A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto de Pesquisa Desenvolvimento Apresentação (Relatório.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto de Pesquisa Desenvolvimento Apresentação (Relatório."— Transcrição da apresentação:

1 Projeto de Pesquisa Desenvolvimento Apresentação (Relatório

2 Modelo de Plano de Ação – 5W2H (what, why, where, who, when, how many e how much ) TIPOMétodo 5w2hDESCRIÇÃO AssuntoO quê?1.TÍTULO ObjetivoPara quê?2.1. OBJETIVOS GERAIS 2.2. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Objetivos Operacionais JustificativaPor quê?3. JUSTIFICATIVA Formulação do problema 4. FORMULAÇÃO DO PROBLEMA Hipóteses5. HIPÓTESES MétodoComo?6. METODOLOGIA 6.1. Métodos de Abordagem 6.2. Métodos de Procedimento 6.3. Técnicas LocalOnde?7. DELIMITAÇÃO DA PESQUISA SeqüênciaQuando?8. CRONOGRAMA CustoQuanto?9. ORÇAMENTO

3 Questões norteadoras Tema de Pesquisa: Qual o tema da pesquisa? Em que área o tema se encontra? Sou pesquisador de que área? Como quero ser conhecido (pesquisador de que assunto)? Palavra-chave: palavras que direcionam a pesquisa e que podem ser cruzadas no âmbito do trabalho. Proposta: O que se propõe no trabalho? Qual o objetivo macro? Método para validar: ferramentas ou técnicas a utilizar para atingir os objetivos traçados e validar cientificamente. Para este último observar tipo de pesquisa, método e teoria em que se apóia.

4 Classificação das Pesquisas Quanto à NATUREZA: Básica Aplicada Quanto à forma de ABORDAGEM: Quantitativa Qualitativa Quanto aos objetivos: Exploratória Descritiva Explicativa

5 Quanto aos PROCEDIMENTOS TÉCNICOS Bibliográfica Documental Experimental Levantamento Estudo de Caso Ex-Post-Facto Pesquisa-Ação Pesquisa-Participante

6 Embasamento Teórico 1. Teoria de Base (um universo teórico, modelo interpretativo) 2. Revisão Bibliográfica (citação das conclusões a que chegaram outros autores) 3. Definição dos Termos (conceitos, termos simbólicos que sintetizam as coisas e os fenômenos)

7

8 Estrutura Parte externa Capa (obrigatório) Lombada (opcional)

9 Estrutura Parte interna Elementos textuais Capa (obrigatório) Folha de rosto (obrigatório) Folha de aprovação (obrigatório) Dedicatória (opcional) Agradecimentos (opcional) Resumo em língua vernácula (obrigatório) Resumo em língua estrangeira (obrigatório) Lista de ilustrações (opcional) Lista de tabelas (opcional) Lista de símbolos (opcional) Sumário (obrigatório)

10 Parte interna Elementos textuais Introdução Desenvolvimento Conclusão

11 Introdução A introdução deve fornecer uma visão global da pesquisa realizada, incluindo a delimitação do assunto tratado, a indicação das razões do tema, os procedimentos adotados, a fundamentação teórica e os objetivos da pesquisa. Deverá transmitir a informação necessária para o entendimento do assunto, sem que se precise recorrer a outras fontes.

12 Para dar forma a este capítulo, algumas perguntas deverão ser respondidas: do que trata o trabalho? por que é importante tratar esse assunto? como o assunto foi tratado? Aconselha-se redigir esta parte do trabalho por último.

13 Desenvolvimento Normalmente é a parte mais importante e mais extensa do texto. A estrutura desta parte, em função da diversidade de natureza dos estudos, deve basear-se no bom senso do autor e ser dividida em tantos capítulos quantos forem necessários para o detalhamento do estudo realizado. Deve seguir uma ordem lógica e ser apresentada de forma a facilitar o acompanhamento e o entendimento das ideias.

14 Conclusão Procura evidenciar, com clareza e objetividade, as deduções tiradas dos resultados da pesquisa ou levantadas ao longo da discussão do assunto. Deve dar um fechamento ao trabalho, reafirmando, de maneira sintética, a ideia principal e os pormenores mais importantes, respondendo ao problema inicial e aos objetivos apresentados no estudo. Além disso, deve basear-se em dados comprovados.

15 Parte interna Elementos pós-textuais Referências (obrigatório) Glossário (opcional) Apêndice(s) (opcional) Anexo(s) (opcional)

16

17 Apresentação da Pesquisa: Resumo Resumo é: Um texto Um tipo de redação informativo-referencial que se ocupa de reduzir um texto a suas idéias principais. A apresentação concisa das idéias de um texto Uma apresentação sintética e seletiva das idéias de um texto, ressaltando a progressão e a articulação delas.

18 Resumo em língua vernácula Apresentação concisa dos pontos relevantes de um texto, fornecendo uma visão rápida e clara do conteúdo e das conclusões do trabalho. Trata-se de um item relevante já que dele dependerá o interesse do leitor em prosseguir a leitura. O resumo deve conter uma sequência coerente de frases e não uma enumeração de tópicos. Deve-se dar preferência ao uso da terceira pessoa do singular e do verbo na voz ativa. O texto deve ser contínuo (sem parágrafos), e conter no máximo 500 palavras, sendo finalizado com as palavras- chave referentes ao conteúdo. (Manual TCC 2013).

19 Resumo em língua estrangeira Elemento obrigatório, com as mesmas características do resumo em língua vernácula, digitado em folha separada (em inglês Abstract, em espanhol Resumen, em francês Résumé, por exemplo), seguido também das palavras-chave representativas do conteúdo do trabalho. (Manual TCC 2013).

20 Características do RESUMO UNIDADE: Interligação entre suas partes, que deverão convergir para um direcionamento único. COERÊNCIA: As idéias apresentadas devem ser coerentes e não contraditórias. COESÃO: Os elementos da frase devem estabelecer os nexos entre as partes do texto. O RESUMO deve considerar o contexto, transmitindo uma informação de forma clara e eficaz. Seu autor objetiva alcançar o entendimento e a compreensão do leitor. O RESUMO se relaciona com outros textos (hipertextos): existe um texto anterior que dá origem ao RESUMO. Esse texto será apresentado como uma paráfrase, propondo uma problematização.

21 O RESUMO deve responder a duas perguntas: O que o autor pretende demonstrar? De que trata o texto? O RESUMO deve conter: O ASSUNTO do texto O OBJETIVO do texto A ARTICULAÇÃO das idéias As CONCLUSÕES do autor O RESUMO deve informar: A NATUREZA da pesquisa realizada Os RESULTADOS parciais ou finais As CONCLUSÕES ou novos direcionamentos

22 A REDAÇÃO do RESUMO Linguagem OBJETIVA Evitar REPETIÇÃO de frases inteiras do texto original Respeitar a ORDEM em que as idéias são apresentadas Formalmente: De 08 a 15 linhas (até 500 palavras) Um só parágrafo 3ª pessoa singular; 3ª pessoa plural; 1ª pessoa singular Frases pouco extensas Terminologia específica Ordem direta das frases Linguagem denotativa

23 ANÁLISE DA QUANTIDADE MÍNIMA DE CAL NECESSÁRIA AO DESENVOLVIMENTO DE REAÇÕES POZOLÂNICAS EM MISTURAS SOLOCINZA-CAL. Fábio C. Ferreira., João Antonio H. Carraro, Nilo Cesar Consoli (Departamento de Engenharia Civil, Escola de Engenharia,UFRGS) Este trabalho tem como objetivo geral estudar a viabilidade do uso de resíduos industriais, geradores de problemas ambientais, na estabilização química de solos. Os materiais utilizados nesta pesquisa serão: o solo residual de Arenito Botucatu, a cinza volante resultante da queima de carvão na termelétrica Presidente Médici (Candiota- RS) e o rejeito de hidróxido de cálcio (cal residual) proveniente da empresa White Martins Gases Industriais S.A (Sapucaia do Sul -–RS). Neste estudo será determinado o Lime Fixastion Point (método baseado no ensaio de Limite de Plasticidade) que visa a determinação de um teor mínimo de cal que assegure o desenvolvimento de reações pozolânicas em uma mistura. Esta determinação será feita para o solo natural e para uma mistura solo-cinza. Desta forma, pretende-se analisar a influência exercida pela adição de cinza volante na quantidade mínima de cal demandada. O valor obtido através deste método será verificado experimentalmente mediante a comparação com resultados de ensaio de resistência à compressão simples realizados com os mesmos materiais.

24 Apresentações públicas Preparação do material (transparências, slides, cartazes) 1- Ser generalista – não estatístico (em dependência da área) 2- Usar gráficos, esquemas, figuras, preferencialmente aos textos. 3- Tentar manter a uniformidade do material. 4- Não colocar muitos dados em uma mesma transparência, não usar texto normal. 5- Explorar a possibilidade das cores. É aconselhável fundo claro e letras escuras.

25 6- Observe a regra do sete: - Utilize no máximo sete palavras por linha e sete linhas por slide. - Evite embaralhar texto e imagens. - Seja breve. - Dê espaço entre as linhas para maior legibilidade - Balance textos e imagens. - Seja consistente. - Cheque a ortografia - Dê vida ao material.

26 Apresentação 1- Verificar antecipadamente a ordem dos slides ou transparências, o estado do retroprojetor e do microfone. 2- Ser polido. 3- Não complicar, não ficar atendo-se aos detalhes. 4- Concentrar-se no que fala e não nos detalhes. 5- Falar devagar, cuidado com os vícios de linguagem. 6- Checar o nível de compreensão da platéia. 7- Não ler simplesmente o que está escrito e, sim, falar sobre o material. 8- Dar um tempo para as pessoas lerem antes de começar a falar.

27 9- Falar primeiro sobre a mensagem e, após, sobre o conteúdo. 10- Nunca exceder o tempo. 11- Título curto e interessante. 12- Apelar para a visão e a audição. Abusar dos recursos disponíveis. 13- Terminar com clímax para ser lembrado (Gran finale). 14- Permanecer tranquilo, não ter medo de usar a criatividade, não imitar, não forçar. Ser natural. 15- Ao responder as questões, repeti-las e agradecer. 16- Ensaiar a apresentação.

28 Recursos - slides Embora de uso disseminado, os slides são um RECURSO para as apresentações. Quer dizer: Devem ser auxílio na exposição de ideias Podem chamar a atenção, mas... NÃO DEVEM SER O CENTRO DA ATENÇÃO!! O centro da atenção devem ser as IDEAIS, o conteúdo!!

29 De modo simples, podemos dividir o conjunto de slides em dois grupos: Slides de informação geral: Dados da apresentação, como título do trabalho, nome do autor ou autores, nome do orientador, vinculação institucional, finalidade do trabalho ou apresentação... Problema de pesquisa Objetivo(s) Hipótese(s) Justificativa Referências Encerramento

30 Slides de conteúdo. São aqueles que contém informações que pedem explanação mais acurada: Metodologia, materiais, métodos, técnicas... (em determinados estudos, sobretudo de revisão, a metodologia é um elemento imprescindível para os resultados inovadores) Resultados (onde se destacam os dados coletados mais significativos para o propósito da pesquisa) Análise, discussões Considerações finais e Proposições

31 Estima-se que os slides (de conteúdo!!) são apresentados com um tempo médio de 45 a 60 segundos por quadro. Portanto, organizar a quantidade de slides e seus conteúdos em função do tempo total de apresentação, buscando – sempre – garantir uma margem de tolerância. Assim, para uma apresentação de 15 minutos, pensar em cerca de 10 slides de conteúdo.

32

33 Nome do(s) autor)es) Nome do orientador NOME DA INSTITUIÇÃO CURSO

34 PROBLEMA Apresentação do PROBLEMA de pesquisa, contextualizado.

35 OBJETIVO(S) Pontuação daquilo que se pretendeu alcançar com a pesquisa. Utilizar períodos curtos. Escrever os verbos, preferencialmente, no infinitivo.

36 HIPÓTESE(S) Apresentar, sucintamente, a hipótese, conforme delineada no início da pesquisa. Pode-se aventar, brevemente, se a mesma foi ratificada (ou não) com os resultados da pesquisa.

37 JUSTIFICATIVA Após um breve resgate da discussão atual sobre o problema, indicar por quais razões seu trabalho ainda é relevante.

38 METODOLOGIA MATERIAIS MÉTODOS TÉCNICAS Indicar os recursos utilizados, os procedimentos, testes, forma de abordagem do objeto de pesquisa... (Observar que, em alguns estudos, este é um ponto bastante significativo).

39 RESULTADOS Apontar os resultados mais significativos. Os resultados podem ser representados na forma escrita (tabelas e quadros) ou na forma geométrica (gráficos e histogramas). Os resultados devem ser apresentados objetivamente, de forma sucinta (mas sem comprometer o entendimento). É uma parte que requer certo aprofundamento.

40 ANÁLISE(S) E DISCUSSÃO Discussão dos resultados, analisando-os à luz do referencial teórico. Sugere-se o cruzamento de dados, tentando extrair dos resultados mais do que o mero aparente. É uma das partes que requer mais aprofundamento.

41 CONSIDERAÇÕES FINAIS E PROPOSIÇÕES Nessa parte, tanto quanto nas análises e discussões, é onde o autor busca fazer suas maiores contribuições. As considerações finais devem resgatar o problema de pesquisa (para verificar se o mesmo foi resolvido ou não), seus objetivos (para demonstrar se foram alcançados ou não) e a hipóteses (para indicar se a mesma foi comprovada ou não) para, mediante um diálogo com essas partes, apresentar o que foi construído. As proposições são indicativos que o autor julga importantes: novas pesquisas que devem ser feitas; novas metodologias que devem ser aplicadas; processos, ações, etc., que devem ser implementados...

42 REFERÊNCIAS Indicam das fontes que foram consultadas ao longo do desenvolvimento do estudo. Se em grande número, destacar as mais relevantes.

43 ENCERRAMENTO Agradecimento à plateia. Contato do(s) autor(es), se for o caso.

44 Exercício!! Redigir um resumo e um esboço de apresentação do Projeto de Pesquisa que o grupo elaborou (está elaborando). Bom trabalho!!


Carregar ppt "Projeto de Pesquisa Desenvolvimento Apresentação (Relatório."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google