A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor Leonardo Aula de Véspera Exercício 01: - Um goleiro bate um tira de metas (bola que é chutada parada do chão, próximo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor Leonardo Aula de Véspera Exercício 01: - Um goleiro bate um tira de metas (bola que é chutada parada do chão, próximo."— Transcrição da apresentação:

1 Professor Leonardo Aula de Véspera Exercício 01: - Um goleiro bate um tira de metas (bola que é chutada parada do chão, próximo as traves do gol) com uma bola de massa m, em um campo de futebol que fica ao lado de um córrego muito poluído de uma grande cidade. Para evitar que a bola caia no referido córrego, foi instalada uma rede protetora sobre o campo de futebol, ficando esta a 5 metros de altura. O campo tem um comprimento de 45 m. Sabe-se que, com o chute do goleiro, a bola sai com uma velocidade de 72 Km/h, adote a aceleração da gravidade para este local como sendo de 10 m/s 2. Com base nestes dados e desprezando a resistência do ar, julgue as proposições e marque as corretas e some o resultado colocando no caderno de respostas:

2 Professor Leonardo Aula de Véspera (001) O ângulo de tiro (ângulo que a velocidade forma com o plano horizontal, em graus) para este jogador obter o alcance máximo é 45º;

3 Professor Leonardo Aula de Véspera Falsa (002) O alcance máximo é de aproximadamente 40 metros; Falsa

4 Professor Leonardo Aula de Véspera Falsa (008) O movimento da bola é um movimento uniformemente variado; Falsa (016) No ponto mais alto da trajetória a aceleração centrípeta da bola é nula; Falsa

5 Professor Leonardo Aula de Véspera Corretas: 000 (032) O módulo da aceleração tangencial da bola é constante; Falsa (064) A aceleração vetorial da bola é variável.

6 Professor Leonardo Aula de Véspera Um motor elétrico tem seu eixo girando em MCU, com uma freqüência de 2400 r.p.m.. Prendendo-se uma polia de 20,00 cm de diâmetro a esse eixo, de forma que seus centros coincidam, o conjunto se movimenta praticamente com a mesma freqüência. Nesse caso, podemos afirmar que: Exercício 02: (001) o módulo da velocidade tangencial de todos os pontos do eixo é igual ao módulo da velocidade tangencial de todos os pontos da polia. Falsa V=.R

7 Professor Leonardo Aula de Véspera (002) a velocidade angular de todos os pontos do eixo é maior que a velocidade angular de todos os pontos da polia. Falsa (004) a velocidade angular de todos os pontos do eixo é igual à velocidade angular de todos os pontos da polia. Verdadeira (008) o módulo da velocidade tangencial de todos os pontos do eixo é maior que o módulo da velocidade tangencial de todos os pontos da polia. Falsa

8 Professor Leonardo Aula de Véspera (016) o módulo da aceleração centrípeta de todos os pontos do eixo é menor do que o módulo da aceleração centrípeta dos pontos mais externos da polia. Verdadeira (032) o módulo da velocidade tangencial dos pontos externos do eixo é maior do que o módulo da velocidade tangencial dos pontos internos da polia. Falsa Corretas: =020

9 Professor Leonardo Aula de Véspera Exercício 03: Astronaves, foguetes e outros veículos espaciais quando estão em órbita, ao redor da Terra, tendem a ficar eletricamente carregados, devido em parte à perda de elétrons causada pelo Efeito Fotoelétrico provocado pela radiação solar incidente sobre as suas superfícies metálicas externas. Considere um veículo espacial revestido externamente por tungstênio, um metal cuja função trabalho é de 4,5 eV. Considerando-se a constante de Planck h = 6,6 x J.s e que 1eV=1,6x J, é correto afirmar que:

10 Professor Leonardo Aula de Véspera (001) duplicando-se a intensidade de luz incidente sobre a superfície externa do veículo, a energia cinética dos fótons arrancados do tungstênio também duplicará o seu valor. Falsa (002) o experimento do efeito fotoelétrico comprova a natureza ondulatória da luz. Falsa (004) a menor freqüência que o fóton incidente deve ter para arrancar elétrons do tungstênio é de aproximadamente 1,0 x Hz. E = h.f 4,5.1, = 6, f f 1, Hz f Hz Verdadeira

11 Professor Leonardo Aula de Véspera (008) a energia cinética dos elétrons arrancados do tungstênio depende da energia dos fótons incidentes e da função trabalho do tungstênio. c = E FÓTON - c = h.f – Verdadeira

12 Professor Leonardo Aula de Véspera (016) ondas de rádio e TV, ao incidirem sobre uma astronave revestida externamente por tungstênio, produzirão o efeito fotoelétrico. Ondas de rádio e TV f Hz. E = h.f = 6, E = 6, J. Como E << 7, J (4,5 eV) Não produzirão o efeito fotoelétrico. Falsa Corretas: =012

13 Professor Leonardo Aula de Véspera Uma balança assentada no piso de um elevador em repouso registra a massa (m) de um bloco colocado sobre a mesma balança (figura ao lado). Seja (m) o valor da massa lido na balança quando o elevador está em movimento. É correto afirmar que: Exercício 04: (001) m = m se o elevador desce em movimento uniformemente acelerado. Falsa (002) m > m se o elevador sobe em movimento uniformemente acelerado. Verdadeira

14 Professor Leonardo Aula de Véspera (004) m = m se o elevador desce em movimento uniforme. Verdadeira (008) m < m se o elevador desce em movimento uniformemente retardado. Falsa (016) m = 0 se o cabo do elevador se rompe e há queda livre. Verdadeira Corretas: =022

15 Professor Leonardo Aula de Véspera O êxito na vida não se mede pelo que você conquistou, mas sim pelas dificuldades que você superou no caminho... Boa Prova


Carregar ppt "Professor Leonardo Aula de Véspera Exercício 01: - Um goleiro bate um tira de metas (bola que é chutada parada do chão, próximo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google