A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA MAIO 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA MAIO 2010."— Transcrição da apresentação:

1 UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA MAIO 2010

2 1. Enquadramento e objectivos A Escola EB 2,3 de Sobreira decidiu aderir ao projecto Um Bosque Perto de Si por duas razões principais. Em primeiro lugar, o facto de já existir na escola um grupo de trabalho que, de alguns anos a esta parte, desenvolve projectos de valorização da floresta, da água e do ambiente em geral – o Clube da Floresta. Os alunos que participam no Clube desenvolvem, com entusiasmo, um conjunto integrado de actividades anuais, pelo que apresentam graus de preparação e motivação elevados. Em segundo lugar, cativou-nos o interesse e potencial pedagógicos das actividades propostas pelo projecto Um Bosque Perto de Si. Objectivos propostos: proporcionar aos alunos novas actividades de enriquecimento curricular e aprendizagens transversais; aumentar os índices de auto-estima, de autonomia e de organização dos alunos, contribuindo, desta forma, para o sucesso escolar dos mesmos. UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA OS SOBREIRINHOS Clube da Floresta da Escola EB 2,3 de Sobreira

3 UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA 2. Estrutura e Planificação A participação no projecto Um Bosque Perto de Si foi estruturada em três etapas de trabalho envolvendo os alunos (ao todo, foram dedicados ao projecto 5 blocos lectivos) e uma última, de divulgação, a desenvolver no tempo que resta do presente ano lectivo e no próximo. Etapa 1 – Saída de Campo Nº1, um bloco no mês de Março. Objectivo: Selecção e reconhecimento da área de estudo. Etapa 2 – Saída de Campo Nº2, dois blocos no meses de Abril e Maio. Objectivo: Recolha de amostras e indícios de presença; registo de dados relativos à área de estudo (flora, fauna, geomorfologia, paisagem...). Etapa 3 – Actividades de Laboratório, dois blocos, no mês de Maio. Objectivos: Sistematizar os dados e organizar as amostras recolhidos nas saídas de campo; organizar os conhecimentos e aprendizagens adquiridos. Etapa 4 – Divulgação, a decorrer.

4 3. Metodologia A metodologia de trabalho adoptada para a participação neste projecto teve por base os seguintes pilares de actuação: participação directa e activa de todos os alunos sem excepção (com tarefas individuais e de grupo), quer nas saídas de campo quer nas actividades complementares de sala de aula; conhecimento dedutivo e de auto-descoberta in locu, tendo por base orientações e informações do professor; privilégio da inter-relacionação de conhecimentos oriundos de várias disciplinas e áreas do saber (Ciências da Natureza, EVT, Ecologia, Geologia, Geografia, entre outras); privilégio do contacto e manuseamento de instrumentos e técnicas de obtenção e análise de dados. UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA

5 UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA 5. Resultados Pedagógicos Mais do que adquirir conhecimentos e obter resultados quantificáveis, a participação neste projecto pretendeu proporcionar aos alunos a exploração de um conjunto de actividades e aprendizagens de elevado interesse pedagógico, pouco frequentes no dia-a-dia da escola. O envolvimento dos alunos nas mesma foi entusiasta. O benefício pedagógico e o enriquecimento curricular alcançados foram notáveis. Consolidação de conhecimentos da disciplina de Ciências da Natureza, destacando-se: noções de habitat, ecossistema, cadeias alimentares, predação (destaca-se a detecção de dois mamífero carnívoros e de uma aranha – esta última proporcionou-nos um espectáculo raro ao envenenar um insecto e uma outra aranha que já se encontravam no pequeno frasco de vidro onde foi temporariamente colocada, tendo sido ainda possível observá-la a alimentar-se da aranha envenenada ). Desenho científico, como método de registo e comunicação de informação. Os alunos usaram material de desenho ( lápis de carvão de diferentes durezas, lápis de cor e de cera) e tomaram contacto com algumas técnicas de observação e ilustração científica. Exemplos: estudos das sombras, da composição e da forma e proporção dos vários elementos do objecto de estudo. Consulta de livros científicos, nomeadamente, guias de campo. Os alunos identificaram (pelo menos, até ao grupo taxonómico Família) todas as espécies detectadas. Foram usados cerca de duas dezenas de guias de campos, de forma a cobrir a maior parte dos grupos de seres vivos.

6 5. Resultados Pedagógicos (Cont.) Sentido de orientação e leitura da geomorfologia em ambiente natural. Os alunos usaram bússulas, mapas e contactaram com algumas técnicas básicas de orientação no terreno. Foram abordados os conceitos de altitude, exposição solar, movimento do sol, declive, bacia e rede hidrográfica, crescimento diferenciado dos musgos nos troncos, entre muitos outros. Organização/tratamento de amostras e dados recolhidos no ambiente natural. Os alunos elaboraram um mini-herbário de espécies florestais, um mini-mostruário da natureza e um registo em caderno de campo de todas as espécies observadas e factos constatados. Desenvolvimento do espírito de equipa e trabalho cooperativo. Os alunos dividiram tarefas, conjugaram esforços e cooperaram de forma frutuosa quer durante as saídas de campo quer em ambiente de sala de aula. Enriquecimento/complementação das actividades e aprendizagens adquiridas no âmbito do projecto Um Bosque Perto de SÍ com as actividades e aprendizagens adquiridas no Clube da Floresta, tendo sido possível estabelecer uma espécie de parceria, traduzida, por exemplo, na plantação de 15 árvores /Carvalhos, sobreiros e castanheiros) oriundas do horto do Clube. UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA

7 6. Resultados Científicos UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA 350m Foi seleccionada uma área de estudo com cerca de 10ha, de forma sensivelmente quadrangular, que se estende dos muros da escola até ao Rio Sousa. Nesta área, que se pode considerar uma amostra da paisagem dominante da região, podem distinguir-se quatro formações distintas (como mostra o esquema): 1- Leito do rio 2- Galeria ripícola 3- Campos agrícolas 4- Mancha Florestal

8 6. Resultados Científicos (Cont.) As culturas agrícolas assumem uma importância considerável nesta região, sendo praticada nas áreas aplanadas e ricas que ladeiam o rio. As principais culturas são a batata, o milho e o centeio. Foi na galeria ripícola e, em particular, na mancha florestal que focalizamos o nosso estudo. Flora Na galeria ripícula marcam presença o Amieiro, o salgueiro e o Choupo. O pinheiro-bravo domina a mancha-florestal. Juntamente com o eucalipto, as acácias e as mimosas formam um estrato arbóreo denso, o que determina um quase nulo desenvolvimento do estrato arbustivo e um fraco desenvolvimento do estrato herbáceo. Marcam presença de uma forma quase residual as espécies autóctones detectadas – o carvalho-alvarinho, o sobreiro e o amieiro-negro. O estrato herbáceo é dominado pela carqueja, urze e tojo. Fauna A raposa foi detectada graças à presença de tocas e de vestígios de presas. O coelho-bravo foi detectado devido à presença de excrementos numa latrina. Os representantes do grupo das aves foram: gaio-comum, melro-preto, pombo-torcaz; pisco-de-peito-ruivo; tentilhão-comum; chapim-preto; chapim-azul; chamariz; lavandisca- cinzenta. Os insectos foram, naturalmente, o grupo mais representado, com várias espécies observadas, em particular, na manta morta. UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA

9 UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA 1. Divulgação A participação no projecto Um Bosque perto de Si foi alvo de divulgação no sítio do Agrupamento de Escolas de Sobreira – Foi elaborada uma notícia onde se dá conta do trabalho desenvolvido e das mais valias pedagógicas do mesmo. Também se faz a divulgação do espaço, apelando-se à visitação e usufruto do mesmo de uma forma regrada. Numa segunda fase, que se alargará até ao próximo ano lectivo, será feia a divulgação do espaço florestal estudado através da sua integração no folheto que pretende divulgar um Percurso Interpretativo que foi definido pelo Clube da Floresta da escola. Este folheto será editado no início do próximo ano lectivo e fará, novamente, uma breve descrição das características do espaço verde situado entre a escola e o rio Sousa. Agrupamento de Escolas de Sobreira


Carregar ppt "UM BOSQUE PERTO DE SI RELATÓRIO DETALHADO DO GRUPO DE TRABALHO DA ESCOLA EB 2,3 DE SOBREIRA MAIO 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google