A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar Centralizar ou descentralizar estoques A previsão de vendas tem forte ligação com a produção, mas também.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar Centralizar ou descentralizar estoques A previsão de vendas tem forte ligação com a produção, mas também."— Transcrição da apresentação:

1

2 Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar Centralizar ou descentralizar estoques A previsão de vendas tem forte ligação com a produção, mas também mantém laços com a distribuição física. A escolha da estratégia de posicionamento dos estoques nos canais de distribuição depende da confiabilidade nos prognósticos de vendas. Quando as chances de acerto são pequenas, vale a pena considerar a hipótese de disponibilizar os produtos em um depósito central, geralmente na própria fábrica. Como saber quando e qual das lojas de uma rede precisará dispor de um determinado lote de produtos? Na maioria dos casos não é possível, ou inviável calcular. Avançar os estoques até as lojas pode ser também um grande erro, pois o repasse de uma unidade para outra caracteriza desperdício de recursos e muitas vezes é ineficiente, consumindo muito tempo e dinheiro.

3 Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar Um problema típico de distribuição envolve a decisão sobre a localização dos estoques em uma cadeia de suprimentos já existente. Em um sistema logístico que permite armazenar produtos em cada loja, em um centro de distribuição ou em apenas algumas lojas, que fazem o repasse para outras do seu grupo, como escolher o mais adequado? Calculando o custo total da operação. Isto deve considerar o custo de transporte e o custo de manter os produtos estocados. Deve-se supor que trata-se de produtos de entrega emergencial, como acontece com os repasses feitos de uma loja para outra ou de um CD para algumas lojas. As situações geralmente obedecem às mesmas regras: as entregas emergenciais feitas a partir do CD são mais caras do que as feitas pelas outras lojas. Porque as lojas pertencentes a um mesmo grupo ficam mais próximas umas das outras do que o CD. Os estoques de segurança totais são maiores quando cada loja mantém o seu próprio inventário e menores quando mantidos em um único CD. Isso não significa que necessariamente a escolha intermediária, a de repassar para as outras lojas do grupo, seja a melhor. Como muitas variáveis estão envolvidas, somente através da apuração matemática é que se pode fazer uma afirmação. Para resolver problemas desse tipo, monta-se uma tabela que apresente o somatório de todos os custos. Desta forma, fica fácil reconhecer a melhor alternativa.

4 Fábio Lavratti Exemplo Uma rede de supermercados quer saber como deve proceder com produtos de alta taxa de obsolescência, ou seja, que perdem seu valor muito rapidamente. São produtos elaborados na padaria do supermercado, se não consumidos no mesmo dia, são jogados fora. As seguintes são as opções: Manter os produtos em um centro de distribuição que fará as entregas rapidamente, quando necessário. Essas entregas custam R$ 1,00 cada. Deixar estocados os produtos de forma estratégica em algumas lojas, que farão o repasse para as outras que integram o seu grupo. Cada entrega rápida custa R$ 0,30 por unidade. Fazer com que cada loja tenha o seu próprio depósito. Naturalmente, não haverá custo com estas entregas. O nível de serviço estabelecido pela rede é de 99,5% de confiabilidade. Significando que apenas um a cada 200 pedidos não é atendido no tempo esperado. É um grande desafio, pois, os produtos têm uma durabilidade muito curta e devem ser repostos em uma velocidade muito alta. O custo diário para manter cada unidade do estoque de segurança é de R$ 3,00. Isso porque as áreas de armazenagem estão cada vez mais escassas e caras, ainda mais quando há necessidade de refrigeração e também porque algumas unidades sequer são consumidas, quando vence o prazo de validade antes de serem vendidas. A rede conta com 20 lojas e um centro de distribuição, mas pode formar 4 grupos em que uma loja atende as outras 4 integrantes da sua vizinhança. Historicamente a demanda por esses produtos é de 100 unidades por loja da rede. Como deve ser montado o sistema de distribuição física para atender as peculiaridades dessa rede de supermercados de uma forma em que o menor custo total seja praticado?

5 Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar O centro de distribuição envia os produtos para todas as lojas. Neste exemplo o conjunto é composto por 20 lojas.

6 Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar O centro de distribuição envia os produtos para as lojas maiores. A partir daí, as lojas maiores abastecerão a si mesmas e também as lojas vizinhas. Neste exemplo o conjunto é composto por 4 lojas grandes 16 lojas pequenas (total de 20).

7 Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar A loja maior mantém estoques para si mesma e para as lojas vizinhas. Neste exemplo o conjunto é composto por 5 lojas (1 grande e 4 pequenas).

8 Fábio Lavratti OpçãoCusto Manter os produtos em um Centro de Distribuição, anexo à padaria central da rede de supermercados, que fará as entregas de emergência quando necessário. Essas entregas custam R$ 1,00 cada. Deixar estocados os produtos de forma estratégica em algumas lojas, que farão o repasse para as outras que integram o seu grupo. Cada entrega custa R$ 0,30 por unidade. Fazer com que cada loja tenha o seu próprio depósito. Naturalmente, não haverá custo de entrega. Custo de enviar os produtos Número de envios por dia: Estoque em um centro de distribuição: Devem ocorrer entregas para todas as lojas. Então, 20 X 100 = envios de mercadorias por dia. Estoque em algumas lojas: São 20 lojas, mas 4 delas já receberam porque funcionam com depósitos de seu grupo. Então serão enviados para as 16 lojas restantes. A demanda diária é de 100 unidades por loja, portanto o estoque será de 16 X 100 = unidades. Estoques nas lojas: Não haverá envios. Os estoques já estão nas lojas.

9 Fábio Lavratti OpçãoEnvios Estoque em um Centro de Distribuição: Devem ocorrer entregas para todas as lojas. Então, 20 X 100 = envios de mercadorias por dia. Estoque em algumas lojas:São 20 lojas, mas 4 delas já receberam porque funcionam como depósitos de seu grupo. Então, serão enviados para as 16 lojas restantes. A demanda diária é de 100 unidades por loja, portanto, o estoque será de 16 X 100 = unidades. Estoques nas lojas:Não haverá envios. Os estoques já estão nas lojas. Custo de enviar os produtos

10 Fábio Lavratti OpçãoCusto de enviar Estoque em um Centro de Distribuição: Esse transporte custa mais, pois o depósito fica distante das lojas. São R$ 2.000,00 por dia (R$ 1,00 X 2.000). Estoque em algumas lojas:Custa R$ 0,30 para cada uma das unidades entregues. Portanto, R$ 480,00 por dia para os produtos chegarem até as lojas de destino. Estoques nas lojas:O custo é zero, porque não há entregas. Custo de enviar os produtos Custo de enviar: Estoque em um centro de distribuição: Esse transporte custa mais, pois o depósito fica distante das lojas. São 2.000,00 por dia. Estoque em algumas lojas: Custa R$ 0,30 para cada uma das unidades entregues, portanto, R$ 480,00 por dia para levar os produtos chegarem até as lojas de destino. Estoques nas lojas: O custo é zero porque não há entregas.

11 Fábio Lavratti Custo de manter os produtos Estoque de segurança: São várias as formas de se calcular o estoque de segurança, mas nem todas elas levam em consideração a confiabilidade dos estoques. Pode-se estabelecer um percentual de confiança nos estoques, quanto maior, mais estoque será exigido. Neste exemplo, 99,5%, significa que as chances de se ficar sem produtos são de 0,5 a cada 100, ou seja, 1 ocorrência a cada 200 pedidos. Pode –se calcular o estoque de segurança pela multiplicação do desvio-padrão pelo fator de segurança. O fator de segurança ( ) pode ser obtido por meio do índice de confiança nos estoques. Também pode ser encontrado com o uso de tabelas. No MS-Excel utiliza-se a função INV.NORMP(Z) para calcular o fator. Pode parecer complexo, mas o computador resolve essa parte sozinho. O fator de segurança para Z = 99,5% é igual a 2,575. O desvio padrão, quando não divulgado, é equivalente à raiz quadrada da demanda. Então: Estoque em um centro de distribuição:. Aqui o sistema tem todo o estoque somente em um local. Estoque em algumas lojas:. Neste caso são apenas 4 depósitos, então, 58 X 4 = 232. Estoques nas lojas:.Para uma rede que conta com os depósitos nas 20 lojas é 26 X 20 = 520.

12 Fábio Lavratti OpçãoEstoque de segurança Estoque em um Centro de Distribuição:Aqui o sistema tem todo o estoque somente em um local. Estoque em algumas lojas: Neste caso são apenas 4 depósitos. Então, 58 X 4 = 232. Estoques nas lojas: Para uma rede que conta com os estoques nas 20 lojas, são 26 X 20 = 520. Custo de manter os produtos

13 Fábio Lavratti OpçãoCusto do estoque de segurança Estoque em um Centro de Distribuição: 116 X R$ 3,00 = 348,00. Estoque em algumas lojas:232 X R$ 3,00 = 696,00. Estoques nas lojas:520 X R$ 3,00 = R$ 1.560,00. Custo de manter os produtos Custo do estoque de segurança: Estoque em um centro de distribuição: 116 X R$ 3,00 = 348,00. Estoque em algumas lojas: 232 X R$ 3,00 = 696,00. Estoques nas lojas: 520 X R$ 3,00 = R$ 1.560,00.

14 Fábio Lavratti OpçãoCusto total Estoque em um Centro de Distribuição: ,00 = R$ 2.348,00. Estoque em algumas lojas:480, ,00 = R$ 1,176,00. Estoques nas lojas:1.560,00. Não há custo de transporte. Custo total Custo total: Estoque em um centro de distribuição: ,00 = R$ 2.348,00. Estoque em algumas lojas: 480, ,00 = R$ 1,176,00. Estoques nas lojas: 1.560,00. Não há custo de transporte.

15 Fábio Lavratti Custo total O menor custo é o do sistema com estoque em algumas lojas. E o que acontece quando os custo de transporte começam a aumentar? Basta repetir algumas etapas de cálculo para verificar que nem tudo permanece igual. Portanto, devido à dinâmica das variáveis, nada pode ser afirmado definitivamente. O cálculo sempre se apresenta como uma ferramenta de decisão muito útil.


Carregar ppt "Fábio Lavratti Centralizar ou descentralizar Centralizar ou descentralizar estoques A previsão de vendas tem forte ligação com a produção, mas também."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google