A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CICLO VIRTUOSO DA CIÊNCIA BRASILEIRA E O PAPEL DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA JORGE A. GUIMARÃES -

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CICLO VIRTUOSO DA CIÊNCIA BRASILEIRA E O PAPEL DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA JORGE A. GUIMARÃES -"— Transcrição da apresentação:

1 CICLO VIRTUOSO DA CIÊNCIA BRASILEIRA E O PAPEL DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA JORGE A. GUIMARÃES -

2 CICLO CULTURAL PARA O CONSUMO DE CIÊNCIA Alimentação do Sistema Demandas do Sistema PATENTES PRODUÇÃO CIENTÍFICA SISTEMA EDUCACIONAL CONHECIMENTO TECNOLÓGICO SETOR INDUSTRIAL CIÊNCIA BÁSICA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PRODUTOS ALTA TECNOLOGIA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PATENTES

3 PRODUÇÃO CIENTÍFICA SISTEMA EDUCACIONAL CONHECIMENTO TECNOLÓGICO SETOR INDUSTRIAL CIÊNCIA BÁSICA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PRODUTOS ALTA TECNOLOGIA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PATENTES BLOQUEIOS NO CICLO CULTURAL PARA O CONSUMO DE CIÊNCIA Alimentação do Sistema Demandas do Sistema Bloqueio Acentuado Bloqueio Parcial PATENTES PRODUÇÃO CIENTÍFICA SISTEMA EDUCACIONAL CONHECIMENTO TECNOLÓGICO SETOR INDUSTRIAL CIÊNCIA BÁSICA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PRODUTOS ALTA TECNOLOGIA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PATENTES BLOQUEIOS NO CICLO CULTURAL PARA O CONSUMO DE CIÊNCIA Alimentação do Sistema Demandas do Sistema Bloqueio Acentuado Bloqueio Parcial

4 SISTEMA EDUCACIONAL E DE C&T NO BRASIL I. UNIVERSIDADES - UFPR: UFRJ: USP: ALGUMAS: ANTES DE CERCA DE 50 ANOS - VÁRIAS: DEPOIS DE MENOS DE 50 ANOS - UNB - UNICAMP - UFSC II. ALGUMAS FACULDADES ISOLADAS - ANTES DE 1900 III. INSTITUTOS DE PESQUISA:

5 CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA INDEXADA Fonte: Web of Science: (ISI) Science Indicators (ISI) - CD-Room

6 Fonte: Science Indicators - (ISI) / CD- Room Web of Science - (ISI) NÚMERO DE PUBLICAÇÕES BRASILEIRAS INDEXADAS (ISI) POR ANO

7 PRODUÇÃO CIENTÍFICA: PAÍSES MAIS PRODUTIVOS DA AMÉRICA LATINA

8 CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO POR ÁREA CIENTÍFICA DO BRASIL E DO MUNDO: PERÍODO

9 CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA EM RELAÇÃO AO MUNDO

10 * World Bank ** Science Indicators - (ISI) - CD-Room WORLD TOP-TEN COUNTRIES BY ECONOMIC SIZE. COMPARISON WITH THEIR POPULATION AND SCIENTIFIC PRODUCTION

11 PRODUÇÃO CIENTÍFICA: 1981 E 2001 AMÉRICA LATINA E PAÍSES MAIS PRODUTIVOS. COMPARAÇÃO COM CORÉIA DO SUL

12 SCIENTIFIC PRODUCTION: GERMANY X BRAZIL

13 GROWING PRODUCTION: BRAZIL X GERMANY X WORLD BRAZIL X GERMANY X WORLD

14 BRAZILIAN SCIENTIFIC PRODUCTION IN THE PERIOD , RANKED BY ITS GROWING FACTOR IN SELECTED AREAS Source: Science Indicators - Institut for Scientific Information (ISI) - Philadelphia - USA (2001)

15 PRODUÇÃO CIENTÍFICA POR ÁREA DO CONHECIMENTO BRASIL:

16 TABELA 1A. BRASIL: PRODUÇÃO CIENTÍFICA (ISI )

17 Fonte: Indicators Institute for Scientific Information (ISI), Philadelphia, USA. TABELA 1B. BRASIL: PRODUÇÃO CIENTÍFICA (ISI )

18 TABELA 2A. PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA NAS ÁREAS COM COMPONENTE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

19 TABELA 2B. PRODUÇÃO CIENTÍFICA BRASILEIRA NAS ÁREAS COM COMPONENTE DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

20

21 MESTRADO

22 DOUTORADO

23

24

25 UM ESTUDO SOBRE O PIBIC NÚCLEO DE ESTUDOS SOBRE ENSINO SUPERIOR/ UnB JACQUES VELLOSO 2001

26 CNPq - DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) POR REGIÃO ANO 2002

27 CNPq - DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) POR UNIDADE DA FEDERAÇÃO- ANO 2002

28 (Continuação)

29 CNPq - DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) POR INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR ANO 2002

30 CNPq - DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA (PIBIC) POR INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR ANO 2002 (CONTINUAÇÃO)

31 PIBIC - DISTRIBUIÇÃO NACIONAL DOS ORIENTADORES E BOLSISTAS POR GRANDE ÁREA DO CONHECIMENTO PERÍODO: AGOSTO/2001 A JULHO/2002 * Orientadores que são pesquisadores do CNPq com bolsa de produtividade em pesquisa.

32 Não participou de pesquisa Participou de pesquisa coordenada por professor Participou de pesquisa em disciplina Participou de outro tipo de pesquisa Participou em mais de um tipo de pesquisa

33 PARTICIPAÇÃO EM PESQUISA ANTES DA BOLSA PIBIC POR ÁREA DO CONHECIMENTO

34 Procurado pelo bolsista Bolsista convidado pelo orientador Outras situações

35 DEFINIÇÃO DO ORIENTADOR DA BOLSA PIBIC

36 TITULAÇÃO DO ORIENTADOR SEGUNDO DEPENDÊNCIA ADMINISTRATIVA DA INSTITUIÇÃO (%)

37 Muito importanteImportanteSem importância

38 PIBIC AJUDA PROFISSÃO NO MEIO ACADÊMICO POR DEPENDÊNCIA ADMINISTRATIVA

39 PIBIC AJUDA PROFISSÃO NO MEIO ACADÊMICO

40 Muito importante Importante Sem importância

41 PIBIC AJUDA PROFISSÃO FORA DO MEIO ACADÊMICO POR DEPENDÊNCIA ADMINISTRATIVA

42 PIBIC AJUDA PROFISSÃO FORA DO MEIO ACADÊMICO

43 TEMPO DE BOLSA PIBIC SEGUNDO REGIÃO (%)

44 PIBIC COMO FONTE DE RENDA POR DEPENDÊNCIA ADMINISRATIVA

45 ANOS GASTOS PARA INGRESSAR NO MESTRADO / BOLSA NA GRADUAÇÃO

46 BOLSA NA GRADUAÇÃO POR TEMPO GASTO PARA INGRESSO NO MESTRADO

47 DURAÇÃO DA BOLSA PIBIC POR TEMA DE PESQUISA: MESMO NO PIBIC E NO MESTRADO (%)

48 OPINIÃO SOBRE A DISPONIBILIDADE DE TEMPO PARA A ORIENTAÇÃO POR ÁREA DO CONHECIMENTO

49 OPINIÃO SOBRE O CRONOGRAMA DE APRESENTAÇÕES GERAIS DA PESQUISA POR ÁREA DO CONHECIMENTO

50 OPINIÃO SOBRE A ESTRUTURA DO CONGRESSO PIBIC POR ÁREA DO CONHECIMENTO

51 ATIVIDADE PRETENDIDA APÓS A GRADUAÇÃO

52 ANOS GASTOS PARA O INGRESSO NO MESTRADO POR BOLSA NA GRADUAÇÃO E ÁREA DO CONHECIMENTO DOS MESTRANDOS 1998

53 ANOS GASTOS PARA O INGRESSO NO MESTRADO POR BOLSA NA GRADUAÇÃO E ÁREA DO CONHECIMENTO DOS MESTRANDOS 1998 (Continuação)

54 DISTRIBUIÇÃO DAS BOLSAS PIBIC CONCEDIDAS PELO CNPq E PELA INSTITUIÇÃO DO ALUNO, POR REGIÃO, 1997

55 DISTRIBUIÇÃO DOS BOLSISTAS PIBIC E DAS MATRÍCULAS DE GRADUAÇÃO POR REGIÃO (%) Fonte: (*) CNPq / MCT, (**) SESu / MEC, 1994

56 CONDIÇÃO DOS EX-BOLSISTAS PIBIC COM BOLSA DO CNPq OU CAPES NO MESTRADO INSTITUIÇÕES ESTADUAIS

57 CONDIÇÃO DOS EX-BOLSISTAS PIBIC COM BOLSA DO CNPq OU CAPES NO MESTRADO INSTITUIÇÕES ESTADUAIS (Continuação)

58 CONDIÇÃO DOS EX-BOLSISTAS PIBIC COM BOLSA DO CNPq OU CAPES NO MESTRADO INSTITUIÇÕES FEDERAIS

59 CONDIÇÃO DOS EX-BOLSISTAS PIBIC COM BOLSA DO CNPq OU CAPES NO MESTRADO INSTITUIÇÕES FEDERAIS

60 CONDIÇÃO DOS EX-BOLSISTAS PIBIC COM BOLSA DO CNPq OU CAPES NO MESTRADO INSTITUIÇÕES FEDERAIS

61 IES PÓS- GRADUAÇÃO INICIAÇÃO CIENTÍFICA GRADUAÇÃO GRUPOS DE PESQUISA PRODUÇÃO CIENTÍFICA PRODUÇÃO TECNOLÓGICA SETOR INDUSTRIAL SOCIEDADE CICLO VIRTUOSO DA EDUCAÇÃO E DA C&T

62

63 MCT CNPq CAPES FAPES


Carregar ppt "CICLO VIRTUOSO DA CIÊNCIA BRASILEIRA E O PAPEL DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA JORGE A. GUIMARÃES -"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google