A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ARQUITECTURAS DE REDES Instalação, configuração e operação em Redes locais e Internet.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ARQUITECTURAS DE REDES Instalação, configuração e operação em Redes locais e Internet."— Transcrição da apresentação:

1 ARQUITECTURAS DE REDES Instalação, configuração e operação em Redes locais e Internet

2 Tecnologias e Arquitecturas de Redes Principais padrões e arquitecturas de rede : agrupam-se conforme os níveis do modelo OSI em que se situam: protocolos de nível inferior (nas primeiras 3 camadas); protocolos de nível superior (camadas superiores). Os mais difundidos são os de nível inferior, porque definem os interfaces de rede, o modo de acesso dos computadores ao meio físico de transmissão e o formato dos pacotes de mensagens que circulam na rede. Tecnologias: como computadores enviam pacotes pela rede (Ethernet, Token Ring, FDDI, X.25, Frame Relay) Maio de 14 2 Prof. Mara Castro

3 Ethernet É o padrão que conheceu maior difusão. Conheceu maior difusão com topologias bus com cabos coaxiais. As taxas de transmissão são de 10Mbps, mas quando aumenta o tráfico a taxa baixa muito. Funcionamento das redes Ethernet: qualquer que seja a sua topologia física, tem sempre topologia lógica de bus, ou seja, as transmissões são feitas por broadcast. Maio de 14 3 Prof. Mara Castro

4 Token Ring Tal como a Ethernet também define um padrão de redes locais e também é implementado nas placas de rede. Dispõe-se em topologias anel com configuração estrela e cabos de pares entrançados. Funcionamento das redes Token Ring: têm topologias lógicas em anel. Baseiam-se na utilização de dispositivos de centralização de ligação, do tipo dos hubs, logo ficam com topologias físicas em estrela, mas no interior dos dispositivos centralizadores, o funcionamento é ponto a ponto sequencial formando um anel lógico. O que controla o acesso ao canal é um sinal especial chamado token. Maio de 14 4 Prof. Mara Castro

5 FDDI Abrange os níveis físico e ligação de dados. Permite o desenvolvimento de redes num âmbito maior (MAN). Segue uma tecnologia de transmissão parecida com as Token-Ring, mas usa cabos de fibra óptica o que lhe dá capacidades de transmissão bastantes elevadas e capacidade de se estenderem bastante. Maio de 14 5 Prof. Mara Castro

6 Frame Relay O Frame Relay é um protocolo de WAN que permite transmitir pacotes de tamanho variável. O Frame Relay foi desenhado para transmitir mais dados do que os que a largura de banda da ligação pode acomodar. O Frame Relay, é um modo de transferência de dados de banda larga e dispositivos de comutação de alta velocidade. Maio de 14 6 Prof. Mara Castro

7 X.25 O X.25 é idêntico ao Frame Relay, sendo usado em locais onde a fiabilidade das linhas não é das melhores, ou seja, o X.25 é um Frame Relay com correcção de erros. Não é tão usado como o Frame Relay porque não é tão rápido (usa velocidades entre os 64 e os 256Kbps), mas em compensação é bastante mais fiável. Trabalha com as três primeiras camadas do modelo OSI. Maio de 14 7 Prof. Mara Castro


Carregar ppt "ARQUITECTURAS DE REDES Instalação, configuração e operação em Redes locais e Internet."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google