A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OBESP Observatório da Economia Social em Portugal Jorge de Sá Seminário CASES 14 de Setembro de 2011.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OBESP Observatório da Economia Social em Portugal Jorge de Sá Seminário CASES 14 de Setembro de 2011."— Transcrição da apresentação:

1 OBESP Observatório da Economia Social em Portugal Jorge de Sá Seminário CASES 14 de Setembro de 2011

2 O que é o OBESP? O Observatório da Economia Social em Portugal é um projecto que nasce da necessidade de reconhecimento da realidade da Economia Social em Portugal Necessidade de informação actualizada Recolha periódica e sistemática de dados

3 Ana Simaens, doutoranda, ISCTE – IUL; Cristina Granado, doutora, Instituto Piaget de Almada; Deolinda Meira, doutora, ISCAP do Instituto Politécnico do Porto; Gonçalo Pernes, doutorando, ISCTE – IUL; Helder Pereira, doutor, ESGS do Instituto Politécnico de Santarém; Jorge de Sá, doutor, ISCSP da Universidade Técnica de Lisboa; Jorge Faria, doutor, ESGS do Instituto Politécnico de Santarém; Luís Reto, doutor, ISCTE – IUL; Manuel Belo Moreira, doutor, ISA da Univ. Técnica de Lisboa; Maria Conceição Couvaneiro, doutora, Univ. Lusófona; Maria Isabel Nicolau, doutora, ISCTE – IUL; Rui Namorado, doutor, Faculdade de Economia da Univ. de Coimbra. Conselho Científico do OBESP

4 1.Desenvolver um observatório da Economia Social em Portugal: Identificar e listar as organizações da Economia social existentes em Portugal Caracterizar as organizações da Economia Social em Portugal Identificar o perfil da Economia Social em Portugal Manter actualizada a informação acerca da dimensão da Economia social em Portugal Objectivos

5 2. Aumentar a visibilidade das organizações da Economia Social em Portugal: Perante o Estado Perante a Economia Pública Perante as empresas da Economia Capitalista Perante a sociedade em geral Perante as próprias organizações da Economia Social portuguesa e internacional Objectivos

6 3. Facilitar a investigação na área da Economia Social Com as universidades, servindo trabalhos e teses Com as organizações da economia social, promovendo o entrosamento dentro de cada área de actividade e entre estas Com as organizações da economia social que procurem a sua internacionalização com organizações congéneras estrangeiras (em colaboração com outros observatórios) Com as empresas da economia capitalista, facilitando o conhecimento destas com as organizações de economia social da mesma área de actividade Objectivos

7 Metodologia Fase 1 - Identificação e listagem das organizações de Economia Social em Portugal – Definição conceptual – Identificação e listagem das organizações a partir das bases de dados existentes - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social - Organizações de primeiro grau que representem as demais organizações da Economia Social - Conservatórias do Registo Comercial - Ministério do Trabalho e Segurança Social (MTSS) / Centros Regionais da Segurança Social - Órgãos de Poder local - Outros. – Correcção de dados duplicados – Incentivo à auto-declaração na Internet das organizações da Econ. Social

8 Metodologia Fase 2 - Caracterização das organizações da Economia Social em Portugal Trabalho de campo para expandir o conhecimento sobre as organizações da Economia Social. Confirmar a listagem identificada na Fase I Aplicar um questionário que permita dotar o observatório de informação mais concreta e correcta: – caracterização geral, – tipificação da sua actividade económica, – fontes de financiamento, – investimentos, – governação corporativa – nível de participação democrática (e cívica) dos membros na instituição, – situação de emprego, – ligações a instituições de desenvolvimento local, – indicadores de desempenho, entre outros. Detectar novas organizações ou outras que não tenham sido detectadas na fase anterior e acrescentá-las à listagem e proceder normalmente à Fase II.

9 Metodologia Fase 3 - Actualização da informação acerca da Economia social em Portugal Manutenção e actualização do sistema de informação Registo de novas organizações Registo do encerramento de organizações Actualização da caracterização feita na Fase II Responsabilização das organizações da Economia Social em actualizar periodicamente essa informação directamente no site do ONES.

10 Disseminação da informação De forma individual ou de forma agregada (estatísticas locais, regionais, nacionais) quando a identidade das organizações deva ser salvaguardada. As modalidades de disseminação serão duas: – Website, para consulta não só dos intervenientes, mas também de organismos públicos, universidades, centros de investigação, entre outros interessados, e – Publicações periódicas, com os resultados provenientes do ONES e análises feitas por investigadores, actores políticos e representantes da economia social, que permitam compreender melhor o panorama nacional da Economia Social em Portugal. Entre muitos indicadores possíveis, podemos destacar a informação relativa a: – Formas jurídicas – Distribuição regional das organizações – Distribuição regional dos produtos e serviços da Economia Social – Distribuição e valor dos produtos e serviços da Economia Social por tipo de actividade – Caracterização da mão-de-obra paga e voluntária da Economia Social em Portugal

11 Investigação futura com base no OBESP Desenvolvimento de variados estudos de elevada relevância a vários níveis: – Nacional, – Regional – Local, – Organizacional Várias possibilidades: – Estudo longitudinal sobre a evolução do desenvolvimento local – Estudo longitudinal da evolução da Economia Social em Portugal – Estudo sobre a dependência de fundos estatais – Estudo sobre a diversificação de fontes de financiamento – Estudo sobre práticas de governação na Economia Social em Portugal – Ranking de boas práticas destinadas a apresentação das organizações da economia social para benefício dos investimentos em responsabilidade social das empresas da economia capitalista

12 Muito obrigado pela atenção


Carregar ppt "OBESP Observatório da Economia Social em Portugal Jorge de Sá Seminário CASES 14 de Setembro de 2011."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google