A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. MBA Renato Mariano. UM POUCO DE HISTÓRIA..! A Celulose é a substância orgânica mais abundante na natureza; A matéria-prima orgânica mais versátil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. MBA Renato Mariano. UM POUCO DE HISTÓRIA..! A Celulose é a substância orgânica mais abundante na natureza; A matéria-prima orgânica mais versátil."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. MBA Renato Mariano

2 UM POUCO DE HISTÓRIA..! A Celulose é a substância orgânica mais abundante na natureza; A matéria-prima orgânica mais versátil e, ao mesmo tempo, a mais fácil de substituir; A utilização teve inicio na fabricação do Papel pelos CHINESES por volta de 105 d.C; Foi realmente aperfeiçoado por volta do final do séc. XIV e se tornou conhecido no sul da Europa. A Bíblia de Gutenberg marcou o inicio da impressão de livros, iniciando a crescente demanda de papel.

3 FABRICAÇÃO DA POLPA PARA PAPEL Existem duas fases distintas na redução da madeira bruta e de outros materiais até o papel acabado: Processos químicos (envolve Tratamento químico da polpa); Processos Mecânico (não envolve tratamento químico da polpa);

4 ENTENDENDO O PROCESSO INDUSTRIAL DE PAPEL E CELULOSE As Industriais produzem Celulose..? NÃO..! Quem produz celulose é a NATUREZA..! A Industria apenas separa as fibras removendo a LIGNINA..!

5 O QUE É LIGNINA... PIOROU...

6 LIGNINA!!! É a substância que une as células de celulose; Principal resíduo das industrias de celulose; A Lignina tem um alto poder calorífico e a solução alcalina onde ela está dissolvida é utilizada como combustível nas caldeiras para geração de energia.

7 De onde vem a Celulose??? Caule (Exemplo: Eucalipto e Pinhus); Folha (Exemplo: Sisal); Fruto (Exemplo: Algodão);

8 Para que serve a Celulose??? Fabricação de Papel; Fabricação de Viscose; Fabricação de nitrocelulose;

9 PROCESSO BÁSICO DAS INDUSTRIAS

10 CADEIA DE PRODUÇÃO MACRO

11 COLHEITA E PRODUÇÃO DE CAVACO ETAPA 01: Vamos entender as fases iniciais do Processo: Colheita e Produção de Cavacos.

12 Colheita e Produção do Cavaco Como é iniciado o processo? Na Floresta: Colheita, Corte e Descascamento; A casca, Folhas e Galhos ficam na Floresta para se transformar em matéria orgânica decomposta; O tronco é denominado TORETES.

13 COLHEITA E PRODUÇÃO DE CAVACO No Pátio de Madeira: Descascamento, Picagem em tamanho Pré- determinado e Peneiramento; Após a Picagem, os pedaços de madeira passa a ser conhecidos como CAVACOS; Estocagem nas Pilhas de Cavacos que depois serão transportados até os Digestores.

14 PROCESSO DE PRODUÇÃO DO CAVACO

15 COZIMENTO ETAPA 02: O cozimento dos Cavacos, Transformação em Pasta Marrom.

16 COZIMENTO O que é Cozimento (Polpação)? O Cozimento tem a função de transformar os cavacos de madeira em polpa através da dissolução da lignina; Após Cozimento do cavaco,, temos a pasta marrom que pode ser utilizada para produzir papel cartão; Pasta Marrom = Celulose Não Branqueada; O processo de Cozimento ocorre a 150°C com adição de Sulfato de Sódio e Soda Cáustica (Processo de Kraft); Processo Kraft = Minimiza os danos às fibras da celulose, de forma a preservar sua uniformidade e resistência.

17 COZIMENTO Onde Ocorre o Cozimento? Nos DIGESTORES. Os digestores podem ser Batch ou Contínuos. Os digestores contínuos são utilizados em 65% da produção mundial: Cozimento por deslocamento de coluna; Maior capacidade de produção/volume; Um digestor por planta; Fácil de automatizar; Maior uniformidade do produto.

18 COZIMENTO Como funciona um Digestor?

19 COZIMENTO Como é monitorado a % de Lignina durante a Produção? Através do NUMERO KAPPA (Lignina Residual). Este número é obtido de uma amostra da polpa. Exemplo:

20 DEPURAÇÃO, DESLIGNIFICAÇÃO E BRANQUEAMENTO ETAPA 03: Lavagem, Remoção da Lignina e Branqueamento.

21 DEPURAÇÃO Consiste na separação das impurezas da madeira e dos pedaços de cavaco que não foram devidamente cozidos no Digestor (nós, areias, pedras, etc.) Após a depuração, a polpa é uma massa homogênea, marrom, pronta para o branqueamento.

22 DEPURAÇÃO

23

24 DESLIGNIFICAÇÃO O que é Deslignificação? Remoção da Lignina. Esta etapa é a continuidade do processo de deslignificação iniciado no cozimento. É considerado um processo de pré- branqueamento.

25 BRANQUEAMENTO Processo físico-químico que tem por objetivo melhorar as características da polpa; Remoção de alguns derivados da lignina; Reações que modificam quimicamente as substâncias coloridas, descorando-as.

26 BRANQUEAMENTO ACABOU???? QUASE!!! Após o branqueamento, a celulose ainda em forma líquida, segue para torres de armazenagem e de lá pode seguir dois destinos: Máquinas de Papeis; Secagem;

27 BRANQUEAMENTO Como é monitorada a eficiência do Branqueamento??? Através das propriedades da pasta celulósica, relacionados com a absorção ou reflexão da luz: Alvura; Opacidade; Estabilidade da Alvura.

28 SECAGEM ETAPA 04 (Final): Secagem da Pasta de Celulose e Enfardamento para Mercado.

29 SECAGEM Se posso produzir papel após o Branqueamento, para que serve a Secagem? Se a celulose for destinada ao mercado, para fins de transporte, deve ser desaguada, seca e enfardada. Fatores econômicos aconselham a secagem da pasta para EVITAR CUSTO DE TRANSPORTE de volume apreciáveis de água e para diminuir o seu volume, permitindo o aproveitamento máximo de um determinado espaço.

30 PROCESSO DE SECAGEM

31 SECAGEM

32 ENFARDAMENTO Inicio do Enfardamento: Corte da Celulose

33 ENFARDAMENTO Fim do Enfardamento: Amarração

34 FINALIZANDO... Você Aprendeu Hoje..! Que no Processo de Papel e Celulose temos as seguintes etapas: Obtenção do Cavaco; Cozimento; Depuração; Branqueamento e Secagem...

35 ATIVIDADES 1) Cite as principais características da Celulose. 2) Existem duas fases distintas na redução da madeira bruta e de outros materiais até o papel acabado, cite quais são elas, bem como suas respectivas características. 3) Define em que consiste a LIGNINA.

36 4 ) Com base na ilustração abaixo, de um fluxograma da produção de papel e celulose, explique detalhadamente cada etapa da processo.


Carregar ppt "Prof. MBA Renato Mariano. UM POUCO DE HISTÓRIA..! A Celulose é a substância orgânica mais abundante na natureza; A matéria-prima orgânica mais versátil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google