A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Produção e Disseminação de Informações Fundação Seade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Produção e Disseminação de Informações Fundação Seade."— Transcrição da apresentação:

1 Produção e Disseminação de Informações Fundação Seade

2 1892 – Repartição de Estatística e Arquivo do Estado 1938 – Departamento Estadual de Estatística 1950 – Departamento de Estatística do Estado de São Paulo 1976 – Coordenadoria de Análise de Dados / Sistema Estadual de Análise de Dados Estatísticos 1978 – Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados – Seade

3 Objetivo Produzir e disponibilizar informações sobre a realidade socioeconômica e demográfica e as transformações em curso, nesse âmbito, no Estado de São Paulo. Fundação Seade

4 Usuários Sociedade em geral Governo Mídia Pesquisadores e Estudantes Associações de Classe Empresas Fundação Seade

5 Diretorias Técnicas Produção e análise de dados Desenvolver metodologias e realizar pesquisas primárias; Gerar indicadores; Desenvolver metodologias de monitoramento de programas e políticas públicas; Coletar, tratar e analisar dados e informações. Disseminação de informações Disseminar as informações produzidas pela Fundação Seade; Desenvolver ferramentas e aplicativos para disseminação de informações; Atender aos usuários de informações da Fundação Seade. Fundação Seade

6 Instrumentos para obtenção de informações Pesquisas primárias; Levantamentos de informações a partir de registros administrativos. Fundação Seade

7 Formas de trabalho Atividades estruturantes; Parcerias Fundação Seade

8 Principais Atividades 1. Pesquisas primárias e levantamento de informações em outras fontes; 2. Produção de indicadores; 3. Metodologias de monitoramento de programas e políticas de governo; 4. Sistemas customizados de gestão pública; 5. Disseminação de informações. Fundação Seade

9 Pesquisas primárias Área Social –Pesquisa de Condições de Vida - PCV –Pesquisa de Emprego e Desemprego - PED Área Econômica –Pesquisa de Investimentos no Estado de São Paulo - Piesp –Pesquisa de Atividade Econômica Paulista – PAEP Área Administração Pública –Pesquisa Municipal Unificada - PMU –Relação de Nomes e Cargos Atividades Estruturantes

10 Levantamentos a partir de registros administrativos Secretarias estaduais Órgãos federais Cartórios de registro civil e Datasus (Estatísticas vitais): Concessionárias de serviços públicos Atividades Estruturantes

11 Indicadores Específicos –Projeções Populacionais para Municípios –Taxas de Mortalidade –Fecundidade –Estimativas de Produto Interno Bruto PIB Estadual (parceria com IBGE) PIB Municipal (parceria com IBGE) PIB Trimestral (metodologia própria)

12 Pesquisas primárias Área Social –Pesquisa de Vitimização (parceria com a Secretaria de Segurança Pública) Área Econômica –Pesquisa de Conjuntura das Micro e Pequenas Empresas (parceria com Sebrae) Área Administração Pública –Guia de Serviços Públicos - sítio do cidadão (parceria com a Secretaria de Gestão Pública) Parcerias

13 Indicadores de diagnóstico e priorização Índice Paulista de Responsabilidade Social – IPRS Parceiro: Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo; Objetivo: identificar o estágio de desenvolvimento dos 645 municípios paulistas; Dimensões: renda, escolaridade e longevidade. Parcerias

14 2002 Fonte: Fundação SEADE. Índice Paulsita de Responsabilidade Social - IPRS. IPRS

15 Índice de Vulnerabilidade Juvenil (IVJ) Parceiro: Secretaria Estadual de Cultura - programa Fábricas de Cultura no município de São Paulo; Objetivo: instrumento auxiliar na escolha de áreas de intervenção do programa, que identificar dentre os 96 distritos da cidade aqueles que apresentavam os maiores níveis de vulnerabilidade juvenil; Informações utilizadas: mortes de jovens, homens, por homicídio, maternidade na adolescência e proporção de jovens que não freqüentam escola. Parcerias Indicadores de diagnóstico e priorização

16 Índice Paulista de Vulnerabilidade Social - IPVS –Parceiro: Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo; – Objetivo: identificar áreas intramunicipais com grande concentração de famílias pobres. Instrumento auxiliar na focalização de programas de transferência de renda; –Fonte dos Dados: Censo Demográfico 2000; –Unidade de Área: Setor Censitário 2000 (agrupamento contíguo de aproximadamente 300 domicílios, independentemente do porte populacional do município onde se localizam). Parcerias Indicadores de diagnóstico e priorização

17 Índice Paulista de Vulnerabilidade Social - IPVS Informações utilizadas: Escolaridade alfabetização do chefe do domicílio responsáveis pelo domicílio com ensino fundamental completo anos médio de estudo do responsável pelo domicílio Renda rendimento médio do responsável pelo domicílio rendimento até 3 s.m. do responsável pelo domicílio Características demográficas responsável pelo domicílio com idade entre 10 e 29 anos idade média do responsável pelo domicílio crianças de 0 a 4 anos no total da população Parcerias Indicadores de diagnóstico e priorização

18 Programas em diferentes estágios de implantação Programas com diferentes focos de atuação Necessidade de informações Objetivos do programa Mecanismos de implantação Público-alvo do programa Técnicas de coleta e execução de pesquisas Sistematização de registros administrativos Construção de indicadores NECESSIDADES DOS GESTORESATUAÇÃO DA F. Seade Produção da Informação Qualidade Transparência Regularidade Utilidade da Informação Parcerias Metodologias de Monitoramento e Avaliação de Programas Sociais

19 Parcerias Metodologias de Monitoramento de Programas Sociais –Programa Fábricas de Cultura (SEC) –Programa Escola da Família (SEE) –Avaliação dos Indicadores de Programas Sociais do PPA (SEP)

20 Parcerias Sistemas Customizados Sistema de Informações Habitacionais (CDHU) Dados de produção habitacional Indicadores socioeconômicos municipais Projeções de domicílios Indicadores de demanda e déficit habitacional Sistema de Informações Estatísticas e Gerenciais do Ministério Público Indicadores socioeconômicos municipais Indicadores de segurança pública Indicadores do Judiciário

21 Atividades estruturantes Disseminação de Informações Diretrizes: Gratuidade e garantia de acesso democrático; Disponibilização de todo o acervo recente de informações da Fundação Seade; Internet como principal instrumento da disseminação; Pesquisa e desenvolvimento permanente de novas soluções para disseminação; Transferência de Tecnologia e Compartilhamento de Soluções (IPARDES, IPES e SSP).

22 Atividades estruturantes Disseminação de Informações Organização da Informação Elaboração de Índices de Assunto Indexação de variáveis utilizando-se a linguagem documentária (escolha de termos que remetem a assuntos da mesma natureza nos diferentes sistemas) Metadados (Definições, Fontes e Notas)

23 Atividades estruturantes Disseminação de Informações Sistemas de Recuperação e Acesso às Informações Pré-estruturados Anuário Estatístico do Estado de São Paulo Município de São Paulo Indicadores de Desigualdade Racial – IDR Dinâmicos Informações dos Municípios Paulistas – IMP Sistemas de Agregação de Microdados – PAEP, MRC e PED Ferramentas auxiliares Mapas e gráficos dinâmicos

24 Parcerias Disseminação de Informações Sistemas de Recuperação e Acesso às Informações Sítios e produtos Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) cidadao.sp (Secretaria de Gestão Pública) investimentos.sp (Imesp) Atlas de competitividade (Fiesp/Secretaria de Desenvolvimento)

25 Disseminação de Informações (atividades estruturantes) Atendimento e Serviços aos Usuários 1) Atendimentos (2006) Presencial3.411 Telefone Chat Biblioteca 333 Total ) Internet Visitas Externas: (média mensal em 2007)

26 Disseminação de Informações (atividades estruturantes) Acesso às informações


Carregar ppt "Produção e Disseminação de Informações Fundação Seade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google