A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNIVERSIDADE DE LISBOA Instituto de Educação Projecto de Doutoramento na especialidade de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Co-orientado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNIVERSIDADE DE LISBOA Instituto de Educação Projecto de Doutoramento na especialidade de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Co-orientado."— Transcrição da apresentação:

1 UNIVERSIDADE DE LISBOA Instituto de Educação Projecto de Doutoramento na especialidade de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Co-orientado por: Prof. Doutor Pedro Guilherme Rocha dos Reis Prof. Doutor João Filipe Lacerda Matos Projecto de Doutoramento na especialidade de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Co-orientado por: Prof. Doutor Pedro Guilherme Rocha dos Reis Prof. Doutor João Filipe Lacerda Matos Cidália Marques

2 2 Problemática

3 Pertinência do estudo Iniciativa e-escolinha: Massificação de equipamentos - Investimento no Pré- Escolar Integração Curricular das TIC – um desafio PTE - Certificação de Competências TIC (digitais e pedagógicas)

4 4

5 A importância das TIC na Sociedade da Informação Foram-se construindo as bases para uma revolução que está a provocar grandes mutações na sociedade. Assente sobretudo na utilização da informática e das telecomunicações, deu-se uma revolução na forma como se produz a informação e a comunicação o que, consequentemente, influenciou todos os aspectos da sociedade (Morin, 2000). As crianças de hoje crescem nesta realidade. Não pensam, não agem do mesmo modo que as crianças nascidas há 20 anos. Desenvolvem capacidades e formas de aprender necessariamente diferentes das que eram desenvolvidas numa sociedade sem recurso a estas tecnologias

6 A escola contemporânea e os desafios que enfrenta O seu papel na mudança de práticas

7 Fino e Sousa (2005) As TIC são portadoras de potencialidades que podem mudar a face da escola. Porque permitem novos contextos de aprendizagem, nomeadamente com recurso à simulação e criação de ambientes virtuais. Podem correr programas de natureza transdisciplinares que contribuem várias áreas disciplinares. Ponte (1997) De acordo com Ponte (1997). As tecnologias não conseguem por si só induzir uma determinada pedagogia, mas podem ser colocadas ao seu serviço. Questões como a organização da sala de aula e do currículo e metodologias utilizadas pelo professor, envolvimento do professor em processos de reflexão sobre a sua acção e mudança de atitudes são cruciais.

8 8 De acordo com Ponte (1997). A realidade é que a introdução desta tecnologia tem duas vertentes essenciais: a tecnológica e a pedagógica. A segunda é o principal entrave à mudança de práticas educativas.

9 Aspectos Pedagógicos Colaboração e trabalho em rede Aspectos técnicos Costa et al, (2009), Moreira e Loureiro (2009) e Matos e Pedro (2009)

10

11 A Favor (Alarcão 2002, Moreira e Loureiro, 2009 ePTE, 2007)) Formação contínua é centrada no desenvolvimento global da organização em que o professor está inserido e não apenas no seu desenvolvimento pessoal. Certificação em competências TIC iniciada pelo Ministério da Educação - ênfase na mudança de práticas e não apenas nas ferramentas. Distribuição de computadores aos alunos (1ºciclo) e colocação de computadores nos jardins de infância pelas autarquias Resistências Cuban, (2001), Costa (2007) e Miranda 2007 Inexistência de técnicos disponíveis para a resolução de problemas pontuais. Necessidade de investimento pelos professores na criação de novas actividades problemas na utilização de software, e desadequação do software disponível ao currículo Conexões lentas à Internet Falta de tempo para os professores realizarem uma efectiva mudança Confusão sobre o uso a dar à tecnologia em contexto educativo Diversidade de softwares (incapacidade dos professores em se manterem actualizados) A integração das TIC na sala de aula (contexto português actual)

12 12 Investigação A investigação-acção considera o processo de investigação em espiral com ciclos de planificação, acção, observação e reflexão (Cortesão e Stoer,2001)

13 13 Metodologia - Objectivos da Investigação

14 14 Público alvo Pré-escolar e 1º ciclo – direcção considerou serem os ciclos onde se verificam dificuldades significativas na integração das TIC Confirmação nos resultados dos estudo preliminar realizado Educadores/professores referem como insuficientes as competências digitais mas dão ênfase às lacunas nas competências pedagógicas. Insuficientes competências na utilização das tecnologias como ferramentas privilegiadas (Projecto de Intervenção do Director)

15 15 Fases da investigação Caracterizar a utilização das TIC Fazer o levantamento de necessidades formativas Identificar dificuldades de integração curricular das TIC Caracterizar o perfil de competências TIC de cada docente Implementar um processo de desenvolvimento pessoal e profissional Acompanhar e apoiar o desenvolvimento do processo Avaliar o processo

16 16 Recolha de dados 1 Análise SWOT (Realização de entrevistas, análise de documentos, realização de questionários e observação de aulas) 2 Análise dos portefólios dos professores Observação directa Grelhas de registo Recolha de imagens e vídeo 3 Análise dos trabalhos dos alunos Entrevistas a alunos

17

18

19 19 Cronograma MOMENTOS ACTIVIDADES Revisão da literatura Redacção do projecto de tese Estudo Prévio (Construção dos questionários – educadores/professores, aplicação e análise) Análise documental Selecção de Participantes na iniciativa de desenvolvimento pessoal e profissional Concepção da iniciativa de desenvolvimento pessoal e profissional e construção do guião das entrevistas semi- estruturadas (educadores/professores) e realização das entrevistas 1ª entrevista (caracterização) Desenvolvimento da iniciativa de Formação e acompanhamento e supervisão em contexto de sala de aula

20 MOMENTOS ACTIVIDADES ª entrevista (final) Análise de portefólio da formação Realização de entrevistas a alunos, coordenador do Conselho de docentes e elementos do órgão de gestão Tratamento e análise dos dados Conclusões e escrita da versão final do estudo Redacção da tese Publicação de artigos Construção de Página(as) com conteúdos elaborados pelos educadores/professores e alunos Cronograma

21


Carregar ppt "UNIVERSIDADE DE LISBOA Instituto de Educação Projecto de Doutoramento na especialidade de Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação Co-orientado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google