "SIDNEY VALEIJE Diretor de Descartáveis ABRALIMP. Higicon Agosto/ 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google