A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

II Seminário Internacional Rede de Pesquisa sobre Drogas Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte Secretária-Adjunta Secretaria Nacional de Políticas sobre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "II Seminário Internacional Rede de Pesquisa sobre Drogas Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte Secretária-Adjunta Secretaria Nacional de Políticas sobre."— Transcrição da apresentação:

1 II Seminário Internacional Rede de Pesquisa sobre Drogas Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte Secretária-Adjunta Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas REDE DE PESQUISA SOBRE DROGAS

2 Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas Coordenar a Política Nacional sobre Drogas, por meio da articulação e integração entre Governo e Sociedade. Articular e coordenar a implementação da Política Nacional sobre o Álcool. Missão Institucional

3 Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República – GSIPR Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas - SENAD Ministério da Saúde de Portugal Instituto da Droga e da Toxicodependência - IDT REDE DE PESQUISA SOBRE DROGAS Parceria

4 Lançamento Oficial da Rede de Pesquisa sobre Drogas BRASÍLIA, 24/11/2006 Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas

5 Rede de Pesquisa sobre Drogas Objetivo Promover a Formação, o Intercâmbio e a descentralização de recursos humanos em pesquisa sobre drogas, visando a democratização do acesso de cientistas de todas as regiões brasileiras aos projetos de interesse da PNAD, com conseqüente otimização dos recursos financeiros e o aumento da produção científica sobre drogas, por meio da cooperação com o Governo de Portugal.

6 Carência de Pesquisadores Existência de centros de excelência para a formação de novos pesquisadores. CENÁRIO BRASILEIRO

7 USO DE DROGAS ILÍCITAS (exceto álcool e tabaco) * Levantamentos realizados pelo Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas - CEBRID RESULTADOS PRELIMINARES (até 20/10/2009) - USP I Levantamento Nacional sobre o Consumo de Drogas entre Universitários

8 ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE PESQUISA SOBRE DROGAS SUBPROJETO 1

9 1.Instalação da Secretaria da Rede de Pesquisa; 2.Articulação institucional com órgãos do Governo Federal; 3.Composição do Conselho Técnico-Científico; 4.Definição das diretrizes de funcionamento; SUBPROJETO 1

10 5.Definição dos critérios para o cadastramento dos pesquisadores e dos grupos de pesquisa sobre drogas, em atividade; 6.Cadastramento dos pesquisadores e dos grupos de pesquisa e mapeamento das sedes de trabalho conforme as regiões brasileiras; SUBPROJETO 1

11 7.Categorização dos pesquisadores e grupos de pesquisa conforme titulação acadêmica, produção científica e atuação na formação de recursos humanos; 8.Realização de um levantamento dos recursos existentes e das necessidades regionais de pesquisa na área de drogas; SUBPROJETO 1

12 9.Instituição de sete prêmios anuais para: dissertação, tese, novos talentos (IC), jovem pesquisador de mestrado e doutorado, pesquisador sênior e personalidade hors concours; 10.Realização de um encontro científico dos pesquisadores na área de drogas, de diferentes regiões do Brasil, com a participação de pesquisadores portugueses para a divulgação de estudos brasileiros e portugueses sobre drogas; SUBPROJETO 1

13 Em 2006, 54 teses de doutorado e 139 dissertações de mestrado (total = 193) na área do abuso de drogas foram defendidas (Fonte: Banco de Teses da CAPES, 2008); que geraram 55 artigos publicados em periódicos internacionais. Principais fontes de financiamento: CNPQ, CAPES e SENAD Áreas de Pesquisa e publicações em periódicos científicos (2009)

14 47 Grupos universitários de pesquisa cadastrados no CNPq informam que o principal objetivo da pesquisa é investigar a dependência de drogas ou abuso de drogas. Grupos de Pesquisa na área do abuso de drogas (2009) Grupos de Pesquisa na área do abuso de drogas (2009)

15 REDE DE PESQUISA SOBRE DROGAS PERFIL DO PESQUISADORES CADASTRADOS NOVEMBRO 2009

16 Pesquisadores Cadastrados 733 pesquisadores cadastrados Faixa etária com mais pesquisadores: anos. Tabela 1. Idade dos pesquisadores (em anos) Faixa etáriaFreqüência% <25 anos a 35 anos24230,6 36 a 50 anos24736,1 51 a 60 anos9313,4 >61 anos334,1 Total733100,0

17 Área de Formação Área de formação de Ciências Biológicas e da Saúde é predominante entre os inscritos – 49,5%

18 Nível de Formação Doutorado é o nível de formação mais observado dentre os pesquisadores cadastrados – 31,7%

19 Pesquisadores por região Maior número de pesquisadores cadastrados é da Região Sudeste

20 FOMENTO À PESQUISA E FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS SUBPROJETO 2

21 1.Articulação pelo GSI/SENAD para a captação de recursos financeiros para o fomento a projetos de pesquisa; 2.Definição pela SENAD, dos objetos de pesquisa de interesse da PNAD a serem financiados; 3.Vinculação dos projetos financiados pelo FUNAD à formação de pesquisadores oriundos de diferentes regiões brasileiras; SUBPROJETO 2

22 4.Lançamento de editais para a seleção e o financiamento a projetos de pesquisa; 5.Fomento à formação de pesquisadores na área de drogas, nos níveis de iniciação científica, mestrado e doutorado; 6.Intercâmbio entre grupos de pesquisa brasileiros e portugueses para a formação e aprimoramento de recursos humanos; SUBPROJETO 2

23 Especialização : 1 programa – Curso On-line de Pesquisa sobre Drogas SENAD/USP Campus Ribeirão Preto. –Oferece 35 bolsas anuais para estudantes internacionais (América Latina, Caribe e Países Africanos de lingua oficial portuguesa) e brasileiros (regiões norte, centro-oeste e nordeste) Programas de capacitação na área de drogas - SENAD Programas de capacitação na área de drogas - SENAD

24 DESAFIOS E PERSPECTIVAS SUBPROJETO 3

25 Parceria com o CNPq e a CAPES para oferta de bolsas de pós-graduação nos exterior e nas regiões norte, nordeste e centro-oeste do Brasil. Carta de intenções com o CNPq e o Grupo Coimbra para a partir de 2010 publicar edital para bolsas de doutorado sanduíche em universidades européias do Grupo Coimbra financiadas pela SENAD. Fomento à pesquisa e formação de pesquisadores - SENAD

26 1.Captação e destinação de recursos para o financiamento sistemático da Pesquisa sobre Drogas no País; 2.Aumento do número de pesquisadores em nível de iniciação científica, mestrado e doutorado na área de drogas; SUBPROJETO 3

27 3.Aumento e descentralização da produção científica; 4.Desenvolvimento de projetos multicêntricos por grupos de pesquisa brasileiros e portugueses. SUBPROJETO 3

28 Muito Obrigada ! Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte Secretária-Adjunta Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas


Carregar ppt "II Seminário Internacional Rede de Pesquisa sobre Drogas Paulina do Carmo Arruda Vieira Duarte Secretária-Adjunta Secretaria Nacional de Políticas sobre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google