A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Carlos Eduardo Santos Bonfim – 1º Tenente QEM - Engenheiro Químico formado pelo IME, especialista em gestão e análise ambiental e especialista em gerenciamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Carlos Eduardo Santos Bonfim – 1º Tenente QEM - Engenheiro Químico formado pelo IME, especialista em gestão e análise ambiental e especialista em gerenciamento."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Carlos Eduardo Santos Bonfim – 1º Tenente QEM - Engenheiro Químico formado pelo IME, especialista em gestão e análise ambiental e especialista em gerenciamento de projetos – atua no Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados(SFPC) a cinco anos orientando, coordenando e controlando a fiscalização de empresas que exercem atividades com produtos controlados pelo Exército Brasileiro. Facilitador

4 Cabe ao Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados/1 orientar, coordenar e controlar a fiscalização dos produtos controlados pelo Exército Brasileiro, no que concerne às atividades de fabricação, utilização industrial, importação, exportação, desembaraço alfandegário, armazenamento, depósito, manuseio, uso esportivo, colecionamento, comércio, recuperação, manutenção e tráfego na área de responsabilidade do Comando da 1ª Região Militar. Missão

5 Rio de Janeiro e Espirito Santo ,519 km ,054 km 2 Área de Atribuição

6 IntroduçãoIntrodução ObjetivoObjetivo VigênciaVigência Impacto dos explosivos na sociedade.Impacto dos explosivos na sociedade. - Positivo; e - Negativo. Plano de SegurançaPlano de Segurança ConclusãoConclusão DúvidasDúvidas Sumário

7 Uniformizar a interpretação da nova Portaria sobre explosivos, Portaria nº 03 – COLOG, de 10 de maio de Mostrar a importância da gestão dos explosivos utilizados na industria. Objetivo

8 Adequação a nova Portaria - 02 de junho de 2012 – Publicação no D.O.U -02 de dezembro de Vigência

9 POSITIVOS - utilização no desmonte de rocha; - utilização no procedimento de canhoneio de poços de petróleo; - utilização na demolição; - utilização na agricultura; e -outros. Impacto dos explosivos na sociedade

10 NEGATIVOS - utilização em ataques terroristas; - utilização em ataques a caixas eletrônicos; Impacto dos explosivos na sociedade

11 Poder de Polícia Administrativa do Exército - Em caso de risco iminente, a Administração Pública poderá motivadamente adotar providências acauteladoras sem a prévia manifestação do interessado. Impacto dos explosivos na sociedade

12 O Plano de Segurança bem planejado Plano de Segurança

13 O Plano de Segurança mal planejado Plano de Segurança

14 Aspectos a serem considerados O Plano de Segurança pode ser elaborado por pessoal da própria empresa, que deve se preocupar com o risco que o explosivo representa para a sociedade. Os itens mínimos que o plano deve conter estão apresentados no art. 15 da nova portaria. Exemplos: Segurança das Instalações. Segurança contra furtos e roubos em operações de transportes. Segurança contra furtos e roubos no setor de expedição Plano de Segurança

15 Aspectos a serem considerados Não é impositivo o emprego de todos os elementos do Plano de Segurança, mas o responsável pela segurança deve arrazoar os itens não adotados Plano de Segurança

16 Aspectos a serem considerados O Plano de Segurança deverá ser elaborado pelo responsável pela segurança ou por empresa especializada, e tem caráter sigiloso. Plano de Segurança

17 Aspectos a serem considerados As Secretarias de Segurança Pública, prestarão aos órgãos de Fiscalização do Exército toda colaboração necessária, bem como executará suas atribuições conforme estabelece o art. 34 do Decreto 3365/2000. Plano de Segurança

18 Aspectos a serem considerados Não é necessário que o Plano de Segurança seja submetido à apreciação da Fiscalização de Produtos Controlados, porquanto esta responsabilidade é da direção da empresa que deve estar comprometida com a gestão segura dos explosivos. Plano de Segurança

19 Aspectos a serem considerados O Plano de Segurança será cobrado na obtenção do Certificado de Registro ou Título de Registro e nele deverá esta indicado o responsável pela segurança na gestão de explosivos. A partir desse momento ficam as empresas obrigadas a cumpri-los durante sua validade. O não cumprimento torna a empresa passível de autuação. Plano de Segurança

20 Aspectos a serem considerados O transporte interno feito dos paióis aos bancos de produção também devem obedecer o previsto na legislação em vigor. Os veículos automotores deverão ser inspecionados, aprovados e apostilados ao Certificado de Registro. Transporte

21 O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário. Albert Einstein Unir-se é um bom começo, manter a união é um progresso, e trabalhar em conjunto é a vitória. Henry Ford O Chefe do SFPC/1 agradece a presença de todos os participantes e espera contar com a colaboração dos Senhores(as) nesta nova empreitada. Conclusão

22 Intervalo

23 Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar. William Shakespeare Dúvidas

24 Contato: COMANDO DA 1ª REGIÃO MILITAR PRAÇA DUQUE DE CAXIAS, 25, TÉRREO, CENTRO, RIO DE JANEIRO, RJ, CEP FONE: FAX : Muito Obrigado !


Carregar ppt "Carlos Eduardo Santos Bonfim – 1º Tenente QEM - Engenheiro Químico formado pelo IME, especialista em gestão e análise ambiental e especialista em gerenciamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google