A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As maravilhas da Antiguidade. O Nilo Segundo o historiador grego Heródoto (484- 420 a.C.), o Egito é uma dádiva do Nilo. As chuvas sazonais causavam.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As maravilhas da Antiguidade. O Nilo Segundo o historiador grego Heródoto (484- 420 a.C.), o Egito é uma dádiva do Nilo. As chuvas sazonais causavam."— Transcrição da apresentação:

1 As maravilhas da Antiguidade

2

3 O Nilo Segundo o historiador grego Heródoto ( a.C.), o Egito é uma dádiva do Nilo. As chuvas sazonais causavam enchentes que depositavam húmus nas margens favorecendo a agricultura e pecuária; também fornecia água fresca, peixes, aves aquáticas, além de servir para o transporte e o comércio.

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17 Sacerdotes Os sacerdotes tinham enorme prestígio e poder, tanto espiritual como material, pois administravam as riquezas e os bens dos grandes e ricos templos. Eram também sábios guardadores dos segredos das ciências e dos mistérios religiosos relacionados aos inúmeros deuses egípcios.

18 Provenientes das famílias ricas e poderosas, aprendiam a ler e a escrever e se dedicavam a registrar, documentar e contabilizar todas as atividades da vida.

19 Artesãos e Comerciantes Os artesãos trabalhavam especialmente para os reis, para a nobreza e para os templos. Faziam peças de adorno, utensílios, estatuetas, máscaras funerárias. Trabalhavam muito bem com madeira, cobre, bronze, ferro, ouro e marfim. Os comerciantes dedicavam-se ao comércio em nome dos reis e nobres ou em nome próprio, comprando, vendendo ou trocando produtos com outros povos.

20 Camponeses Os camponeses formavam a maior parte da população. Os trabalhos dos campos eram organizados e controlados pelos funcionários do faraó, pois todas as terras pertenciam ao Estado.

21

22 Escravidão Os escravos eram, na maioria, selecionados entre os vencidos nas guerras. Foram duramente forçados ao trabalho nas grandes construções e em várias outras atividades do Império.

23

24 Lenda A figura do leão era tida como um guardião dos lugares sagrados, assumindo as características de um protetor unido ao corpo do Deus Sol Aton, simbolizado através das seguintes inscrições: Eu protejo a capela do teu túmulo. Eu guardo tua câmara mortuária. Eu mantenho afastado os intrusos. Eu jogo os inimigos no chão e suas armas com eles. Eu expulso o perverso da capela do sepulcro. Eu destruo os teus adversários em seus esconderijos, bloqueando-os para que não possam mais sair.

25

26

27

28

29

30

31

32

33

34 Soldados talhados em madeira

35

36

37 Anúbis, Thot, Hórus e Osíris

38

39

40

41

42

43 Em 332 a. C Alexandre, o Grande dominou o Egito

44 O Egito tornou-se província do Império Romano em 30 a.C.

45

46

47

48 Cleópatra Cleópatra foi a última Rainha da Dinastia Ptolomaica que dominou o Egito após a Grécia ter invadido aquele país. Filha de Ptolomeu XII com sua irmã, ela subiu ao trono egípcio aos 17 anos de idade, após a morte do pai. Contudo, ela teve que dividir o trono com seu irmão, Ptolomeu XIII (com quem casou), e depois, com Ptolomeu XIV. Foi amante também do governador romano Marco Antônio.

49

50

51

52

53

54


Carregar ppt "As maravilhas da Antiguidade. O Nilo Segundo o historiador grego Heródoto (484- 420 a.C.), o Egito é uma dádiva do Nilo. As chuvas sazonais causavam."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google