A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AULA 3 Práticas em Mídia II. Pauta como estrutura de reportagem A pauta é um dos itens principais do jornalismo. É a partir dela que o jornalista/repórter.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AULA 3 Práticas em Mídia II. Pauta como estrutura de reportagem A pauta é um dos itens principais do jornalismo. É a partir dela que o jornalista/repórter."— Transcrição da apresentação:

1 AULA 3 Práticas em Mídia II

2 Pauta como estrutura de reportagem A pauta é um dos itens principais do jornalismo. É a partir dela que o jornalista/repórter irá a campo buscar informações, apurar e iniciar a construção da reportagem. A pauta é a orientação do repórter e, por isso, deve ser muito bem feita. Feita pelo Pauteiro ou grupo de pauteiros em reunião, define o que o repórter irá executar. Na hora de preparar a pauta, além da criatividade, é essencial estar bem informado sobre o assunto que se quer escrever. A pauta nasce do contato diário dos repórteres com suas fontes e de sua observação dos fatos, que podem levar a grandes reportagens ou especiais. Na hora de um acidente, tragédia, etc.....não existe a pauta, a reportagem é construída no local.

3 Pauta quente x fria Quentes - São aqueles que estouram durante o dia, que precisam ser imediatamente publicadas. Exemplos: Acontecimentos na cidade, jogos de futebol,escândalos políticos, mudanças na economia.... Frias – Nascem de uma observação do repórter a partir de algum assunto factual. Exemplo: A febre das redes sociais como o Facebook, serviço de bares/restaurantes, pautas de comportamento, entretenimento e cultura geralmente são frias.

4 Tipologia de pauta Existem dois tipos de pautas: factual e não-factual. Factual é a pauta que é concebida de fatos recentes (acontecidos, que estão acontecendo ou que irão acontecer, tudo num espaço de tempo curto (Depende da periodicidade do veículo). Pauta não-factual é aquela concebida de fatos que podem render matérias jornalísticas, independente de serem fatos recentes ou não. Geralmente são pautas frias.

5 Captação da notícia Primária ( através do trabalho dos repórteres na rua, nos setores ou em telefonemas às suas fontes) Secundária ( Internet, agências, releases etc) Terciária ( informações de articulistas, colaboradores, leitores e pesquisas do próprio pauteiro em jornais, revistas, rádio-escuta etc)

6 PONTOS IMPORTANTES DA PAUTA 1. Pesquise sobre o assunto: anote dados que relevantes e que já estão disponíveis em algum lugar. Hoje em dia, além dos jornais, a internet e sites de busca como o Google e o Yahoo são boas fontes para essa primeira etapa do trabalho; É ESSENCIAL TER SUBÍSIDIOS PARA ELABORAÇÃO DE PAUTA 2. Em seguida, aponte os elementos a serem problematizados. Esclareça para o repórter – no caso de estar elaborando uma pauta – ou para você mesmo – em se tratando de um roteiro –, o que a matéria vai acrescentar às informações já disponíveis; 3. A seguir, indique fontes a serem ouvidas, ou seja; as pessoas que podem ser entrevistadas sobre o assunto. Sugira também entrevistas com pessoas do povo. A APURAÇÃO DA PAUTA INCLUI BUSCA DE FONTES. É Importante ter agenda de contatos e saber como obter informações

7 4. Se você dispuser de equipamento fotográfico, não deixe de sugerir ou roteirizar fotos e imagens que devem, junto com o texto, ilustrar o trabalho; 5. No final, indique o número de laudas que o repórter tem para escrever. Isso é importante, pois é uma forma de garantir que não vai faltar nem sobrar texto. Uma matéria jornalística de um tamanho razoável tem, em média, duas laudas.

8 Como ser um bom pauteiro Mantenha-se a par de todos os acontecimentos do dia Leia todos os jornais e revistas concorrentes e ouça o maior número possível de programas noticiosos de rádio e de televisão, sem desligar-se da Internet Proponha entrevistas com personalidades Idealize matérias sobre assuntos controvertidos, ouvindo várias pessoas que tenham opiniões divergentes Mande seus repórteres a todas as conferências, simpósios e congressos, pedindo-lhes que anotem não só o que ouvirem, mas que façam entrevistas sobre temas correlatos ou paralelos Publique histórias sobre as cidades e entidades que aniversariam Divulgue notícias sobre estâncias, roteiros de viagens, excursões etc

9 Coloque seus repórteres permanentemente em viagem para ouvir pessoas de várias regiões sobre determinado assunto para captar a "cor local" Leia as cartas dos leitores Repercuta assuntos nacionais e internacionais ( aumento do petróleo, escassez de alimentos, epidemias etc ) Prepare pautas criativas para o Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia da Criança, Corpus Christi, Natal, Páscoa, Dia da Cidade, Semana da Pátria etc

10 Modelo de pauta 1. Tema e questão central – a proposta da pauta; 2. Encaminhamento; 3. Roteiro de perguntas a serem respondidas; 4. Itens relevantes a serem abordados; 5. Perfis ou pontos de vista contemplados; 6. Histórico e informações adicionais; 7. Elenco de fontes a serem utilizadas


Carregar ppt "AULA 3 Práticas em Mídia II. Pauta como estrutura de reportagem A pauta é um dos itens principais do jornalismo. É a partir dela que o jornalista/repórter."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google