A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GC na Saúde-Case Biolab Mauricio Alario 1. 2 CONFLITO DE INTERESSES Responsável pelo Departamento de Gestão do Conhecimento da Biolab Sanus Farmacêutica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GC na Saúde-Case Biolab Mauricio Alario 1. 2 CONFLITO DE INTERESSES Responsável pelo Departamento de Gestão do Conhecimento da Biolab Sanus Farmacêutica."— Transcrição da apresentação:

1 GC na Saúde-Case Biolab Mauricio Alario 1

2 2 CONFLITO DE INTERESSES Responsável pelo Departamento de Gestão do Conhecimento da Biolab Sanus Farmacêutica

3 3 PROPOSIÇÕES Nossa proposta: inicialmente mostrar um breve panorama da empresa Biolab Sanus Farmacêutica para ajudar a compreender GC – na Saúde-Case Biolab- implantação e desenvolvimento. Ao final da apresentação: esperamos ter demonstrado como uma empresa da área de fármacos, genuinamente nacional cuja característica principal é o foco em inovação, está desenvolvendo sua Gestão do Conhecimento.

4 Empresa farmacêutica brasileira, fundada em Mais de 100 produtos principalmente nas especialidades cardiologia, ginecologia, clínica geral; reumatologia, ortopedia, pediatria, endocrinologia, geriatria e dermatologia. Modelo de negócio focado em medicamentos de prescrição, buscando seu crescimento em produtos derivados de investimento em PD&I. Para tanto estabelece parcerias com universidades e centros de pesquisa. Fundação Diferencial Competitivo Competitiveness Portfólio Portfolio

5 RANKING – MERCADO BRASILEIRO PRODUTOS ÉTICOS Fonte/ Source: IMS Health – MAT December 2010

6 Fonte/Source: Close-Up, MAT December 2010, exc Gen. MARKET SHARE - CARDIOLOGIA Absolute Leader Absolute Leader

7 Fonte/ Source: Close-Up, MAT December 2010, exc. Gen. MARKET SHARE – GINECOLOGIA 2nd in Gynecologic Prescritpion 2nd in Gynecologic Prescritpion

8 (R$ Milhões) Fonte/ Source: IMS Health – MAT December 2010 EVOLUÇÃO DAS VENDAS

9 EVOLUÇÃO DADOS FINANCEIROS

10 PD&I Investimento Anual em PD&I: 9,7% das vendas Realização das Pesquisas: Internamente no centro de P&D e em centros de pesquisas, universidades, fornecedores, agências governamentais e outras farmacêuticas Tipos de Inovação: incremental, semi-radical e radical

11 PROJETOS EM DESENVOLVIMENTO *Família de moléculas

12 INOVAÇÃO INCREMENTAL 52 PROJETOS Nanotecnologia (medicamentos/dermocosméticos) Qsomes Dispersão oral rápida Liberação Controlada (pellets/β-Ciclodextrina) Associações Inovadoras

13 INOVAÇÃO SEMI-RADICAL E RADICAL 40 projetos (moléculas) nas seguintes áreas terapêuticas: Cardiologia, Dermatologia, Neurologia, Neuro-músculo- esquelético, SNC, Urologia. 3 projetos (famílias de moléculas): dor, dermatologia e distúrbios cardio-vasculares. Inovação Semi-Radical Inovação Radical

14 EVOLUÇÃO DO NÚMERO DE PATENTES

15 HISTÓRICO – PRÊMIOS 1999 Max de Marketing Farmacêutico - Categoria: "Melhor performance em receituário" 2002 Prêmio Top de Marketing ADVB: Cases: "Biolab: uma história de sucesso continuado / "Pressat®: como vencer um gigante do setor e atingir a liderança do mercado" Prêmio "Faça parte da paisagem: Projeto de apoio à Fundação S.O.S Mata Atlântica 2004 Prêmio Top de Marketing ADVB Case: "Aradois consolida a liderança da Biolab na Cardiologia" 2003 Prêmio Top de Marketing ADVB : Cases:"Biolab: Como aumentar a Participação e o Faturamento em um Mercado sem Crescimento / "Revitam Júnior®: Estratégia diferenciada e de abrangência social Conselho Regional de Farmácia de São Paulo: Reconhecimento ao Projeto Bio-Vida 2006 Prêmio Top de Marketing ADVB: Case: "Level: O esplêndido desempenho de um produto em um cenário de extrema competição" Prêmio ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial): Categoria "Empresarial" 2007 Guia Melhores e Maiores da Revista Exame: 2ª lugar geral entre as empresas farmacêuticas / Primeiro lugar em desempenho Top Empreendedor - Oferecido pela revista Top of Business: Categoria "Empresarial" 2008 Guia Melhores e Maiores da Revista Exame: 6ª lugar entre as empresas farmacêuticas 2009 Prêmio Empresarial SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia): Visitação Médica / Prestação de Serviços Científicos e Atendimento durante o 64° Congresso Brasileiro de Cardiologia Anuário Valor 1000: 1ª lugar geral entre as empresas farmacêuticas / Primeiro lugar em Geração de Valor e Margem da Atividade Guia Melhores e Maiores da Revista Exame: 3ª lugar geral entre as empresas farmacêuticas Revista As Melhores da Dinheiro - as 500 melhores empresas do Brasil: 4ª lugar geral entre as empresas farmacêuticas / 1ª lugar em Sustentabilidade Financeira 2010 Anuário Valor 1000 : 2ª lugar geral entre as empresas farmacêuticas Guia Melhores e Maiores da Revista Exame: Quarto lugar geral entre as empresas farmacêuticas / 1ª lugar em Geração de Riqueza por Empregado Prêmio Empresarial SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia): Visitação Médica Prêmio Empresário Amigo do Esporte (Ministério do Esporte): Segundo lugar na categoria "Dedicação e Incentivo ao Esporte Prêmio Excelência em Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho (SINDUSFARMA-SP): Menção Honrosa pelo Sistema de Gestão de Segurança do Trabalho 2011 Anuário Valor 1000: 1ª lugar no segmento Farmacêutica e Cosméticos Guia Melhores e Maiores da Revista Exame: 1ª lugar em Liquidez Corrente e Geração de Riqueza por Empregado / 6ª lugar em Crescimento e Rentabilidade / 10ª lugar em Liderança de Mercado

16 16 DNA DA BIOLAB Empresa familiar Capital fechado Genuinamente nacional -café com leite Venda somente através de receituário médico - não fabrica genéricos Inovadora

17 17 PESQUISA DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA DO IBGE (Pintec)

18 18 RACIONAIS

19 19 RACIONAL 1 Dores do crescimento Quando uma empresa atinge níveis maiores de conhecimento acumulado,há a abertura de outro flanco:a exposição a concorrentes internacionais e esse enfrentamento não se dá em igualdade de condições : # Encargos sociais de 100% enquanto no resto da A.Latina é de 45%, # Baixa escolaridade dos graduados e falta de análise crítica # Falta de doutores com pé no chão de empresa, # Financiamento com juros excessivos, # Complexidade para gerir uma empresa e riscos de todo tipo, # Incentivos ainda de difícil acesso pela complexidade e linguagem, # Empreendedores para Inovação e Compartilhamento de Conhecimento

20 20 RACIONAL 2 Qualquer negócio tem duas exigências básicas: -deve executar as suas atividades correntes para sobreviver aos desafios do dias de hoje, -e deve adaptar essas atividades para sobreviver nos dias do amanhã. The McKensey Quaterly: The Adaptable Corporation

21 21 RACIONAL 3 A longo prazo a única fonte permanente de Vantagem Competitiva da organização é a capacidade de aprender mais depressa que os concorrentes. Nenhuma força externa pode lhe subtrair o ímpeto dessa vantagem.

22 22 RACIONAL 4 Ao contrário dos bens materiais, o Conhecimento não se deprecia, mas tende a se ampliar em quantidade e qualidade, principalmente quando o processo de utilização é organizado e estruturado. Ao contrário dos ativos materiais, que diminuem à medida que são usados, os ativos do Conhecimento aumentam com o uso: ideias geram novas ideias e o Conhecimento Compartilhado permanece com o doador ao mesmo tempo que enriquece o recebedor. Davenport, TH; Prusak, L: Conhecimento Empresarial

23 23 RACIONAL 5...O Brasil precisa primeiro, criar uma cultura de Inovação, que resulte em invenções e registro de mais patentes. Estamos no começo de uma era da Economia do Conhecimento. Se o Brasil quiser se destacar nesse cenário, terá de produzir muitos mais artigos de alta tecnologia. Andres Oppenheimer - Basta de histórias - A obsessão latino-americana com o passado e as 12 chaves para o futuro

24 24 RACIONAL 6 Umuntu ngumuntu nagabantu UMA PESSOA É UMA PESSOA, POR CAUSA DE OUTRAS PESSOAS Dialeto Zulú em A Quinta Disciplina-Caderno de Campo de Peter Senge

25 25 DEFINIÇÃO BIOLAB DE GC Inovação X Responsabilidade Social Conhecimento=Alicerce da Inovação

26 26 ORGANOGRAMA GENP Grupo de Estudos de Novos Produtos Gestão de Projetos

27 27 PRINCIPAIS CLIENTES INTERNOS Presidência Técnica Científica Ensaios clínicos Fábricas Importação Marketing Médica Novos Negócios Patentes Pesquisa & Desenvolvimento(Fábrica) Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação(Diretoria) Prospecção e Ensaios pré-clínicos Projetos Registro SAC

28 28 Captação, Elaboração de estratégias de busca, Pesquisa propriamente dita, Avaliação dos resultados e Encaminhamento aos clientes internos objetivando facilitar a tomada de decisão PESQUISAS BIBLIOGRÁFICAS E INFORMAÇÕES 1

29 29 Bases de Dados Digitalizadas Integrity SciFinder STN Micromedex USP Pharmacopeia Scrip Delphion Rima MDConsult PESQUISAS BIBLIOGRÁFICAS E INFORMAÇÕES 2

30 30 Biblioteca Presencial Catalogação é feita de acordo com o Vocabulário Controlado IBI/USP; Tabela PHA Acervo total de livros:1.025 CDs e DVDs: 77 PESQUISAS BIBLIOGRÁFICAS E INFORMAÇÕES 3

31 31 DOCUMENTAÇÃO 1 Criação de Diretórios (com permissões de acesso) Criação do Bancos de Dados (SharePoint)

32 32 DOCUMENTAÇÃO 2 Acertos de assinaturas ( Bases de dados e Periódicos) Acertos de senhas e acessos (Bases de dados e Periódicos) Pagamentos administrativos (Assinaturas de Periódicos,Assinaturas de Bases de dados e Traduções)

33 33 PUBLICAÇÕES BOLETIM ACADEMIA GC BOLETIM FARMACOV GC BOLETIM MONITOR GC BOLETIM NANOTECNOLOGIA SUMÁRIO EXPERT OPINION

34 34 MAPEAMENTO GC+TI ( ESTRATÉGIA & PROCESSOS) Assuntos Regulatórios Contexto Estudo de viabilidade Gestão do Conhecimento Marketing/Lançamento Patentes Pesquisa e Desenvolvimento (Galênico e Analítico) Projetos Registro de ideias

35 35 MAPEAMENTO DE PESQUISADORES Área de Fármacos Nanotecnologia

36 36 GESTÃO DE PROJETOS Novos Produtos

37 37 GRUPO DE ESTUDOS DE NOVOS PRODUTOS(GENP) Pesquisa ou sugestão de produtos a serem estudados Prospecção de produtos selecionados Acompanhamento de pipelines sobre novos produtos de outras empresas Participação em congressos de Farmacologia e Inovação. Elaboração periódica Sumários Executivos

38 38 PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS Cursos presenciais (convidados e palestrantes ) EAD Congressos nacionais e internacionais (convidados e palestrantes)

39 39 TREINAMENTO Treinamentos direcionados

40 40 BENCHMARK Necessidade e importância

41 41 DESAFIOS 1)Encontrar ferramentas, formatos e métodos de pesquisa adequados. 2)Integração com processos e sistemas de trabalho a) Engajar pessoas para: -alimentar o banco de dados -pesquisar material relevante b) Como criar a cultura de compartilhamento do Conhecimento? 3)Dificuldade-sistema isolado do trabalho diário

42 42 ESSÊNCIA DA ESTRATÉGIA DE IMPLANTAÇÃO GC/BIOLAB Escolha com muito critério a Diretoria que albergará a GC: PD&I Profissão do manager dependerá do tipo de negócio : Médico Especialização em GC é necessária: Sim, por ex. FGV ou Senac Dimensão: Comece muito pequena Estrutura funcional: Enxuta Abrangência; Somente uma diretoria Home made: Use uma assessoria contratada somente se possuir conhecimento mínimo em GC Ancoragem: Indispensável na cultura e clima organizacional Foco: Nas pessoas e no tipo de negócio Obtenção do produto: Conhecimento necessita ser doado Aprendizado: Análise criteriosa dos dados e informações Compartilhamento: Tudo, obedecendo níveis hierárquicos

43 43 Futuro??????

44 44 FUTURO 1 Info Exame Ed.307, 2011

45 45 FUTURO 2 Info Exame Ed.307, 2011

46 46 CROWDSOURCING... Em breve falaremos de crowdsourcing como trabalho distribuído ou inovação aberta. Jeff Howe-criador do termo crowdsourcing

47 47 FUTURO 3 You Tube: FNN online;acesso em 01/10/2011

48 48 FUTURO 4 BiotechBiotech, open source, Genomicsopen sourceGenomics Stephen Friend, Leaving High-Powered Merck Gig, Lights Fire for Open Source Biology Movement Luke TimmermanLuke Timmerman 8/6/098/6/09 Stephen Friend had it all at Merck. The lucrative salary, the national media fame, the respect of peers, the power to snap his fingers and command a corporate army of some of the brightest minds in biomedicine. This year, he gave it all up for a startup dreamfamerespect biology-movement /

49 49 FUTURO 5 …our success will rely on engaging individuals from a broad range of expertiseboth within this building and through our partners beyond these walls in genuine collaboration. The Koch Institute includes over 40 laboratories and more than 500 researchers located at our headquarters and across the MIT campus. This group includes cancer biologists, genome scientists, chemists, engineers, and computer scientists, all dedicated to bringing the most advanced science and technology to bear in the fight against cancer… …as part of an institution of higher education, we are also deeply committed to training the next generation of cancer researchers. Fully three-quarters of the Koch Institutes workforce are trainees, the next generation of leaders who will spread our new paradigm to leading laboratories and clinics around the world…training Tyler Jacks, Ph.D. Director

50 50 Muito Obrigado Mauricio M. Alario Biolab Sanus Farmacêutica Rua das Olimpíadas 242/3º andar V.Olímpia SP/SP


Carregar ppt "GC na Saúde-Case Biolab Mauricio Alario 1. 2 CONFLITO DE INTERESSES Responsável pelo Departamento de Gestão do Conhecimento da Biolab Sanus Farmacêutica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google