A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BALSAS-MA2007 TELEAULAS: BALSAS-MA TUTORA: Sílvia Alencar dos Santos CRISTINA ALICE MELO FERREIRA ROMILDA CAPBODEVILA SAITO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BALSAS-MA2007 TELEAULAS: BALSAS-MA TUTORA: Sílvia Alencar dos Santos CRISTINA ALICE MELO FERREIRA ROMILDA CAPBODEVILA SAITO."— Transcrição da apresentação:

1 BALSAS-MA2007 TELEAULAS: BALSAS-MA TUTORA: Sílvia Alencar dos Santos CRISTINA ALICE MELO FERREIRA ROMILDA CAPBODEVILA SAITO

2 OFICINA PSICOPEDAGÓGICAS COMO INSTRUMENTO AUXILIAR NAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

3 JUSTIFICATIVA A auto-estima é um fator de grande influência na aprendizagem do ser humano, independente de seu nível escolar. Crianças com dificuldade de aprendizado apresentam baixo nível de auto-estima. Através de participação em oficinas psicopedagógicas a criança é capaz de recuperar sua auto-estima e consequentemente, melhorar seu processo de aprendizagem.

4 OBJETIVOS OBJETIVO GERAL Pesquisar abrangentemente a auto-estima, o modo correto de desenvolvê-la através de oficinas psicopedagógicas, bem como sua influência e contribuição no desenvolvimento da aprendizagem escolar. OBJETIVO ESPECÍFICO Evidenciar a influência da auto-estima sobre o aprendizado de crianças que demonstram dificuldades de aprendizagem;Evidenciar a influência da auto-estima sobre o aprendizado de crianças que demonstram dificuldades de aprendizagem; Despertar o prazer da aprendizagem nas crianças através da oficina psicopedagógica, superando as dificuldades de aprendizagem.Despertar o prazer da aprendizagem nas crianças através da oficina psicopedagógica, superando as dificuldades de aprendizagem. Examinar a contribuição da auto-estima para o rendimento do aluno em sala de aula.Examinar a contribuição da auto-estima para o rendimento do aluno em sala de aula. Compreender a importância da auto-estima, como auxílio para crianças com dificuldades de aprendizagem;Compreender a importância da auto-estima, como auxílio para crianças com dificuldades de aprendizagem; Reconhecer a importância da oficina psicopedagógica como recurso preventivo e terapêutico, facilitador da aprendizagem;Reconhecer a importância da oficina psicopedagógica como recurso preventivo e terapêutico, facilitador da aprendizagem;

5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA DIAGNÓSTICO DA DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM - Com o diagnóstico psicopedagógico é permitido um trabalho amplo que abrange desde a intervenção específica e individual, no que se refere aos alunos com problemas, até a reflexão sobre o processo de ensino-aprendizagem como tal. A queixa Entrevista com a família Entrevista com a escola Entrevista com o sujeito (aluno) E.O.C.A. (entrevista operativa centrada na aprendizagem) Provas projetivas Provas operatórias Observação lúdica

6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA QUE É PSICOPEDAGOGIA - a psicopedagogia objetiva o reconhecimento das capacidades da criança visando retirar o obstáculo que a impede de aprender e demonstra que não há uma relação causa-efeito sobre os fatores que obstacularizam a aprendizagem, mas, sim, há um contexto que envolve o ser aprendente e o objeto a ser analisado e compreendido.

7 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA O QUE É OFICINA PSICOPEDAGÓGICA - Oficina psicopedagógica é um espaço de trabalho, onde aprendente e ensinante estabelecem um vínculo afetivo especial a uma relação dinâmica onde o conhecimento será construído, compartilhado, vivenciado, significado, mediado. A aprendizagem ocorrerá de modo significativo e os afetos são expressos.

8 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA CONTRIBUIÇÃO DAS OFICINAS PSICOPEDAGÓGICAS NO DESENVOLVIMENTO DO AUTO- ESTIMA - É possível perceber o quanto a auto-estima é uma necessidade presente na vida do ser humano, e o quanto ela influi no modo como a criança age em relação a aprendizagem.

9 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA OFICINAS PSICOPEDAGÓGICAS E ATIVIDADES LÚDICAS - É através das atividades lúdicas dentro das oficinas psicopedagógicas que o aluno se expressa com mais naturalidade, liberando sua auto-estima e conseguindo realizar o que para ele parece impossível, principalmente relacionado ao aprendizado escolar. O jogo como recurso pedagógico

10 METODOLOGIA Pesquisas bibliográficas; Entrevistas com professores, direção da escolar e pais; Contato com outros profissionais da área; Fichamento das obras pesquisadas; Acompanhamento na Oficina Psicopedagógica da Escola. Os métodos a serem empregados são:

11 CONCLUSÃO DO TRABALHO É necessário que o professor domine a teoria e acredite nela e em seu trabalho, a teoria é fundamental, pois fornece diretrizes, mas não resolve todos os problemas. É importante que o professor tenha consciência que, mesmo embasado numa teoria adequada, ele encontrará crianças que enfrentarão grandes dificuldades, evoluirão devagar e terão necessidade de estender o trabalho dentro da oficina. É necessário levar em conta ainda que a oficina psicopedagógica exige um esforço grande da criança e que, portanto, ela precisa de muito apoio. Não são apenas os aspectos cognitivos que estão em jogo, mas também os aspectos emocionais (ansiedade, frustrações e as angústias), que podem retardar ou bloquear o desenvolvimento.

12 AUTORES PESQUISADOS ABATA, Russell. Auto-Estima: Chave Para a Felicidade: 5ª Ed. São Paulo: Ed. Verus, ALEXIS, Leontiev. Psicologia e Pedagogia: Bases Psicológicas da Aprendizagem: 2ª Ed. São Paulo: Ed. Centauro APOSTILAS de Psicomotora da Universidade Cândido Mendes. Coordenação Geral: Professor Fernando Arduini APOSTILA da Facinter. Fundamentos biopsicossociais do desenvolvimento humano. Paulo Ross. Editora BPEX, Curitiba, APOSTILAS de Psicologia do desenvolvimento Universidade Cândido Mendes, Coordenação Geral: Prof. Fernando Arduini. BASSEDAS, Eulália, et. Al. Intervenção Educativa e Diagnóstico Psicopedagógica. Ed. Artmed, Porto Alegre, 1996.

13 BORGES, Célio José. Educação Física para o Pré- escolar. Ed. Sprint, Rio de janeiro, COSTA, Auredite Cardoso Psicopedagogia e Psicomotricidade, pontos de intersecção nas dificuldades de aprendizagem. Ed. Vozes, Petrópolis, CURY, Augusto. Pais Brilhantes, Professores Fascinantes: A educação de nossos sonhos: formando jovens felizes e inteligentes. Rio de Janeiro:Ed. Sextante, DOHME, Vânia. Atividades Lúdicas na Educação. 2ª ed. Rio de Janeiro: Vozes, FEIL, Iselda Terezinha Sausen Alfabetização – Um desafio novo para um novo tempo. Ed. Vozes, Petrópolis, FERREIRA, Carlos Alberto Neto. Motricidade e jogo na Infância. Ed. Sprint, Rio de Janeiro, FORENSE, Jean Piaget. Seis estudos de Psicologia. Universitário, Rio de Janeiro, 1984.


Carregar ppt "BALSAS-MA2007 TELEAULAS: BALSAS-MA TUTORA: Sílvia Alencar dos Santos CRISTINA ALICE MELO FERREIRA ROMILDA CAPBODEVILA SAITO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google