A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO ABIFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FUNDIÇÃO APEX – AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS CONVÊNIO 39/2205.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO ABIFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FUNDIÇÃO APEX – AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS CONVÊNIO 39/2205."— Transcrição da apresentação:

1 1 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO ABIFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FUNDIÇÃO APEX – AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS CONVÊNIO 39/2205 PROSPECÇÃO DO MERCADO INTERNACIONAL DE FUNDIDOS FERROSOS E NÃO FERROSOS RELATÓRIO FINAL em Dezembro de SUMÁRIO 1Objetivo e Abrangência deste 1º Relatório 2Indicadores Macro-Econômicos 3O mercado de Fundidos no Mundo 4O Setor de Fundição no Brasil 5Competitividade do Produto Nacional 6Oportunidade para o Fundido Brasileiro AnexoConjunto de Planilhas

2 2 1)OBJETIVO E ABRANGÊNCIA DESTE RELATÓRIO Apresentar a ABIFA e APEX os dados coligidos de interesse para a verificação de mercados potenciais para ampliação da Exportação Brasileira de Fundidos. Compreende planilhas por região e país abordando o produto interno bruto, população, consumo de aço laminado – parâmetro de aferição do consumo local de fundidos – em visões evolutivas (passado) e prospectivas (futuro). Em seqüência, o mercado: consumo, produção e comércio exterior de fundidos, é objeto de quantificação para os paises ou comunidades relevantes e também para o Brasil, onde se incluiu perfil positivo do setor de fundição nacional. No item 5, fatores de competitividade da produção brasileira são cotejados com o desempenho ou fatores produtivos das fundições de outros paises também exportadores ou importadores de peças fundidas ferrosas e não ferrosas. Finalmente, são abordadas questões e informações complementares referentes a oportunidades e estratégias de mercado e negócios. ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

3 3 2) INDICADORES MACRO-ECONÔMICOSREFERÊNCIA: Planilha 1, no anexo 2.1) QUADRO REFERENCIAL PARA ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

4 4 QUADRO 2.1 – ECONOMIAS MUNDIAIS DESTACADAS COMENTÁRIO: Verificar o potencial do Grupo de países BRIC E TAMBÉM O MÉXICO PIB PER CAPITA ainda abaixo da média dos 15 maiores AÇO PER CAPITAmenores que até os países prontos e importadores ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

5 5 QUADRO 2.2 – PROJEÇÃO DE CURTO PRAZO PARA PIB E AÇO REFER: Planilha 2, no anexo, para o PIB REFER: Planilha 3, no anexo, p/ STEEL USE PIB medido pelo poder de compra RPCFonte: OECD-Economic Outlook december, 2005 STEEL use ou consumo de aço laminadoFonte: ISSI-International Iron & Steel Institute SRO Summary tables – April, 2006 COMENTÁRIO: Crescimento de PIB e consumo de aço centrado na Ásia (China) certamente sub-dimensionado para América Latina e Brasil. No quadro da página seguinte estão destacados dados das as 15 maiores economias e efetuadas projeções até o ano de ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

6 6 QUADRO 2.2 – ECONOMIAS MUNDIAIS DESTACADAS - PROJEÇÕES ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

7 7 2) INDICADORES MACRO-ECONÔMICOS - CONCLUSÃO 2.3) TAXAS DE CÂMBIO PARA O DÓLAR AMERICANO ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

8 8 3) O MERCADO DE FUNDIDOS NO MUNDO 3.1) EVOLUÇÃO DA PRODUÇÃO MUNDIALREFER: PLANILHA 4, NO ANEXO Os dados incluídos na planilha anexada, por país ou região, mostram a evolução estimada da produção mundial de fundidos, que evoluiu de 73 milhões de toneladas de peças no ano 2000 para 93MMt em 2005, num ritmo de crescimento de 5% ao ano, no período. A projeção publicada pela revista Modern Casting estima ritmos entre 5 e 5,6% para os próximos anos. COMENTÁRIO: Crescimento da produção de fundidos centrado na Ásia (China), Brasil e México ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

9 9 3) O MERCADO DE FUNDIDOS NO MUNDO 3.2) COMÉRCIO EXTERIOR – DESTAQUES NO MUNDO 3.2.1) Principais Países Exportadores – Dados de 2004 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

10 10 3) O MERCADO DE FUNDIDOS NO MUNDO 3.2) COMÉRCIO EXTERIOR – DESTAQUES NO MUNDO 3.2.2) Principais Países/ Regiões Importadoras ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

11 11 3) O MERCADO DE FUNDIDOS NO MUNDO 3.2) COMÉRCIO EXTERIOR – DESTAQUES NO MUNDO 3.2.2) Principais Países/ Regiões Importadoras (continuação) ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

12 12 3) O MERCADO DE FUNDIDOS NO MUNDO – ESTIMATIVA PARA ) GEOGRAFIA DO CONSUMO ATUAL DE FUNDIDOS DADOS EM MILHÕES DE TONELADAS COMENTÁRIO: Brasil continuará focando mercados dos países do Nafta e secundariamente dos países Europeus, que já representam hoje mais de 80% das nossas exportações de fundidos. Com menores potenciais: América do Sul – por demanda restrita, de pequena tonelagem Ásia – pela concorrência de China, Índia e Rússia ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

13 13 4) O SETOR DE FUNDIÇÃO NO BRASIL 4.1) EVOLUÇÃO DO DESEMPENHODADOS EM MIL TONELADAS (*) acima da média face a exportações indiretas (fundidos compondo bens finais exportados) 4.2) PERFIL DO SETOR DE FUNDIÇÃO NO BRASIL Número de empresas fundidoras~ a Empregos diretos gerados~ Faturamento em 2005US$5.600 milhões Exportações em % da produção26% em mil toneladas2005 ferrosos742 não ferrosos38 Exportações em valor estimadoUS$1.527 milhões Disponibilidade de matérias-primasGUSAFE-LIGAS ALUMÍNIO Brasil exporta em % produção 63% 46% 56% ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

14 14 4) O SETOR DE FUNDIÇÃO NO BRASIL 4.3) DETALHE DA PRODUÇÃO, DO PARQUE FUNDIDOR E DE SUA EXPORTAÇÃO ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

15 15 D)PERFIL DAS EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS DE FUNDIDOS FERROSOSNÃO FERROSOS PREÇO MÉDIO FOB US$/t 1.566, ,05 DESTINO DAS EXPORTAÇÕES% DA TONELAGEM NAFTA59,4%EUA,CANADÁ E MÉXICO EUROPA22,1%PRINCIPALMENTE COMUNIDADE MERCOSUL9,5%PRINCIPALMENTE ARGENTINA E CHILE OUTROS9,0%PRINCIPALMENTE AMÉRICA LATINA E ÁSIA 100,0% DESTINO DAS EXPORTAÇÕESPOR METAL % DA TONELAGEM FERROSOSNÃO FERROSOS NAFTA59,7%33,4% EUROPA22,0%25,6% MERCOSUL9,4%21,9% OUTROS8,9%19,1% 100,0% ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

16 16 5) COMPETITIVIDADE DO PRODUTO NACIONAL 5.1 ) INTRODUÇÃO A análise da posição competitiva do Brasil na produção de fundidos visando exportação abrangeu comparativo dos diferentes fatores de custo de fabricação das peças, especialmente: Escala Produtiva Matérias PrimasRendimento Mão-de-obraProdutividade Energia Fatores exógenos, como infra-estrutura e custo de capital não cabem ser abordados neste ponto, criticados então no próximo item. Os comparativos cotejam a realidade brasileira com concorrentes na exportação de fundidos e com a produção local dos grandes países/regiões importadoras: Estados UnidosEuropa RússiaChina ÍndiaCanadá México O perfil do custo médio de fabricação de peças fundidas no Brasil, abaixo apresentado, balizou os comparativos com o exterior: ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

17 17 5) COMPETITIVIDADE DO PRODUTO NACIONAL 5.2 ) ESCALA PRODUTIVA DADOS DE 2004 COMENTÁRIO: As fundições que exportam 80% do total exportado pelo Brasil são unidades de elevada escala produtiva em relação à média de outros países relevantes no mercado internacional de peças. ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

18 18 5) COMPETITIVIDADE DO PRODUTO NACIONAL 5.2) PRODUTIVIDADE DA MÃO-DE-OBRA 5.2.1) No Brasil 5.2.2) Em Outros Paísest/ano/homem 2003/ ) Custo do Homem.horaem US$ ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

19 19 5) COMPETITIVIDADE DO PRODUTO NACIONAL 5.3) PREÇO ESTIMADO DAS MATÉRIAS PRIMAS PRINCIPAIS 5.4) PREÇO DA ENERGIA CONSUMO ENERGIA EQUIVALENTE ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO US$/MWh 2,0 MWh/t pça BRASIL44 USA/CANADA58 mínimoCHINA50 mínimoÍNDIA40 RÚSSIA40 EUROPA86 ÁSIA102 Japão e Coréia

20 20 5) COMPETITIVIDADE DO PRODUTO NACIONAL 5.3) COMPOSIÇÃO DO CUSTO DAS PEÇAS FERROSAS COMENTÁRIO: Para peças ferrosas, o custo da fundição no Brasil é extremamente competitivo. Os custos baixos do pessoal nos concorrentes é compensado pela baixíssima produtividade média nestes países, como China, Índia e Rússia. CUSTO DE TRANSFORMAÇÃO > MATÉRIA PRIMA: Brasil415,93 US$/tvantagem brasileira aumenta China391,13 US$/t OBS.:com diferencial nos custos do alumínio Índia479,38 US$/te permite extrapolar conclusão Rússia 570,07 US$/tacima para os não ferrosos ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

21 21 6) OPORTUNIDADES PARA O FUNDIDO BRASILEIRO 6.1) MERCADO AMERICANO – NAFTA Destino de 60% das exportações brasileiras atuais de fundidos o mercado americano importa cerca de 4 milhões de toneladas/ano. O Brasil vem participando com de 10% a 12% desta demanda de peças importadas, basicamente pelos EUA, cujo perfil da importação em 2006 apresentamos abaixo: ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO % TOTAL IMPORTADO% DEMANDA LOCAL PEÇAS EM FERRO CINZENTO/MALEÁVEL54% P/EQUIPT.AGRÍCOLAS 23% P/VEÍCULOS PESADOS 25% P/VEÍCULOS LEVES 30% SANEAMENTO/MUNICIPALIDADES 34% VÁLVULAS E CONEXÕES 37% P/MOTORES DIESEL 48% PEÇAS EM FERRO NODULAR18% P/BOMBAS E COMPRESSORES 10% P/VEÍCULOS LEVES 24% PEÇAS EM AÇO8% P/EQUIPT.FERROV./MINERAÇÃO 23% VÁLVULAS 35% PEÇAS EM ALUMÍNIO INJETADO/ DIE CASTING10% P/MOTORES DE VEÍCULOS 28% PEÇAS EM OUTROS NÃO FERROSOS10% TOTAL100%20%

22 22 6) OPORTUNIDADES PARA O FUNDIDO BRASILEIRO 6.1) MERCADO AMERICANO – NAFTA (continuação) ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

23 23 6) OPORTUNIDADES PARA O FUNDIDO BRASILEIRO 6.1) MERCADO AMERICANO – NAFTA (Conclusão) Além de um custo produtivo imbatível face os concorrentes, e da confirmação da qualidade do fundido exportado pelo Brasil, existem claras oportunidades de conquista de progressivos aumentos do market-share brasileiro no mercado Americano-Nafta. A quantidade importada de peças pela região Nafta, proveniente de fontes extra-regionais vem atingindo a 2,5 milhões de toneladas anuais. A presença atual do Brasil no fornecimento extra-regional foi de 16%, mas com grande concentração nas peças para motores de veículos, de grandes fundições, como Tupy, Teksid e Luk. O aumento da participação brasileira no mercado americano terá que advir do incremento das exportações de peças mais densas, ferrosas, destinadas a veículos pesados e a linhas de saneamento e peças para municipalidades, onde a fundição a partir de gusa líquido acrescenta mais vantagens na competição contra Índia e China no quesito custo produtivo. Contra nosso país o chamado custo Brasil: custo de logística e custo de capital/juros de financiamento. No primeiro caso, contrapõe-se a melhor localização do Brasil – mais perto do mercado americano do que seus concorrentes da Ásia. Cabe evitar que o menor custo do frete marítimo seja prejudicado por um custo elevado na movimentação interna, da fundição ao navio. ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

24 24 6) OPORTUNIDADES PARA O FUNDIDO BRASILEIRO 6.2) MERCADO EUROPEU Destino de 25% das exportações brasileiras atuais de fundidos o mercado europeu importa cerca de 6,8 milhões de toneladas/ano, sendo que mais de 70% representando trocas regionais, que têm como origens: Rússia, Alemanha e França, principalmente. As importações européias de fontes extra-regionais chegam a 1,5 milhão de toneladas anuais: dos EUA – 63% da Ásia – 25% e do Brasil – 11% ou menos de t/ano. Das planilhas anexadas, podem ser extraídas as seguintes projeções: Consumo de fundidos em 2007 (12,5% consumo aço)30,9 milhões de tons. Produção de fundidos em ,3 milhões de tons Importação extra-regional 2,6 milhões de tons É um mercado importador crescente, onde o Brasil pode aumentar seu market-share para um nível mínimo de 20% concorrendo com Rússia – fundido de menor qualidade – e com Índia/China – custo logístico equivalente. ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

25 25 Anexo: Planilhas com Dados Mundiais Planilha 1 - PIB e Consumo de Aço Total e Per Capita Planilha 2 - Crescimento do PIB Mundial - % ao ano Planilha 3 - Consumo de Aço Planilha 4 - Produção de Fundidos ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

26 26 PLANILHA 1 PIB e Consumo de Aço Total e Per CapitaQuadro Referencial para 2005 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO Fontes: IISI BIRD ONU

27 27 PLANILHA 2 Crescimento do PIB Mundial - % ao anoFonte:OECD ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

28 28 PLANILHA 3SIDERURGIA – STEEL USE – FONTE: ISSI, ABRIL 2006 CONSUMO DE AÇO EM MILHÃO DE TONELADAS DE PRODUTOS ACABADOS, POR ANO ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO

29 29 PLANILHA 4 FUNDIÇÃO FONTE: MODERN CASTING – CENSUS OF WOLRD CASTING PRODUCTION PRODUÇÃO DE FUNDIDOS (TOTAL) EM MIL TONELADAS DE PEÇAS, POR ANO ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO


Carregar ppt "1 ABIFA APEX – RELATÓRIO DE MERCADO ABIFA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FUNDIÇÃO APEX – AGÊNCIA DE PROMOÇÃO DE EXPORTAÇÕES E INVESTIMENTOS CONVÊNIO 39/2205."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google