A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Escola Bíblica Dominical 1T14 Estudo do 2º livro do Pentateuco O livro de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Escola Bíblica Dominical 1T14 Estudo do 2º livro do Pentateuco O livro de."— Transcrição da apresentação:

1 Escola Bíblica Dominical 1T14 Estudo do 2º livro do Pentateuco O livro de

2 Neste 1T14 estamos dando sequência à nossa matriz curricular estudando nas revistas do currículo da CBB, o segundo livro da Bíblia: O Livro de Êxodo

3 1T14 – O livro de Êxodo Estudo 12 Farão um tabernáculo para que eu habite no meio deles Texto bíblico: Êxodo 36; 37; 38 Texto áureo: Êxodo 36.6,7 Pelo que Moisés deu ordem a todo o arraial... Dizendo: Nenhum homem nem mulher faça mais obra alguma para a oferta alçada do santuário. Assim o povo foi proibido de trazer mais. Porque o material que tinham era bastante para toda a obra, e ainda sobejava

4 Introdução I Muitas vezes temos a impressão de que alguns textos bíblicos são repetitivos. Da leitura que faremos esta semana pode ficar esta impressão. Tudo que leremos, de 36 a 39, parece já ter sido lido em 25 a 30. A grande diferença é que enquanto no primeiro momento foi apenas a descrição que o Senhor fazia para Moisés de como desejava que o seu tabernáculo fosse construído e de como deveria revestir-se o sacerdócio que instituía, agora é a exposição de como esses trabalhos foram feitos pelo povo de Israel sob o comando de Bezaleel e Aoaliabe. O destaque do texto de hoje fica, mais uma vez, para a disposição com que o povo de Israel se lançou à obra.

5 Introdução II Fazendo as leituras destes 3 capítulos, deve impressionar-nos algo. Chamo a atenção de todos para um fato que, talvez, não tenha sido devidamente meditado por nós ainda. Façam a leitura cuidadosa e verifiquem: - Estamos diante de um dos textos mais proativos da Palavra de Deus. Impressionante, o que lemos aqui: - No capítulo 36, pelo menos 26 vezes, a expressão "fizeram" está registrada. - No capítulo 37, pelo menos 24 vezes, a expressão no singular aparece - fez, referindo-se ao líder da obra. - No capítulo 38, pelo menos mais 12 vezes o fez se repete. Ou seja, 62 vezes !

6 A nossa vida foi-nos dada pelo Senhor para a realização. Para a criação. Para a ação. Não podemos desperdiçá-la. De acordo com os nossos atributos pessoais e aptidões profissionais, cada um de nós tem um potencial a cumprir, uma missão a desempenhar. Foi assim com os homens e mulheres de Israel diante da caminhada no deserto e da obra a ser feita: "Assim todos os homens hábeis, dentre os que trabalhavam na obra, fizeram o tabernáculo." Ex 36.8 In tro du ção III Vejam a ordem do povo de Deus em torno do tabernáculo (Ex Nm 2.2)

7 Êxodo Assim trabalharam Bezaleel e Aoliabe, e todo homem hábil, a quem o Senhor deu sabedoria e entendimento, para saberem exercer todo ofício para o serviço do santuário, conforme tudo o que o Senhor tem ordenado. 2 Então Moisés chamou a Bezalel e a Aoliabe, e a todo homem hábil, em cujo coração Deus tinha posto sabedoria, isto é, a todo aquele cujo coração o moveu a se chegar à obra para fazê-la; 3 e receberam de Moisés toda a oferta alçada, que os filhos de Israel tinham do para a obra do serviço do santuário, para fazê-la; e ainda eles lhe traziam cada manhã ofertas voluntárias. 4 Então todos os sábios que faziam toda a obra do santuário vieram, cada um da obra que fazia, 5 e disseram a Moisés: O povo traz muito mais do que é necessário para o serviço da obra que o Senhor ordenou se fizesse. 6 Pelo que Moisés deu ordem, a qual fizeram proclamar por todo o arraial, dizendo: Nenhum homem, nem mulher, faça mais obra alguma para a oferta alçada do santuário. Assim o povo foi proibido de trazer mais. 7 Porque o material que tinham era bastante para toda a obra, e ainda sobejava. Êxodo O que acontece na hora do início da obra é algo notável. O povo ofertou mais que o necessário. O desejo de ter o Senhor no meio deles era enorme. O povo assim contribuiu com prodigalidade. Será que hoje podemos esperar algo assim em nossas igrejas?

8 8 Assim todos os homens hábeis, dentre os que trabalhavam na obra, fizeram Fizeram laçadas de azul... assim, também fizeram na orla da 12 Cinqüenta laçadas fizeram na orla de uma cortina Também fizeram cinqüenta Fizeram também cortinas; onze cortinas fizeram. 17 Fizeram cinqüenta Fizeram também cinqüenta 19 Fizeram para a tenda Também fizeram, de madeira de acácia assim fizeram com todas as tábuas do tabernáculo Assim, pois, fizeram para o sul e fizeram quarenta bases de prata Também para o lado que dá para o norte, fizeram Para o lado posterior que dá para o ocidente, fizeram seis E para os dois cantos, fizeram mais duas tábuas. 29 Por baixo eram duplas,... assim fizeram nos dois cantos Fizeram também travessões Fizeram que o travessão E de ouro fizeram as suas argolas 35 Fizeram então o véu de azul, púrpura, carmesim e linho fino torcido; com querubins, obra de artífice, o fizeram. 36 E fizeram-lhe quatro colunas de madeira de acácia e as cobriram de ouro; e seus colchetes fizeram de ouro; e fundiram-lhes quatro bases de prata. 37 Fizeram também para a porta da tenda um reposteiro de azul, púrpura, carmesim e linho fino torcido, obra de bordador, 38 com as suas cinco colunas e os seus colchetes; e de ouro cobriu os seus capitéis e as suas faixas; e as suas cinco bases eram de bronze. Êxodo A disposição do povo de Deus para a obra que iria realizar está claramente manifesta nas 26 vezes em que um verbo foi aplicado na descrição bíblica: - o verbo fazer!

9 Êxodo Fez também Bezalel a arca de madeira de acácia... fez-lhe uma moldura de ouro ao redor... 4 Também fez varais de madeira de acácia... 6 Fez também um propiciatório de ouro puro... 7 Fez também dois querubins de ouro; de ouro batido os fez nas duas extremidades do propiciatório... 8 fez os querubins nas duas extremidades dele Fez também a mesa de madeira de acácia e fez-lhe uma moldura de ouro ao redor. 12 Fez-lhe também ao redor uma guarnição... e ao redor na guarnição fez uma moldura de ouro Fez também estes varais de madeira E de ouro puro fez os utensílios Fez também o candelabro de ouro puro.; de ouro batido fez o candelabro assim se fez com os seis braços que saíam do candelabro e assim se fez para os seis braços que saíam da haste Também de ouro puro lhe fez as lâmpadas De um talento de ouro puro fez o candelabro De madeira de acácia fez o altar do incenso; 26 e fez-lhe uma moldura de ouro ao redor. 27 Fez-lhe também duas argolas de ouro 28 E os varais fez de madeira de acácia Também fez o óleo sagrado da unção, e o incenso aromático, puro, qual obra do perfumista. Êxodo Também o artífice mor e o líder da obra, Bezaleel, demonstrou sua atitude proativa como podemos ler no texto do capítulo 37, com 24 expressões do mesmo verbo na primeira pessoa do singular.

10 Êxodo Fez também o altar do holocausto... 2 E fez-lhe pontas nos seus quatro cantos... 3 Fez também todos os utensílios do altar... 4 Fez também para o altar... 6 E fez os varais de madeira de acácia... fê-lo oco, de tábuas. 8 Fez também a pia de bronze... 9 Fez também o átrio Fez, pois, Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, tudo quanto o Senhor tinha ordenado a Moisés; 23 e com ele Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, gravador, desenhista, e bordador em azul, púrpura, carmesim e linho fino Mas dos mil setecentos e setenta e cinco siclos, fez colchetes para as colunas, e cobriu os seus capitéis e fez-lhes as faixas. 29 E o bronze da oferta foi setenta talentos e dois mil e quatrocentos siclos. 30 Dele fez as bases da porta da tenda da revelação, o altar de bronze, e o crivo de bronze para ele, todos os utensílios do altar, 31 as bases do átrio ao redor e as bases da porta do átrio, todas as estacas do tabernáculo e todas as estacas Êxodo O último capítulo descreve o que os dois artífices Bezaleel e Aoaliabe, fizeram com as ofertas recebidas, numa verdadeira prestação de contas do projeto (12 vezes). De forma aproximada e resumida os pesos e medidas eram: (Talento = 30 quilos; Côvado = 45 cms. Siclo = 13 gramas).

11 Conclusão I Para pensar e refletir diante do exemplo de ação do povo de Deus no deserto: Vivemos uma época de inação por parte de muitas pessoas. Na escola, no trabalho, na igreja, muitas pessoas capazes, inclusive, estão se acomodando às situações existentes, sem buscarem novos empreendimentos, sem abrirem suas mentes para a criatividade ou a operosidade. Tornam-se inativas, sem entusiasmo e sem alegria em realizar algo, dedicando-se à monotonia, cada uma delas, de seu dia-a-dia enfadonho e melancólico.

12 Conclusão II Com isto, estamos assistindo à formação de uma geração de "observadores da vida". Não interferem nela, não procuram melhorá-la, realizar algo, empreender uma pequena tarefa que seja, em busca de melhoria ou de progresso. São aqueles que estão na vida apenas para ir "à janela, para ver a banda passar". Como dizia ainda a antiga música popular tão melódica e verdadeira em sua mensagem negativa, são aqueles que "estão à-toa na vida".

13 Conclusão III Que tais como o povo de Deus daquela época, sejamos encontrados "fazendo'" algo. Não inativos ou ociosos. Não "à-toa na vida, vendo a banda passar", mas na arena de nossa lida diária, lutando, buscando, fazendo e, principalmente, orando.


Carregar ppt "Escola Bíblica Dominical 1T14 Estudo do 2º livro do Pentateuco O livro de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google