A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (SST) POR MEIO DA IDENTIFICAÇÃO DO ABSENTEÍSMO, COM BASE NOS DADOS OBTIDOS DE UMA POPULAÇÃO URBANA Aluna: Sylvia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (SST) POR MEIO DA IDENTIFICAÇÃO DO ABSENTEÍSMO, COM BASE NOS DADOS OBTIDOS DE UMA POPULAÇÃO URBANA Aluna: Sylvia."— Transcrição da apresentação:

1 GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (SST) POR MEIO DA IDENTIFICAÇÃO DO ABSENTEÍSMO, COM BASE NOS DADOS OBTIDOS DE UMA POPULAÇÃO URBANA Aluna: Sylvia Regina Trindade Yano Orientadora: Dra. Emília Satoshi Miyamaru Seo Exame de defesa apresentado ao Centro Universitário SENAC São Paulo, 10/05/10 Banca Examinadora: Dra. Emília Satoshi Miyamaru Seo; Dra. Renata Paparelli Dr. Dorival Barreiros acabei de defender minha dissertaçao de mestrado ontem IDENTIFICAÇÃO DO ABSENTEÍSMO, COM BASE NOS DADOS OBTIDOS DE UMA POPULAÇÃO URBANA Sylvia Yano Mestre em gestão integrada saúde do trabalho e meio ambiente Dra. Prof. Vilma Santana

2 PROBLEMA: Falta ao trabalho – absenteísmo laboral condições de vida – questões sócio-culturais condições de saúde do trabalhador condições do trabalho – provenientes da empresa indicador das relações de trabalho (BULHÕES, 1998; COUTO, 1987; CHIAVENATO, 1994; ALVES, 1994; ANSELMI et al., 1997; BENAVIDES et al., 2001)

3 OBJETIVO: identificar a prevalência do absenteísmo laboral causado por problemas de saúde: faltas causadas por doenças em geral + faltas decorrente ou agravadas por problemas laborais População urbana do Brasil – região metropolitana de Salvador - Bahia

4 OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Estimar a prevalência do absenteísmo em uma população urbana; Identificar diferenças dos trabalhadores da indústria manufatureira (construção, transformação, comunicação, serviços elétricos e telemarketing) em relação aos que trabalham nos demais setores produtivos quanto aos fatores sociodemográficos, estilo de vida, situação ocupacional e fatores de risco/doenças; Verificar se existe diferença na distribuição do absenteísmo entre os trabalhadores da indústria manufatureira e os que trabalham em outros setores produtivos; Identificar quais são os fatores associados ao absenteísmo ocorrido nos trabalhadores da indústria manufatureira;

5 Figura 1 – Causas do absenteísmo. Fonte: Quick e Lapertosa (1982) modificado pela autora do trabalho..

6 Projeto Acidentes - estudo de coorte realizado entre 2000 e 2008 para estimar incidência de acidentes de trabalho não-fatais, e fatores associados ao trabalho informal na cidade de Salvador. (Coord. Prof a. Dra. Vilma Santana, UFBA/ISC-PISAT) Desenho do estudo – coorte (fase basal em 2000) População – todos os residentes em Salvador Amostra – conglomerado aleatório Coleta de dados – questionários, entrevistas individuais Ética em pequisa – todos os participantes assinaram Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Foram acatados todas as recomendações da Res196/1996 CONEP/CNS

7 POPULAÇÃO DO ESTUDO Critério para definição da população do estudo: a)Trabalhadores remunerados (formal + informal); b)Idade de 16 a 65 anos; c)Falta ao trabalho no último ano indivíduos indivíduos indivíduos indivíduos indivíduos POPULAÇÃO POPULAÇÃO DO ESTUDO POPULAÇÃO POPULAÇÃO DO ESTUDO

8 VARIÁVEIS UTILIZADAS características sócio demográficas: sexo, idade, cor da pele, nível socioeconômico, escolaridade, estado civil e se tinha filhos. características ocupacionais: horas de trabalho/dia, rotatividade no último ano, formalidade do vínculo, percepção ocupação como perigosa, acidente de trabalho, dupla jornada, treinamento ocupacional. sintomas e eventos: nível de saúde auto percebida, sintomas respiratórios; fatores de risco à saúde (sobrepeso, hábito de fumar, consumo de bebida alcoólica). variáveis preditoras: faltas ao trabalho por problemas de saúde, se esses problemas eram causados pelo trabalho, ou se agravados pelo trabalho, ou ainda se não tinham relação alguma com o trabalho. INSTRUMENTO DE ESTUDO - questionários do ano de 2000

9 I - Prevalência de Faltas ao Trabalho (todos os setores ecoômicos): faltas ao trabalho por doença – 13,5% faltas ao trabalho por doença causada pelo trabalho – 4,8% faltas ao trabalho por doença agravada pelo trabalho – 3,8% faltas ao trabalho por doença não relacionada ao trabalho – 8,7% RESULTADOS II - Trabalhadores da Indústria X Outros Setores – dados significantes estatistic. variáveis preditoras não existe diferença entre indústria e demais setores. 8,6%

10 II – Fatores associados à faltas ao trabalho – na indústria percepção atividade perigosa pouca saúde acidentes de trabalho sexo masc. negro sentir-se infeliz Falta trabalho por doença limitrofe percepção atividade perigosa pouca saúde acidentes de trabalho dupla jornada dificuldade respirar Falta trabalho por doença causada pelo trabalho limitrofe

11 II – Associações em Trabalhadores da Indústria e Faltas ao Trabalho pouca saúde acidentes de trabalho percepção atividade perigosa Falta trabalho por doença agravada pelo trabalho limitrofe treinamento ocupacional pouca saúde sentir-se infeliz Falta trabalho por doença não relacionada ao trabalho

12 EMPRESA DEVE DESENVOLVER GESTÃO INTEGRADA QUE PROMOVA UM AMBIENTE DE TRABALHO SAUDÁVEL E SEGURO Bom para: A saúde mental, física e social de todos os trabalhadores; A produtividade e o sucesso da empresa A sustentabilidade A melhoria contínua RECOMENDAÇÕES: Fonte:WHO, Genebra, 2009.

13 Physical Work Environment Health Promotion Enterprise Community Environment Psychosocia l Work Environment Ambiente psicossocial do trabalho Ambiente físico do trabalho Ambiente comunitário da empresa Apoio pessoal na saúde Mobilizar Reunir Diagnostic ar Priorizar Planejar Fazer Avaliar Melhorar Compromisso Gestão Envolvimento do trabalhador Compromisso Gestão Envolvimento do trabalhador Etica & Valores Etica & Valores Modelo WHO/ OMS de Ambiente de Trabalho Saudável : Caminhos de Influência, Processo e Princípios Fonte:WHO, Genebra, 2009.

14 ABSENTEÍSMO é evidência indicador das relações de trabalho (BULHÕES, 1998; COUTO, 1987; CHIAVENATO, 1994; ALVES, 1994; ANSELMI et al., 1997; BENAVIDES et al., 2001) ; indicador das condições do ambiente físico de trabalho; indicador das condições do ambiente psicossocial do trabalho; indicador das condiçoes de saúde do trabalhador;

15 CONCLUSÃO: Política humanizada de produção; Redução dos perigos e riscos no ambiente de trabalho; Promoçao da saúde do trabalhador; Relações de trabalho e ritmos de trabalho saudáveis; Reduçao do absenteísmo. TRABALHADOR SAUDÁVEL - EMPRESA SAUDÁVEL

16 GRACIAS


Carregar ppt "GESTÃO DA SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO (SST) POR MEIO DA IDENTIFICAÇÃO DO ABSENTEÍSMO, COM BASE NOS DADOS OBTIDOS DE UMA POPULAÇÃO URBANA Aluna: Sylvia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google