A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REFORMA PROTESTANTE rOSA MÁRCIA SIMONÁGIO GRANA. Até o início do século XVI, a Igreja conseguiu manter-se unida, utilizando seu enorme poder econômico.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REFORMA PROTESTANTE rOSA MÁRCIA SIMONÁGIO GRANA. Até o início do século XVI, a Igreja conseguiu manter-se unida, utilizando seu enorme poder econômico."— Transcrição da apresentação:

1 REFORMA PROTESTANTE rOSA MÁRCIA SIMONÁGIO GRANA

2 Até o início do século XVI, a Igreja conseguiu manter-se unida, utilizando seu enorme poder econômico e político para vencer os líderes religiosos que tentavam reformá-la. Contudo, em 1517, um monge chamado Martinho Lutero ousou discordar profundamente da doutrina católica e, em vez de ser queimado vivo como John Huss e outros, conseguiu provocar a maior ruptura já ocorrida no interior da Igreja. Este movimento iniciado por Lutero ficou conhecido como Reforma Protestante.

3 Martinho Lutero, monge agostiniano da região da saxônia, deflagrou a Reforma Protestante ao discordar publicamente da prática de venda de indulgências pelo Papa Leão X. Leão X ( ) com o intuito de terminar a construção da Basílica de São Pedro determinou a venda de indulgências (perdão dos pecados) a todos os cristãos. Lutero, que foi completamente contra, protestou com 95 proposições que afixou na porta da igreja onde era mestre e pregador. Em suas proposições condenava a prática vergonhosa do pagamento de indulgências, o que fez com que Leão X exigisse dele uma retratação pelo ato. O que nunca foi conseguido. Leão X então, excomungou Lutero que em mais uma manifestação de protesto, rasgou a Bula Papal (documento da excomunhão), queimando-a em público.

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13


Carregar ppt "REFORMA PROTESTANTE rOSA MÁRCIA SIMONÁGIO GRANA. Até o início do século XVI, a Igreja conseguiu manter-se unida, utilizando seu enorme poder econômico."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google